CALENDÁRIO DE VIAGEM

PARA ONDE VIAJAR EM OUTUBRO: MELHORES DESTINOS NO BRASIL E NO EXTERIOR

PARA ONDE VIAJAR EM OUTUBRO

BRASIL

A primavera traz clima bom pra todo lugar. Pra quem quer praia, qualquer escolha no Nordeste é boa, com preços atraentes de baixa temporada e calor não tão insuportável como no verão. O Rio e Búzios também passam por uma época atrente. Se a pedida for praia de rio, Alter do Chão e o Amazonas ainda vivem um momento especial de seca. Já no Maranhão, é o último mês do ano pra visitar os Lençóis com lagoas. Destinos de ecoturismo como as Chapadas e o Pantanal ainda estão com tudo. Belém recebe a festa que reúne mais de 2 milhões de devotos do Círio de Nazaré e Blumenau, em Santa Catarina, o agito do Oktoberfest.

BROTAS (SP)

Capital da adrenalina paulista, a 3 horas de São Paulo, conta com uma profusão de cachoeiras incríveis, atividades de aventura pra preencher vários dias (rafting, canionismo, arvorismo) e uma cidadezinha simpática com boa dose de restaurantes. E o melhor: as pousadas são baratinhas. E outubro é o mês mais interessante pra ir a Brotas: tem calor de verão e precipitação de 100 mm.

Dica: na capital está acontecendo a Bienal, que vale uma visita e no fim do mês costuma ter seus dias mais vazios.

LEIA TAMBÉM: Um fim de semana entre rios e cachoeiras em Brotas, a 3h de São Paulo

brotas-sp-brasil

PANTANAL (MS e MT)

Acordar antes das 6h e ver o raiar do sol inundar a imensidão verde, dirigir ao lado de um rio lotado de jacarés entre garças e tuiuiús, cavalgar entre campos semialagados e espreitar uma ema andando ao longe, navegar num rio a procura de onças e ariranhas, passar a noite olhando as estrelas num silêncio quase impensável: as experiências do Pantanal, seguindo o ritmo lento da natureza, te transportam para outro Brasil, um que vive à mercê das cheias e secas de uma das maiores planícies inundáveis do planeta, onde habitam cerca de 4700 espécies de animais e plantas. No período da seca, que vai até outubro, você vê mais bichos e pode transitar melhor pela região.

Dica: Escolha entre as fazendas do Pantanal Sul (MS), da onde dá para ir até Bonito também, ou o Pantanal Norte (MT), que você pode conjugar com a Chapada dos Guimarães.

LEIA MAIS: Roteiro no Mato Grosso: Pantanal, Chapada dos Guimarães e Nobres

Como conhecer o Pantanal Norte, no Mato Grosso: pousadas e passeios

pantanal-muito-quando-ir

BELÉM (PA)

A cidade de Belém ganha uma atmosfera especial no segundo domingo do mês de outubro, quando a festança do Círio de Nazaré toma o local, marcando uma série de procissões que acontecem no mês de aniversário da padroeira da cidade. Na sexta-feira, a imagem percorre as ruas de Belém, e no sábado, é levada à Catedral da Sé, com milhares de devotos segurando velas. No domingo, o Círio começa com a celebração de uma missa em frente à Catedral e acaba com a procissão, que percorre as ruas de Belém até a Basílica de Nazaré. Pra quem gosta de garimpar coisinhas locais, outro destaque da festa são os artesanatos de miriti, feitos com o caule da palmeira do miriti.

Dica: Cerca de dois milhões de fiéis lotam as ruas para acompanhar esse trajeto. Chegue cedo todo dia  se quiser participar do evento de perto.

MACEIÓ (AL)

Para onde viajar em outubro: perto do verão, a capital alagoana é ótima pra uma rapidinha no Nordeste: com a orla urbana mais bonita da região, tem um mar lindamente esverdeado, barracas de praia bem estruturadas, artesanato com renda e cena gastronômica variada, com desde comida típica sertaneja até incursões contemporâneas. Seu trunfo é também estar num estado com litoral bonito e não muito extenso, o que é conveniente pra alugar em carro e fazer viagens pra conhecer praias mais afastadas, como a bela Praia do Francês.

Dica: Dá pra fazer um bate-volta a Maragogi e a São Miguel dos Milagres.

maceio-alagoas

PARA ONDE VIAJAR EM OUTUBRO

EXTERIOR

AMÉRICA DO SUL: Com o inverno definitivamente dando lugar à primavera, é cada vez melhor viajar para as capitais sul-americanas – o frio já saiu de cena e temperaturas amenas tornam caminhadas mais agradáveis. Na Patagônia argentina, a Península Valdés recebe baleias jubartes e recomeça o verão. O Atacama tem o clima perfeito: não tão quente e ainda longe da possibilidade de chuvas de dezembro e janeiro. Em Galápagos, a hora é agora pra ver vida animal.

GALÁPAGOS, EQUADOR

Embora não exista época ruim para visitar Galápagos, um dos paraísos biológicos do planeta, berço da teoria evolucionista de Charles Darwin, outubro é a melhor hora para quem gosta de observar a vida animal. Uma corrente oceânica fria deixa as temperaturas mais baixas, mas enche os mares de nutrientes e de peixes (mas você deverá enfrentar o mar gelado para alcançar o seu objetivo) e, consequentemente, o céu de aves.

Dica: Há os “big fifteen” em Galápagos, mais ou menos como os “big five” nos safáris sul-africanos. Entre os principais estão: a tartaruga-das-galápagos, os lobos-marinhos, a fragata “tesourão”, o atobás de patas-azuis, o tubarão-martelo, o pinguim-das-galápagos e a iguana-marinha.

BARILOCHE, ARGENTINA

Para quem quer um gostinho da paisagem patagônica (montanhas, bosques, formações rochosas, lagos), o hit do inverno argentino também é visitável fora da temporada de neve (dependendo do ano, pode até dar para esquiar nos primeiros dias de outubro – cheque o site do Cerro Catedral para ver). O tempo costuma estar frio nessa época (mínimas abaixo de 5 graus), mas bem agasalhado você aproveita atrativos como o Circuito Chico, às margens do lago Nahuel Huapi, o passeio de barco à Isla Victoria e ao Bosque de Arrayanes, o vilarejo de San Martín de los Andes alcançado pela cênica Rota dos Sete Lagos. Para adicionar mais charme ao passeio, conjugue com uma noite em hotel romântico na vizinha Villa la Angostura.

Dica: Aproveite a baixa temporada para pegar tarifas mais baixas em hotéis top como o Llao Llao Resort.

bariloche

PARA ONDE VIAJAR EM OUTUBRO

CARIBE: Outubro é *O* mês dos furacões do Caribe. Apesar da probabilidade ser pequena, tempestades tropicais são comuns e têm sem um bom risco de atrapalhar as suas férias. Mesmo sem furacões, no Panamá e em San Andrés chove muito. Seguro mesmo é Aruba, Curaçao, Los Roques, Barbados e Trinidad e Tobago. Destinos do Caribe mexicano como Cancún e Tulum também começam a voltar à normalidade na segunda metade do mês.

ARUBA

Para onde viajar em outubro: Aruba é um Caribe fácil, sempre ensolarada, com mar azul fosforescente, boa dose de passeios, resorts confortáveis, um punhado de restaurantes. Um destino pra simplesmente sossegar. Mesmo durante a temporada de furacões no Caribe, que não afeta a ilha. Palm Beach converge grande parte da oferta hoteleira: vários resorts de arquitetura de gosto duvidoso dispostos num pequeno Éden de areia branquíssima e água claríssima. Em Eagle Beach e Manchebo Beach, praias igualmente  paradisíacas com hotéis mais charmosos e em Malmok Beach, Boca Catalina E Arashi Beach, sem tanta infra, estão lindas piscinas naturais.

Dica: Em Oranjestad veja o Museu Arqueológico de Aruba, caminhe pela Main Street e veja a feirinha do Flea Market.

LEIA MAIS: Dicas de Aruba: tudo sobre a ilha mais ensolarada do Caribe

Onde ficar em Aruba: as melhores praias e hotéis selecionados

mahayana-tulum-beach-villas

TULUM, MÉXICO

A 130 km de Cancún, conhecida pelo sítio arqueológico homônimo, Tulum cresceu nos últimos anos e se tornou um destino em si, point praiano mundial do lifestyle hippie-chique que parece anos-luz dos resortões americanizados da vizinha. Na segunda metade do mês, as chuvas começam a cessar (e, mesmo que chova, deve ser algo rápido e no fim do dia) e os dias têm muuuito sol, sem tanto movimento de turistas como em novembro e dezembro. É principalmente na Zona Hoteleira que estão hotéis-boutique como o Sanará Tulum, beach clubs com cabanas à la Trancoso como o Papaya Playa Project e lojinhas de designers como a Bendito Tulum.

Dica: Tulum é base perfeita para explorar as belezas da Riviera Maya, de praias de sonho como Xpu Há a cenotes como o Suytún.

LEIA TAMBÉM: Guia de Tulum, um dos destinos mais trendy do globo

PARA ONDE VIAJAR EM OUTUBRO

AMÉRICA CENTRAL E DO NORTE: Na América Central, o tempo está quente, mas ainda chuvoso. México caribenho no auge da temporada de furacões, mas a Cidade do México conta com o alegre Dia de los Muertos no fim do mês. Nos EUA é a chegada do outono, com folhagens de tons quentes colorindo a paisagem. Nova York, Washington D.C., Chicago e outras cidades do Norte ficam lindíssimas e tem descontos nas hospedagens.

CIDADE DO MÉXICO, MÉXICO

O México é uma nação de cores gritantes, sabores ardidos e personalidade forte. E sua capital é um bom resumo disso tudo. Na obrigatória Plaza de la Constituición estão a Catedral Metropolitana, o Templo Mayor e o Palacio Nacional. No capítulo museus, o Museo Nacional de Antropologia, o Museo Dolores Olmedo Patiño e a La Casa Azul, de Frida Kahlo. Mas a grande atração do mês é o Dia de los Muertos, a versão mexicana do nosso dia dos Finados, que, diferente do que estamos acostumados, não é um feriado melancólico, mas superagitado: cemitérios são enfeitados com adornos; são feitas oferendas aos mortos com comidas, bebidas, flores e velas; e há desfiles de fantasias de caveiras pelas cidades do país. A festa vai de 31 de outubro a 2 de novembro.

Dica: O Zócalo vira um caveiródromo, atraindo fantasiados de toda a cidade.

WASHINGTON D.C., EUA

Época ideal para quem procura uma viagem tranquila, com clima ameno e preços mais camaradas (de setembro a novembro é normal pegar tarifas com desconto). O período também propicia um belo espetáculo da natureza: a troca de cores das folhagens nas árvores. A cidade, muito arborizada, ganha contornos em tons de ocre e laranja e torna-se um destino encantador e romântico. E, politicagens à parte, Washington D.C. é uma cidade interessante e vivaz. Sim, ela abriga prediões institucionais e possivelmente a maior concentração de museus por metro quadrado do mundo, mas também tem boemia, compras, casas de show e uma comunidade de estrangeiros que deixa a cidade multicultural.
Dica: Não perca o ótimo Newseum, museu de coberturas jornalísticas que tem exposições que cobrem desde casos famosos do FBI até a Queda do Muro de Berlim (e tem de fato um pedaço do muro lá dentro).

LEIA TAMBÉM: O que fazer em Washington D.C.: as melhores atrações da capital americana

o-que-fazer-em-washington

PARA ONDE VIAJAR EM OUTUBRO

EUROPA: O frio já está se instaurando de volta no Velho Continente, mas ainda há resquícios de calor no início do mês em destinos do Mediterrâneo como as Ilhas Gregas e o sul de Portugal, Espanha, França e Itália. A Turquia está mais vazia e o frio ainda não chegou de vez.

DOURO, PORTUGAL

Para onde viajar em outubro: vinhedos centenários, vilarejos parados no tempo e quintas elegantes pra ficar, dormir e comer bem se ligam por estradinhas que descortinam vistas estonteantes sempre o Rio Douro no meio. A região produz o famoso vinho do Porto, cuja principal parte da produção acontece em outubro: este é o mês da colheita e pisa das uvas, ainda hoje protagonizada de maneira artesanal. De sobra, os campos estão verdejantes.

Dica: A cidadezinha de Pinhão é recheada de quintas preciosas, entre elas a Wine & Soul e a Quinta de la Rosa. Já em Tabuaço, veja a Quinta do Pégo, a Quinta de Santo António e a Quinta do Pôpa.

LEIA TAMBÉM: Roteiro Portugal: duas ideias infalíveis para 15 dias

quintas-douro

ALSÁCIA, FRANÇA

Quem ama vinho não pode deixar de percorrer os 170 km da Route des Vins na Alsácia – região nordeste da França marcada pela forte influência alemã. No início do outono, quando acontece a colheita, diversas vinícolas estão abertas pra visita e degustação. Ao longo da viagem você também vai se deparar com vilarejos pitorescos como Mittelbergheim, Itterswiller, Barr e a cidade mais charmosa da região, Colmar, que mais um parece um cenário de conto de fadas com suas casinhas no estilo alemão.

Dica: Pegue um TGV a partir de Paris até Estrasburgo, onde você pode alugar um carro e dar início a Route des Vins.

VENEZA, ITÁLIA

Outubro é um boa brecha para visitar a cidade italiana com pouquinho frio, dias ainda claros e bem menos turistas do que nos meses anteriores. Em anos de Bienal, ela ainda está rolando neste mês também. Não perca arte moderna da Coleção Peggy Guggenheim, a lindeza da Piazza San Marco, a vista do topo da Igreja de San Giorgio Maggiore e uma pratinho de cicheti, as tapas venezianas, com um aperol spritz na mão. No mais, a expressão tão usada “se deixe perder pelas ruinhas” faz mais sentido do que nunca aqui: cada canal, cada gôndola, cada casa colorida, cada beco estreito, cada praça escondida e até cada varal estendido parecem parte de um grande cidade cenográfica.
Dica: Outubro é bom mês para o rolê básico do norte da Itália, passando por Roma, Cinque Terre e Florença.

LEIA TAMBÉM: O que fazer em Veneza, na Itália: 19 programas imperdíveis

veneza

PARA ONDE VIAJAR EM OUTUBRO

ÁFRICA: As altas temperaturas estão deixando o norte do continente é uma boa investir em experiências no Deserto do Saara, no Marrocos ou na Tunísia. O Egito também é uma boa, especialmente pra quem planeja fazer cruzeiros pelo Rio Nilo. Em Madagascar, Namíbia, Botswana, Quênia e África do Sul, ao sul, a estação favorece o avistamento da fauna e da flora.

TUNÍSIA

Para onde viajar em outubro: localizada no Magreb, região no Noroeste da África, o país ganhou fama por seus sítios arqueológicos, praias de areia fininha banhadas pelo azul intenso do Mediterrâneo e desertos deslumbrantes com paisagens de oásis. Em Túnis veja o Minarete da Grande Mesquita; em Sidi Bou Said curta o clima mediterrâneo e as construções brancas com detalhes azuis que lembram a Grécia; na ilha de Jerba, a maior do Norte da África, descanse tudo o que puder; e no passeio ao deserto conheça os sets de filmagens de Star Wars e o oásis natural com lagos cristalinos e cachoeiras de Tozeur.

Dica: Escolha um tour ao deserto que inclua o Chott el Jerid, enorme lago de sal do país, mais que fotogênico.

LEIA TAMBÉM: 7 viagens que você precisa fazer pela África o mais rápido possível

tunisia-tunis

MADAGASCAR

Poucas chuvas e clima ameno favorecem os passeios selvagens, que levam os turistas para conhecer espécies atípicas nos parques nacionais. Lêmures, fossas e camaleões coloridos vivem na quarta maior ilha do mundo, que também conta com árvores gigantes, os baobás, está rodeada de praias paradisíacas com mar de azul intenso. Conheça a bonita Alameda dos Baobás; a pequena cidade de Bekopaka, onde fica o Parque Nacional Tsingy de Bemaraha; e faça trilhas e passeios de canoa no Rio Manambolo.

Dica: O melhor local para o encontro com os lêmures é nas florestas tropicais da reserva Anjozorobe-Angavo, a 90 km da capital Antananarivo.

PARA ONDE VIAJAR EM OUTUBRO

ÁSIA E OCEANIA: Começa a ficar mais agradável viajar ao Oriente Médio, onde o calor exagerado vai embora. As monções estão quase no fim no Sudeste Asiático, mas é melhor esperar mais um pouco pra visitar a região. Caminhadas no Nepal ficam propícias, mas pra escaladas é melhor a estação seca, lá por maio. Boa hora também pra visitar a Índia, saída das chuvas. Pequim conta um ar mais limpo em outubro e o Japão está colorido com a chegada do outono. Na Oceania, Austrália e Nova Zelândia tem dias quase quentes nas regiões praianas, mas se a ideia for curtir mesmo o verão, espere mais um pouco pra fazer a viagem.

ÍNDIA

Fora as comemorações do Diwali, o Ano-novo indiano, em outubro a Índia sai das chuvas. A nação milenária com 1,2 bilhão de habitantes e 16 idiomas oficiais cada vez mais cai no gosto do povo ocidental através do conceito de wellness travel. A viagem é uma experiência de vida intensa, um mergulho cultural, um exotismo sem fim. Visite Délhi, a porta de entrada do país, onde não dá pra perder a Tumba de Humayun; Agra, a base do Taj Mahal; Jaipur, a cidade rosa, do Palácio dos Ventos; Jodhpur, onde o azul toma conta das construções; e Udaipur, a cidade dos lagos, Veneza do Oriente.

Dica: o luxuoso trem Maharajas’ Express tem opções de três noites pelo Triângulo de Ouro desde US$ 3 850, de Délhi a Jaipur.

tajmahal

PEQUIM, CHINA

Para onde viajar em outubro: no começo do outono, a temperatura fica mais amena e o ar, bem mais respirável em Pequim, já que o nível de poluição na capital cai bastante. O céu fica mais claro e quase não chove na estação, o que é bom para quem vai visitar a Grande Muralha. O roteiro clássico também inclui uma visita à Praça Tiananmen e à Cidade Proibida, o Templo do Céu, o Palácio de Verão e às Tumbas Miang e o Caminho dos Espíritos.

Dica: Dá pra combinar a viagem com o Sul da China, que está no fim da temporada de monções. Macau, a Las Vegas chinesa que fala português, pode ser uma boa ideia. Leia mais sobre o destino aqui.

SYDNEY, AUSTRÁLIA

Para onde viajar em outubro: a chegada da primavera deixa tudo mais bonito na Austrália, tornando a atmosfera de Sydney ainda mais atraente com a volta do calor. Em poucas cidades do mundo o visitante encontrará igual proporção de veleiros, banhistas e surfistas. Caminhe pela Harbour Bridge, visite o Darling Harbour, percorra a região de The Rocks e assista a uma apresentação ou simplesmente visite o principal cartão-postal do país, a Sydney Opera House, antes de escolher um restaurante ou balada em Oxford Street ou Kings Cross.

Dica: Se a pedida for praia, não deixe de conhecer Manly e Bondi Beach.

LEIA TAMBÉM: Onde ficar em Sydney: hotéis nos melhores bairros

sydney-australia

PARA ONDE VIAJAR EM OUTUBRO

+ EVENTOS LEGAIS PELO MUNDO

Diwali (Índia)

O Ano-novo indiano é recebido com velas, lanternas e luzes que decoram ruas e rios. Além de marcar a passagem do ano, o Festival das Luzes Diwali comemora o triunfo do bem sobre o mal e homenageia alguns dos inúmeros deuses hindus.

Feira da Trufa Branca (Alba, Itália)

Realizada desde 1929 em Alba, na Itália, a Feira da Trufa Branca celebra o aromático cogumelo que cresce sob o solo do Piemonte. Comprado a preço de ouro por chefs e gourmets, o ingrediente é vendido em um mercado da feira, que também promove degustação de queijos e vinhos. Ainda há workshops sobre o uso culinário da iguaria.

Halloween (Estados Unidos)

No último dia do mês, os americanos preparam superdecorações assustadoras em suas casas, vestem fantasias fantasmagóricas e saem pelas ruas em busca de “gostosuras ou travessuras” para festejar o Halloween. Três cidades ganham destaque: Salem, New Orleans e Las Vegas.

PARA ONDE VIAJAR EM OUTUBRO: e você, quais são as suas sugestões de destinos? Deixe aqui nos comentários!

Anna Laura

Jornalista por formação e fotógrafa por vocação, a editora do Carpe Mundi registra o mundo com sua Nikon desde que se entende por gente - e hoje cultiva um feed milimetricamente pensado. Passou pelas redações da CARAS Online e da Viagem e Turismo e, depois de uma temporada em Paris, resolveu ser viajante full time: você pode encontrá-la por aí, cobrindo paraísos tropicais.

Deixe seu comentário

voltar ao topo