Localizada num extenso vale emoldurado pela Cordilheira dos Andes, Santiago é uma metrópole vibrante e com atrativos mil. Por sua extensão metropolitana e seus arredores cheios de vinícolas, indo das montanhas com picos nevados e seus parques naturais com lagos azuis às estações de esqui, às cidades litorâneas e às praias do Pacífico.

LEIA TAMBÉM: 9 ideias de roteiros pelo Chile, da Patagônia aos centros de ski, vinícolas e o Atacama

Veja os 7 melhores bate-voltas desde Santiago pra quem gosta de vinho, montanhas, praias e mais:

BATE-VOLTAS SANTIAGO

VINÍCOLAS

São mais de 300 vinícolas próximas a Santiago para se conhecer num bate-volta. A recomendação do Carpe Mundi é focar em dois tipos: um mais comercial e turisticão e outro de produção mais artesanal, familiar e independente.

A Viña Santa Rita é a segunda maior vinícola do Chile, dona dos jardins mais lindos, do importante Museo Andino de arte pré-colombiana e de enorme relevância histórica, uma vez que os soldados chilenos que venceram a briga da Independência se alojaram ali por uma noite (daí a linha de vinhos 120, que você certamente já tomou ou viu vendendo em supermercados). Dica: opte pelo tour premium com caminhada pelos jardins, degustação mais exclusiva e menos pessoas no grupo.

Agora, pra se encantar mesmo a pedida é a Odfjell Vineyards, uma vinícola-boutique onde a visita à produção dos vinhos premium orgânicos e biodinâmicos pode se dar num passeio com os cavalos noruegueses da família Odfjell seguida de um piquenique no vinhedo. Lugar, tour, exclusividade, autenticidade e qualidade dos vinhos excepcional.

Como ir: de Uber
Quanto tempo desde o Centro de Santiago: Santa Rita a 45 minutos e Odfjell a 30 minutos

LEIA TAMBÉM: Chile: roteiro pelas vinícolas do Vale do Colchagua, a 150 km de Santiago

odfjell-vineyards

BATE-VOLTAS SANTIAGO

CAJON DEL MAIPO

Cajón del Maipo é o nome da região banhada pelo Rio Maipo entre os vales, cânions e montanhas da Cordilheira dos Andes. O climinha frio, as belezas naturais, os lagos azuis, as piscinas de água termais, a estrada sinuosa… Um bate-volta ao Cajon é fugir do movimento urbano e respirar ar puro no pulmão de Santiago. É ver cavalos selvagens soltos na paisagem, é se aquecer nas piscininhas termais de Baños Colinas e admirar o azul da represa do Embalse el Yeso, o ponto turístico mais procurado do Cajon. No quesito paisagens naturais lembra o Atacama, a Suíça, de uma beleza surpreendente tão pertinho de Santiago. Mas vale citar que são lugares com cenários totalmente diferentes no verão, quando a grama é verdinha, há cor por todo o lado e fauna vívida, e no inverno, quando a neve cobre tudo e não dá pra explorar a região em caminhadas.

cajon-maipo

embalse-el-yeso

banos-colina

Como ir: de tour com a Alfatur Chile
Quanto tempo desde o Centro de Santiago: 1 hora, mas o tour é de dia todo

BATE-VOLTAS SANTIAGO

TEMPLO BAHÁ’Í

O primeiro templo Bahá’í da América do Sul foi construído em Santiago em 2016. Ali, todas as religiões entram em sincronia numa mesma mensagem, numa única fé. O sincretismo religioso do passeio ganha força especialmente pela belíssima arquitetura do templo, que lembra uma flor de lótus. A mil metros de altitude, já na área chamada de pré-Cordilheira, é um bate-volta especial para os espiritualizados e super fotogênico. Dá pra emendar a visita com a trilha até a cachoeira próxima do Parque Natural Quebrada de Macul.

templo-bahai-santiago

Como ir: de Uber ou carro alugado (cote seu aluguel de carro aqui)
Quanto tempo desde o Centro de Santiago: 45 minutos

BATE-VOLTAS SANTIAGO

SKI

Das estações de ski próximas à Santiago, que funcionam à todo vapor no inverno, o Valle Nevado é a mais fácil, barata e prática para quem quer ver neve e arriscar os primeiros passos no esqui – e é a maior da América Latina, vale saber. A meras 1h30 de estrada de Santiago, é também a que melhor funciona como passeio bate-volta da capital chilena. Para quem for pernoitar, o complexo conta com três hotéis e um conjunto de apartamentos. O povoado vizinho de Farellones tem um parque onde dá para encarar caminhada com raquetes, tubing e tirolesa. Outra possibilidade, porém mais longe e cansativa para um bate-volta, é visitar a estação de Portillo, centro pioneiro em esqui na América do Sul, caracterizado pela atmosfera aconchegante, o icônico hotel amarelo, a Laguna del Inca e a estrutura de montanha caprichada.

valle-nevado

hotelportillo

Como ir: de carro alugado (cote seu aluguel de carro aqui) ou tour
Quanto tempo desde o Centro de Santiago: Valle Nevado a 1 hora e 30 minutos e Portillo a 2 horas e 30 minutos

LEIA TAMBÉM: Portillo: o melhor do ski da América do Sul

BATE-VOLTAS SANTIAGO

YERBA LOCA

No caminho para Farallones está localizado o Parque Cordillera Yerba Loca, um santuário de natureza onde em mais de 39 mil hectares está uma enorme diversidade de flora e fauna. Há cinco trilhas oficiais, sendo a de oito horas, que leva à base do glaciar La Paloma, a mais famosa. Não faltam razões para fazer trekkings, cavalgadas e escaladas, tendo como cenário riachos cristalinos, cachoeiras e uma infindade de cadeia de montanhas. Em um dia, o ideal é percorrer as trilhas mais curtas e se encantar com a natureza. Quem planeja chegar ao glaciar precisa acampar no meio do caminho. Em tempo: o Carpe Mundi não recomenda ir ao parque desacompanhado, contrate um guia ou vá dentro de um tour fechado para uma experiência mais segura, de setembro a março, sem neve.

yerba-loca-chile

Como ir: de tour ou guia privativo
Quanto tempo desde o Centro de Santiago: 1 hora e 30 minutos

BATE-VOLTAS SANTIAGO

VALPARAÍSO E VIÑA DEL MAR

A 1h30 de Santiago, a cidade costeira de Valparaíso tem construções espalhadas por cerros, que garantem lindas vistas para o mar, e fica especialmente agradável no verão. O potencial fotogênico é enorme nos dezenas de murais de grafite pelos quais “Valpo” é conhecida, principalmente nos cerros Alegre e Concepción. Coma no terraço do clássico Café Turri ou no descoladinho El Peral, veja lojinhas como as da Galería Gálvez e visite a casa-museu de Pablo Neruda, a La Sebastiana, onde o áudio-guia leva pela excêntrica coleção de móveis e decoração e a brilhante cabeça do poeta. Quem quiser esticar o passeio pode dormir em alguns dos hotéis bacanas que têm aberto por ali, como o diferentão Winebox Valparaíso, e conhecer também a vizinha Viña del Mar, onde as ladeiras dão lugar às ruas planas, modernas e arborizadas. Um cartão-postal importante é o Castillo Wulff, debruçado sobre o Pacífico. Ali, visite também a extensa orla da Playa Los Canones, o Relógio de Flores e seus lindos jardins.

valparaiso

Como ir: de carro alugado ou tour (cote seu aluguel de carro aqui)
Quanto tempo desde o Centro de Santiago: 1 hora e 30 minutos

BATE-VOLTAS SANTIAGO

ISLA NEGRA

Isla-Negra

É na Isla Negra que está a terceira casa do poeta Pablo Neruda, a Casa Museo Isla Negra (além da La Chascona em Santiago e a La Sebastiana em Valparaíso). Na verdade, Isla Negra foi o nome de rebatismo da cidade praiana de El Quisco por Pablo Neruda, pelas pedras escuras que há na praia. Das três casas, costuma ser a favorita dos turistas, toda decorada em tema marítimo, com réplicas de veleiros, barcos, conchas. E é ali, também, que foram enterrados os corpos dele e da esposa, Matilde Urrutia (contudo, o corpo do poeta foi retirado do local anos depois). Ao final do tour, o restaurante El Rincón del Poeta, na própria residência, serve peixes deliciosos. No mais, pode-se dizer que o trecho de praia de Isla Negra é um dos mais bonitos do litoral do Pacífico no Chile. Com água do mar típica de coloração azul-marinha, mas emoldurado por rochas e cercado por vegetação verdinha. Dali também é um pulo para Algarrobo, onde está a maior piscina do mundo em San Alfonso de Mar.

Como ir: de carro alugado ou tour (cote seu aluguel de carro aqui)
Quanto tempo desde o Centro de Santiago: 1 hora e 30 minutos
{+ quanto tempo desde Valparaíso: 1 hora}

Anna Laura

Jornalista por formação e fotógrafa por vocação, a editora do Carpe Mundi registra o mundo com sua Nikon desde que se entende por gente - e hoje cultiva um feed milimetricamente pensado. Passou pelas redações da CARAS Online e da Viagem e Turismo e, depois de uma temporada em Paris, resolveu ser viajante full time: você pode encontrá-la por aí, cobrindo paraísos tropicais.

1 comentário

Deixe seu comentário

voltar ao topo