No inverno europeu, enquanto as temperaturas abaixam, vão junto o número de turistas, o tamanho da fila nos pontos turísticos e as tarifas de voo e hospedagem.

Mas eis que a neve cai e o nível de beleza de algumas cidades só aumenta. O inverno na Europa não se limita apenas às feiras de Natal. Tem muito a se ver e fazer no Velho Continente mesmo depois das festas de final de ano. Neste post compartilho 10 cidades super charmosas pra você visitar no inverno na Europa.

INVERNO EUROPA

Quando é inverno na Europa, você passa muito tempo em rooftops aquecidos, cafés, museus e salas de concerto. Mas também tem muita coisa pra se fazer no lado de fora como patinar no gelo e passear pelos parques e ruas das cidades. Por isso é muito importante você escolher roupas quentinhas e práticas.  Nesse post, veja como fazer a sua mala pra uma viagem de inverno na Europa.

LEIA TAMBÉM: 14 cidades convidativas pra passar o Natal na Europa
Tratado de Schengen: seguro viagem obrigatório pra 26 países da Europa

Veja aqui 10 cidades charmosas pra visitar no inverno na Europa

INVERNO EUROPA

Dublin, Irlanda

Dublin, na irlanda

Na sua estadia invernal em Dublin você vai tomar algumas pints em Temple Bar, conhecer a linda faculdade Trinity College, desvendar o processo de fabricação da cerveja na Guiness Storehouse e descobrir o acervo riquíssimo de arqueologia no Museu Nacional de Dublin. Você pode começar o dia quentinho com um café da manhã tradicional irlandês feito com feijão, bacon, ovos e salsicha local. No final do dia também dá pra recarregar as energias e se esquentar com um irish coffee, bebida feita com café, uísque, açúcar mascavo e creme. A cidade é pequena, mas festeira. Mesmo no inverno você tem festivais super animados como o Tradfest que promove a música folk tradicional com shows pela cidade toda por 5 dias.

ONDE SE HOSPEDAR EM DUBLIN: O The Westbury Hotel (RESERVE AQUI) é uma opção de hospedagem de luxo em Dublin. O hotel colado à principal rua de compras da cidade, Grafton Street, tem diárias a partir de € 232. O Westin Dublin (RESERVE AQUI) também é um hotel mais sofisticado, porém com diárias um pouco mais baratas, a partir de € 209. Uma opção ainda mais em conta com ótimo custo/benefício é o Temple Bar Inn (RESERVE AQUI), as diárias custam a partir de € 89.

LEIA TAMBÉM: O que fazer em Dublin

INVERNO EUROPA

Viena, Áustria

Vienna, na Áustria

Na época mais fria do ano, a capital da música clássica ainda propõe concertos ao ar livre. Sim, é frio. Mas depois você pode se esquentar nas águas termais de Therme, assistir uma ópera ou um ballet na Ópera de Viena ou um concerto de música clássica na Igreja Saint Charles. Você também pode ficar quentinho vendo as obras do Klimt no Palácio Belvedere, fazer cliques instagramáveis do Palácio Schönbrunn coberto de neve, tomar um chocolate quente na Haas & Haas e experimentar as deliciosas sobremesas austríacas. Estou falando principalmente da torta Sacher,  feita com várias camadas de chocolate.

ONDE SE HOSPEDAR EM VIENA: O Hotel Sacher (RESERVE AQUI) tem diárias a partir de € 315 e fica  na frente do Ópera de Viena. O hotel também e conhecido pela sua deliciosa torta Sacher. Os quartos (a partir de 27 m²) são espaçosos e decorados com papel de parede de seda, artes de coleção e mobília clássica. Uma opção mais em conta, no centro histórico,  é o The Guesthouse Vienna (RESERVE AQUI), mais moderno com diárias a partir de € 188.

INVERNO EUROPA

Veneza, Itália

Veneza, na itália

Depois da multidão invadir as ruelas de Veneza nas épocas mais quentes do ano, o inverno chega e a cidade se acalma. Os canais ficam mais calmos, as diárias de hotel abaixam e você realmente pode aproveitar a sua visita na basílica de São Marcos. Se agasalhe bem pra se perder nos labirintos atrás do Grand Canal, atravessar a Ponte dos Suspiros e embarcar no vaporetto até Burano e Murano. Dá pra se esquentar vendo obras-primas italianas na Gallerie dell’Accademia ou na Scuola Dalmata di San Giorgio degli Schiavoni.  De quebra, em fevereiro acontece o famoso Carnaval de Veneza, festa durante a qual as pessoas se fantasiam, colocam as máscaras e se transformam em personagens da antiga nobreza europeia.

ONDE SE HOSPEDAR EM VENEZA: O Hotel Danieli (RESERVE AQUI) oferece uma estadia mais que luxuosa no palácio Dandolo. Personalidades históricas como Charles Dickens, Marcel Proust e Honoré Balzac se hospedaram ali. As diárias custam a partir de € 360. Outro hotel  bem charmoso é o Hotel Palazzo Vitturi (RESERVE AQUI) que fica em um prédio do século 13, um dos mais antigos da cidade. Os quartos tem vista pra praça Santa Maria ou para o canal. As diárias custam no mínimo € 85. Uma opção de hospedagem mais simples, com boa localização,  é o Hotel Ca’ dei Conti (RESERVE AQUI) com diárias a partir de € 75.

LEIA TAMBÉM: 19 programas imperdíveis em Veneza, na Itália

INVERNO EUROPA

Bergen, na Noruega

Bergen é uma pequena cidade de pescadores nos fiordes da Noruega. Em qualquer época do ano, a cidade no pé das montanhas é puro charme com as suas casinhas coloridas no cais do século 12. Tem que se agasalhar bem pra pegar o funicular que te leva no topo da montanha Fløyen. É frio, mas a vista faz valer a pena. Dá pra se esquentar, batendo perna pela cidade e comprando um suéter feito à mão nas boutiques de artesanato local. E não se esqueça de experimentar o delicioso skillingsboller, um bolinho de canela em formato de caracol. Sim, a Escandinávia é um destino bem gelado, mas é no inverno que você tem as maiores chances de contemplar a famosa aurora boreal.

ONDE SE HOSPEDAR EM BERGEN: O Hotel Norge (RESERVE AQUI) fica na praça principal de Bergen. Ele foi reinaugurado em 2018, tem quartos espaçosos, modernos, com grandes janelas com vista pra cidade. As diárias saem a partir de € 154. Mais perto do cais tem o Magic Hotel Korskirken (RESERVE AQUI) com diárias a partir de € 100 e o Radisson Blu Royal Hotel (RESERVE AQUI) com diárias a partir de € 90. Ambos hotéis são bem modernos, no estilo escandinavo.

Bergen, na noruega

INVERNO EUROPA

St. Moritz, Suíça

St. moritz, na suíça

Pra curtir um inverno europeu glamoroso, Saint Moritz é *O* destino. A cidade suíça fica na beira de um lago no coração do vale do Engadin. St. Moritz tem uma das estações de esqui mais chiques do país. Além de 350 km de pistas pra praticar esqui e snowboard, tem também a pista de patinação no gelo mais antiga do mundo, partida de jóquei na neve, exposições, festas gastronômicas e festivais — como oSunIce Festivalno final da temporada. Tem também várias lojas de grife, algumas com coleções exclusivas, muitos bares, restaurantes e baladas.  A viagem de trem a partir de Zurique dura 3h20. O trajeto é longo, mas as paisagens montanhescas são deslumbrantes.

ONDE SE HOSPEDAR EM SAINT MORITZ: O chiquérrimo Carlton Hotel St. Moritz (RESERVE AQUI) só abre nessa época do ano. O hotel propõe várias experiências invernais muito gostosas como jantar à luz de velas, passeio de carruagem na floresta, degustação de vinhos e um spa com piscina aquecida e vista para os Alpes. As diárias custam a partir de € 698. Ainda bem sofisticado, porém com um estilo mais moderno e colorido, tem também o Hotel Monopol Art Boutique (RESERVE AQUI) no centro de St. Moritz. As diárias mínimas são de € 310. Mais em conta tem o Hotel Languard (RESERVE AQUI) com quartos no estilo chalé suíço com vista para os lagos e montanhas (diárias a partir de € 145).

LEIA TAMBÉM: Os encantos de Interlaken e arredores, melhor base do turismo alpino na Suíça
Um guia pra turistar por Zurique, a maior cidade da Suíça, como um local
Conheça Berna, a capital da Suíça, em passeios, hotéis e restaurantes

INVERNO EUROPA

Hallstätt, Áustria

Hallstätt, na Áustria

Mais um destino austríaco pra nossa lista. O vilarejo nas margens do lago Hallstätter, nos Alpes Austríacos, é considerado patrimônio da humanidade pela UNESCO e parece um cenário de conto de fadas. Em apenas uma hora de carro a partir de Salzburgo, você pode descobrir igrejas antigas do século 15 e 18, fazer jantares românticos à luz de velas e contemplar as montanhas de Dachstein cobertas de neve. Passeie bastante pela cidade, conheça a Market Square e caminhe no Mirante Skywalk que oferece uma vista da cidade e seu lago a 350 metros de altura. Em Hallstätt você também pode esquiar, caminhar na neve e andar de carruagem. Também vale fazer algumas esticadas para os arredores como o lago Gosausee. Pegue o teleférico até Five Fingers — de onde se tem uma linda vista do lago e da cidade. Suba também no teleférico que te leva até o Glaciar Daschstein.

ONDE SE HOSPEDAR EM HALLSTÄTT: O Seehotel Grüner Baum (RESERVE AQUI) tem vistas panorâmicas para o lago e pra Market Square. Personalidades como Agatha Christie já se hospedaram por ali. Os quartos tem um estilo mais antiguinho, porém elegante. Um dos double rooms e as suítes tem terraço com vista para o lago. As diárias são a partir de € 220.  Outra opção é o Hallstatt Hideaway (RESERVE AQUI) que oferece uma estadia em suítes com cozinha. Tudo muito refinado, moderno e clean com vistas deslumbrantes para o lago. Diárias a partir de € 276.

INVERNO EUROPA

Tallinn, Estônia

Tallinn, na estônia

Ao lado do Mar Báltico, Tallinn surpreende com seu centro histórico perfeitamente preservado preenchido por igrejas medievais, casinhas de comerciantes e castelos. Mas a paisagem fica ainda mais charmosa com a neve, principalmente a partir do castelo Toompea, de onde se tem uma linda vista da cidade. Coloque um casaco bem quentinho pra passear no centro e visitar a Town Hall Square, as muralhas da cidade e suas ruelas encantadoras como a Masters Courtyard, St. Catherine’s Passage e a Rua Pikk. Vale também estender o passeio até o bairro descolado e moderno, Kalamaja. Pra esquentar, você pode visitar o Museu de História da Estônia, comer uma panqueca no Kompressor, ou tomar uma cerveja artesanal no Hell Hunt.

ONDE SE HOSPEDAR EM TALLINN: O Three Sisters Boutique Hotel (RESERVE AQUI) fica na parte mais antiga da cidade e propõe uma estadia bem cozy em quartos com decoração diferente uma da outra, sendo alguns mais modernos e outros mais clássicos. As diárias custam a partir de € 112. O My City Hotel (RESERVE AQUI) também fica no centro histórico. Ele fica em um prédio dos anos 1950 que era a antiga sede dos oficiais marinhos soviéticos. As diárias são a partir de € 72.

INVERNO EUROPA

Copenhaguen, Dinamarca

Cidades pra visitar no inverno na europa: copenhague

Quer lugar mais cozy pra aproveitar o inverno do que a capital do país que construiu a ideia do cozy? Estou falando do hygge, conceito dinamarquês que explica um estado de contentamento, bem-estar e conforto puro. Copenhague tem confeitarias como a Lille Bakery, restaurantes estrelados como o Geranium(também na lista de um dos melhores do mundo), hotéis descolados, os lindos jardins de Tivoli e as charmosas casinhas  de Nyhavn — que ficam ainda mais coloridas em contraste com a neve. Tem muita coisa charmosa pra ver na região: a praça principal (Rådhuspladsen), a maior rua de pedestres do mundo Strøget, a estátua da Pequena Sereia e a cidade independente, Christiania.

ONDE SE HOSPEDAR EM COPENHAGUEM: O Nimb Hotel (RESERVE AQUI) fica em um castelo de 1909. Com vista para os jardins de Tivoli, o interior do hotel é bem cozy com lareira e móveis antigos. A diária custa a partir de € 375. Uma opção de estadia mais em conta é o Hotel SKT. Annæ (RESERVE AQUI), um hotel-boutique moderno, recentemente renovado, perto do Amalienborg Palace. Diárias a partir de € 93. O hotel 71 Nyhavn Hotel (RESERVE AQUI) fica perto das casinhas coloridas do canal, tem quartos com vista, decorados de um jeito moderno com couro e mobílias mais escuras. As diárias custam a partir de € 99.

INVERNO EUROPA

Amsterdã, Holanda

Cidades pra visitar no inverno na europa: amsterdã

No inverno, depois das festas, muitos turistas vão embora e a cidade dá aquela acalmada. Enfim, você pode passear pelas ruelas e margens dos canais mais tranquilamente. Quando está bem frio, dá até pra fazer patinação no gelo nos canais. E falando em atividades ao ar livre, vale a pena se agasalhar e passear no Red Light District, uma das partes mais antigas da cidade, garimpar e comer um stroopwafel (biscoito com caramelo) no Albert Cuypmarket e ver o parque Vondelpark sob a neve. Pra se esquentar vale se refugiar em um café tradicional (conhecidos como cafés marrons), visitar o museu do Van Gogh, o museu nacional Rijksmuseum e a histórica casa da Anne Frank.

ONDE SE HOSPEDAR EM AMSTERDÃ: O Pulitzer Amsterdam (RESERVE AQUI) é um hotel-boutique super charmoso com janelas altas com vista para o canal. Diárias a partir de € 255. Outro hotel bem trendy é o The Hoxton Amsterdam (RESERVE AQUI) que fica na região da Nine Streets com vários cafés e lojinhas. Os quartos são bem retrôs e descoladinhos com espelhos e lustres geométricos. As diárias saem a partir de € 139. Veja outras sugestões de hospedagem em Amsterdã aqui.

INVERNO EUROPA

Budapeste, Hungria

A capital da Hungria é o destino perfeito pra uma viagem de inverno na Europa. Pra começar você pode curtir um banho nas termas de Budapeste com a neve caindo na sua cabeça. Saiba mais sobre as termas de Budapeste aqui. O suntuoso parlamento de arquitetura neo-gótica fica ainda mais bonito sob a neve, você pode patinar no gelo no parque da cidade, visitar o castelo onde fica o Museu da História de Budapeste e a Galeria Nacional Húngara. Vale também se agasalhar e caminhar à noite nas margens do Rio Danúbio e se esquentar nos grandes cafés da cidade. Confira o nosso guia completo de Budapeste: o que fazer e onde comer.

ONDE SE HOSPEDAR EM BUDAPESTE:  O Corinthia Budapest (RESERVE AQUI) tem uma suntuosa piscina coberta no estilo art-déco e propõe ceias de Natal e Ano Novo, caso você esteja indo no comecinho do inverno. As diárias custam a partir de € 111. O hotel Brody House (RESERVE AQUI), situado na antiga casa de um minístro húngaro tem diárias mais em conta, a partir de € 59.  Nesse post você encontra mais dicas de hospedagem em Budapeste.

Cidades pra visitar no inverno na europa: budapeste

Giovanna Saba

Você deve conhecê-la de outro endereço, do blog Gigi em Paris, seu diário sobre a vida na capital da França. E, como pode imaginar, aqui no Carpe Mundi produz o melhor conteúdo sobre Paris. Acredita que os macarons ganham um sabor mágico se degustados em um quarto de hotel com vista para a Torre Eiffel.

Deixe seu comentário

voltar ao topo