planejamento


23 lugares baratos para viajar no exterior: programe suas férias de 2018 já!

O que queremos? Viajar mais para o exterior. E como queremos? Sem gastar muito.

Para isso, aqui vai nossa lista definitiva de destinos internacionais baratos para você pensar suas férias.

23 destinos internacionais baratos para você escolher:

Destinos internacionais baratos nas Américas:

PERU

Apesar do ingresso para Machu Picchu ser caro e os restaurantes top de Lima também, de resto você consegue fazer uma viagem bastante econômica: há muitas opções de hospedagem e comida simples baratos. Deslocamentos entre as cidades também custam pouco: o ônibus de Cusco a Arequipa, por exemplo, custa desde R$ 35 para um trajeto de 500 km.

LEIA TAMBÉM: Primeira vez no Peru: roteiro explicadinho de 10 dias
O que fazer em Lima: roteiro de três dias
O que ver em Cusco e na região do Vale Sagrado
Como ir de Cusco a Machu Picchu

BOLÍVIA

Mesma a estrela do país, o tour de três dias pelo Salar do Uyuni, não sai tão caro assim: são cerca de R$ 450 com acomodação, transporte e refeição. Tirando isso, dá para comer com R$ 10 por refeição e ser hospedar por R$ 20 (em hostel) ou R$ 40 (em hotel). Deslocamentos em ônibus também são baratíssimos.

LEIA TAMBÉM: Como montar um roteiro pela Bolívia
Dicas pra visitar o Salar do Uyuni a partir da Bolívia
O que fazer em La Paz, a capital da Bolívia
Miniguia de Sucre, cidade colonial na Bolívia
Como conhecer Copacabana e o Lago Titicaca

COLÔMBIA

Não é tão barata como os dois países acima, mas também não esfola o bolso. Dá para gastar US$ 30 por dia ficando hostels e US$ 50 em hotéis simples. Na ilha caribenha San Andrés você chega com voos de Bogotá por menos de R$ 200 e se hospeda em pousadinhas por menos de US$ 60 para duas pessoas.

LEIA TAMBÉM: Como montar um roteiro pela Colômbia
O que fazer em Bogotá: roteiro de três dias
O que fazer em Cartagena: roteiro de três dias
Como conhecer o belo Parque Tayrona

MÉXICO

Ok, sabemos que ir a Cancún, feita para americanos, pode sair caro. Mas o México tem muuuito mais para ver: a capital é superinteressante, assim como as lindinhas cidades Oaxaca, San Cristóbal de las Casas, Chiapas, San Miguel de Allende, Guanajuato. Mesmo no Caribe, dá para encontrar hostels baratinhos (desde US$ 10) em Playa del Carmen Tulum, por exemplo. Se deslocar em ônibus ou carro alugado também não sai caro.

LEIA TAMBÉM: 10 cidades coloniais pra conhecer no México
Roteiro perfeito por Cancún e região em dez dias
Conheça o charme de San Miguel de Allende

NICARÁGUA E GUATEMALA

Nesses dois países (consideravelmente mais baratos que os vizinhos Panamá, Belize e Costa Rica) você dorme a partir de US$ 9, come por US$ 7 e se locomove bem baratinho de ônibus. Veja aqui Antigua, uma das cidades coloniais mais lindinhas das Américas, o sítio arqueológico Tikal, a natureza da Isla Ometepe, entre outras atrações.

Destinos internacionais baratos na Europa:

CROÁCIA

Hit da Europa nos últimos anos, oferece o combo sítios históricos + praias perfeitas por um preço consideravelmente menor do que a Grécia, por exemplo. Apesar dos lugares mais populares no verão como Slip e Drubrovnik já estarem lotados e mais caros (mesmo assim tem hostel por € 15), outros pontos do país como Zagreb, Vis e Brac se conservam menos custosos. O Airbnb pode ter boas barganhas pra se hospedar.

PORTUGAL

Lisboa está cada vez mais cool mas ainda é uma das capitais da Europa “clássica” onde seu dinheiro vai valer mais: aqui você pode sair para jantar por € 12, tomar cerveja por € 2, ficar em hostels e hotéis bacaninhas pagando entre € 10 e € 20 por pessoa. O país é pequenino, o que significa que você não precisa se deslocar muito pra conhecer várias outras cidades.

LEIA TAMBÉM: O que fazer em Lisboa bairro a bairro
Onde ficar em Lisboa: melhores bairros e hotéis
Roteiro pelo Alentejo, a legítima roça lusitana
Roteiro pelas praias do Algarve e do Alentejo

LESTE EUROPEU (Hungria, República Tcheca, Polônia e Eslováquia)

A dobradinha Praga e Budapeste e adições como Cracóvia, Vasóvia e Bratislava dão uma bela viagem econômica. Sim, é verdade que aqui você vai gastar BEM menos do que em Itália e França, por exemplo, porque as hospedagens, a comida e o transporte são mais em conta, e o número de atrações pagáveis (como museus) é bem menor. Vá entre maio e setembro porque a friaca ali é duríssima.

LEIA TAMBÉM: O que fazer em Praga: guia completo
Onde comer em Praga pra fugir dos pega-turista
O que fazer e onde comer em Budapeste bairro a bairro

BERLIM

Esticada coerente de uma viagem para o Leste Europeu, a descoladérrima capital alemã se conserva com preços acessíveis. Come-se muito bem por € 10 num restaurante e dorme-se a partir de € 12 em hostel e € 40 em hotel. Muitas das atrações importantes também são de graça, como o Topographie des Terrors e a East Side Gallery. Vá entre maio e setembro pra aproveitar a vida ao ar livre (o que sempre barateia a viagem, também).

EUROPA ROOTS (Bósnia Herzegovina, Sérvia, Montenegro, Albânia, Romênia)

Temos aqui uma Europa barata e ainda inexplorada pelos brasileiros. Temos montanhas escarpadas em Djerdap, na Sérvia, um centro histórico gracinha em Mostra, na Bósnia, praias de mar azulzinho em Montenegro e Albânia e uma história riquíssima cheia de castelos (e vampiros) na Romênia.

TURQUIA

Voar de balão na Capadócia sai caro (tipo US$ 100), mas tirando isso você consegue viajar numa boa pela Turquia gastando US$ 40 por dia ficando em hostels e hotéis simples. Os passagens de ônibus são baratas e a entrada nas atrações também, e dá para comer de boa em restaurantes bacaninhas por US$ 10. O roteiro básico no país passa por Istambul, Goreme, Pamukkale, Selçuk, Bodrum e Oludeniz.

Destinos internacionais baratos na África:

MARROCOS

Sim, o país está entre os destinos internacionais baratos: ficando em hostel ou hotel bem simples, você consegue se virar em Marrakech com US$ 40 por dia ou menos. De lá, pegue ônibus ou alugue um carro para o ver o resto do país. Experiências como dormir no deserto podem sair a partir de US$ 37 em lugares como o Berber Camp.

LEIA TAMBÉM: O que fazer em Marrakech: 15 programas
Road trip completa no Marrocos, de Marrakech a Fez 
Mulheres viajando no Marrocos: guia de sobrevivência
Melhores destinos do Marrocos pra montar seu roteiro

Destinos internacionais baratos na Ásia:

ÍNDIA

A nação milenária com 1,2 bilhão de habitantes e 16 idiomas oficiais tem preços mega atraentes (apesar dos pacotes caros que você vê à venda no Brasil). Visite Délhi, a porta de entrada do país, onde não dá pra perder a Tumba de Humayun; Agra, a base do Taj Mahal; Jaipur, a cidade rosa, do Palácio dos Ventos; Jodhpur, onde o azul toma conta das construções. Dica: junte um grupo para aumentar a segurança e poder rachar transporte privativos.

LEIA TAMBÉM: Como fotografar as cores da Índia

SRI LANKA

Com cerca de US$ 40 por dia (ou até menos) você se vira nesta ilha ao sul da Índia que guarda sítios arqueológicos e construções religiosas budistas, plantações de chá a perder de vista, praias propícias ao surf e uma culinária pujante. Não perca o Buda gigante de Kekirawa, as ruínas de Polonnaruwa, a fantástica fortaleza Sigiriya, o Parque Nacional Yala, com elefantes, javais e ursos, e as praias do sul, em lugares com Arugam Bay.

NEPAL

Dos países mais pobres da Ásia, é também um dos mais baratos para viajar. Além das caminhadas de distâncias e dificuldades variadas pelas montanhas, tem cidades interessantes como Bakhtapur e Pokhara. Para quem quer fazer trabalho voluntário, veja ONG’s como a All Hands and Hearts.

TAILÂNDIA

Apesar do turismo ultradesenvolvido, a Tailândia ainda tem preços baixos: dorme-se gastando desde US$ 7 , come-se por US$ 5 e paga-se US$ 20 em jornadas de ônibus de mais de 10 horas sem muito esforço. Mesmo nas famigeradas ilhas como Koh Phi Phi dá para se virar com pouco. A única coisa que dói no bolso são passeios de barco.

LEIA TAMBÉM: 5 sugestões de roteiros pela Tailândia
O que fazer em Bangkok: melhores programas
7 verdades sobre Koh Phi Phi pra não dizer que ninguém avisou

Guia completo de ilhas da Tailândia

LAOS

Preços de Sudeste Asiático aqui: com entre US$ 20 e US$ 40 por dia você está muito bem. País menos explorado que os vizinhos Vietnã e Tailândia, tem em Luang Prabang sua vedete do turismo, com cachoeiras e cafés, em Vang Vieng um paraíso mochileiros e em Thakhek o lugar para quem procura aventura.

LEIA TAMBÉM: O que fazer no Laos: melhores destinos
O que fazer em Luang Prabang, a cidade mais lindinha do Laos
Como fazer o Thakhek Motorbike Loop

CAMBOJA

O ingresso para ver Angkor e os templos ao redor é caro: o passe de três dias custa US$ 62. Tirando isso, é mais um entre os destinos internacionais baratos: dá para comer com US$ 1 se você quiser. Se tiver mais tempo visite também a capital do país, Phnom Penh, e as praias de Koh Rong e Koh Rong Samloem.

LEIA TAMBÉM: O que fazer no Camboja: as top atrações
Roteiro 3 dias em Siem Reap para conhecer os templos de Angkor
Koh Rong: no Camboja também tem praias paradisíacas

MYANMAR

Aqui o turismo é incipiente e os preços são similares aos da Tailândia, às vezes mais baratos. Um porém é o visto, que custa US$ 50. Tirando isso, em Kalaw dá para fazer um trekking de três dias com todas a acomodações e alimentação por US$ 30 (na Tailândia seria o triplo). Não perca também Yangon, Inle Lake, Mandalay e Bagan, esta última terra de mais de dois mil templos.

VIETNÃ

Entre os destinos internacionais baratos, é possivelmente o mais barato: pense hostel a US$ 3 e cerveja a US$ 0,50. Ônibus superconfortáveis com cama percorrem todas as cidades do país por preços módicos. Não perca os hits Hanoi, Ha Long Bay, Hoi An, e explore cantos mais intocados em Ha Giang e no Parque Nacional de Phong Nha-Ke Bàng, onde está a maior caverna do mundo.

LEIA TAMBÉM: O que fazer no Vietnã: melhores destinos
O que fazer em Hanoi, a capital do Vietnã
Conheça Ha Giang, o último lugar intocado do Vietnã

FILIPINAS

Possivelmente as praias mais bonitas do Sudeste Asiático estão aqui, em lugares como Corón e El Nido. Apesar de o deslocamento entre as ilhas ser chatinho e muitas vezes depender de voo, com US$ 40 por dia você viaja bem. Fique no mínimo dez dias para conhecer o principal.

LEIA TAMBÉM: Como montar um roteiro pelas Filipinas
Miniguia de Bocaray, nas Filipinas

Por que incluir as Filipinas na sua viagem pelo Sudeste Asiático

INDONÉSIA

Preços de Sudeste Asiático aqui: com entre US$ 20 e US$ 50 por dia você está muito bem. Bali está na bucket list de meio mundo depois que apareceu em Comer, Rezar e Amar. Quem puder esticar a estada pelo país, veja praias quase-Maldivas nas Gili Islands, o maior monumento budista do mundo em Borobudur, cultura e mercados na cidade de Yogyakarta, lagartões endêmicos em Komodo e trilhas para vulcões em Lombok.

Há 12 comentários para “23 lugares baratos para viajar no exterior: programe suas férias de 2018 já!

  1. Bom dia, Betina em agosto estamos planejando ir para Cartagena, pesquisamos algumas sites mais nada muito serio e interessante, se você tiver dicas legais de lá agradeço desde já. Muito obrigado e boas viagens!

  2. Olá Betina.
    Em setembro eu e meu marido estamos de férias e nossa maior vontade é ir para Tailândia. Mas li muito que não é um período muito bom por conta da chuva. Acha que vale a pena arriscar?
    Obrigada.

  3. Muito bom saber dicas assim, afinal de contas, nem sempre temos tanto dinheiro para viajar. Normalmente nossa vontade é maior que a nossa verba….rsrs. Um abraço.

  4. Betina, quero muito ir viajar para o exterior, sera minha 1 viagem internacional, férias em agosto 2018!!
    Tenho 50 anos, sou divorciado e com 3 filhos, nunca deu para viajar pois seria muito $$ , agora irei sozinho, tenho mil sonhos e não sei por onde começar a planejar a viagem , muito menos para onde ir.
    Penso em Portugal, Cancun, África do sul, Colombia…, super em duvida para onde ir em Agosto 2018
    Me ajuda?

  5. Oi!!! Pretendo fazer uma viagem para o Egito em novembro… o que vc me indica…. se está época e boa… ou para Alemanha…. obrigado!bju

  6. Boa noite, Betina!!

    Sua reportagem ficou excelente!! Parabéns!!
    Eu tenho o sonho de viajar a São Tomé e Príncipe, na África. Você tem dicas e sites de agências de viagens que façam pacotes de viagem para lá?

    Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *