planejamento


Como viajar com os amigos sem perder a amizade

Viajar com os amigos pode dar supercerto – ou ser um desastre.

Viagens são momentos de convívio intenso que podem acabar em estresse e até amizades desfeitas sem algumas precauções.

LEIA TAMBÉM: As melhores frases de viagem de todos os tempos
Tatuagens de viagem incríveis pra você se inspirar
9 coisas pra não levar na mala e aprender a viajar mais leve

Dicas pra viajar com os amigos numa boa:

ESCOLHA BEM OS AMIGOS

Viajar com os amigos (obviamente) não é a mesma coisa que ir ao cinema ou a um bar. Viagens são momentos de convívio intenso que exigem mais interesses parecidos pra dar certo. Pense em hábitos: se você é muito diurno, gosta de dormir e acordar cedo e visitar muitos museus, não escolha pra viajar alguém que prefere acordar tarde, passar o dia fazendo compras e ir pra balada à noite.

ESTABELEÇA AS EXPECTATIVAS ANTES DA VIAGEM

Entenda o que seus amigos estão esperando da viagem – o que pode ser muito diferente mesmo que vocês queiram ir pra um mesmo destino; de novo a história dos museus ou das compras. Conversem bem antes de decidir.

#VIAGEM PLANEJADA AO EXTERIOR?

O Carpe Mundi sempre viaja com sim cards da EASYSIM4U. O chip te dá acesso ilimitado à internet no exterior e chega em sua casa no Brasil. Compre AQUI! A gente usa e recomenda.

NÃO JUNTE GRUPOS MUITO GRANDES EM VIAGENS QUE EXIJAM MUITAS “DECISÕES”

Se você quer viajar com os amigos num grupo muito grande, pense em simplesmente alugar uma casa na praia, ir a um resort no Nordeste ou no Caribe, a uma estação de esqui ou passar um fim de semana numa pousada na serra; até pra Orlando rola. Quero dizer, viagens que não envolvem mil programações diferentes, com um fluxo contínuo e não muito variável de atividades. Fazer um roteiro muito mirabolante (tipo uma viagem de carro por Portugal) ou escolher uma cidade grande (como Nova York) pode causar conflitos na hora de escolher o que fazer, que hora acordar, quanto tempo dar pra cada coisa.

PLANEJE O ITINERÁRIO COM ANTECEDÊNCIA

Planejamento de última hora pode causar tensões. Se vocês vão pra Bonito, já decidam que passeios querem fazer antes de ir, se viajarão pra Toscana, pensem as cidades e vinícolas que desejam parar ainda no Brasil. E encontros de planejamento de viagem são sempre divertidos.

CONVERSE SOBRE QUANTA GRANA CADA UM PRETENDE/PODE GASTAR

De novo, descubra antes da viagem quanta grana seu amigo pode/pretende gastar. Não adianta cair na estrada com alguém que vai viajar no osso ficando em hostels e comendo na rua se você está querendo esbanjar em hotéis mais confortáveis e restaurantes chiques. Isso pode causar muito desconforto na hora.

ESQUEÇA O “CADA UM PAGA O QUE COMEU”

Com grupos muito grandes, fica impossível e estressante dividir a conta certinho pra cada um. Tenha consciência disso na hora de pedir (deixe pra beber num bar com comanda individual, por exemplo), pra não ficar muito injusto.

SEJA TOLERANTE E FLEXÍVEL

Mesmo viajando só com mais uma pessoa, você precisa abrir mão dos próprios interesses de vez em quando. O amigo quer sair determinada noite e você não está muito a fim? Talvez outra hora ele vá a um restaurante que não está com tanta vontade com você. Tenha jogo de cintura e seja mais flexível com suas escolhas.

FAÇA ALGUMAS COISAS SEPARADO

Não há necessidade de todo mundo ficar 24 horas por dia juntos; ninguém precisa ficar mal-humorado fazendo o que não quer – principalmente numa cidade grande, onde vocês podem programar um passeio separados e depois se encontrar pra jantar. Se estiver em casal viajando com outros casais, ficar em hotel em vez de apartamento alugado dá mais privacidade e alguns momentos a sós.

A autora

Betina Neves

Betina Neves

Editora do Carpe Mundi, viaja pra trabalhar e trabalha pra viajar. É jornalista freelancer e já escreveu pra Viagem e Turismo, ELLE, Claudia, Vamos LATAM, Superinteressante, Cosmopolitan, VEJA São Paulo, Folha de S. Paulo, entre outras publicações.


Instagram

Há 1 comentário para “Como viajar com os amigos sem perder a amizade

  1. Totalmente de acordo com o que voce escreveu.
    Sempre viajo só, mas na última – em setembro 2016 – amiga quis ir tambem e foi muito bom, pois já haviamos feitos uma viagem curta de final de semana fizemos tudo como foi dito acima.
    Funcionou muito bem.
    Grata

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *