Sim, a gente adora o Caribe de Cancún e Playa del Carmen, mas o México vai muito além.

CIDADES COLONIAIS NO MÉXICO

A colonização espanhola deixou uma interessante fusão com a cultura local em cidades coloniais lindinhas, com chão de paralelepípedo e praças amplas arborizadas. Nelas você vai a fundo nessa nação caótica pero no mucho, com personalidade forte, sabores ardidos, história riquíssima e cores vibrantes. Veja 10 cidades coloniais no México pra incluir no roteiro.

VEJA MAIS EM: Cancún: superguia com hotéis, restaurantes, passeios e baladas
Cancún, Playa del Carmen e Tulum: tudo o que você precisa saber

CIDADES COLONIAIS NO MÉXICO

San Miguel de Allende

Aposentados, artistas e escritores americanos e canadenses tem uma afeição especial por essa cidade – cerca de 20% da população é estrangeira, fora os turistas de todas as partes. Todos transitam em harmonia pelos 24 quarteirões estreitos de casinhas coloniais bem conservadas, com construções históricas como a bela Paróquia de San Miguel Arcángel, jacarandás em flor, lojinhas, mercados, galerias de arte e bons restaurantes. Pra ninguém botar defeito. No Hotel Matilda (diárias desde US$ 377) o padrão não é diferente – há obras de arte por todo o canto, pinturas modernas e coloridas e uma iluminação aconchegante mais escurinha, em uma disposição de 32 quartos.

LEIA O POST COMPLETO SOBRE SAN MIGUEL DE ALLENDE AQUI!

viagem-san-miguel-de-allende

Oaxaca

Encabeça a lista de cidades coloniais no México mais lindinhas. Seu centrinho charmoso se dá ao redor do Zócalo, a enérgica praça central, cheia de artistas de rua e bancos encimados por árvores. Tem atrações de peso como o Museo de las Culturas, dentro do antigo Convento de Santo Domingo, do século 16, e ruínas da civilização zapoteca. E é ainda apontada como a capital gastronômica do México, com sabores que você só vai encontrar ali. A refeição obrigatória é o Mole, uma espécie de molho mais cremoso, acompanhado de frutas, pimenta ou apenas temperos como cominho, canela e pimenta do reino – vá ao La Casa de La Abuela para uma experiência bem caseira.

oaxaca, méxico

Querétaro

Das cidades coloniais no México, este é um antigo povoado de mineradores de prata, que viveu momentos históricos contundentes com a execução do Imperador Maximiliano. No centro histórico brilham os “andadores”, boulevares reservados a pedestres, pracinhas arborizadas, igrejas e restaurantes com arquitetura que mistura estilos mouro e barroco. Todo mundo quer se hospedar no La Casa de la Marquesa (diárias desde US$ 84), uma casa-palácio de 1756 com decoração suntuosa de época que junta o sofisticado e vintage com móveis em madeira e paredes com cores vibrantes.

Puebla

Pertinho da Cidade do México, Puebla pode ser a primeira parada para um contato mais veemente com as raízes do país. Fundada em 1532, a cidade tem mais de 70 igrejas e mil construções históricas, muitas delas cobertas pelos azulejos em estilo talavera, que a cidade ficou famosa por produzir. A culinária também é bem singular – prove o mole poblano (potente mistura de chocolate, pimentas e especiarias). Além dessa iguaria, Puebla também é lembrada pela produção de doces açucarados, que você encontra principalmente na Calle de los Dulces, também conhecida como Calle de Santa Clara. Por lá, não deixe de provar alguns do mais pedidos: camote, uma batata doce e muégano, bloquinhos de farinha de trigo com mel.

puebla-mexico

Morelia

Cidades coloniais no México: ainda poucos viajantes estrangeiros descobriram Morelia, então é a chance de se deparar com uma joia colonial que não foi invadida pelo turismo. Fachadas barrocas e arcadas enfeitam as ruas de pedra, que desembocam na inspiradora catedral e numa das mais antigas universidades das Américas. Lojinhas de doces, hotéis, cafés, museus, taquerias e bares em terraços estão dispostos ali. Se for fazer um pernoite, o Hotel De La Soledad (diárias desde US$ 116) é a opção. Todos os quartos e parte dos ambientes têm paredes de pedras, pé direito alto e portas de madeira dignas de uma palácio.

CIDADES COLONIAIS NO MÉXICO

San Cristóbal de las Casas

No sul do país, no estado de Chiapas, a cidade está num vale rodeado de montanhas forradas de pinheiros, fazendas de café e aldeias tradicionais da etnia tzotzil maia, que ainda preservam seus costumes. No centrinho, bastante turístico há algum tempo, você cursa ruas de casas coloridas cheias de bares, restaurantes e lojas, graças a uma galera descolada que aportou ali. A igreja mais bonita é o Templo de Santo Domingo, do século 16, com exterior barroco e interior coberto de ouro. O hotel-boutique Sombra del Agua (diárias desde US$ 44) tem seu charme colonial e está instalado em um edifício restaurado do século XIX, localizado perto dos pontos turísticos e a apenas um quarteirão da Catedral de San Cristóbal.

Guanajuato

Pertinho de San Miguel de Allende e Querétaro, essa pequena cidade do século 16 foi fundada graças às ricas jazidas de ouro e prata da região. Lá estão mais predinhos coloniais bonitos, o Museo Casa Diego Rivera, onde nasceu o artista, belos teatros e igrejas e uma grande população universitária que anima as noites. Para se hospedar, a indicação da vez fica pro Villa María Cristina (diárias desde US$ 112), um hotel-boutique com 38 quartos (um diferente do outro) dispostos em prédios históricos tombados, coloridinhos, interligados por belos pátios com banquinhos, um deles com piscina, mesa e cadeiras.

TUDO SOBRE GUANAJUATO AQUI!

guanajuato, cidades coloniais no méxico

Mérida

Entre as cidades coloniais no México, é uma das mais conhecidas. Capital do estado de Yucatan, que guarda com orgulho suas heranças maias e tem impecáveis construções esbranquiçadas. Além de charmosa e cheia de atrativos, é base para visitar as ruínas e praias da região, como Chichén Itzá. Uma boa hospedagem é no Rosas & Xocolate (diárias desde R$ 262) – sua estrutura é de duas mansões coloniais onde 17 exclusivos quartos fazem jus ao charme de Mérida.

merida-mexico

CIDADES COLONIAIS NO MÉXICO

Cuernavaca

Esta cidade de jardins verdejantes e bem cuidados era um refúgio de ricos e poderosos nos séculos 18 e 19, que deixaram grandes mansões e haciendas. Suas atrações florescem ao redor e além da Plaza de Armas, como o Museo Regional Cuauhnáhuac, situado no antigo palácio do conquistador espanhol Hernán Cortés, e a bela Catedral de la Asunción de María, o principal templo do lugar. Para uma estadia mais moderna, o Mision del Sol Resort & Spa (diárias desde US$ 50) é a boa, com spa, quadra de tênis, academia e oficinas de yoga e meditação gratuitas.

cuernavaca mexico

Campeche

Na Península de Yucatan, é uma das mais fotogênicas cidades coloniais no México, cercada por partes de uma muralha com baluartes que guarda ruas de pedra, construções em tons pastéis e mansões espanholas construídas nos séculos 18 e 19. Uma parada imperdível é ir no Malecón de Campeche no entardecer. A orla se estende por vários quilômetros, e durante o pôr do sol, é possível ver turistas estenderem cangas e apreciarem a vista.

LEIA TAMBÉM: O que fazer em Cancún: um miniguia prático de viagem
Roteiro por Cancún e região da Península de Yucatán: 10 dias a 2 semanas
Cancún, Playa del Carmen e Tulum: tudo o que você precisa saber

campeche, méxico
campeche, méxico

2 comentários

Deixe seu comentário

voltar ao topo