Viver um retiro na Índia é uma experiência de vida transformadora.

Mas não é pra todo mundo. Principalmente pra quem não cogita abrir mão de conforto e flexibilidade. A maioria dos retiros de yoga e meditação acontece em ashrams, centros de retiros espirituais comandados normalmente por líderes religiosos que recebem indivíduos em busca de evolução espiritual, onde uma programação full day deve ser seguida pelos participantes do raiar do sol ao crepúsculo.

RETIRO NA ÍNDIA

Por isso, programas de imersão como o do Amanbagh, uma das duas unidades na Índia da tradicional rede de bem-estar Aman, são tão interessantes.

retiro-de-luxo-india

Localizado aos pés das montanhas de Aravalli, a 90 minutos de Jaipur, no Rajastão, o resort é um centro de bem-estar onde é você que dá o tom a sua estadia, escolhendo um dos três programas de imersão disponíveis: yoga and mindfulness, detox e ayurveda. Variando de 4 a 7, 10, 14 e 21 noites, a partir de US$ 1 000 a diária por casal no quarto mais básico com todas as refeições incluídas, sessões particulares diárias de yoga e meditação, consultas médicas e um tratamento por dia no spa.

por-do-sol-india-retiro-ioga

E mesmo tendo que optar por um tipo de programa só, você acaba vivendo um pouquinho de cada proposta ao mesmo tempo, uma vez que o resort é 100% focado em wellness e promove alimentação, passeios e atividades detox e conhecimento da medicina milenar oriental ayurveda, podendo ser incorporado também nas suas refeições (mesmo que o seu pacote seja o de yoga). Segundo o sistema, nosso organismo é regido por um dosha (biotipo), que é beneficamente explorado através de alimentos e receitas agradáveis a cada perfil. Combinações de alimentos que, no Amanbagh, são preparadas com perfeição pelo chef do restaurante, que serve menus sazonais centrados na horta orgânica de 8 mil metros quadrados do resort e da adaptação dos pratos tradicionais da Rajastão aos gostos particulares de cada hóspede.

resort-amanbagh-india

Tudo fica mais claro ao chegar no Amanbagh, quando após uma pequena cerimônia onde o médico ayurveda responsável pela sua ficha e a terapeuta que vai te acompanhar na maior parte do tempo te recebem ao som de mantras e colares de flores. Logo sua programação vai ser montada numa consulta com o médico terapeuta do resort, que procura entender e identificar suas necessidades e traduzi-las em atividades, tratamentos e alimentação saudável durante seu retiro na Índia.

No retiro de yoga, o dia pode começar com uma caminhada pela natureza,

seguida de um café da manhã equilibrado montado especialmente para o seu biotipo (o dosha, na medicina ayurveda), aula de yoga finalizada por uma meditação na salinha da prática, almoço também balanceado, tratamento de reflexologia no spa, meditação e técnicas de respiração pranayama ao ar livre, tempo livre pra relaxar na piscina e jantar saudável. O roteiro pode ser modificado conforme suas preferências, seu rendimento e as avaliações dos profissionais envolvidos (do chef do restaurante à massoterapeuta e à professora de yoga), além de dar pra adaptar e unir experiências turísticas no cronograma.

meditacao-yoga-templo-india

O resort oferece tours à reserva de tigres Sariska, passeios aos povoados rurais próximos e bate-voltas ao Taj Mahal e a Jaipur, por exemplo. Fora os vários templos, fortes e cenários incríveis pra conhecer na região rural do Rajastão nas proximidades do Amanbagh e aproveitar pra ser base da prática de yoga do dia, como o fotogênico Pratapharg Fort.

E ao mesmo tempo em que oferece os programas de imersão de retiro na Índia, o Amanbagh funciona normalmente como um resort de bem-estar, com ofertas de lazer como piscinas, spa, academia e os passeios citados. Nas instalações, o mármore rosa e tons salmão dão a identidade do resort, cujo toque mais especial é a pedra verde da piscina principal de 33 metros que se ilumina ao sol criando tons ainda mais belos entre os jardins verdes cheios de passarinhos. É a mesma pedra usada nos balcões, pia e banheira dos 37 quartos, que vão de suíte com jardim à vila de mais de 200 metros quadrados com piscina. Desenhos e toques orientais desenhados enfeitam a fachada.

Se as experiências e instalações do Amanbagh ainda não te apeteceram tanto, o serviço com certeza vai. Dizer que o atendimento geral é cinco-estrelas não faz jûs o suficiente à qualidade do serviço. Atenciosidade é a característica número 1 de todo o staff, que parece que te vê de longe desejando um chá gelado na piscina e em dois segundos já chegou com água, chá e sorvete de cortesia. Nas excursões, os motoristas (que muitas vezes também são guias), te escutam perguntando sobre alguma questão envolvendo a estadia e na hora já ligam para o resort e quando você retorna tudo está 100% resolvido sem você mal ter explicado a situação. O médico responsável pelo seu programa vem toda hora conversar sobre sua estadia, o chef adapta as receitas recomendadas às suas comidas favoritas e a professora de yoga vem com uma toalhinha gelada aromatizada para cada aluno ao final da sessão. Fora que é trocar olhar com qualquer funcionário do resort que ele automaticamente vai fazer namastê com as mãos.

Experiências para casais também tomam forma em rituais românticos de celebração e renovação de votos comandando por um líder espiritual local, jantares  privados e lindamente decorados no rooftop do restaurante ou mesmo numa fortaleza na beira do lago de um povoado próximo ao som de um harpeiro. Mas nada é mais lindo que o ritual de bênçãos que finaliza a estadia de quem faz uma imersão, em casal ou não: no seu último dia no Amanbagh você vai encontrar roupas brancas no closet que anunciam a última cerimônia. Um ritual de cantos, orações, mantras e bênçãos ao cair da noite toma forma no meio da floresta. É realmente desses momentos que atingem nosso peito fundo, mexem com a espiritualidade e trazem a real sensação de contato com a espiritualidade.

retiro-yoga-rituais

cerimonia-amanbagh

ritual-espiritual-amanbagh

Anna Laura

Jornalista por formação e fotógrafa por vocação, a editora do Carpe Mundi registra o mundo com sua Nikon desde que se entende por gente - e hoje cultiva um feed milimetricamente pensado. Passou pelas redações da CARAS Online e da Viagem e Turismo e, depois de uma temporada em Paris, resolveu ser viajante full time: você pode encontrá-la por aí, cobrindo paraísos tropicais.

Deixe seu comentário

voltar ao topo