brasil


Programe-se: 15 viagens pra você fazer no Brasil em 2018

Para quem já está com as férias (e fins de semana e feriados) de 2018 na cabeça, aqui vai uma bela seleção de lugares para viajar no Brasil, com as melhores épocas para ir e uma estimativa de gastos.

*Para o orçamento mínimo POR PESSOA estamos levando em conta passagem aérea saindo de São Paulo, hospedagem em quarto duplo em pousadas simples e gastos com comida, transporte e passeios (exceções apontadas no texto). São, claro, apenas estimativas de valores, que podem variar com a época do ano (evite férias escolares, se der) e hospedagem escolhida por você. Se ficar em quartos coletivos em hostels ou alugar casa e dividir com uma galera a coisa barateia. Para lugares que requerem deslocamento aéreo, tente aproveitar suas milhas.

LEIA TAMBÉM:  9 dicas pra conseguir viajar pelo Brasil sem gastar muito

15 LUGARES PARA VIAJAR NO BRASIL EM 2018: MELHORES EXPERIÊNCIAS

RECONHECER QUÃO INCRÍVEIS SÃO AS CATARATAS DO IGUAÇU (PR)

Taí um lugar que surpreende. A reação de quem encara as 275 quedas d´’agua das cataratas costuma ser: “por que eu demorei tanto pra vir?”. Há novidades por lá: no fim de 2017 foi anunciada uma repaginação no aeroporto de Foz no valor de  R$ 45 milhões, e este ano o lado argentino receberá novos hotéis com o chiquérrimo Awasi Iguazú. Além de ver as cataratas de vários ângulos, dá para fazer rafting no Macuco Safari, fotografar os pássaros do Parque das Aves, encarar um rapel no Cânion Iguaçu, caminhar por trilhas como a do Poço Preto e curtir umas comprinhas em Puerto Iguazú, no Duty Free argentino e na Ciudad del Este.

Como chegar: Voe para o aeroporto de Foz do Iguaçu.

Quando ir: O ano todo; cada época tem suas vantagens e desvantagens. Na primavera e no verão, chuvosos, as cataratas ficam mais volumosas.
Orçamento mínimo (para uma viagem de 3 noites): R$ 1000

FLUTUAR NAS ÁGUAS DE BONITO (MS)

Seus rios, lagos e cachoeiras cristalinas criam, com o verde do Cerrado, uma ambientação irresistível. Centro de ecoturismo e aventura mais bem estruturado do país e um dos melhores lugares para viajar no Brasil, suas atrações ficam dentro das fazendas, por onde correm rios e concentram-se as cavernas, grutas e trilhas. Você paga uma taxa embutida no valor do ingresso e usufrui de toda a infraestrutura dos estabelecimentos, onde normalmente também dá pra almoçar, relaxar em redes, tomar sol em espreguiçadeiras e nadar em nascentes. Não deixe de ir à Lagoa Misteriosa, uma das atrações mais recentes abertas em Bonito, visitar a Gruta Azul e fazer as flutuações do Rio Sucuri e da Praia. Para economizar, dá para curtir uma dia no Balneário Municipal.
Como chegar: Voe para Campo Grande (MS) e pegue um transfer ou ônibus de 3 horas até Bonito. Há voos diretos para Bonito com a Azul, mas pelo preço não costumam valer a pena.
Quando ir: No verão o calor faz cair na água ficar mais gostoso, mas se você pegar uma semana de chuva pode estragar a viagem (mesmo que sejam só pancadas rápidas, a água pode ficar turva em algumas atrações). No inverno a visibilidade é boa, mas tem que aguentar água gelada no friozinho. Maio e setembro são dois meses meio-termo para ir.
Orçamento mínimo (para uma viagem de 4 noites): R$ 2000
LEIA TAMBÉM: Miniguia de Bonito, com hotéis, restaurantes e passeios

flutuacao-bonito

VER DUNAS E POÇOS CRISTALINOS NO JALAPÃO (TO)

O cenário é composto por cachoeiras, fervedouros (nascentes de água turquesa), chapadões e dunas alaranjadas de mais de 40 metros de altura, tudo colorido pelo capim-dourado, que cresce na região e é matéria-prima para trabalhos artesanais. O esquema mais confortável pra conhecer é com a Korubo, que tem pacote com duas noites em hotel e quatro em tendas confortável com todas as refeições e passeios guiados. Se não, vá de forma independente contratando um guia com carro 4×4 (cote com o Oziel Mascarenhas, 63/ 98424-5822) e faça o roteiro por Ponte Alta, Mateiros e São Félix.
Como chegar: Voe para Palmas (TO).
Quando ir: Entre maio e setembro, quando não chove e o céu do Cerrado está lindamente azul.
Orçamento mínimo (para 6 noites de viagem): Se quiser ir pelo esquema da Korubo, deve gastar cerca de R$ 3000. Se fizer por conta própria, dá para diminuir para R$ 1800 (vá em grupo de 4 pessoas para rachar a diária do guia).

jalapao-to

15 LUGARES PARA VIAJAR NO BRASIL EM 2018: MELHORES EXPERIÊNCIAS

IR DE JERI A LENÇÓIS MARANHENSES PELA ROTA DAS EMOÇÕES (CE E PI)

A rota consiste numa viagem que vai de Jericoacoara (CE) até os Lençóis Maranhenses (MA), passando por Barra Grande (PI) e pelo Delta do Rio Parnaíba, o que requer pelo menos 7 noites. Melhorias recentes na infraestrutura da região permitem agora que você cumpra o trajeto todo em carro comum ou com empresas como a Rota Combo. Pra ter uma experiência mais intensa nos Lençóis, contrate um guia pra fazer a travessia do parque nacional a pé. No Viaje na Viagem ele destrincha todos os itinerários pela região.
Como chegar: Compre o voo de ida até Fortaleza (CE) e de volta de São Luís (MA) (ou vice versa, dependendo do seu roteiro).
Quando ir: Entre junho e o início de setembro, quando as lagoas estão cheias.
Orçamento (para uma viagem de 7 noites): R$ 2500

LEIA TAMBÉM: Miniguia de Jericoacoara (CE), com hotéis, restaurantes e passeios

CONHECER ALGUMA DAS CHAPADAS (GO, MT, MA, BA)

Eis uma preciosidade brasileira: essas montanhas com topo plano que normalmente vêm um belo conjunto de cachoeiras, formações rochosas e vegetação preservada. A mais acessível é a dos Guimarães (MT), que você pode conjugar com uma passadinha no Pantanal Norte ou em Nobres. Com cinco noites você pode conhecer a dos Veadeiros (GO), que fica a apenas 240 km de Brasília. Possível de combinar com o Jalapão, a Chapada das Mesas (MA) é a menos falada aqui no Sudeste, mas igualmente bacana. A chapada das chapadas é a Diamantina (BA) – deixe para ir com pelo menos sete noites de viagem. Todas entre os melhores lugares para viajar no Brasil.
Como chegar: Para a dos Guimarães, voe até Cuiabá (MT) e, para Veadeiros, voe a Brasília (DF). Para Diamantina, voe a Salvador e vá de ônibus até a cidade de Lençóis (BA), e para a das Mesas voe até Imperatriz (MA) e vá de ônibus ou carro alugado até Carolina (MA).
Quando ir: Para todas elas, de maio a outubro. A mais “visitável” durante o verão e a Chapada Diamantina.
Orçamento mínimo: Entre R$ 800 (3 noites na Chapada dos Guimarães) e R$ 2200 (para 7 noites na Chapada Diamantina).

LEIA TAMBÉM: Miniguia da Chapada dos Guimarães (MT) // Como conhecer a Chapada das Mesas (MA)

chapada-diamantina

PEGAR PRAIA DE RIO EM ALTER DO CHÃO (PA)

Entre os melhores lugares para viajar no Brasil, Alter virou point da moda pra passar o Réveillon por causa da festa Vai Tapajós. Apesar dos pacotes caros que eles vendem para o fim do ano, não precisa gastar muito pra visitar esse balneário a 38 km de Santarém (PA), com inúmeras ilhas e extensas faixas de areia branca banhadas pelas águas esverdeadas do Rio Tapajós. Além de curtir as praias, também pode-se fazer passeios de lancha pelo rio e combinar com incursões da floresta. As hospedagens são simples.
Como chegar: Voe até Santarém (PA) e pegue um ônibus ou transfer até Alter do Chão, a 30 km de lá.

Quando ir: As praias se formam entre agosto e dezembro.
Orçamento mínimo (para 5 noites de viagem): R$ 1800.

Alter_do_Chão

15 LUGARES PARA VIAJAR NO BRASIL EM 2018: MELHORES EXPERIÊNCIAS

SE DAR O LUXO DE UMA POUSADA GOSTOSA NA ROTA ECOLÓGICA (AL)

Você está viajando em casal e quer passar uma semana de pernas pro ar indo da cama pro mar e do mar pra cama? Entre Porto de Pedras e São Miguel dos Milagres, em Alagoas, temos muito sossego, algumas das pousadas mais charmosas do Brasil (veja opções aqui) e mar calminho e turquesa, além de um ou outro quiosque com peixes na areia.
Como chegar: Voe até Maceió (AL) e alugue um carro pra dirigir cerca de 2h.
Quando ir: Entre setembro e fevereiro, pra ter pouquíssimo risco de chuva.
Orçamento mínimo (para uma viagem de 4 noites): Depende da sua escolha de pousada. Ficando na Pousada Porto das Pedras, por exemplo, pode cotar uns R$ 1800 por pessoa (incluindo passagem, comida e aluguel de carro).

15 LUGARES PARA VIAJAR NO BRASIL EM 2018: MELHORES EXPERIÊNCIAS

CURTIR A PRAIA DA PIPA (RN)

A praia imaculada, cercada por falésias altas, era apenas uma vila de pescadores até 1970, quando foi descoberta por surfistas, e hoje briga com Jeri pelo título de destino de praia mais querido e badalado do Nordeste. No mais, além do mar bom pro surf e água repleta de golfinhos e tartarugas, há lagoas encantadoras por ali e uma boa lista de pousadas, hotéis e restaurantes, além de certo agito e vida noturna. A famosa Praia do Amor, que forma um coração, tem acesso pelo leste da Avenida Baía dos Golfinhos. Dá pra alugar pranchas de surf ou stand up pro dia todo por R$ 50 ali ou no centrinho da cidade.
Como chegar: Voe até Natal (RN), a 80 km de Pipa, e pegue um transfer ou ônibus até lá.
Quando ir: Entre agosto e março, para não pegar chuva.
Orçamento mínimo (para 5 noites de viagem): R$ 1800.

praiapipa

CURTIR ALGUM FESTIVAL EM PARATY (RJ)

Paraty é uma das cidades coloniais mais charmosas do Brasil, com ruas de paralelepípedo e um casario colorido que abriga ateliês, restaurantes e lojinhas de produtos típicos – uma grande variedade de cachaças regionais (não deixe de provar a Gabriela) e artesanatos de papel machê e cabaça. O centrinho enche e desenche ao sabor da grande variedade de festivais que acontecem durante o ano: vá em junho para o Bourbon Festival Paraty, de jazz, em julho para a afamada Flip, de literatura, em gosto para o Festival da Cachaça, Cultura e Sabores de Paraty, em setembro para o Paraty em Foco, de fotografia, em outubro para o Festival Mimo, de música. Se sobrar tempo, de barco, de carro ou a pé você ainda chega a praias com água verde-esmeralda.
Como chegar: De carro. Paraty está a 250 km do Rio e 270 km de São Paulo (o ideal é ir sexta de manhã e voltar domingo a tarde; menos que isso fica cansativo).
Quando ir:
Nas datas dos festivais (que coincidem com os meses menos chuvosos).
Orçamento (para 2 noites de viagem):
R$ 500 (sem passagem aérea).

paraty-flip

PASSAR DIAS ENTRE O MAR E A MATA EM ILHA GRANDE (RJ)

Pra quem mora no Sudeste, não tem desculpa pra não ir: a ilha mais bacana de Angra recebe visitantes com um território de 193 km² livre de carros e farto em Mata Atlântica e praias de água esverdeada boas pra mergulho. A chamada Vila do Abraão tem hostels, pousadas e vida noturna (frequentada por uma pequena população de gringos). Campings deixam dormir em praias desertas, e uma porção de casas pra alugar acolhe bem grupos de amigos (veja no Airbnb).
Como chegar: A partir de Angra ou Mangaratiba + 1h30 de barco) – dá pra ir de ônibus ou carro desde São Paulo e Rio.
Quando ir: Entre abril e novembro chove menos.
Orçamento mínimo (para 4 noites de viagem): R$ 1000 (sem passagem aérea)

FINALMENTE IR A FERNANDO DE NORONHA (PE)

Chegar às praias mais bonitas de um país com mais de sete mil quilômetros de costa não é tarefa fácil (e nem barata), mas deve estar na lista de lugares pra viajar antes de morrer de todo brasileiro: por que não em 2018? Entre os melhores lugares para viajar no Brasil, este paraíso de preservação ambiental e vida marinha guarda cartões-postais como a Baía do Sancho, onde os olhos demoram a crer naquela beleza toda. Passeios de barcos, flutuações e mergulhos intensificam o contato com o mar.
Como chegar: Dá pra fazer a viagem a Fernando de Noronha com aAzul e a Gol, com conexão em Recife ou Natal.
Quando ir: A época mais seca se estende de agosto a fevereiro; as chuvas ocorrem entre março a julho. Já a temporada do surf vai de dezembro a fevereiro. O ano-novo e o Carnaval são as épocas mais caras.
Orçamento mínimo (para 6 noites de viagem): R$ 3000
LEIA TAMBÉM: Guia de viagem completo a Fernando de Noronha

noronha-fernando

15 LUGARES PARA VIAJAR NO BRASIL EM 2018: MELHORES EXPERIÊNCIAS

CURTIR O FRIOZINHO NA SERRA PAULISTA (SP)

Em casal, família ou grupo de amigos, os destinos de serra dão uma ótima trip de fim de semana, feriado ou até férias. Quem curte esportes de aventura tipo rapel e rafting pode conferir Brotas, a 3h da capital; para os ares bucólicos das montanhas, pousadas bacaninhas e bons restaurantes, cheque cidades como São Francisco Xavier, Cunha, Gonçalves, Santo Antônio do Pinhal e a boa e velha Campos do Jordão.
Como chegar: De carro, todas estão a no máximo 3h de SP
Quando ir: De maio a setembro, sem chuvas e com friozinho.
Orçamento (para 2 noites de viagem): R$ 500 (suba para R$ 1000 se quiser uma pousada de charme) (sem passagem aérea)

LEIA TAMBÉM: 38 pousadas românticas no Brasil pra ir a dois

ADMIRAR OS MAIORES CÂNIONS DO BRASIL EM CAMBARÁ DO SUL (RS)

Município acanhado de 7 mil habitantes e meia dúzia de ruas empoeiradas, Cambará do Sul está posicionada entre os parques nacionais dos Aparados da Serra e da Serra Geral. Ali fica a maior cadeira de cânions do Brasil e boa dose de trilhas e cachoeiras, entre a vegetação do extremo sul da Mata Atlântica, pontuada por florestas de araucárias, banhados e campos de altitude. Pousadas charmosinhas acolhem casais que vão atrás do clima de serra, com friozinho, noites de fondue, lareira e céu farto de estrelas regadas a vinhos regionais. No inverno, a neblima dá uma trégua e é mais fácil ver os cânions. Os parques estão entre os melhores lugares para viajar no Brasil.
Como chegar: Voe até Porto Alegre (RS) e alugue um carro.

Quando ir: No inverno predominam dias ensolarados e os cânions têm melhor visibilidade. No verão pode chover e ter neblina, mas é quando o tempo deixa tomar banho de cachoeira e as diárias das pousadas caem. Abril e maio são boas pedidas: os meses mais secos.
Orçamento mínimo (para 3 noites de viagem): R$ 1200

LEIA TAMBÉM: Miniguia de Cambará do Sul (RS)

o-que-fazer-cambara-do-sul

VER O MARAVILHOSO PARQUE DE ARTE CONTEMPORÂNEA DE INHOTIM (MG)

Maior centro de arte contemporânea a céu aberto do planeta, Inhotim é um destino por si só, e um dos melhores lugares para viajar no Brasil. O jardim botânico com mais quase 5 mil espécies de plantas conversa perfeitamente com as obras – são 23 galerias e mais 22 instalações pelos 140 hectares do parque, representando alguns dos mais importantes artistas dos séculos 20 e 21, nacionais e estrangeiros. Tem ainda loja de plantas, restaurantes e várias áreas de convivência e descanso com lagos, gramados, bancos e até piscinas. Em tempo: sim, o fulano criador de Inhotim, Bernardo Paz, foi condenado à prisão por lavagem de dinheiro em sua mineradora.
Como chegar: Se estiver com tempo, vá de carro do Rio (6h20) ou de São Paulo (7h). Se não, vá de avião a Belo Horizonte e alugue um carro,
Quando ir: A melhor época é entre maio e setembro, os meses mais secos, quando faz friozinho de manhã e vai esquentando ao longo do dia. Às quartas-feiras (quando o ingresso é gratuito), o parque fica cheio de ônibus de excursões, assim como nos fins de semana e feriados.
Orçamento mínimo: (para 3 noites de viagem): R$ 600 (sem passagem aérea)
LEIA TAMBÉM: Tudo o que você precisa saber pra conhecer Inhotim

inhotim

15 LUGARES PARA VIAJAR NO BRASIL EM 2018: E VOCÊ, TEM SUGESTÕES? DEIXE NOS COMENTÁRIOS!

Há 5 comentários para “Programe-se: 15 viagens pra você fazer no Brasil em 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *