mês a mês


Para onde viajar em setembro: os melhores destinos do mês selecionados a dedo

CALENDÁRIO DE VIAGEM

PARA ONDE VIAJAR EM SETEMBRO: MELHORES DESTINOS NO BRASIL E NO EXTERIOR

PARA ONDE VIAJAR EM SETEMBRO

BRASIL

O Nordeste está quase todo sob sol: é um dos melhores meses pra ir a absolutamente qualquer praia. Vale o sul da Bahia, o litoral do Alagoas, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Ceará. No Tocantins, o capim-dourado do Jalapão fica ainda mais amarelo e o céu está mais azul do que nunca, e, no Pará, Alter do Chão ganha praias de rio. Com tempo ainda seco, continua boa época para explorar as serras e chapadas do interior do Brasil, assim como o Pantanal. No Sudeste, os dias são agradáveis pra curtir as cidades históricas mineiras – em especial Tiradentes, que no começo do mês sedia seu Festival de Cultura e Gastronomia.

JALAPÃO (TO)

O cenário é composto por cachoeiras cristalinas, piscinas naturais verde-esmeralda, chapadões e dunas alaranjadas, de mais de 40 metros de altura, dignas de Deserto do Saara. Tudo somado ao capim-dourado que colore a região, que vive seus dias mais gloriosos no mês de setembro, antes da colheita, que também coincide com a época de céu mais azul no Cerrado (pelo menos até a chegada das Queimadas).

Dica: O pacote de cinco noites da Korubo sai de Palmas e inclui transporte em 4×4, refeições, glamping e passeios. Sai desde R$ 1 980 por pessoa.

jalapao-to

HOLAMBRA (SP)

Se a Holanda é a maior produtora mundial de flores, Holambra, a 1h50 de São Paulo, é a campeã do setor no Brasil. O que não é pura coincidência: ainda é possível encontrar imigrantes holandeses na região. E essa influência estrangeira aparece também na arquitetura, em restaurantes e em docerias. Em setembro acontece a Expoflora, a festa das flores, que reúne exposições de arranjos florais, mostras de paisagismo e design de interiores, além de desfiles de carros alegóricos e diversos shows.

Dica: A Casa Bela é o lugar certo pra beliscar delícias holandeses como o pastel loempia, que leva broto de feijão, repolho, frango e alho-poró. Tem uma lojinha em anexo.

ALTER DO CHÃO (PA)

É em setembro que o volume da água diminui e formam-se inúmeras ilhotas e belas praias no rio Tapajós – as mais bonitas na famosa Ilha do Amor. No Canal do Jari, onde os rios Tapajós e Amazonas se encontram, você pode para avistar aves, macacos, preguiças e as grandiosas vitórias-régias. Já na Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns você faz trilhas e conhece a cultura das comunidades locais. Nesse mês também rola a Festa do Sairé, uma celebração folclórica que mistura tradição católica com manifestações ritmadas pelo carimbó e o lundu e pelo confronto entre os botos cor-de-rosa e tucuxi. Os melhores hotéis da vila são o Mirante da Ilha e o Beloalter.

Dica: Para chegar, tome um voo até Santarém – de lá são 38 km. Táxis cobram cerca de R$ 90 pelo trajeto.

Alter_do_Chão

ITACARÉ (BA)

As praias são pequenas enseadas com Mata Atlântica ao redor, destino de jovens, aventureiros e surfistas que ganhou um cativante centrinho lotado de lojinhas, barzinhos, bistrôs e restaurantes de comida natural, ideal pra quem busca certo agito. A proximidade com Ilhéus, que tem voos diretos desde São Paulo e o Rio, é outro ponto positivo: chega-se ali de carro em cerca de uma hora.

Dica: A Praia da Concha é a mais próxima da cidade, com infra de barracas de praia, mas as mais bonitas ficam mais afastadas: Engenhoca, Havaizinho, Itacarezinho e a Prainha merecem visitas.

LEIA MAIS: Seu guia oficial de hotéis, pousadas e resorts no litoral da Bahia

itacare-bahia

TIRADENTES (MG)

De todas as Cidades Históricas de Minas, Tiradentes foi a que mais sincronizou com a modernidade: fez suas pousadas virarem boutique, suas cozinhas ganharem chefs, seu casario se manter pintado e fotogênico, seus festivais atraírem a juventude criativa. Nas ruelas do centro histórico o movimento flutua ao sabor dos feriados, que enchem e desenchem o Largo das Forras, praçona principal da cidade, com charretes com pangarés cansados. No início do mês, ainda está rolando o ótimo Festival de Cultura e Gastronomia, que reúne chefs do Brasil e do exterior e tem degustação de pratos especiais, vinhos e espumantes, além de cursos de gastronomia e intensa programação cultural com shows e recitais de poesia.

Dica: Para o almoço, vale se acomodar na Estalagem do Sabor, instalado numa casinha fofa com horta do quintal. O prato da casa é o “mané sem jaleco”, (R$ 98 pra até três pessoas) uma espécie de mexidão, que leva arroz, feijão, couve, bacon, ovos, lombinho, bananas e cebola.

LEIA TAMBÉM: Onde comer em Tirandetes // O que fazer em Tiradentes

Roteiro infalível pelas cidades históricas de Minas: de Tiradentes a Ouro Preto

minas-tiradentes

MELHOR EVITAR: Nada é, de fato, evitável nesta época, de temperaturas amenas e clima agradável em todo lugar, mas no Sul as temperaturas continuam baixas e não são as melhores pra pegar praia.

PARA ONDE VIAJAR EM SETEMBRO

EXTERIOR

AMÉRICA DO SUL: É primavera e o clima está ameno, seco e fresco, com dias mais ensolarados e noites agradáveis, mas que ainda pedem um casaco. Vale escolher uma capital legal pra visitar (Santiago, Buenos Aires) ou curtir destinos de altitude como o Atacama, a Bolívia, o Norte da Argentina, Cusco e o Machu Picchu no fim da melhor época. Em Lima acontece o Mistura, maior festival gastronômico do continente. Galápagos, no Equador, está na época seca. Ainda não é hora de visitar vinhedos. E Cartagena, na Colômbia, está no seu período de chuvas mais pesado. No Uruguai, vale ir a Montevidéu e Colônia, mas as praias estão geladas e mortas.

BOLÍVIA

Em setembro, a temporada seca continua mas o frio dá uma arrefecida em relação a julho e agosto. Pode ser boa hora para um tour completo pelo país, aproveitando o voo direto que temos São Paulo – Santa Cruz de la Sierra com a Gol, para o qual a companhia faz constantes promoções com milhas. Não podem ficar de fora do roteiro a cidadezinha de Samaipata, com trilhas, cachoeiras e cafés ripongas, Sucre, com suas casinhas brancas coloniais, o Salar do Uyuni, com suas paisagens majestosas, a capital La Paz, lugar de interessantes choques culturais, e a bela Isla del Sol, na imensidão do Lago Titicaca.

Dica: Programe a viagem para a primeira quinzena do mês, antes das queimadas que nublam o céu chegarem e ainda é possível enxergar os Andes claramente.

bolivia-america-sul

LIMA, PERU

Criado pelo chef Gastón Acurio e considerado por foodies o mais importante festival gastronômico da América do Sul, o Mistura, que acontece sempre no mês de setembro, coloca lado a lado pequenos produtores regionais e chefs de peso em Lima. Na sua 10ª edição, espera um público de 500 mil pessoas entre suas barraquinhas de comida espalhadas abaixo das falésias da capital peruana. Neste ano, os maiores destaques serão para o cacau, o chocolate e o café.

Dica: Dedique um dia da viagem a Barranco. Este bairro foi um refúgio de férias da alta sociedade limenha no passado, mas com o tempo se transformou num point boêmio e cultural, cujos antigos casarões foram revitalizados para dar lugar a restaurantes, bares e galerias de arte.

LEIA TAMBÉM: O que fazer em Lima: o roteiro essencial de 3 dias (com restaurantes!)

limaperu

PARA ONDE VIAJAR EM SETEMBRO

CARIBE: Ainda na temporada de furacões, a maioria das ilhas ainda são arriscadas. Estão salvos os destinos do sul, como Aruba, Curaçao, Barbados, Bonaire, Trinidad e Tobago e Los Roques. Em San Andrés e no Panamá não tem furacão mas chove muito.

BARBADOS

Para onde viajar em setembro: metade da costa fica no Mar do Caribe e metade, no Oceano Atlântico, Barbados é bem diversificada e tem praias pra todo mundo, das calminhas, sem ondas, às propícias ao surf. É daqueles lugares em que cada dia pode ser bem diferente do outro. O bajan, nome inicialmente dado à língua crioula de Barbados, hoje denomina o estilo de vida da ilha (o lema básico é de dar a mesma importância das obrigações do dia a dia ao ato de aproveitar a vida) e é forte motivo de orgulho nacional – depois da Rihanna, claro, e do rum.

Dica: Não é preciso visto pra ir à ilha de Barbados. Já a vacina contra a febre amarela é obrigatória: deve ter sido tomada, ao menos, dez dias antes do início da viagem.

LEIA TAMBÉM: Guia completo de Barbados, um Caribe autêntico e versátil

O que fazer em Barbados: descubra os melhores tours da ilha

barbados-caribe

PARA ONDE VIAJAR EM SETEMBRO

AMÉRICA CENTRAL E DO NORTE: No México, o risco de furacões no litoral caribenho é existente, mas raro. Se quiser arriscar, os hotéis esvaziam e as diárias abaixam, e o provável é que você pegue dias ensolarados com chuvas esporádicas. Nos EUA, as férias escolares acabaram e bater perna em cidades como Nova York fica bem mais tranquilo. A chegada do outono colore as ruas de laranja com folhas de plátano caídas pelas calçadas. Napa Valley está na época das colheitas e é a melhor fase pra visitar o majestoso Grand Canyon. Em Miami e Orlando o calor dá uma trégua, boa época pra viajar – saiba que no feriado do Labor Day, na primeira semana do mês, as lojas fazem promoções e os parques ficam cheios. Setembro é a última chance pra visitar o Canadá podendo usar um casaquinho mais fresco – daqui pra frente o frio vem com tudo.

NAPA VALLEY, EUA

É para onde viajar em setembro: é temporada de colheita nas fazendas e início do processo da fabricação de vinho. E junto à experiência de degustar e entender mais sobre vinhos premiados você viverá dias de sol com temperatura amena fazendo passeios incríveis e comendo comida estrelada. O voo de balão 500 metros acima da região, de onde se pode admirar os parreirais rasgados pela estrada, é o mais fotogênico.

Dica: O Castello di Amorosa com feições medievais é lindo e serve um bom cabernet em suas masmorras.

napa-valley

GRAND CANYON, EUA

Para onde viajar em setembro: não é mais tão tão quente e ainda dá pra evitar o frio do fim do ano entre a grandiosidade, as cores e a vida selvagem do maior cânion do mundo. Esculpido por milhões de ano pelo Rio Colorado, a obra da natureza com extensão de 446 quilômetros é normalmente visitada por sua entrada sul, a South Rim, mais perto e com a melhor infra. Se estiver em Las Vegas curtindo cassinos, compras e restaurantes e quiser só fazer um bate-volta também dá: a Papillon vai de helicóptero até lá desde US$ 399.

Dica: As melhores fotos costumam ser as tiradas uma hora depois do nascer do sol e uma hora antes do pôr do sol, quando a luz reflete lindamente no local.

TORONTO, CANADÁ

Toronto não é apenas a maior cidade do Canadá como sua principal porta de entrada. Mesmo escolhendo qualquer outro destino no país, vale a pena abrir a passagem para ficar um tempo nessa metrópole vibrante, curiosa e muito divertida e que acaba de superar Chicago, sua arquirrival norte-americana, em número de arranha-céus. Toronto cresce para o alto – e para baixo, como não deixam mentir seus 31 km de cidade subterrânea. E setembro é considerado o melhor mês para visitá-la: dias ainda longos, ensolarados e com temperatura mais que agradável. Todo mundo ainda está na rua e você vai vibrar com a energia da cidade.

Dica: Ficar em Yorkville é uma ideia charmosa. O bairro que nos anos 1960 hospedava hippies & malvados – Neil Young costuma ser citado como celebridade local – hoje é um dos mais chiques de Toronto.

LEIA TAMBÉM: O que fazer em Toronto: dicas imperdíveis da principal cidade do Canadá

toronto-canada

PARA ONDE VIAJAR EM SETEMBRO

EUROPA: O boom do verão no continente se vai, as férias acabaram, os preços baixam e o clima também fica mais ameno, mas ainda faz calor – praticamente qualquer destino é uma boa ideia. É hora pra ir para praias que estavam lotadas anteriormente, no litoral da Grécia, Espanha, Croácia, por exemplo. Na Itália, Toscana e Sicília estão maravilhosas. Última chamada para pegar calor nos países mais frios, inclusos aí Reino Unido, Escandinávia, Islândia, Leste Europeu. Também é boa hora para ver vinhedos carregados de uvas.

ILHAS GREGAS

São mais de seis mil ilhas gregas espalhadas pelos Mares Egeu, Jônico e Mediterrâneo, mas logo dá pra sacar o porquê de Santorini ser a preferida dos turistas: casinhas arredondadas caiadas de branco que se enfileiram morro abaixo, o azul dos domos e os azuis do mar e um sol que afunda quando encosta no horizonte. A cena se concentra no vilarejo de Oia, onde, lá embaixo, o Egeu encobre a caldeira de um vulcão. Mykonos é a ilha do agito, mas também reserva cantinhos e praias tranquilas para o romance, como Agios Ioannis. Da frequentada Ornos, embarquem em um cruzeiro até a ilha de Delos. As casinhas históricas transformadas em bares, lojinhas e restaurantes de Little Venice são a pedida para a noite.

Dica: Em Atenas, cada vez mais cosmopolita, visite a mítica Acrópole depois das 16h, quando o sol mediterrâneo dá uma trégua.

santorini

PARIS, FRANÇA

A cidade mais desejada do mundo é romântica e é modernosa, é cosmopolita e é provinciana, é conservadora e é antenada. Escolha sua mesinha em uma esquina da Paris do século 21 enquanto toma um café na clássica Montmartre; sinta muita emoção ao ver ela, a Torre Eiffel, o cartão-postal mais famoso de todos; e veja museus de peso, lojas únicas e toques de boemia no miolo nobre dos arredores do Louvre, da Ópera Garnier e das pontes sobre o Rio Sena. Setembro é um mês agradabilíssimo pelas boas temperaturas.

Dica: Considere um bate-volta até Giverny, a charmosa cidade que fica a apenas a 80 km de Paris em uma colina à beira do Rio Sena. Foi ali que Claude Monet morou de 1883 até a sua morte, em 1926. Sua casa e seus jardins hoje abrigam o Musée des Impressionismes e a Fondation Claude-Monet.

LEIA TAMBÉM: A sua primeira vez em Paris num roteiro bem completinho de 3 dias

13 apartamentos pra alugar em Paris lindos e baratos // Os novos cafés que você precisa conhecer em Paris

14 programas pela descolada região do Haut Marais // O que fazer em Montrmartre: uma tarde pelo bairro

paris

TOSCANA, ITÁLIA

Para onde viajar em setembro: durante o outono, as terras da Toscana são presenteadas pela natureza com os seus principais produtos: o vinho, o azeite, o tartufo, o zafferano (açafrão) e a castanha. E os vinhedos, atração número 1, entram na vindima à todo vapor. Ou seja, é a época perfeita pra zarpar pra lá. Comece a viagem em Florença e todo seu histórico renascentista e de lá trace um roteiro da região do Chanti a Montalcino e suas extensas colinas que são berçário de uvas que viram alguns dos vinhos tintos mais top do mundo.

Dica: Não dispense a degustação da vinícola Biondi Santi Franco, onde em 1888 foi engarrafado o primeiro Brunello di Montalcino.

MUNIQUE, ALEMANHA

Quem quer visitar a cidade tem um argumento irrefutável: por volta do dia 20 (em 2017, dia 16) tem início a famosa Oktoberfest. É o destino ideal pra quem adora festa e quer beber muita, mas muita cerveja. E de sobra provar as iguarias locais como o joelho de porco – pra quem gostar. E de sobra pode programar uma viagem bacana pelo resto do país. Passando pelos cantos hispters de Berlim, a herança barroca de Dresden, os prédios modernos e góticos de Colônia, os castelos de conto de fada do Vale do Reno e as cidades fofas da Rota Romântica.

Dica: Em Munique, dê uma olhada na tradicionalíssima cervejaria Hofbräuhaus, com bandinhas alemãs que animam o vaivém de bandejas de comida e os maiores copos de cerveja que você já viu.

munique-alemanha

PARA ONDE VIAJAR EM SETEMBRO

ÁFRICA: As temperaturas estão caindo, os turistas europeus já foram embora do Marrocos e os safáris ao sul ficam superatraentes, especialmente na Namíbia e no Botswana. Em Cape Town, até novembro pode-se avistar baleias-jubarte.

MARRAKECH, MARROCOS

Marrakech é a cidade mais turística do Marrocos. Em sua Medina estão riads encantadores de onde você não vai querer sair, jardins escondidos atrás de portinhas secretas, temperos, artesanatos e lenços coloridos de encher os olhos, restaurantes em rooftops com vista pra comer tagines e tomar os melhores chás de hortelã do mundo e os detalhes arquitetônicos mais charmosos do país em museus, madrasas e minaretes. Setembro é excelente por lá: o calor não é tanto e Marrakech fica mais vazia.

Dica: Quem vai a Europa pode aproveitar os voos em conta da Royal Air Maroc de São Paulo a Casablanca pra dar um pulo em Marrakech antes de chegar no Velho Continente. Leia como é voar com a companhia aqui.

LEIA MAIS: Veja um roteiro de road trip pelo Marrocos, de Marrakech a Fez

15 programas que você não pode deixar de fazer em Marrakech // Onde ficar em Marrakech: riad, resort ou hotel?

palacio-bahia-marrakech

BOTSWANA

Para onde viajar em setembro: recordista em número de elefantes, oferece os safáris mais cobiçados – e sofisticados – do continente. Os hits se concentram no Norte, onde fica o delta do Rio Okavango e o Chobe National Park, um dos lugares mais corretos pra ver elefantes no mundo, com seus 11 mil quilômetros quadrados. E, pra fazer o roteiro perfeito, vale uma visita a Victoria Falls, na fronteira entre a Zâmbia e o Zimbabwe.

Dica: A porta de entrada pro país é o aeroporto de Maun, que recebe voos diretos de Johanesburgo e outras capitais africanas.

botswana

CAPE TOWN, ÁFRICA DO SUL

É a mais linda das metrópoles africanas, com suas praias perfeitas, parques nacionais, vistas deslumbrantes e uma cena urbana bem movimentada.  Veja o lindo V&A Waterfront, repleto de restaurantes, bares e lojas, a ilha-presídio Robben Island onde Mandela ficou confinado por 18 anos, bata perna pelo Centro passabdo pelo mercadinho do Green Market Square e pela boêmia Long Street, fotografe no coloridíssimo bairro BooKaap, suba de bondinho a Table Mountain e passeie pelo Cape Point e suas praias lindas e selvagens. O novo megamuseu Zeitz Museum of Contemporary Art Africa abre em 2017.

Dica: Pra completar a viagem, o combo pede uma visita às vinícolas do Vale de Franschhoek, ali do lado – a vinícola Boschendal tem um jardim espetacular com espaço pra piquenique, e a Delaire Graff tem vistas surreais.

cape-town

PARA ONDE VIAJAR EM SETEMBRO

ÁSIA E OCEANIA: As monções são as vilãs do turismo no Sudeste Asiático nesta época. Muita umidade e eventuais tufões podem atrapalhar. É mais garantido pegar tempo bom no Vietnã (centro e norte principalmente), Indonésia e Malásia. O clima começa a melhorar na China (o outono é bacana em Hong Kong), Índia e Nepal, mas é melhor deixar para outubro. Japão e Coreia estão em época excelente. Austrália e Nova Zelândia também estão deixando o inverno pra trás – pode ir.

CINGAPURA

Importante hub de voos do Sudeste Asiático, a cidade-estado de Cingapura caiu no gosto do turismo como polo de compras, gastronomia e entretenimento hi-tech. Em suas ruas limpas e organizadas estão lojas de grifes cobiçadas, arranha-céus comparáveis aos de Nova York e Tóquio, 10 dos melhores restaurantes da Ásia e centenas de barraquinhas de rua que servem uma deliciosa comida típica. A partir de 2005, com a legalização do jogo e a inauguração da Universal Studios Singapore e do megacomplexo do hotel Marina Bay Sands  e sua piscina de borda infinita no 57º andar, Cingapura caiu de vez no mapa.

Dica: O Gardens by the Bay é um jardim futurista que você não vai querer perder.

LEIA TAMBÉM: Cingapura: roteiro completo pra sua escala

PARA ONDE VIAJAR EM SETEMBRO

+ EVENTOS LEGAIS PELO MUNDO

Broadway Week (Nova York, EUA)

Os ingressos dos musicais em Nova York saem a “dois por um”. Já teve Rei Leão, Aladdin, Wicked, O Fantasma da Ópera e as acrobacias do Cirque du Soleil. A semana de promoções também acontece em janeiro.

Rock in Rio (Rio de Janeiro, RJ)

Maior festival de música do planeta, toma as areias de Copacabana to mês de setembro. Neste ano irão se apresentar Lady Gaga, Maroon 5, Justin Timberlake, Aerosmith, Bon Jovi, Guns N’ Roses e, ufa, Red Hot Chili Peppers.

PARA ONDE VIAJAR EM SETEMBRO: e você, quais são as suas sugestões de destinos? Deixe aqui nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *