Sabe aquela sensação incômoda que vem no caminho do aeroporto de que você esqueceu algo importante em casa? Ou aquele medinho que bate antes de entrar no avião? E a melancolia de dar tchau (mesmo sabendo que você estará de volta em alguns dias)?

Isso não faz de você um mau viajante, uma pessoa sentimental demais ou paranoica. Pelo contrário, é totalmente normal e tem nome: se chama tensão pré-viagem, ou TPV. Melhor dizendo: tensão em sair da zona de conforto (o que não tem nada a ver com encarar uma viagem perrengue, mas sim com qualquer mudança na rotina que te tire do que você considera sua “área segura”. Você pode estar indo pra uma ilha paradisíaca se hospedar em um Ritz-Carlton da vida, mas ainda é sair da zona de conforto).

LEIA MAIS: Retiros espirituais: Vem ver onde fazer sua viagem zen para acalmar a mente

A TPV é basicamente desencadeada pela ansiedade associada a algum estresse, como o medo de algo dar errado no embarque, no voo, na chegada ao destino. E é mágico como isso passa no segundo dia da viagem, depois de uma noite de sono bem dormida e graças a outro estalinho que vem: o de aproveitar ao máximo os dias fora de casa. Veja aqui 9 dicas de como vencer a tensão pré-viagem nas próximas férias.

itens-para-se-manter-saudavel-ao-viajar

TENSÃO PRÉ-VIAGEM: DICAS PRA VIAJAR MAIS LEVE

NÃO DEIXE TUDO PRA ÚLTIMA HORA

Uma das maiores causas da TPV é deixar pra organizar os detalhes da viagem na última hora. Reserve com antecedência voos, hotéis e passeios e resolva todas as pendências de casa e do trabalho antes da véspera do embarque. Pra quem tem sede por controle, ter tudo sistematizado antes da partida ajuda muito.

LEIA MAIS: Atraso de voo, cancelamento, overbooking e problemas com a bagagem: veja seus direitos

COMECE A ORGANIZAR A MALA UMA SEMANA ANTES

Mala de viagem com organizadores transparentes dentro

Separar parte das roupas, sapatos e acessórios que você pretende levar na mala com alguns dias de antecedência garante que você não vai esquecer de nada, te dá tempo de lavar, secar e passar alguma peça recém-usada e dá mais segurança – você já pensou naquilo tantas vezes que sabe de cabeça o que está levando (incluindo seu kit de remédios, cosméticos e outros produtinhos que são indispensáveis na sua rotina).

LEIA MAIS: 9 coisas pra NÃO levar na mala e viajar mais leve

SE INFORME BEM SOBRE O DESTINO QUE IRÁ VISITAR

Apure informações do dia a dia do lugar (ou dos lugares) que você vai antes de chegar lá. Que tipo de tomada é usada no país? Qual a melhor forma de se locomover? É seguro andar com câmera fotográfica na mão de noite? Qual é a moeda utilizada por lá? Como você irá do aeroporto ao hotel quando chegar? Como vai estar o tempo? Se estiver frio, vale a pena comprar casaco na viagem ou melhor levar uma mala maior com roupas quentes já do Brasil? É uma boa tirar dúvidas com amigos que já foram e pesquisar em blogs, como o Carpe Mundi ? Ter essas respostas faz a mente acalmar, além de te facilitar (muito) a vida na viagem.

passaros-retiro

TRACE UM ITINERÁRIO COMPLETINHO DA VIAGEM

Depois de pesquisar os pontos turísticos, lojas e outros endereços que você pretende visitar, faça um roteiro dos dias fora de casa das manhãs às noites, planejando seus passeios de acordo com a localização de cada um, horário do dia e praticidade.

CHEGUE CEDO NO AEROPORTO

Pode parecer besteira, mas simples atos como tomar um café, comprar uma revista e parar pra sentar no aeroporto antes de embarcar podem fazer a diferença na vida de um ansioso – fora que você faz todo o procedimento do check-in com calma, pode mudar de assento em tempo ou ainda mover algo da bagagem de mão pra mala se precisar. Em voos internacionais, sair de casa cinco horas antes do horário de partida é suficiente. Nos nacionais, três horas bastam.

LEIA MAIS: 10 medidas de segurança que você ignora nas viagens (mas não deveria!)

VENÇA O MEDO DE VIAJAR DE AVIÃO

O medo de andar de avião é, de longe, o que mais causa tensão pré-viagem. Dicas simples pra fazer essa inquietude passar são reservar um assento na janela, viajar de dia e lembrar: a chance de um avião cair é de 1 em 2 783 874. Ou seja, morrer num acidente de avião é algo muito, muito, mas muito improvável.

LEIA MAIS AQUI: As 10 melhores dicas pra quem tem medo de viajar de avião

aviao-simpatias-para-viajar
aeroporto-guarulhos

APRENDA ALGUMAS PALAVRAS NO IDIOMA LOCAL

Se estiver viajando ao exterior, dominar o básico do básico da língua local traz uma pseudo-ideia de controle, de segurança, de não ter saído tanto daquela zona de conforto mencionada acima. Baixar um aplicativo e completar as primeiras lições antes da viagem já é o bastante. O MosaLingua tem opções em diversos idiomas e ensina bem direitinho, quase que como numa aula particular. Ou, se preferir, também dá pra fazer à moda antiga e levar um dicionário de bolso (e ir lendo algumas palavras e termos no avião).

FAÇA SEGURO VIAGEM

Diminui a ansiedade pensar que se algum acidente acontecer, você não precisará se preocupar com gastos estratosféricos de consultas médicas, cirurgias de emergência e internações se tiver um bom seguro viagem – acredite, usar um hospital no exterior pode custar milhares de dólares.

LEIA MAIS: 18 dúvidas sobre seguro de viagem resolvidas: tudo que você precisa saber

Cote aqui com a gente as melhores opções!

PRATIQUE EXERCÍCIO FÍSICO NO DIA ANTERIOR AO EMBARQUE

Pode ser ir na academia, praticar yoga, jogar vôlei, correr ou fazer ginástica em casa: fazer exercício físico antes de viajar garante mais energia e menos ansiedade, uma noite de sono bem dormida (que com certeza te dará mais vigor pra começar a viagem) e uma melhor condição pra enfrentar horas  dentro do avião. Se der pra continuar com alguma atividade na viagem, mesmo um alongamento de 15 minutos todas as manhãs no quarto do hotel, melhor ainda.

E você, tem alguma dica sobre tensão pré-viagem pra deixar aqui também? ?

Anna Laura

Jornalista por formação e fotógrafa por vocação, a editora do Carpe Mundi registra o mundo com sua Nikon desde que se entende por gente - e hoje cultiva um feed milimetricamente pensado. Passou pelas redações da CARAS Online e da Viagem e Turismo e, depois de uma temporada em Paris, resolveu ser viajante full time: você pode encontrá-la por aí, cobrindo paraísos tropicais.

1 comentário

Deixe seu comentário

voltar ao topo