irlanda


O que fazer em Dublin: o essencial pra aproveitar a capital irlandesa

Dublin é uma simpatia só: entre suas praças georgianas e construções históricas preservadas como a antiquíssima Catedral de São Patrício, cujo patrono dá nome ao feriado mais famoso do país, desponta uma cidade jovem (com uma enorme população de estudantes brasileiros) com povo receptivo que faz da vida noturna local uma das mais divertidas da Europa. Tem pubs pra caramba sim, mas também tem museus interessantes e restaurantes moderninhos. E tem Guinness, mas também tem novas cervejas artesanais. Veja aqui o que fazer em Dublin.

temple-bar

O que fazer em Dublin:

Conhecer a Catedral de São Patrício e a Christ Church Cathedral

Com mais de oito séculos, a catedral fica em meio a um bonito jardim e é local de repouso de gente como o renomado autor Jonathan Swift, da obra clássica As Viagens de Gulliver. Seu programa de coral, fundado no século 15, é mundialmente famoso – vale olhar o horário no site para comparecer a uma apresentação gratuita. A uns 900 metros dali está a Christ Church Cathedral, a mais antiga do país. Parte da série The Tudors foi gravada ali dentro. Logo ao lado da igreja fica o Dublinia, espécie de museu interativo que conta a história dos vikings na cidade.

Aprender mais sobre a história irlandesa no Museu Nacional da Irlanda

Gratuito, o museu merece uma visita pela bem organizada coleção arqueológica – tem joias da Idade do Bronze, espadas vikings e impressionantes corpos mumificados em pântanos de turfa de entre 800 a.C. e 100 d.C.

Visitar a Guinness Storehouse

Na antiga fábrica e atual museu, você passeia por sete andares dedicados a contar a histórica dessa cerveja criada em 1759. Ali apresenta-se o processo de fabricação e distribuição e mostra-se propagandas antigas e coleções de artefatos. No sétimo andar há um bar com vistão para cidade. Continue lendo pra saber o que fazer em Dublin.

Caminhar pelo Temple Bar District

Centro do turismo na cidade, essa área atraente tem ruas estreitas lotadas de lojas, pubs, restaurantes, artistas de rua. Ali também rola uma efervescência cultural em instituições como Instituto Irlandês de Filme e o Centro Irlandês de Fotografia e galerias como a Temple Bar Gallery and Studios. Para comer, não perca o Fallon & Byrne, mistura de mercadão gourmet com loja de vinho e restaurante. Veja também a Library Project, parte livraria parte galeria de fotografia.

Fazer um tour por pubs e bares

Nenhuma viagem para Dublin estaria completa sem muuuitos pints de cerveja – dá para ir num bar diferente por noite.Temple Bar e o Brazen Head são os preferidos da turistada, se seguir sair do lugar-comum vá ao The Long Hall, o Neary’s, o The Stag’s Head e o Mulligan’s. Para cervejas artesanais de alta qualidade, vá ao Against the Grain.

Comprar no Cow’s Lane Market

O que fazer em Dublin: todo sábado no Temple Bar Distric, essa feira hipster vende produtos de designers e produtores autenticamente irlandeses, com bolsas, roupas, joias, artigos de decoração, entre outros. Entre junho e setembro ela é externa; no restante do ano ela se dá dentro do St Michael’s e St John’s Banquet Hall.

Dar um pulo na biblioteca da Trinity College

Fundada em 1592, a universidade parece ter saído diretamente de um livro do Harry Potter, com seus prédios históricos e jardins. A impressionante biblioteca, com mais de 200 000 livros, guarda entre suas relíquias o Livro de Kells – escrito no ano 800 antes de Cristo por monges, ele foi enterrado para não cair nas mãos dos antigos vikings e só foi redescoberto no século 17.

Se perder no Phoenix Park

Dos maiores parques da Europa, é um agradabilíssimo passeio verde num dia de sol. Ali vive uma fofa população de veadinhos e algumas atrações como o Wellington Monument, seguro maior obelisco do mundo. Continue lendo pra saber o que fazer em Dublin.

LEIA TAMBÉM: O que fazer em Londres numa primeira viagem
O que fazer em Edimburgo, a capital da Escócia

Visitar o Little Museum of Dublin

Localizado numa casa, o museu é recheado de artefatos, histórias e exibições que mostram diversas facetas da vida e a cultura dos residentes da cidade nos últimos cem anos. São coisas como uma primeira edição de Ulisses, uma seção dedicada ao U2 e uma exibição focada no importante papel das das mulheres irlandesas ao longo da história.

Conhecer a cena gastronômica da cidade

Uma série de restaurantes tem um approach moderninho à culinária local, como o The Pig’s Ear e o Delahunt. Para um dos jantares mais badalados da cidade, vá ao Forest Avenue. Para provar outras delícias típicas da Irlanda, como o famoso ensopado irlandês, também é possível participar de tours culinários guiados como o Fab Food Trails, criado por críticos especializados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *