24 HORAS EM DALLAS

Território da maior sede petrolífera americana, casa dos cowboys e palco de um triste marco de assassinato presidencial, Dallas tem lá sua reputação old school e rancheira, mas um alto nível de desenvolvimento econômico transformou a cidade em um polo moderno, com restaurantes sofisticados, vida noturna agitada e um gigantesco acervo de arte moderna.

VEJA TAMBÉM: Stopover: veja como estender a conexão com as cias aéreas

Quando ir para Dallas

Os melhores meses são entre setembro e novembro e também entre março e maio, quando as temperaturas estão mais amenas – ao contrário do período de verão, nos meses de junho a agosto, que chega a marcar 40 graus positivos debaixo de um sol escaldante. O inverno é gelado.

24 horas em Dallas, no Texas

Visitar o museu histórico The Sixth Floor

the-sixth-floor-dallas

Depois do dia 22 de novembro de 1963, esse prédio de tijolinhos de Dallas nunca mais foi o mesmo. Foi do seu sexto andar que Lee Harvey Oswald teria dado um tiro no então presidente dos Estados Unidos, John F. Kennedy, transformando o espaço em um acervo e museu em memória da história americana. De lá é possível observar cada passo do atirador por meio da realidade virtual e olhar pela mesma janela pela qual que o tiro foi disparado.

Dica: do lado de fora do edifício está a Dealey Plaza, com um pequeno memorial repleto de teorias da conspiração e um um marco no chão exatamente onde o ex-presidente foi morto.

Apreciar a arte no Dallas Arts District

art-distric-dallas
museu-de-escultura-dallas

Esta região de Dallas é um convite a um passeio à pé pelos mais de 20 quarteirões que exalam arte, seja em grafites nas paredes ou em exposições ao ar livre de um novo artista do pedaço. Suas ruas são tomadas por museus de artes, shows ao ar livre, restaurantes premiados, barzinhos descolados e muito mais. Todo esse complexo já foi consagrado como o maior distrito de arte moderna dos Estados Unidos e tem muito a oferecer aos seus visitantes para algumas horas de lazer a cultura. Se você é um apaixonado por arquitetura, opte pelo walking tour gratuito com guias (ocorrem no primeiro e terceiro sábados do mês), fornecendo um panorama geral da arquitetura dos edifícios de 1890 até os dias atuais. Aos fãs de uma boa história, o Centro Nasher Sculpture, considerado o maior museu de escultura do mundo, também faz sucesso, exibindo mais de 300 obras modernas, de Picasso à Morli.

farmers-market-dallas

24 HORAS EM DALLAS

Deguste novos sabores no Farmers Market

Para um fim de tarde de domingo ou um lanche leve, o galpão histórico do Farmers Market pode ser uma boa opção. Por lá, produtores locais, agricultores do futuro e pecuaristas dividem espaço na degustação dos sabores do Texas, em uma fusão entre cheiros, texturas e cores. O mercado está aberto diariamente com uma variedade de restaurantes e lojas e durante os finais de semana funciona como um verdadeiro mercado de fazendeiros.

Veja a vista panorâmica da cidade pela Reunion Tower

the-orb-dallas
um-dia-em-dallas

Quando se pensa no grande centro urbano de Dallas, a primeira coisa que vem à mente é o edifício Reunion Tower, também conhecido como The Orb. Seus aproximadamente 143 metros, ou 50 andares, com uma bola em seu topo, pode ser avistado de diversos ângulos da cidade e suas vistas panorâmicas de 360 graus são um must na viagem. No mesmo deck que dá direito à apreciar a paisagem há telas interativas, telescópios, câmeras com zoom e até fotos digitais gratuitas – ingressos a partir de US$ 9.

VEJA TAMBÉM: Seguro de viagem para a América do Norte: como funciona e qual comprar

Tenha um jantar sofisticado no Five Sixty

Para incrementar a experiência de viagem em Dallas, o sofisticado restaurante de comida asiática Five Sixty, do chef celebridade Wolfgang Puck, é referência em gastronomia de peso. Localizado no topo da Reunion Tower, o restaurante apresenta elegância em toda a experiência, da localização à decoração e à apresentação dos pratos. O conceito da cozinha se baseia na culinária pan-asiática com toques contemporâneos de modernidade expressos num cardápio que serve de entrada rolinhos primavera crocantes de lagosta e de prato principal, camarões selvagens acompanhados por arroz de jasmim. Vá ao pôr do sol e fique até a noite para as melhores vistas panorâmicas da cidade.

Dê uma volta no distrito de música Deep Ellum

Assim como o Art District está para as artes, o Deep Ellum está para a música. Consagrado o bairro da música de East Dallas, seus quarteirões exalam suas raízes do jazz e blues da década de 1920 e sempre há música boa ao vivo tocando. A região é boa tanto para dar uma volta a pé durante o dia, quanto de noite, quando os bares e pubs criam um clima de festa.

Respire ar fresco no Dallas Arboretum

Durante todas as épocas do ano é possível desfrutar da beleza particular das flores e árvores sazonais, festivais de música, arte e a simples beleza natural dos túneis floridos e os pássaros que dão o ar da graça no Dallas Arboretum. São mais de 66 acres ao redor do Lago White Rock, um oásis na cidade, com um jardim infantil interativo equipado com cachoeira que os pequenos adoram.

Faça um tour no estádio do Dallas Cowboys

estadio-dallas-cowboy

24 HORAS EM DALLAS

Também faz parte da cultura texana os jogos de futebol americano dos Dallas Cowboys. A paixão é tão grande que seu estádio é um dos mais famosos do país e ganhou o título de maior estádio coberto dos Estados Unidos. Aos amantes do esporte, é possível fazer um tour por lá e, se calhar a data, até assistir a uma partida – com a diversidade de times (Texas Rangers, Dallas Mavericks, Dallas Stars…) é fácil achar um jogo acontecendo, mas adianto que costuma ser concorrido. 

Dica: se estiver de domingo pela cidade, viva Dallas como um local e procure por um bar de esportes para assistir à partida, vibrar junto e aproveitar para comer uns snacks. O que não faltam são opções do gênero, mas fica a dica para o Draft Media Sports Lounge, com grandes telões, lanches e snacks tex-mex.

Conheça mais da cultura dos cowboys no Fort Worth Stockyards

fort-worth

Universo dos cowboys e antiga cowtown, esse distrito localizado em Forth Worth, no lado norte do Central Business, conserva as passarelas de tijolos originais, currais em madeira e muita história da cultura pecuária texana, um típico cenário de Velho Oeste americano. Hoje, a área turística conta com atrações como a Cowtown Colisium, o Rodeio do Texas, a Calçada da Fama dos Cowboys, o Museu Stockyards e a Stockyards Station, uma antiga estação de trem com lojinhas de souvenirs e restaurantes. Há ainda um desfile de touro todos os dias às 11:30 e às 16:00.

VEJA TAMBÉM: 7 dicas de ouro pra economizar em uma viagem internacional

Faça uma refeição com churrasco e tex-mex

Terra do tex-mex e do churrasco, não se pode passar por Dallas e não fazer essa refeição típica. O primeiro, como o próprio nome já diz, é a fusão entre a comida mexicana com alimentos típicos do Texas, mas se que já espalhou pelo mundo – é o caso de pratos como guacamole, tacos, quesadillas e tortillas, com temperos levemente menos pesados em comparação à verdadeira comida mexicana (regada a muito milho, feijão e chili). O melhor restaurante em Dallas para essa experiência gastronômica é o Mia’s Tex-Mex; agora, se a vontade for da comida mexicana original, opte pelo La Duni Latin Cafe. Para provar as melhores carnes, vá ao Knife Dallas, restaurante do aclamado chef James Beard e que combina pratos clássicos de churrascaria com a modernidade de cortes de carnes de porco e cordeiro nascidos e criados no Texas: as especialidades são as costeletas, barriga de porco e carne exótica de Akaushi.

Pietra Palma

Estudante de jornalismo e aspirante a viajante profissional aqui no Carpe Mundi. Férias, feriados e finais de semana são sempre oportunidades para conhecer uma nova cultura, um novo lugar, um novo espaço. Gosta de colecionar momentos e pedaços desses caminhos através da escrita e acredita que uma boa viagem tem o poder de reanimar a alma.

Deixe seu comentário

voltar ao topo