COMO CRIAR PRESETS PARA O LIGHTROOM

(e turbinar a edição das suas imagens!)

Presets são filtros de edição que garantem mais autenticidade para as suas fotos. Veja aqui como criar presets para o Lightroom e turbinar de vez as suas imagens.

PRESETS DO LIGHTROOM

LEIA TAMBÉM: Como editar suas fotos de viagem como um profissional

13 aplicativos que vão dar um up no seu conteúdo do Instagram

Sem enrolação: entenda as 3 regras do feed harmônico no Instagram

Adobe Lightroom

No Lightroom, você desenvolve suas habilidades fotográficas para editar, organizar, armazenar e compartilhar melhor seu trabalho. O editor premium da Adobe é a melhor solução existente hoje no mercado para edição profissional de imagens – e conta com o pró do uso dos PRESETS, os filtros ou configurações de edição específicas do programa. É um editor completo, avançado e intuitivo, com versões desktop (planos a partir de R$ 35 o mês) e mobile (app gratuito).

lightroom

Edições com filtros e presets do Lightroom nas redes sociais e na Internet já deixaram de ser apenas um divertimento e simbolizam, hoje em dia, toda a profissionalização de um perfil ou de um site, parte do branding e da estratégia de marketing por trás daquela marca ou empresa. Da mesma forma, um feed harmônico combinando, que é muito mais facilmente atingido com o uso de presets, também representa toda uma preocupação com a identidade visual de um perfil visando capacitá-lo mais e mais.

Depois de dominar as melhores técnicas de como editar suas fotos como um profissional (sejam elas de viagem ou não), a melhor maneira de seguir bombando no mundo da edição é padronizando as cores, os tons e as curvas das suas imagens – ou seja, usando presets do Lightroom. Eles vão garantir uma identidade própria na hora de editar suas fotografias. 

Para conhecer mais sobre os presets Carpe Mundi by Anna Laura e comprar o Pack Tropical, veja este link. São seis predefinições para diferentes situações ambientes de viagens como praias, cidades e selvas, mas que também podem ser adaptados para qualquer captura. O bacana é que usar presets te dá uma base pronta para todas as suas fotos e, a partir dela, pode partir para eventuais mudanças para enaltecer mais ainda o clique – e podem ser aplicados em um clique pelo seu celular.

PRESETSCARPEMUNDI

COMO CRIAR PRESETS PARA O LIGHTROOM (para iniciantes!)

Dominar os controles do Lightroom (óbvio!)

O início do do processo, claro, vai ser aprender a mexer no Lightroom. A interface dele é bem similar aos outros programas da Adobe, como o Photoshop, o que facilita a vida de quem já é iniciado no assunto. Se não for esse o seu caso, existem de tutorias gratuitos no Youtube aos cursos online de algumas horas e os cursos presenciais com duração de dias ensinando a dominar a plataforma. Na minha experiência, consegui entender o principal do programa na versão desktop apenas assistindo a diferentes vídeos gratuitos sobre o assunto pelo Youtube. E garanto que não é difícil aprender se você tiver vontade. Depois, a versão mobile vem de bônus – é tudo que tem no programa no computador de uma forma mais simplificada.

Em tempo: você cria presets de uma maneira muito mais profissional, com exatidão dos controles e recursos extras usando a versão paga, para o computador (.LR), do Adobe Lightroom. Depois, é possível sincronizar suas contas do desktop e do celular e passar o preset também para o celular, transformando aquela edição numa versão mobile (.DNG) – mas claro que também pode tentar criar suas edições utilizando de cara o Lightroom para o celular.

COMO CRIAR PRESETS PARA O LIGHTROOM

Entender e comparar presets já existentes

O primeiro passo na criação dos seus presets para o Lightroom, eu diria, é ter outros presets bacanas em mãos para mexer. Aprender a identificar o que funciona bem em cada um deles, ver o que você gosta e o que não, comparar a intensidade de luz, matiz de cores e demais recursos utilizados. Além das próprias predefinições básicas que já vem do Lightroom e nossos Presets Carpe Mundi by Anna Laura, indicamos as coleções de edição do Doyoutravel Presets pra quem que ter uma visão ainda mais aprofundada do mundo dos presets – eles têm dezenas de packs para diferentes situações que vão te ajudar a dominar esse universo. É importante criar essa noção antes de se aventurar na criação de um preset pra ver na prática como as ferramentas de edição do Lightroom funcionam em cada tipo de foto. Uma vez com suas configurações favoritas instaladas e em uso, pare, avalie e se pergunte: o que te agrada nelas? O que você imagina diferente? O que você sente falta ou acha exagerado na edição? Mais ou menos granulado? A tom de azul ainda não está do jeito que você gosta? O contraste está demais ou de menos?

COMO CRIAR PRESETS PARA O LIGHTROOM

Aplicar pequenas mudanças aos presets que você já tem

Tendo essas perguntas respondidas, você está a um passo de chegar nas configurações de cores, luz e efeitos dos sonhos. Comece fazendo ajustes nas ferramentas de exposição, realces, sombras, intensidade de azuis e outras cores, curvas de tons, efeitos, distorções de câmera e calibração final (leia mais sobre como editar como um profissional aqui!). Vá comparando o antes e depois, salvando a foto de um jeito, de outro, com mais saturação, com vinheta positiva, com a luminância do laranja mais elevada… Você terá diferentes versões de uma mesma edição pra chegar na sua favorita sem delongas – a dica, aqui, é ir criando cópias virtuais das imagens no próprio Lightroom, para poder ter noção dos controles utilizados em cada. Efeitos como granulado, toques de ruídos, detalhes e vinheta, por exemplo, fazem toda a diferença para criar um movimento seu na sua fotografia. São essas características que ajudam a tornar sua edição mais diferenciada e se destacar, além de trazerem um ar de profissionalismo a mais para as suas imagens (mas atenção: quando usados com moderação e equilíbrio!).

LEIA TAMBÉM: A lista definitiva de perfis pra seguir no Instagram pra quem ama viagem e fotografia

COMO CRIAR PRESETS PARA O LIGHTROOM

Crie novos presets em cima dos ajustes realizados

Gostou dos resultados? Além de salvar as edições feitas nas imagens, salve também os presets recriados com suas próprias modificações em cima dos arquivos originais (pode ser, por exemplo, “preset Carpe Mundi com mais contraste e sem granulado”). Assim, a base para as suas próprias predefinições estará quase pronta, e você poderá começar a testá-las em variados cliques pra ver se os ajustes realmente deram o efeito que você pretendia. Quase sempre acaba ficando um preset totalmente diferente do original, com uma outra semelhança, o que representa a ideia primordial deste post, gerando originalidade aos seus filtros.

preset-nascer-do-sol-carpe-mundi

COMO CRIAR PRESETS PARA O LIGHTROOM

Tente recriar suas edições preferidas do zero

Depois de seguir todas as etapas acima e ter chego num resultado satisfatório, está na hora de criar seus novos presets do zero. Tenha em mente todas as configurações que você editou em cima do passo 2 e comece a recriá-las do zero numa imagem crua. Minha dica é tentar fazer isso sem voltar às segundas versões editadas dos seus presets preferidos, pra conseguir chegar na sua autenticidade sem correr o risco de acabar copiando outros criadores de conteúdo em seus ajustes. Tente editar de olho, do zero, lembrando de tudo que aprendeu nesse processo. Uma vez que tiver sua edição pronta, aí sim vale compará-la com a dos presets ajustados e ver se ficou o que você imaginava. A surpresa boa é que, na maioria das vezes, vai ter ficado ainda melhor, pois irá representar seu modo especial de transformar uma foto com toda a sua identidade. E, com o passar do tempo, criar presets literalmente do zero, sem precisar se inspirar em outras configurações já existentes, vai ficar moleza. Quem se sentir dominando tudo sobre edição pode passar pra esse passo automaticamente, mas a fica a dica que aprender em cima do trabalho de outros profissionais de respeito costuma ser mais fácil e certeiro no começo.

COMO CRIAR PRESETS PARA O LIGHTROOM

Crie suas novas predefinições formando uma coleção de presets

Uma vez que seu novo preset estiver pronto, todos os passos acima farão mais sentido ainda e te farão dominar cada vez mais ferramentas de edição do Lightroom. Você vai estar pronto pra criar mais e mais presets e, com o tempo, formar uma coleção de predefinições que se complementem. Um para situações de luz natural mais amarelada, outro para cidades mais vibrantes, outro para ambientes internos mais vintage. O importante, aqui, é que todos esses presets combinem entre si, garantindo uma edição harmônica entre diferentes cliques – o grande objetivo do uso de presets. O Pack Tropical do Carpe Mundi, por exemplo, vem com 6 presets: Azuis, Cidades, Comidas e detalhes, Nascer e pôr do sol, Praias e Desertos e Verdes. Você pode começar sua coleção por aí ou ousar mais e criar 10, 15 presets para um único pack.

Pra quem deseja se aprofundar mais no assunto:

CONSULTORIA EXCLUSIVA PARA INSTAGRAM BY CARPE MUNDI: veja mais informações aqui!

Anna Laura

Jornalista por formação e fotógrafa por vocação, a editora do Carpe Mundi registra o mundo com sua Nikon desde que se entende por gente - e hoje cultiva um feed milimetricamente pensado. Passou pelas redações da CARAS Online e da Viagem e Turismo e, depois de uma temporada em Paris, resolveu ser viajante full time: você pode encontrá-la por aí, cobrindo paraísos tropicais.

Deixe seu comentário

voltar ao topo