planejamento


23 lugares baratos para viajar no exterior: programe suas férias de 2018 já!

O que queremos? Viajar mais para o exterior. E como queremos? Sem gastar muito.

Para isso, aqui vai nossa lista definitiva de destinos internacionais baratos para você pensar suas férias.

23 destinos internacionais baratos para você escolher:

Destinos internacionais baratos nas Américas:

PERU

Apesar do ingresso para Machu Picchu ser caro e os restaurantes top de Lima também, de resto você consegue fazer uma viagem bastante econômica: há muitas opções de hospedagem e comida simples baratos. Deslocamentos entre as cidades também custam pouco: o ônibus de Cusco a Arequipa, por exemplo, custa desde R$ 35 para um trajeto de 500 km.

LEIA TAMBÉM: Primeira vez no Peru: roteiro explicadinho de 10 dias
O que fazer em Lima: roteiro de três dias
O que ver em Cusco e na região do Vale Sagrado
Como ir de Cusco a Machu Picchu

BOLÍVIA

Mesma a estrela do país, o tour de três dias pelo Salar do Uyuni, não sai tão caro assim: são cerca de R$ 450 com acomodação, transporte e refeição. Tirando isso, dá para comer com R$ 10 por refeição e ser hospedar por R$ 20 (em hostel) ou R$ 40 (em hotel). Deslocamentos em ônibus também são baratíssimos.

LEIA TAMBÉM: Como montar um roteiro pela Bolívia
Dicas pra visitar o Salar do Uyuni a partir da Bolívia
O que fazer em La Paz, a capital da Bolívia
Miniguia de Sucre, cidade colonial na Bolívia
Como conhecer Copacabana e o Lago Titicaca

COLÔMBIA

Não é tão barata como os dois países acima, mas também não esfola o bolso. Dá para gastar US$ 30 por dia ficando hostels e US$ 50 em hotéis simples. Na ilha caribenha San Andrés você chega com voos de Bogotá por menos de R$ 200 e se hospeda em pousadinhas por menos de US$ 60 para duas pessoas.

LEIA TAMBÉM: Como montar um roteiro pela Colômbia
O que fazer em Bogotá: roteiro de três dias
O que fazer em Cartagena: roteiro de três dias
Como conhecer o belo Parque Tayrona

MÉXICO

Ok, sabemos que ir a Cancún, feita para americanos, pode sair caro. Mas o México tem muuuito mais para ver: a capital é superinteressante, assim como as lindinhas cidades Oaxaca, San Cristóbal de las Casas, Chiapas, San Miguel de Allende, Guanajuato. Mesmo no Caribe, dá para encontrar hostels baratinhos (desde US$ 10) em Playa del Carmen Tulum, por exemplo. Se deslocar em ônibus ou carro alugado também não sai caro.

LEIA TAMBÉM: 10 cidades coloniais pra conhecer no México
Roteiro perfeito por Cancún e região em dez dias
Conheça o charme de San Miguel de Allende

NICARÁGUA E GUATEMALA

Nesses dois países (consideravelmente mais baratos que os vizinhos Panamá, Belize e Costa Rica) você dorme a partir de US$ 9, come por US$ 7 e se locomove bem baratinho de ônibus. Veja aqui Antigua, uma das cidades coloniais mais lindinhas das Américas, o sítio arqueológico Tikal, a natureza da Isla Ometepe, entre outras atrações.

Destinos internacionais baratos na Europa:

CROÁCIA

Hit da Europa nos últimos anos, oferece o combo sítios históricos + praias perfeitas por um preço consideravelmente menor do que a Grécia, por exemplo. Apesar dos lugares mais populares no verão como Slip e Drubrovnik já estarem lotados e mais caros (mesmo assim tem hostel por € 15), outros pontos do país como Zagreb, Vis e Brac se conservam menos custosos. O Airbnb pode ter boas barganhas pra se hospedar.

PORTUGAL

Lisboa está cada vez mais cool mas ainda é uma das capitais da Europa “clássica” onde seu dinheiro vai valer mais: aqui você pode sair para jantar por € 12, tomar cerveja por € 2, ficar em hostels e hotéis bacaninhas pagando entre € 10 e € 20 por pessoa. O país é pequenino, o que significa que você não precisa se deslocar muito pra conhecer várias outras cidades.

LEIA TAMBÉM: O que fazer em Lisboa bairro a bairro
Onde ficar em Lisboa: melhores bairros e hotéis
Roteiro pelo Alentejo, a legítima roça lusitana
Roteiro pelas praias do Algarve e do Alentejo

LESTE EUROPEU (Hungria, República Tcheca, Polônia e Eslováquia)

A dobradinha Praga e Budapeste e adições como Cracóvia, Vasóvia e Bratislava dão uma bela viagem econômica. Sim, é verdade que aqui você vai gastar BEM menos do que em Itália e França, por exemplo, porque as hospedagens, a comida e o transporte são mais em conta, e o número de atrações pagáveis (como museus) é bem menor. Vá entre maio e setembro porque a friaca ali é duríssima.

LEIA TAMBÉM: O que fazer em Praga: guia completo
Onde comer em Praga pra fugir dos pega-turista
O que fazer e onde comer em Budapeste bairro a bairro

BERLIM

Esticada coerente de uma viagem para o Leste Europeu, a descoladérrima capital alemã se conserva com preços acessíveis. Come-se muito bem por € 10 num restaurante e dorme-se a partir de € 12 em hostel e € 40 em hotel. Muitas das atrações importantes também são de graça, como o Topographie des Terrors e a East Side Gallery. Vá entre maio e setembro pra aproveitar a vida ao ar livre (o que sempre barateia a viagem, também).

EUROPA ROOTS (Bósnia Herzegovina, Sérvia, Montenegro, Albânia, Romênia)

Temos aqui uma Europa barata e ainda inexplorada pelos brasileiros. Temos montanhas escarpadas em Djerdap, na Sérvia, um centro histórico gracinha em Mostra, na Bósnia, praias de mar azulzinho em Montenegro e Albânia e uma história riquíssima cheia de castelos (e vampiros) na Romênia.

TURQUIA

Voar de balão na Capadócia sai caro (tipo US$ 100), mas tirando isso você consegue viajar numa boa pela Turquia gastando US$ 40 por dia ficando em hostels e hotéis simples. Os passagens de ônibus são baratas e a entrada nas atrações também, e dá para comer de boa em restaurantes bacaninhas por US$ 10. O roteiro básico no país passa por Istambul, Goreme, Pamukkale, Selçuk, Bodrum e Oludeniz.

Destinos internacionais baratos na África:

MARROCOS

Sim, o país está entre os destinos internacionais baratos: ficando em hostel ou hotel bem simples, você consegue se virar em Marrakech com US$ 40 por dia ou menos. De lá, pegue ônibus ou alugue um carro para o ver o resto do país. Experiências como dormir no deserto podem sair a partir de US$ 37 em lugares como o Berber Camp.

LEIA TAMBÉM: O que fazer em Marrakech: 15 programas
Road trip completa no Marrocos, de Marrakech a Fez 
Mulheres viajando no Marrocos: guia de sobrevivência
Melhores destinos do Marrocos pra montar seu roteiro

Destinos internacionais baratos na Ásia:

ÍNDIA

A nação milenária com 1,2 bilhão de habitantes e 16 idiomas oficiais tem preços mega atraentes (apesar dos pacotes caros que você vê à venda no Brasil). Visite Délhi, a porta de entrada do país, onde não dá pra perder a Tumba de Humayun; Agra, a base do Taj Mahal; Jaipur, a cidade rosa, do Palácio dos Ventos; Jodhpur, onde o azul toma conta das construções. Dica: junte um grupo para aumentar a segurança e poder rachar transporte privativos.

LEIA TAMBÉM: Como fotografar as cores da Índia

SRI LANKA

Com cerca de US$ 40 por dia (ou até menos) você se vira nesta ilha ao sul da Índia que guarda sítios arqueológicos e construções religiosas budistas, plantações de chá a perder de vista, praias propícias ao surf e uma culinária pujante. Não perca o Buda gigante de Kekirawa, as ruínas de Polonnaruwa, a fantástica fortaleza Sigiriya, o Parque Nacional Yala, com elefantes, javais e ursos, e as praias do sul, em lugares com Arugam Bay.

NEPAL

Dos países mais pobres da Ásia, é também um dos mais baratos para viajar. Além das caminhadas de distâncias e dificuldades variadas pelas montanhas, tem cidades interessantes como Bakhtapur e Pokhara. Para quem quer fazer trabalho voluntário, veja ONG’s como a All Hands and Hearts.

TAILÂNDIA

Apesar do turismo ultradesenvolvido, a Tailândia ainda tem preços baixos: dorme-se gastando desde US$ 7 , come-se por US$ 5 e paga-se US$ 20 em jornadas de ônibus de mais de 10 horas sem muito esforço. Mesmo nas famigeradas ilhas como Koh Phi Phi dá para se virar com pouco. A única coisa que dói no bolso são passeios de barco.

LEIA TAMBÉM: 5 sugestões de roteiros pela Tailândia
O que fazer em Bangkok: melhores programas
7 verdades sobre Koh Phi Phi pra não dizer que ninguém avisou

Guia completo de ilhas da Tailândia

LAOS

Preços de Sudeste Asiático aqui: com entre US$ 20 e US$ 40 por dia você está muito bem. País menos explorado que os vizinhos Vietnã e Tailândia, tem em Luang Prabang sua vedete do turismo, com cachoeiras e cafés, em Vang Vieng um paraíso mochileiros e em Thakhek o lugar para quem procura aventura.

LEIA TAMBÉM: O que fazer no Laos: melhores destinos
O que fazer em Luang Prabang, a cidade mais lindinha do Laos
Como fazer o Thakhek Motorbike Loop

CAMBOJA

O ingresso para ver Angkor e os templos ao redor é caro: o passe de três dias custa US$ 62. Tirando isso, é mais um entre os destinos internacionais baratos: dá para comer com US$ 1 se você quiser. Se tiver mais tempo visite também a capital do país, Phnom Penh, e as praias de Koh Rong e Koh Rong Samloem.

LEIA TAMBÉM: O que fazer no Camboja: as top atrações
Roteiro 3 dias em Siem Reap para conhecer os templos de Angkor
Koh Rong: no Camboja também tem praias paradisíacas

MYANMAR

Aqui o turismo é incipiente e os preços são similares aos da Tailândia, às vezes mais baratos. Um porém é o visto, que custa US$ 50. Tirando isso, em Kalaw dá para fazer um trekking de três dias com todas a acomodações e alimentação por US$ 30 (na Tailândia seria o triplo). Não perca também Yangon, Inle Lake, Mandalay e Bagan, esta última terra de mais de dois mil templos.

VIETNÃ

Entre os destinos internacionais baratos, é possivelmente o mais barato: pense hostel a US$ 3 e cerveja a US$ 0,50. Ônibus superconfortáveis com cama percorrem todas as cidades do país por preços módicos. Não perca os hits Hanoi, Ha Long Bay, Hoi An, e explore cantos mais intocados em Ha Giang e no Parque Nacional de Phong Nha-Ke Bàng, onde está a maior caverna do mundo.

LEIA TAMBÉM: O que fazer no Vietnã: melhores destinos
O que fazer em Hanoi, a capital do Vietnã
Conheça Ha Giang, o último lugar intocado do Vietnã

FILIPINAS

Possivelmente as praias mais bonitas do Sudeste Asiático estão aqui, em lugares como Corón e El Nido. Apesar de o deslocamento entre as ilhas ser chatinho e muitas vezes depender de voo, com US$ 40 por dia você viaja bem. Fique no mínimo dez dias para conhecer o principal.

LEIA TAMBÉM: Como montar um roteiro pelas Filipinas
Miniguia de Bocaray, nas Filipinas

Por que incluir as Filipinas na sua viagem pelo Sudeste Asiático

INDONÉSIA

Preços de Sudeste Asiático aqui: com entre US$ 20 e US$ 50 por dia você está muito bem. Bali está na bucket list de meio mundo depois que apareceu em Comer, Rezar e Amar. Quem puder esticar a estada pelo país, veja praias quase-Maldivas nas Gili Islands, o maior monumento budista do mundo em Borobudur, cultura e mercados na cidade de Yogyakarta, lagartões endêmicos em Komodo e trilhas para vulcões em Lombok.

A autora

Betina Neves

Betina Neves

Editora do Carpe Mundi, viaja pra trabalhar e trabalha pra viajar. É jornalista freelancer e já escreveu pra Viagem e Turismo, ELLE, Claudia, Vamos LATAM, Superinteressante, Cosmopolitan, VEJA São Paulo, Folha de S. Paulo, entre outras publicações.


Instagram

Há 8 comentários para “23 lugares baratos para viajar no exterior: programe suas férias de 2018 já!

  1. Bom dia, Betina em agosto estamos planejando ir para Cartagena, pesquisamos algumas sites mais nada muito serio e interessante, se você tiver dicas legais de lá agradeço desde já. Muito obrigado e boas viagens!

  2. Olá Betina.
    Em setembro eu e meu marido estamos de férias e nossa maior vontade é ir para Tailândia. Mas li muito que não é um período muito bom por conta da chuva. Acha que vale a pena arriscar?
    Obrigada.

  3. Muito bom saber dicas assim, afinal de contas, nem sempre temos tanto dinheiro para viajar. Normalmente nossa vontade é maior que a nossa verba….rsrs. Um abraço.

  4. Betina, quero muito ir viajar para o exterior, sera minha 1 viagem internacional, férias em agosto 2018!!
    Tenho 50 anos, sou divorciado e com 3 filhos, nunca deu para viajar pois seria muito $$ , agora irei sozinho, tenho mil sonhos e não sei por onde começar a planejar a viagem , muito menos para onde ir.
    Penso em Portugal, Cancun, África do sul, Colombia…, super em duvida para onde ir em Agosto 2018
    Me ajuda?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *