suíça


Um guia pra turistar por Zurique, a maior cidade da Suíça, como um local

Zurique é a maior cidade da Suíça, onde aterrissam os voos internacionais da Swiss desde o Brasil, com seus 400 mil habitantes cuja renda média é de cerca de 5 mil euros (todo mundo já sabe que a Suíça é uma nação rica, né?).

ZURIQUE TURISMO

30% da população, contudo, é de estrangeiros, tornando o destino beeem cosmopolita. Fora sua natureza deslumbrante, sua organização impecável, sua comida encorpada, sua moeda cara e sua qualidade de vida: já foi eleita a melhor cidade pra se viver no mundo. Veja aqui o que fazer em Zurique pra se sentir um verdadeiro local na cidade.

LEIA TAMBÉM: Conheça Berna, capital da Suíça, em passeios, hotéis e restaurantes

Os encantos de Interlaken e arredores, melhor base do turismo alpino na Suíça

Suba aos Alpes suíços na cênica região de Jungfrau, a base pra ir ao Top of Europe

O que fazer em Zurique Turismo

ZURIQUE TURISMO: dicas pra levar em consideração

  • Visite a cidade por áreas. Cada região tem uma característica diferente – cidade antiga, área de negócios, industral, artística -, com isso você economiza tempo e foca no que te interessa mais.
  • Vale fazer tudo andando! O transporte público é e-x-c-e-l-e-n-t-e e há bikes gratuitas por toda a cidade.
  • Zurique é uma cidade de eventos. Vale sempre conferir a programação da cidade no site Oficial Zurich City Guide pra não perder festivais como Streetparade, Zurich Pride Festival, Lange Nacht der Museen (noite em que todos os museus da cidade ficam abertos de madrugada e propõem comemorações especiais) e o Theater Spektakel que acontece sempre no verão, na beira do lago. São dias de foodtruck, apresentações artísticas e muita música. Tem também o Sechseläuten que é a comemoração do final do inverno, típica da cidade.
  • A moeda oficial da Suíça é o franco. Dificilmente você vai encontrar lugares que aceitem euro. Um bom lugar pra fazer a troca é a estação central de trem.

ZURIQUE TURISMO: um guia básico para turistar pela cidade como um local

Kreis 1 (lê-se crais ains) é a mais visitada por turistas, trata-se do centro da cidade. Da estação central de trem até o lago você irá passar pelo bairro mais chique, onde estão todas as lojas de grife e bancos suíços. Do outro lado do rio fica a cidade antiga e suas ruelas extremamente charmosas pra caminhar, fotografar e tomar um café.

Zurich West é a industrial-artsy de Zurique. Prédios antigos renovados foram transformados em lojas conceituais, galerias de arte, museus e restaurantes. É a região perfeita pra curtir os dias de primavera e verão: passear e almoçar ao ar livre, nadar no rio e terminar o dia em algum dos bares da região.

Tribeka está cada vez mais hypada no cenário Zürcher. A região conta com uma variedade enorme de restaurantes e abriga a rua mais agitada da Suíça: a Langstrasse, onde estão todos os bares e baladas mais agitados da cidade.

ZURIQUE TURISMO: O CENTRO DE KREIS 1

Comece seu tour na estação central de trem, Hauptbahnhof, e desça toda a rua Bahnhofstrasse até a Paradeplatz, onde ficam os headquarters dos bancos e a doçaria mais famosa da Suíça, a Sprüngli. A rua é cheia de lojas e a época mais legal de se passear por lá é no Natal, quando o local fica todo enfeitado, com luzes, barraquinhas de presentes natalinos e comidinhas.

Comer os macarons da Sprüngli

A confeitaria de luxo Sprüngli (Bahnhofstrasse 21, 8001) é dona da tão famosa Lindt. Vale entrar na loja e pedir um luxemburgerli (os macarons). Se tiver tempo, pegue uma mesa na rua, durante o verão, ou no andar de cima pra tomar um café da manhã ou lanche da tarde com vista.

Andar na beira do rio

Saindo da Sprüngli caminhe em direção ao rio pra curtir a vista da cidade. Depois é só atravessar para o outro lado e seguir em direção a Grossmünster, a bonita igreja de duas torres.

o-que-fazer-em-zurique-turismo-rio

Curtir a vista a partir do Lindenhof

Subir no morro de Lindenhof é um must não importa a época em que você esteja em Zurique. Com vista pra universidade e para o bairro antigo, Lindenhof oferece um lindo ponto de vista pra cidade — perfeito pra muitas tirar fotos.

Visitar a Grossmünster

Grossmünster (Grossmünsterplatz, 8001) é uma das maiores igrejas do centro da cidade. É possível subir na sua torre e ter uma vista panorâmica de Zurique. Cheque os horários de visitação, que variam de acordo com os eventos e a época do ano.

Comer docinhos da Schober

Localizada no centro antigo da cidade, a doceria (Napfgasse 4, 8001) fundada em 1845 tem uma decoração sempre extravagante, especialmente em datas como Natal e Páscoa. Ali você experimenta os doces mais incríveis da cidade.

Fazer um passeio de barco

Caminhe até o rio e pegue um barco da estação Bürkliplatz até a estação Zürich Horn. Desse ponto, em um dia de céu aberto, você conseguirá apreciar uma vista incrível do Lago de Zurique com as montanhas ao fundo, e em dias de verão poderá aproveitar para nadar, caminhar pela Chinawiese e tomar um sorvete. Dá pra comprar o ticket no local.

Visitar o Farmer’s Market e o mercado de pulgas

Ainda no Bürkliplatz é possível fazer compras a céu aberto. Você pode comprar queijos, pães, frutas e flores na feira que acontece às terças e sextas das 6h às 11h. Pra pechinchar, você pode ir no mercado de pulgas, aos sábados das 07h às 16h. Em tempo: na Suíça o horário é certinho mesmo, e eles não vendem mais nada depois desse horário.

ZURIQUE TURISMO: A DESCOLADA ZURICH WEST

É nessa área que você vai encontrar lugares mais hypados, artísticos e descoladinhos. A região foi totalmente revitalizada nos últimos anos, se tornando o centro pra galerias de arte, restaurantes cool, cafés e startups de moda, design e até esportes.

Curtir o verão em um dos Letten

Na verdade existem dois Lettens, o Obere Letten e o Untere Letten (ou seja, o Letten de cima e o de baixo). São basicamente lugares para as pessoas ficarem e nadarem no rio durante o verão. O Obere Letten é o mais cool, com bares, quadra de vôlei de praia. O Untere Letten conta também a opção de piscinas (não só o rio) pra famílias e pessoas que não querem só ficar na beira do rio.

Visitar o Viadukt

O Viadukt é resultado de um projeto de revitalização, de uma área antes abandonada da cidade, que transformou os arcos debaixo de um trilho de trem em lojas conceituais, mercado, restaurante e até mesmo academia. O local fica aberto de segunda à sexta das 11h às 19h e aos sábados das 10h às 18h. A localização é bastante estratégica para os dias ensolarados, com o parque Josefwiese bem em frente.

Beber cerveja ou comer fondue no Frau Gerolds Garten

O Frau Gerolds Garten (Geroldstrasse 23/23a, 8005) é um must-go da cidade, entre o Viadukt e a Hardbrücke. Construído em contêineres, o Biergarten é uma opção de passeio tanto para as estações mais quentes, onde é possível sentar nos bancos e comer um salsichão com cerveja, como também para o inverno, quando um chalet de fondue é instalado no meio do local em um climinha intimista.

O que fazer em Zurique turismo: Frau

Visitar o espaço Löwenbräu

A antiga fábrica de cerveja de Zurique foi transformada em um espaço reservado pra galerias de arte e para o museu mais descolado da cidade. Um oásis para os apreciadores de arte e arquitetura. Endereço: Limmatstrasse 270, 8005.

Ir em algum desses restaurantes da região:

  • Rosso: Comida italiana. Melhor pizza da cidade, em um clima industrial superdescolado. Precisa de reserva. Endereço: Geroldstrasse 31, 8005.
  • Les Halles: Um mistura de empório, bar e restaurante, onde você pode ou pegar sua própria comida no mercadinho e comer lá mesmo ou pedir uma das opções do restaurante. Endereço: Pfingstweidstrasse 6, 8005.
  • Schiffbau: Outro prédio industrial lindo com um bar de vidro no topo, em clima mais romântico, ótimo pra drinks à noite. Endereço: Schiffbaustrasse 4, 8005.

ZURIQUE TURISMO: PROGRAMAS NA TRIBEKA

Tribeka é uma área cada vez mais moderninha, com todos os tipos de restaurante que você pode imaginar, perfeita para os foodies de plantão.  Ali também está a rua mais badalada da Suíça: a Langstrasse.

Comer os pães orgânicos da John Baker

A bäckerei (padaria em português) mais famosa da cidade vende pães orgânicos em um lindo prédio junto ao Bank Bar, um cenário bacana pra fotografar. Vale a pena visitar com fome e experimentar de tudo um pouco. Endereço: Molkenstrasse 15, 8004.

Passear pelo Idaplatz

É um bairro que está bombando na cidade, com seus restaurantes e bares superdescolados. Vale a pena se programar pra comer por lá e experimentar os sorvetes diferentões da Gelateria di Berna (Weststrasse 196, 8003), a sorveteria da moda e oferece sabores inusitados e está praticamente sempre cheia, então se prepare para um filinha até conseguir pegar seu sorvete.

Tomar um café na Kosmos

Localizado no comecinho da Europaallee (Lagerstrasse 104, 8004) é uma mistura de cinema, bar, café e livraria. Lugar ideal pra ficar algumas horinhas, trabalhar no computador e encontrar jovens sociáveis.

o-que-fazer-em-zurique-turismo-kosmos

Festa na Langstrasse

A Langstrasse é a rua mais tranqueira da cidade. Com seus bares e baladas, a rua fica lotada nas noites dos finais de semana, afinal é onde todo mundo se reúne pra fazer festas. Se você está vindo pra cidade pra curtir essa vibe, esse é o local pra ir à noite e pular de bar em bar: há o Olé-Olé-Bar, o Bar 63, o Chinchona Bar.

ZURIQUE TURISMO

A AUTORA

Lara Shin

Nascida em São Paulo, já sabia desde criança que iria morar fora. Há 5 anos na Suíça, é formada em design e mestre em artes, ama viajar (principalmente de trem) e se tornou mãe em 2016 e com o lema not all moms are bored: já levou a pequena para mais de 8 países dos quase 30 que conhece.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *