A 170 km de São Paulo, Santo Antônio do Pinhal convida a passar uns dias curtindo a paisagem da Serra da Mantiqueira entre morros pontuados por araucárias e pequenas cascatas.

Vizinha de Campos de Jordão, a cidadezinha a de 7 000 habitantes propõe um fim de semana na serra sem afetação. O centro simplinho tem restaurantes e lojas com artigos produzidos na região – mel, pinhão, café, geleia e uma variedade impressionante de cervejas artesanais.

Saindo dali, pousadas charmosas como a Jardim Suspenso da Babilônia, com seus chalés lindamente equipados (ofurô, lareira, varanda com rede…), acolhem no friozinho do outono e do inverno paulista

Pousada Jardim Suspenso da Babilônia (diárias desde R$ 500)

Em uma bonita propriedade a apenas 6 km do centrinho, a pousada tem chalés espalhados por um terreno escarpado que culmina no prédio que abriga a recepção, no topo do conjunto. O paulistano João Rodrigues mudou para a região no fim dos anos 1990 e começou um estúdio musical – os oito chalés vieram com o tempo, pouco a pouco, construídos com projeto do próprio João. O último inaugurado foi o Oriente, com cozinha, banheira de hidromassagem, piscina aquecida privativa (!) e deck com vista para os morros dos arredores. O chalé Terracota também é confortabilíssimo, com ofurô, sauna, lareira e cama king-size.

Hoje, João toca a pousada junto à mulher, Silvia, e a inspiração musical continua no salão onde é servido o café da manhã (uma mesa farta com pães e bolos feitos ali, mel do apiário próprio, pinhão colhido no quintal), que tem palco com instrumentos para hóspedes a fim de dar uma palinha para o festival de jazz, organizado em outubro. Nos andares superiores, Silvia oferece serviços de spa com terapeutas e massagistas da região. Maravilhosas, por sinal.

Os chalés parecem ser feitos para você querer ficar dentro deles o máximo de tempo possível. A lenha da lareira é resposta constantemente para aquecer o espaço, o jantar pode ser servido ali  mesmo, roupões felpudos e garrafas de vinho também são providenciados. Para passar o dia em modo da sauna pro ofurô, do ofurô pra piscina, da piscina para rede; repete. Se precisar de alguma coisa, é só chamar no WhatsApp que eles levam para você.

chale-jardim-oriente

piscina-chale

O FAZER NUM FIM DE SEMANA EM SANTO ANTÔNIO DO PINHAL

Não há muitas cachoeiras perto da cidade, mas vale passar na Cachoeira do Lageado, com acesso fácil a partir de uma portaria a 6 km do centrinho. Tem algumas quedas d´água e trilhas curtas na mata e dá para sentar nas pedras para curtir um solzinho (e, se o tempo deixar, dar mergulho). Nas proximidades há alguns lugares que valem a parada, como a Gelateria Eisland, que tem produção própria de sorvetes artesanais.

Depois de dar uma volta pelo simpático centrinho, o almoço pode ser na Donna Pinha, logo na entrada da cidade. O restaurante tem pegada slow food e serve criações da chef Anouk Rosa, que usa produtos de pequenos produtores locais em pratos como o medalhão de filé mignon com pinhões. Outra opção é o Restaurante Arco-Íris, instalado em um sítio arborizado com laguinho, que serve uma série de preparações com truta.

Deixe o café da tarde para o Café e Casa de Pães São José, com balcão recheado de quitutes. Ele fica convenientemente localizado na estrada que sobe para o Pico Agudo, a 1700 metros de altitude, onde o pessoal se junta para admirar o pôr do sol e a vista inspiradora. Na outra noite da viagem dá para trocar o café por uma cerveja na Araukarien, que tem um agradável deck externo e bebidas artesanais (weizenbier e india pale ale), e um jantar em lugarzinhos aconchegantes como o Canto da Gula.

* O Carpe Mundi foi a Santo Antônio do Pinhal a convite da pousada Jardim Suspenso da Babilônia. O post reflete apenas a opinião da autora.

Betina Neves

Seus 10 anos de experiência escrevendo sobre turismo deram o tom da linguagem do Carpe Mundi. Perita em traçar roteiros e na eterna busca pela passagem aérea mais barata, escreve um e outro post por aqui enquanto explora metrópoles insones, prova comidas exóticas e relaxa em praias vazias deste mundão.

1 comentário

Deixe seu comentário

voltar ao topo