DESTINOS EM SANTA CATARINA

Santa Catarina impressiona com seus mais de 500 quilômetros de litoral com praias como a famosa e badalada Jurerê Internacional, a Praia do Rosa da galera mais roots e praias urbanas como Balneário Camboriú. Mas engana-se quem pensa que o estado se limita às faixas de areia e vibes de verão.

Com atrativos de norte a sul, vai das praias aos cânions, do moderno ao tradicional, e do calor à neve em um conjunto de regiões sem igual.

O mapa turístico catarinense foi dividido em 12 regiões pelo Ministério do Turismo (MTur), sendo elas: Caminhos do Alto Vale, Vale do Contestado, Vale Europeu, Grande Oeste, Caminho dos Príncipes, Caminhos da Fronteira, Encantos do Sul, Costa Verde e Mar, Caminhos dos Canyons, Serra Catarinense, Grande Florianópolis e Vale das Águas –  cada qual com sua característica geográfica, identidade marcante e muito espaço para turismo.

Aqui, alguns dos principais destinos dessas regiões que você precisa conhecer em Santa Catarina:

LEGENDA: Vale do Contestado = roxo; Vale Europeu =  vinho; Caminho dos Príncipes = laranja; Encantos do Sul = amarelo; Costa Verde e Mar = verde; Serra Catarinense = rosa; Grande Florianópolis = azul

DESTINOS EM SANTA CATARINA

Vale do Contestado

O nome vem em memória a um grande conflito social ocorrido na região de 1912 a 1916, a Guerra do Contestado, que dividiu os camponeses e o Governo Federal em uma guerra com mais de cinco mil mortos. Hoje, resta apenas muitos museus, riqueza multicultural e resquícios de uma colonização austríaca, japonesa, italiana e alemã nas cidades repletas de cachoeiras, vales e uma vegetação bem preservada. 

Treze Tílias

Um pedacinho da Áustria em terras brasileiras. O aeroporto mais próximo fica em Chapecó, a 180 quilômetros dali. Por lá, fortes influências austríacas vindas da região de Tirol. A arquitetura se destaca com estilo tirolês reforçado através de telhados de madeiras, sacadas, flores nas casas e nas ruas. A culinária também ganha toques europeus, com destaque para a sopa de knödel, com pedaços de massa de pão mergulhadas e a clássica apfelstrudel, torta de maçã envolvida em uma massa bem fininha. A dança, música e história dos antepassados também não passam despercebidos e são celebrados principalmente nos meses de junho e outubro, quando ocorre o Jahreskonzert, Concerto Anual Banda dos Tiroleses e o Tirolerfest, festa em comemoração à imigração austríaca na cidade, com muitas apresentações culturais e gastronomia típica ao longo de nove dias. O Winterbierfest, o Festival Nacional da Cerveja de Inverno, acontece no mês de maio. 

Prefeito de Treze Tilias, Santa Catarina

DESTINOS EM SANTA CATARINA

Vale Europeu

O nome diz tudo. Nesta região, há uma boa carga cultural herdada dos colonizadores alemães, italianos, austríacos, poloneses e portugueses, refletida nas festas, arquitetura, gastronomia e população. Dentre elas, Blumenau e Pomerode, ambas resquícios da Alemanha no Brasil, com muita festa, comida típica e cerveja – de certo, o maior acervo de festividades típicas de Santa Catarina.

Entrada de Blumenau, Santa Catarina

Blumenau

A Alemanha brasileira fica em Blumenau, não podemos negar: a arquitetura marcante com casinhas no estilo enxaimel (caracterizadas pela estrutura em madeira, tijolos, pedras ou taipa), sua própria rota da cerveja, museus que contam mais sobre o passado e mais um tanto de belezas naturais. A Vila Germânica é o principal marco, trata-se de um espaço de eventos com 30 mil metros quadrados que funciona nas mesmas estruturas de uma mini cidade alemã. Por lá, restaurantes, cafés, apresentações e muitos souvenirs. Durante todo o mês de janeiro, a Sommerfest agita o verão sulista. Em março, acontece o Festival da Cerveja, com mais de 600 rótulos para os apreciadores da bebida experimentarem ao som de músicas típicas. Em outubro, rola a Oktoberfest, à moda alemã, com desfiles com trajes típicos, danças, tiro ao alvo, comidas típicas e claro, muita cerveja. Entre os meses de novembro e dezembro, as luzes, enfeites e show temáticos de Natal começam a dar o ar da graça, rendendo bons desfiles e paradas natalinas.

Pomerode

Entrada de Pomerode, Santa Catarina

Por outro lado, se ainda quiser visitar um pouco da cena alemã no Brasil, mas prefere fugir do agito, Pomerode, a 33 quilômetros de Blumenau, torna-se o destino ideal. Por lá, descendentes de imigrantes vindos da Pomerânia, região ao norte da Alemanha.  Construções em enxaimel, diversos sabores de cervejas artesanais, tal como festas tradicionais fazem parte da experiência de viagem. A Rota do Enxaimel é o passeio to go: são 16 quilômetros de um trajeto em meio à natureza que passa por cerca de 50 casas tombadas pelo patrimônio histórico, conhecendo mais sobre a arquitetura e seus moradores. Se tiver mais tempo, explore a Trilha Da Natureza, um passeio de 1,5 quilômetros de dificuldade leve que passa por cantinhos de desbravamento da região, curiosidades das árvores e plantas nativas, tais como os animais presentes (é preciso realizar agendamento para essa atividade).

DESTINOS EM SANTA CATARINA

Caminho dos Príncipes

O nome retoma o casamento do príncipe de Joinville com a princesa Francisca Carolina, irmã de D. Pedro II, em 1853, nas terras da região, onde hoje está a cidade de Joinville. Fazendo fronteira com o Paraná, tem uma desenvolvimento econômico alto, muitas influências de seus colonizadores e uma boa dose de paisagem litorânea e resquícios do turismo rural em meio à Mata Atlântica. 

Joinville

Maior município de Santa Catarina, Joinville é conhecida como Cidade das Flores e suas praças e jardins fazem jus ao título. Colonizada por suíços, alemães, holandeses e noruegueses, é impossível não notar as influências europeias da culinária à arquitetura – com muitos moinhos e tijolos aparentes. O destino mistura a estrutura de uma cidade grande, com a natureza e o clima de uma cidade pequena, oferecendo passeios ao ar livre, museus, história, vida noturna e comidas típicas como as cucas e o marreco recheado. 

Portal de Joinville - Destinos de frio no Brasil em junho, julho e agosto
Cachoeira Salto Grande em Corupa, Santa Catarina

Corupá

A cidade de Corupá está localizada no norte do estado, aos pés da Serra do Mar, em um vale rodeado de quedas d’água e Mata Atlântica – uma das últimas áreas da em Santa Catarina. A economia local é sustentada pela agricultura, principalmente da banana- inclusive, ela tem o título de Capital Catarinense da Banana. Mas o apelo turístico está na rota das cachoeiras, localizada na Reserva Particular do Patrimônio Natural Emílio Fiorentino Battistella, mais conhecida como Rota das Cachoeiras, e um prato cheio para os amantes de uma aventura. São 14 cachoeiras permeadas por uma trilha de pedras de 2,9 quilômetros totalmente sinalizada – e de intensidade moderada. A última cachoeira, a Salto Grande, tem 125 metros de altura e é a maior do estado.

Obs: em junho de 2020 a trilha foi interditada por danos graves causados pelo ciclone bomba. A equipe está trabalhando em um novo desvio para a reabertura em breve. Acompanhe as atualizações nas redes sociais da Reserva

Jaraguá do Sul

Colonizada por imigrantes alemães e italianos, Jaraguá do Sul está no Vale do Itapocu, a apenas 182 km de Florianópolis. Sede de algumas das maiores empresas do estado, como a WEG, Malwee e Arroz Urbano, tornando o município a quinta maior economia de Santa Catarina. Por lá, uma forte preservação das tradições dos seus antepassados, com casinhas no estilo colonial e até a Schützenfest, a Festa dos Atiradores, festival típico alemão e o maior do estilo fora do país de origem, atraindo milhares de turistas nos seus 10 dias de comemoração que incluem muitos shows, chops e apresentações. Além disso, é possível também conhecer o Parque Malwee, espaço verde com aproximadamente 1,5 milhão de m² de área, e 35 mil árvores, 17 lagoas e 133 espécies de aves catalogadas.

Entrada de Jaraguá do Sul, Santa Catarina

DESTINOS EM SANTA CATARINA

Encantos do Sul

Nesta região tem de tudo um pouco, das praias às cidades mais históricas. Laguna, a terra de Anita Garibaldi, esbanja bagagem cultural e praias ideais para famílias. Já Garopaba é o lugar dos esportes de aventura, praias e lagoas. Essa faixa litorânea também é o principal berçário das baleias-francas no inverno, tornando-se uma das principais atrações turísticas nesta época do ano. 

garopaba

Garopaba

Pertinho de Florianópolis, Garopaba é um destino quase tão procurado quanto a capital de Santa Catarina. Há boa infraestrutura e mar pro surf, especialmente na Praia do Silveira. Os jovens marcam presença na badalada Praia do Ferrugem, onde o mar cristalino é rodeado de quiosques de praia. Você vai se encantar com as dunas de Siriú, onde rola sandboard, e a quase intocada Praia Vermelha, que tem acesso por trilha a partir da Praia do Rosa. Os amantes de surf costumam escolher esta região para praticar o esporte. Lá, assim como na Praia do Rosa, dá pra fazer observação de baleias-francas entre julho e novembro. 

Nova Veneza

Entrada de Nova Veneza, em Santa Catarina
Gôndola em Nova Veneza, Santa Catarina

Nova Veneza nada mais é que um pedacinho da Itália em Santa Catarina. Fundada em 1981, ela foi, inclusive, a primeira colônia do país europeu após a queda do Império de D. Pedro II. A 215 km de Floripa, o município tem pouco mais de 14 mil habitantes, sendo 90% deles de descendência italiana (e até praticantes dos dialetos Vêneto e Bergamasco). E as características dos seus colonizadores não param por aí. É possível perceber a valorização da cultura na arquitetura, culinária e até nas festas típicas, como o autêntico Carnevalle de Venezia, um baile carnavalesco com trajes e máscaras, realizado sempre na segunda quinzena do mês de junho, junto com a Festa da Gastronomia Italiana. É um ótimo destino para casais que buscam um local menos manjado para um final de semana romântico. A atração mais popular é a gôndola artesanal original (tem apenas quatro dessas por todo o mundo), doada por Veneza, exibida no centro da cidade, em um lago artificial aberto ao público.

Laguna Santa Catarina

Laguna

Laguna é uma cidade diversa no litoral sul de Santa Catarina, a 130 quilômetros da capital. Caracteriza-se principalmente pelo forte apelo histórico, uma vez que foi lá que ocorreram alguns eventos importantes para a história do Brasil, como o Tratado de Tordesilhas, além de ter sido casa de Anita Garibaldi, guerreira da Revolução Farroupilha. Para ter uma ideia, seu centrinho abriga cerca de 600 edificações tombadas como patrimônio histórico. Mais que isso, está situada em uma região rodeada por lagoas, dunas e belas praias que recebem multidões durante o verão. Já entre julho e outubro, a atração é outra: o mar recebe a presença das baleias francas, espécies que podem medir até 18 metros e pesam cerca de 40 toneladas (!). Dentre os destaques turísticos está o Farol de Santa Marta, com 29 metros de altura e um alcance de recordes – considerado um dos maiores do mundo e o Mirante de Nossa Senhora de Glória, que fica a uma altura de 126 metros de altura e abrange uma vista panorâmica do centro histórico e todo o litoral da cidade.

DESTINOS EM SANTA CATARINA

Costa Verde e Mar

Localizada no litoral norte catarinense, a poucos quilômetros de Florianópolis, a região de Costa Verde e Mar abriga praias badaladíssimas como Bombinhas e Balneário Camboriú. A última, atrai jovens em busca de entretenimento, vida noturna agitada e restaurantes de peso. Além das belíssimas faixas de areia, a região ostenta também o orgulho de possuir o maior parque temático da América Latina, o Beto Carrero World, em Penha. 

Penha

Há quem vá para Penha e se limite a visitar apenas o Beto Carrero World. Claro, uns dos maiores e melhores parques temáticos da América Latina é a atração principal, mas os 31 quilômetros de orla e mais de 29 faixas de areia não ficam muito pra trás. Localizada no litoral de Santa Catarina, Penha fica a 120 km da capital Florianópolis e é um dos principais polos de diversão do sul brasileiro. Só no Beto Carrero são dez milhões de metros quadrados divididos em oito áreas, cada qual com sua temática. Quando o assunto é mar, a Praia Bacia da Vovó atrai turistas mais sossegados, uma vez que, como o nome já diz, a água parece uma grande piscina. A Praia Alegre é ideal para esportes aquáticos, a da Saudade atrai os surfistas e a de São Miguel tem um visual gostoso para um fim de tarde, onde os barquinhos coloridos complementam o cenário. E tem mais, a cidade ainda é conhecida como a Capital Nacional do Marisco, por ser a maior produtora brasileira. A Festa do Marisco ocorre entre os meses de janeiro e fevereiro, com comida boa e muito artesanato local. 

Praia bacia da vovo em Penha, Santa Catarina

Bombinhas

praia-da-sepultura

Entre Florianópolis e Balneário Camboriú, Bombinhas é uma das queridinhas do litoral catarinense. Apesar de ser o menor município do estado, a infraestrutura não deixa a desejar. O que costuma chamar mais a atenção é a natureza preservada, contando com cinco Unidades de Conservação por toda região: o Parque do Morro dos Macacos, Parque da Praia da Galheta, ARIE da Costeira de Zimbros, Reserva Biológica da Ilha do Arvoredo e parte da RPPN Morro dos Zimbros. As praias agradam pelas águas cristalinas e clima familiar. São 39 praias que atraem públicos de vários perfis, mas são as famílias que marcam maior presença. A Praia da Sepultura é a mais caribenha delas: a faixa de areia é pequena, cerca de 100 metros, mas é agraciada por muito verde, águas calmas e quase transparentes e uma fauna marinha abundante, tornando-se o lugar ideal para praticar mergulho. 

Balneário Camboriú

Vista aérea de Balneário, Santa Catarina
bondinho em balneario, santa catarina

A cerca de 80 quilômetros de Florianópolis, Balneário Camboriú agrada todos os gostos e estilos e tem desde praias tranquilas  à  sofisticados beach clubs. E é principalmente durante o verão que a orla e a vida noturna se agitam com jovens lotando bares e grandes casas noturnas. No Parque Unipraias você encontra todos os públicos. Ele liga a Praia Central à Praia da Laranjeiras e tem um grande espaço de lazer com lojas, bares, restaurantes e até casa de eventos, tudo isso interligado por 47 bondinhos (sim, bem parecido com aquele do Rio de Janeiro). Há também trilhas leves, trenó de montanha, arvorismo e tirolesa. Os turistas ainda aproveitam para dar uma passadinha na Praia do Pinho, a primeira praia naturalista no Brasil.

DESTINOS EM SANTA CATARINA

Serra Catarinense

Em uma paisagem marcada por florestas de araucárias, rios, cachoeiras, vales e grandes cânions, é uma das regiões mais frias do Brasil, e a única onde neva em quase todos os invernos. A Serra Catarinense é ainda o polo dos melhores (e primeiros) hotéis-fazenda do país e capital oficial do turismo rural, com gastronomia regional, vinhos de alta qualidade e uma tranquilidade que só a Serra consegue oferecer.

Urubici

Pedra furada em Uburibi, Santa Catarina

De todas as regiões da Serra Catarinense, Urubici é a que chama mais a atenção dos turistas em busca de um ecoturismo tranquilo. Seus dez mil habitantes tornam o local um refúgio intimista, mas ainda assim repleto de casas charmosas permeadas por cânions, vista para as serras, cachoeiras e cavernas. Destino charmoso que desponta como uma das cidades mais frias do país, sendo possível admirar geadas e possivelmente neve durante o inverno. O aeroporto mais próximo está a 200 quilômetros dali, em Florianópolis. Dentre as atrações, destacam-se o Morro da Igreja, principal cartão-postal de Urubici, um exuberante morro na Serra Geral, de onde é possível avistar o Litoral Sul Catarinense, a Pedra Furada (como o nome bem indica) e uma imensidão verde. No mais, curta a grandiosidade cênica do Cânion Espraiado ou até uma tirolesa penhasco abaixo da Cascata do Avencal.

fazenda-boquerao

Lages

Dois grandes títulos sintetizam bem o jeitinho de Lages – isso porque a cidade é conhecida nacionalmente como a Capital do Turismo Rural e a Terra do Pinhão – anualmente, acontece na cidade a Festa do Pinhão, com várias atrações musicais e opções gastronômicas. As grandes fazendas de criação de gado e de exploração madeireira incorporaram o turismo como uma fonte a mais de renda, abrindo suas portas para hospedar visitantes e mostrar um pouco mais da cultura gaúcha, possibilitando a vivência de costumes e tradições, como o fogo de chão, cavalgadas, e muito hiking. Um dos empreendimentos mais marcantes é a Fazenda Boquerão (diárias a partir de R$ 900, RESERVE AQUI!). Além do ambiente rural, Lages conta com os seguintes pontos turísticos: a Mesquita, a quinta sede da sociedade islâmica do Brasil e a primeira a ser construída em Santa Catarina, e o Parque Ecológico Municipal, que preserva espécies em extinção, entre elas a gralha-azul. 

Bom Jardim Da Serra 

Para quem vem do litoral de Santa Catarina, Bom Jardim é a porta de entrada para a Serra Catarinense. Com cerca de cinco mil habitantes, a cidade é simples, com casas de madeira, poucos atrativos urbanos e um local onde as tradições gaúchas foram preservadas com afinco. Com 25 cachoeiras e 14 nascentes de rios, praticamente todas as atrações são rurais. O Cânion do Funil é o mais procurado para visitação – suas formações pontiagudas e paredes profundas encantam. O Cânion das Laranjeiras não fica para trás, sendo ele um imponente desfiladeiro com cinco quilômetros de extensão e uma série de cachoeiras e penhascos. O Cânion da Ronda fica dentro do Parque Eólico de Bom Jardim da Serra e exige uma caminhada de apenas 350 metros para chegar à sua borda, que está a 1 448 metros de altitude e esbanja uma vista ampla das escarpas. A Serra do Rio do Rastro fica a onze quilômetros do centro da cidade.

+ Serra Do Rio Do Rastro

Mirante da estrada da Serra do Rastro

A 220 quilômetros de Florianópolis, uma esticadinha na Serra do Rio do Rastro é imperdível se estiver passando pela Serra Geral. É lá que está uma das estradas mais estonteantes do Brasil (e talvez até do mundo). Trata-se da formação de mesmo nome da região entre as cidades de Lauro Müller e Bom Jardim da Serra. Os números impressionam: está a 1 500 metros do mar e conta com 284 curvas que se estendem por três quilômetros de trajeto. Já no topo, um mirante de 1 420 metros de altitude serve uma bela paisagem panorâmica das sinuosas curvas – mas esse é só o primeiro de uma série de pontos de observação.

Obs: em alguns períodos durante o inverno (junho a setembro), a estrada é fechada por causa de geadas. 

DESTINOS EM SANTA CATARINA

Grande Florianópolis

Região da capital catarinense, a Grande Florianópolis oferece uma farta infraestrutura de região metropolitana com hotéis, resorts, restaurantes, shoppings e, além disso, praias marcantes e para todos os gostos – certamente, um dos destinos turísticos mais visitados de Santa Catarina.

Joaquina

A Praia da Joaquina dispensa comentários. Ela não é só a faixa de areia mais conhecida da costa leste de Floripa, como é também a mais frequentada e versátil. Estar ali é ter certeza que vai ter algo para fazer o dia inteiro. Ela é larga e comprida, ideal para boas caminhadas à beira-mar, e o surf também é famoso.  Pelo seus três quilômetros de extensão é possível encontrar famílias sentadas nas mesas de restaurantes, gente jogando altinha e vôlei de praia e aventureiros se arriscando no parapente. Mas não só: o principal atrativo da Joaca, como chamam os moradores, são as dunas de areia que são perfeitas para quem gosta de atividades ao ar livre e querem se aventurar na pranchinha ou só mesmo pra ver o espetáculo do sol se pondo atrás das dunas. À noite, a orla é iluminada e os restaurantes e bares ficam abertos.

joaquina-floripa

Jurerê

Praia de Jurerê, em Santa Catarina
Bandeira de Jurerê Internacional

Destinos em Santa Catarina: pensa-se em badalação, beach clubs, djs famosos e restaurantes sofisticados, pensa-se em Jurerê. A região é provavelmente uma das mais conhecidas de Floripa e, com certeza, a mais procurada quando o assunto é festa. A praia é dividida por uma linha imaginária. De um lado, Jurerê Tradicional, composta por pousadas, casas de veraneio e clima chamativo para famílias, do outro, Jurerê Internacional, com ares de Cancun e Miami Beach. As duas, no entanto, dividem o mesmo mar, com três quilômetros de areia fina e fofa, água verde beirando o cristalino e temperatura morna – um achado em Floripa. Quem gosta de compras, tem o Open Shopping, e se a vontade é por comida boa, o que não faltam são bares e restaurantes de peso com frutos do mar. 

Praia de Lagoinha do Norte

Lagoinha do Norte

No extremo norte de Floripa, a Praia da Lagoinha do Norte, popularmente conhecida como Praia da Lagoinha, está a 33 quilômetros de Florianópolis e se caracteriza por ser uma faixa de areia ideal para famílias, crianças e idosos. Protegida por falésias e abrigando uma tradicional colônia de pescadores, estamos falando de uma praia com 760 metros de extensão, de 12 a 35 metros de largura e um mar tão calmo e morno que se assemelha a uma grande piscina natural. Dentre as possibilidades para se entreter durante o dia de praia: stand up paddle, passeio de banana boat, caiaque e mergulhos livres com snorkel.  Para os mais aventureiros, tem ainda a opções de trilhas e de voo de parapente. A infraestrutura não é das melhores, mas está próximo de áreas que possuem mais recursos para receber os turistas.

Campeche

campeche-floripa

Estando em Floripa, a cênica Ilha do Campeche é parada obrigatória. Já eleito o mais bonito da ilha pelos próprios catarinenses, esse pequeno pedaço de terra está a 1,5 km da Praia do Campeche, ao sul da Ilha da Magia, e, para acessá-lo, é preciso pegar um barco. Ali, a faixa de areia é branquinha, fina, limpa e vazia; as árvores e palmeiras são moradia para macaquinhos e tucanos, o mar é colorido de azul e verde e em suas águas calmas sem ondas pode-se ver tartarugas-marinhas nadando.

LEIA TAMBÉM:

Qual desses destinos em Santa Catarina é o seu favorito?

Pietra Palma

É a viajante profissional e principal repórter do Carpe Mundi. Coleciona momentos e pedaços de seus caminhos pelo mundo através da escrita e em seus quase dois anos de blog já escreveu mais de uma centena de posts com dicas de viagens. Férias, feriados e finais de semana são sempre oportunidades para conhecer um novo lugar e acredita que uma boa viagem tem o poder de reanimar a alma, principalmente quando é pra um destino de natureza.

Deixe seu comentário

voltar ao topo