Em 2018, a França bateu recorde ao receber 90 milhões de turistas no país.

Sua empolgante variedade geográfica mistura paisagens naturais graciosas como os campos de lavanda da Provence, os cênicos Alpes e o azul da Riviera Francesa à boa gastronomia de Bordeaux, à imponência dos castelos de contos de fada do Vale do Loire e o charme da arquitetura enxaimel das casinhas da Alsácia. São tantos motivos de viagem que montar um roteiro pode ser difícil. Veja aqui 7 ideias de itinerários pelas mais incríveis regiões francesas partindo desde Paris.

Roteiro na França

Vale do Loire

roteiro-na-frança-chambord-2

roteiro-na-frança-chenonceau

roteiro-na-frança-chaumont-sur-loire

O Vale do Loire, inscrito na lista de Patrimônio da Humanidade da UNESCO desde os anos 2000, fica a cerca de 2h30 de carro de Paris. Nessa região fica o Rio Loire, ao longo do qual distribuem-se mais de 300 castelos construídos a partir do século 16. Os pontos de visita essenciais são: os gigantesco castelo de Chambord com suas 440 acomodações, o colorido castelo de Blois – residência de vários reis franceses -, o lindo castelo de Chenonceau, construído sobre as águas do Rio Cher, e os jardins do castelo Chaumont sur Loire que sedia anualmente o Festival International des Jardins.

Pra conhecer as atrações principais conte 3 dias de viagem. Mas se você deseja visitar a região a fundo e explorar castelos extras como o de Amboise – onde morou Leonardo da Vinci – e os castelos de Angers, Cheverny e Azay-le-Rideau, além dos museus e vilarejos da região, reserve de 5 a 7 dias de viagem.

LEIA MAIS: Roteiro pelo castelos mais belos do Vale do Loire

Roteiro na França

Bretanha e Normandia

roteiro-na-frança-mont-saint-michel

roteiro-na-frança-etretat

roteiro-na-frança-cote-de-granit-rose

Essa é uma viagem pra rodar alguns bons quilômetros. De carro, a partir de Paris a primeira parada, já na Normandia, fica a pouco mais de uma hora da capital: os jardins de Claude Monet, em Giverny. Em seguida você pode conferir o mar azul e as gigantescas falésias de Étretat e a charmosa cidade portuária Honfleur. Uma etapa marcante da viagem pelo oeste francês é o Monte de Saint-Michel, uma península que se transforma em ilha na maré alta. No topo do Monte fica uma linda abadia do século 13. Reserve uma noite no local ou em seus arredores pra conferir o fenômeno da maré e a iluminação noturna de um dos monumentos mais visitados da França (veja como ir de Paris ao Monte Saint-Michel neste post).

LEIA MAIS: Turismo na Normandia: autenticidade, história, gastronomia e o Monte Saint-Michel

Siga viagem para a Bretanha, região totalmente sem pedágios, o que é ótim pra viajar de carro. A  primeira parada é o centro histórico de Saint-Malo. Continue a viagem na pitoresca Île de Bréhat e passeie pela Côte de Granit Rose, uma costa repleta de granitos cor-de-rosa inundados por um mar azul-turquesa. Outros pontos bacanas pra se visitar na região são: a Pointe du Raz – que é o extremo oeste da França – e a Belle-Île, onde concentram-se alguns resorts de luxo. Encerre a viagem em Rennes e retorne de trem para Paris – mais cômodo. Conte 7 dias de viagem pra conhecer bem ambas as regiões.

LEIA MAIS: Onde ir na Bretanha: 8 lugares pra conhecer (e amar!) na terra celta francesa

Roteiro na França

Provence

roteiro-na-frança-plateau-de-valensole

roteiro-na-frança-gorges-du-verdon

roteiro-na-frança-provence

A charmosa região da Provence, no sul da França, é conhecida por seus campos de lavanda e vilarejos pitorescos. Pegue um trem de Paris a Aix-en-Provence, onde você poderá alugar um carro pra desbravar melhor a área. Para conferir os campos em plena floração, o ideal é ir entre o meio de junho e julho. A partir de Aix-en-Provence, dirija por uma hora até o Plateau de Valensole, um extenso e maravilhoso campo de lavandas. Siga viagem rumo às Gorges du Verdon, uma cadeia de montanhas cortada pelo rio verde-água de Verdon.

Depois, é hora de descobrir os vilarejos sobre as falésias da Provence. Comece por Roussillon, um povoado todo nos tons terrosos construído sobre falésias de ocre. Passe também por Gordes, um dos vilarejos mais bonitos da França, próximo à Abbaye de Sénanque, fundada em 1148 e conhecida pelo seu lindo campo de lavanda. Dê uma passadinha em Fontaines de Vaucluse, cidadezinha cercada por paredões de pedra que contornam a nascente do Rio Sorgue e visite o Palais de Papes em Avignon e o charmoso vilarejo Les-Baux-de-Provence. No topo você tem uma linda vista para o vale. Volte para Aix-en-Provence para pegar o trem de volta pra Paris. Conte de 4 a 5 dias de viagem.

LEIA MAIS: Roteiro pelos vilarejos e campos de lavanda da Provence

Roteiro na França

Côte d’Azur

roteiro-na-frança-eze-village

roteiro-na-frança-saint-paul-de-vence

roteiro-na-frança-calanques-de-marseille

A Riviera Francesa tem todo aquele charme mediterrâneo que a gente ama: mar azul, telhados laranjinhas e o mix perfeito entre o luxo e o pitoresco. A viagem pode começar em Nice, a 6 horas de trem desde Paris (ou também é possível pegar um avião: o voo dura cerca de 1h30). Alugue um carro e siga viagem pra Èze Village, um charmoso vilarejo construído sobre as ruínas de um castelo do século 12, a apenas meia hora de Mônaco. No caminho para o principado tome um sol na Plage Mala (leia mais sobre a Plage Mala aqui), a praia mais bonita da Côte d’Azur. Também vale um passeio pela aldeia medieval de Saint-Paul-de-Vence e por Antibes, cidade pequena, charmosa e animada. Se quiser curtir uma praia tranquila, melhor ir pra Juan les Pin, no Cap d’Antibes.

LEIA MAIS: Côte d’Azur: não deixe de ir à Èze Village

Uma viagem pela Côte d’Azur não é completa sem passar por Cannes e Saint-Tropez, no sentido oposto de Mônaco. O trajeto à beira-mar entre as duas cidades promete várias paisagens incríveis entre beach clubs, lojas de grife, hotéis e restaurantes badalados. A viagem se encerra em Marselha, com uma visita nas Calanques de Marseille, penhascos que beiram um mar azul brilhante maravilhoso. Devolva o carro na cidade de Marselha e volte pra Paris de trem ou de avião. Quem quiser curtir a Côte d’Azur sem erro deve programar 7 dias de viagem.

Roteiro na França

Alsácia

roteiro-na-frança-strasbourg

roteiro-na-frança-route-des-vins

roteiro-na-frança-Eguisheim

A Alsácia, no leste da França, é um destino perfeito pra conhecer na época das festas. Com o frio, as feiras de Natal e as casinhas coloridas em estilo enxaimel iluminadas e decoradas, a região ganha um charme especial. A cultura alsaciana tem muita influência alemã, por isso prepare-se pra degustar deliciosos chucrutes, salsichas e tortas de maçã. Comece a viagem em Estrasburgo, a 1h45 de trem a partir de Paris. Ali, desde 1570, acontece a Christkindelsmärik, a primeira feira de Natal da França – vale inclusive um bate-volta desde Paris pra visitar a feira.

LEIA TAMBÉM: 10 mercados de Natal pela Europa

A região também é muito conhecida por seus excelentes vinhos. Alugue um carro em Estrasburgo e siga a viagem pela Route des Vins, a Rota dos Vinhos. O itinerário de mais de 170 km passa por vinícolas e cidades charmosíssimas como Eguisheim, Riquewihr, Kaysersberg, Ribeauvillé, Colmar, Hunawihr e Obernai. E, mesmo que você esteja na França em outra época do ano, a Route des Vins vale a viagem. Aliás, ela ainda fica mais linda nos meses de agosto e setembro, quando os vinhedos ficam verdinhos e prontos pra colheita. 4 a 5 dias são perfeitos pra fazer o roteiro.

Roteiro na França

Lyon, Annecy e Chamonix

roteiro-na-frança-lyon

roteiro-na-frança-annecy-2

roteiro-na-frança-chamonix

Lyon, a capital gastronômica da França, está a apenas 2 horas de trem de Paris. Em 2 ou 3 dias dá pra conhecer bem a cidade: visite o Museu de Belas Artes de Lyon, a Place des Jacobins, o centro histórico Vieux Lyon, o Parque Arqueológico de Fouvière e a famosa Basílica Notre-Dame de Fourvière. Alguns restaurantes excelentes da cidade pra provar sua incrível culinária são o Les Terrasses de Lyon, que tem estrela Michelin e um dos melhores sommeliers da França, a brasserie Le Grand Café des Negociants e o bistrô La Meunière.

LEIA MAIS: O que fazer em Lyon, a cidade francesa que vai te surpreender

Caso você queira continuar a viagem, alugue um carro em Lyon e siga para o Lago do Bourget e almoce no Le Belvédère de la Chambotte pra ter uma vista linda do local – e deguste alguns sabores típicos da região Sabóia, como a massinha crozet e o queijo cœur de Savoie. Depois, visite a igreja da Abbaye de Hautecombe e a casa do Jean Jacques-Rousseau em Chambéry. Em Annecy, além da graciosa cidade, visite os arredores do lago passando pelo mirante Belvédère de la Vierge da Église Saint-Germain e o Col de Forclaz, outro local do qual você tem um ponto de vista maravilhoso do azul do lago. Se tiver ainda mais tempo, vale a pena esticar a viagem até Chamonix, principalmente se for inverno e você gosta de esquiar. 7 dias são suficientes pra conhecer todos os destinos.

Roteiro na França

Bordeaux

roteiro-na-frança-bordeaux-1

roteiro-na-frança-bordeaux-vignobles

roteiro-na-frança-bordeaux-vinho

Se Lyon é a capital gastronômica da França, Bordeaux é a capital do vinho – e fica a apenas 2 horas de trem de Paris. Reserve 3 dias pra conhecer a cidade e descobrir a arquitetura do Centro Histórico que se reveza entre edifícios medievais e construções majestosas da época do Rei Luís 15. Alguns dos must-sees de Bordeaux são: o Grand Théatre, teatro inspirado no Opéra Garnier de Paris e a Rue Sainte Catherine, a maior rua pra pedestres da Europa, com mais de 1 quilômetro de extensão. A Pont de Pierre, com seus 500 metros e 17 arcos sobre o Rio Garonne também rende fotos. Na Place du Palais, o centrinho medieval, sente-se em um café e aprecie a vista da Porte Cailhau, antiga porta de entrada da cidade. Mas, de todos, o local mais icônico da cidade é a Place de la Bourse. Nela fica o Miroir d’Eau, o maior espelho d’água do mundo. Com seus 3450 m² ele reflete o Palais de la Bourse e Hôtel des Douanes. Ali perto fica a Fontaine des Quinconces, uma fonte cheia de detalhes construída em homenagem à República francesa.

LEIA MAIS: 8 razões pra viajar a Bordeaux, a cidade francesa da vez

Os amantes de vinho vão adorar conferir a Cité du Vin, o museu do vinho de Bordeaux. E se você gosta de vinhos, pode ser uma boa ideia investir seu tempo em algum workshop e degustação de vinho no Bar à Vin, no centro da cidade. Também visite seus arredores com mais de 4 mil propriedades vinícolas: no Château Bardins dá pra fazer tour de bike entre os vinhedos em estradinhas de terra, no Château Lanessan uma pequena carruagem leva pra conhecer os vinhais e o Château Pape Clément faz vinhos desde o século 13.

LEIA MAIS: As melhores vinícolas pra visitar em Bordeaux, na França

Giovanna Saba

Você deve conhecê-la de outro endereço, do blog Gigi em Paris, seu diário sobre a vida na capital da França. E, como pode imaginar, aqui no Carpe Mundi produz o melhor conteúdo sobre Paris. Acredita que os macarons ganham um sabor mágico se degustados em um quarto de hotel com vista para a Torre Eiffel.

1 comentário

Deixe seu comentário

voltar ao topo