frança


Turismo na Normandia: autenticidade, história, gastronomia e o Monte Saint-Michel

TURISMO NA NORMANDIA

A imponência da região da Normandia já começa por seu legado, marcado pela chegada sangrenta dos vikings, as Cruzadas, o Dia D, Joana D’Arc. Mas a região ao nordeste do país é ainda mais que somente sua história. O turismo na Normandia vai do mágico Mont Saint-Michel aos jardins impressionistas de Giverny, às falésias imensas de Étretat, às vilas medievais preservadas e à gastronomia cheia de tradição. A Normandia é uma França ainda autêntica, pra explorar, fuçar e viver mais e mais.

Turismo na Normandia: como aproveitar o melhor da mais autêntica das regiões francesas com a agência receptiva com tours privados e personalizados e guias em português Descobrindo a Normandia

Giverny e o jardim impressionista

O velho casarão salmão com porta e janelas verdes e um dos jardins mais fotogênicos do mundo, com efeitos naturais nas paisagens quase alucinógenos, casa de Monet de 1883 até a sua morte, deixa turistas boquiabertos no pequeno vilarejo de Giverny. Na primavera as flores colorem a paisagem pitoresca no meio dos lagos e pontes arqueadas – uma cena comum pra quem conhece suas famosas ninfeias, deixando o cenário ainda mais encantador. Funciona também ali hoje o Musée des Impressionismes.

A imponência do Monte Saint-Michel

A França é o destino mais visitado do mundo e o monumento é o terceiro mais visitado do país (só perde pra Torre Eiffel e Versalhes). Dá pra entender a grandeza do negócio, né? O Monte Saint-Michel foi construído no século 13 em homenagem ao arcanjo São Miguel, e, deste então, já foi mosteiro, centro cultural, ponto de peregrinação católica, cidadela e até prisão. Faz tão parte da história da França que virou Patrimônico Mundial da UNESCO em 1979. Pra testemunhar as paisagens mais bonitas, ver o monte iluminado à noite e acompanhar a subida e descida da maré, um fenômeno lindo de ver que transforma o monte numa ilha, o ideal é dormir por lá: hospedando-se nos seus arredores você consegue aproveitá-lo sem a enorme leva de viajantes que chegam durante o dia. O cenário fica mais pitoresco de manhã cedo e no fim do dia, quando as lojinhas recolhem seus mostruários e os últimos ônibus de turistas vão embora. O vilarejo silencioso ganha um ar de mistério fascinante, ainda mais sob a neblina dos dias mais frios.

LEIA TAMBÉM: Veja como ir de Paris ao Monte Saint-Michel, cartão-postal da Normandia

como-ir-monte-saintmichel-pais

Turismo na Normandia: como aproveitar o melhor da mais autêntica das regiões francesas

Rouen, a cidade da Joana d’Arc

Visitar Rouen, capital da Normandia, é viajar nas camadas da história francesa. Foi fundada pelos celtas, invadidas pelos alemães e comandada pelos vikings, mas o que marcou mesmo a cidade foi o capítulo dramático de Joana d’Arc, queimada viva na Place dy Vieux Marché durante a Guerra dos Cem Anos. Mas hoje, Rouen também é turismo: tem igrejas góticas bonitas, como as de Saint-Maclou e de Saint-Ouen, casas medievais gracinha em estilo enxaimel na rua Saint-Romain, horizonte dominado pelas torres da assimétrica Catedral de Notre-Dame, retratada inúmeras vezes por Monet, a coleção impressionista do Musée des Beaux-Arts de Rouen, a rua dos antiquários imortalizada pelo pintor Pissarro, prédios fabulosos como o do Palais de Justice, o restaurante mais antigo do país, o La Couronne, e a rua de pedestres também mais antiga da França, a Gros Horloge, charmosa com seu relógio manual.

As falésias de Étretat

De calcário branco, as falésias da cidade surgem imponentes ao longo da costa e compõe um cenário maravilhoso com o mar azul. As mais conhecidas são as de Courtine, Manneporte, Vaudieu, Aiguille de Belval, de Amont e, a mais famosa delas, a Falaise de Aval, com seus 80 metros de altura e vão aberto numa pedra pontuda que emerge no mar em formato de agulha. O mais legal é andar por cima das falésias admirando o mar e se deparando com igrejas, castelos e a cênica paisagem no caminho. Lá embaixo, praias de pedra são resultado da erosão dos morros e do movimento das ondas.

etretat-normandia

Gastronomia: queijo camembert

Localizadas no coração da Normandia, no bosque de Pays d’Auge, estão as fábricas dos famosos queijos camembert, que se beneficiam do clima ameno e dos solos férteis da região. Pra viver uma Normandia ainda mais legítima, acompanhar a produção dos conhecidos queijos precisa estar no roteiro. Uma ideia é dar um giro pela Fábrica Graindorge, uma empresa familiar de 1910, que mantém a tradição viva turisticamente através de oficinas de queijos.

Turismo na Normandia: como aproveitar o melhor da mais autêntica das regiões francesas

O Dia D: praias do desembarque

O dia 6 de junho de 1944 ficou conhecido por marcar o desembarque das tropas aliadas nas praias da Normandia para a reconquista da Europa durante a Segunda Guerra. A região mantém os traços dessa história vivos através de homenagens anuais, museus e as cinco praias (Utah, Omaha, Gold, Juno e Sword) que se estendem por 80 km de costa e marcaram a operação com batalhas decisivas em cenários que hoje atraem milhões de turistas. Pra entender melhor a história, os tours da Descobrindo a Normandia passam pelas praias em ordem cronólogica explicando cada acontecimento.

praias-do-desembarque-normandia

Honfleur e Deauville, cidades charmosas

Honfleur é uma simpatia só nos arredores de seu pitoresto porto no estuário do Sena, o Vieux Bassin, rodeado por construções estreitas dos séculos 17 e 18, com fachadas em ardósia pontuadas por toldos e outros detalhes coloridos, formando um reflexo lindo na baía. Já a balneária Deauville é quase uma Riviera Francesa do Norte, destino queridinho de férias dos parisienses conhecido por seu majestoso cassino, seus campos de golfe, suas mansões no estilo Belle Époque, suas lojas de grifes famosas e o Festival Americano de Cinema. Parece chiquetoso: e é. Mas também é fotogênico passear por sua faixa de areia cheia de conchas que se estende por dois quilômetros lotados de guada-sóis coloridos e as planches, ou orla de tábuas de madeira.

deauville-normandia

TURISMO NA NORMANDIA:

Conheça esses lugares com a agência receptiva Descobrindo a Normandia, que opera passeios e roteiros privados com guia em português pelas regiões da Normandia, Bretanha, Vale do Loire, Champagne e Alsácia, adaptando o tour as suas demandas. Prefere conhecer mais sobre a história do destino ou focar em gastronomia? Quer ver castelos, fazer compras ou conhecer as praias mais bonitas? Conheça mais sobre a empresa aqui pra fazer uma viagem certa e prática pela França.

*Este post foi produzido em parceria com a Descobrindo a Normandia. Publiposts são conteúdos patrocinados que julgamos de interesse aos leitores do Carpe Mundi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *