panamá


Onde ficar em Bocas del Toro, no Caribe panamenho: de hostel a bangalô

Bocas del Toro é um destino que oferece todo tipo de hospedagem:

hostel agitado, hotel com bom custo-benefício de frente pro mar, hotel com pegada mais de resort, cabanas roots pra viver uma experiência no meio da mata, exclusivos bangalôs sobre palafitas no Mar do Caribe. Você só não vai achar luxo ostentação – o que é bom, pois garante a autenticidade do lugar. Bocas não é, afinal, um destino cinco-estrelas. É um vilarejo que concentra paisagens perfeitas, galera jovem e descolada, famílias buscando esportes aquáticos… Gente que não tem frescura. Se identificou? Vem então ver onde ficar em Bocas del Toro 🙂

LEIA TAMBÉM: Bocas del Toro: o Caribe panamenho cheio de autenticidade que faltava você conhecer

Tem voo com conexão na Cidade do Panamá? Aproveite pra conhecer o paraíso de San Blas

O que fazer na Cidade do Panamá (com as dicas de compras que você queria saber!)

Conheça Nitro City, o centro de esportes radicais a 1h30 da Cidade do Panamá

ONDE FICAR EM BOCAS DEL TORO, DE HOSTEL A BANGALÔ:

Palmar Beach Lodge

Bar de madeira com banquinhos, redes coloridas penduradas entre as árvores e fitas de slackline fazem a vibe da praia em frente ao hotel, na Red Frog Beach, uma das mais famosinhas de Bocas. As cabanas de madeira variam entre quartos grandes pra mochileiros e espaços para casais, além da opção de tendas na mata. Há aulas diárias de yoga e objetos místicos gracinhas por todo lado. (noites desde US$ 15 no quarto coletivo pra 10 pessoas, US$ 50 nas tendas e US$ 120 no bangalô; RESERVE AQUI!)

Selina

O hostel virou point de Bocas e funciona meio como ponto de referência pra se localizar – sua facha verde-água chama atenção. Quem viaja sozinho em esquema mochileiro só tem motivos pra ficar aqui. Movimentado, descoladinho, bem cuidado e com música quase toda noite, reunindo uma galera jovem e bonita. Admirar o fim de tarde jogado nas redes do deck de madeira tomando uma cerveja é programa de todos os dias. Tem também opções de quartos privados, no melhor estilo praiano. (noites desde US$ 19 no quarto coletivo,  e US$ 129 no privado; RESERVE AQUI!)

Bambuda Lodge

Um hostel que tem escorregador de lona que cai no mar, redes penduradas no deck com vista pra mata e piscina de borda infinita com rede de vôlei não tem como ser chato. O bar é animado e com música boa e revela vistas lindas da mata contrastando com a piscina e o oceano. Os quartos são ótimos, alguns de madeira e outros com paredes arredondas como um iglu – os privados são espaçosos e tem varandinha. Há caminhadas pela mata todos os dias. (noites desde US$ 20 no quarto coletivo e US$ 64 no privado; RESERVE AQUI!)

ONDE FICAR EM BOCAS DEL TORO, DE HOSTEL A BANGALÔ:

STAY Bocas

Sabe quando conseguem transformar uma casa simples num hotel superlegal e moderninho? Pois é. No Stay Bocas, a varanda tem sofás com estrutura de madeira e forro de couro contrastando com luminárias metalizadas e paredes de bambu, restaurante com quadros negros com frases inspiradoras e quartos neutros com cabideiros abertos. Há ainda bikes pintadinhas de amarelo pra emprestar para os hóspedes. (diárias desde US$ 71; RESERVE AQUI!)

Hotel El Limbo

No casarão branco de frente pro mar em Bocas Town, um restaurante aberto ao público funciona no espaçoso deck, com tecidos brancos presos ao teto. Do segundo andar pra cima, o hotel reúne quartos que passaram por uma minireforma, mas ainda tem cabeceiras de madeira meio velhas e pesadas. (diárias desde US$ 75; RESERVE AQUI!)

Eclypse de Mar Acqua Lodge

Os seis bangalôs rústicos pintados de laranja são simples, mas entregam bem a vivência de dormir sobre o Mar do Caribe. Todos vêm com uma minivaranda também com rede e espreguiçadeira e têm um vidro no chão do quarto pra enxergar os peixinhos passando. Fica na Isla Bastimentos, em frente à Isla Carenero. Em tempo: ficar em bangalôs afastados significa precisar ir e vir pra lá e pra cá sempre de barco. (diárias desde US$ 120, RESERVE AQUI!)

ONDE FICAR EM BOCAS DEL TORO, DE HOSTEL A BANGALÔ:

Playa Tortuga Hotel & Beach Resort

É o maior hotel de Bocas, com jeitão de resort, mas pegada ultrapassada, na ilha principal. Os quartos têm móveis velhos, um pouco mal cuidados. Um pró que combina com o clima de praia é o hotel ser todo aberto, do lobby às escadas e aos corredores dos quartos. Tem uma piscina agradável de frente pro mar, com espreguiçadeiras dentro da água. Porém a prainha privada não agrada: a água é turva e suja e a faixa de areia pequena e que mais aparece artificial decepciona. O restaurante também não é nada demais. (diárias desde US$ 141; RESERVE AQUI!)

Popa Paradise Beach Resort

Apesar do nome pomposo, é um lugar rústico com chalés decorados com móveis balineses e uma boa piscina. Fica na Isla Popa, longe de qualquer vestígio urbano, com uma praia praticamente particular e cercado por rios de água doce e trilhas pra fazer caminhada no meio da mata. A comida é elogiada para os padrões panamenhos: peixes frescos e bem preparados todos os dias. Só para adultos. (diárias desde US$ 197; RESERVE AQUI!)

Al Natural Resort

Quem definitivamente não se incomoda em estar em contato direto com a natureza vai ter uma experiência e tanto no Al Natural e seus bangalôs com paredes abertas de frente pra praia. Mas, se tiver pânico de bichos como lagartinhos entrando no quarto, uma advertência: isso vai acontecer o tempo todo. O lado bom é viver isso sem abrir mão do conforto: a infraestrutura geral é bem boa, há camas confortáveis com mosquiteiro e varanda com rede e espreguiçadeiras. Tem centro de mergulho PADI. (diárias desde US$ 230; RESERVE AQUI!)

ONDE FICAR EM BOCAS DEL TORO, DE HOSTEL A BANGALÔ:

Azul Paradise

Seus 10 bangalôs ecológicos com redes suspensas sobre o mar na Isla Bastimentos, a 40 minutos de barco da Isla Colón, oferecem uma experiência digna de lua de mel. Ao mesmo tempo, a vibe do local combina com o clima de Bocas: há pranchas de surf, caiaques e máscaras de mergulho disponíveis para os hóspedes, além de um deck de yoga onde rolam aulas toda manhã e um restaurante na praia onde só se entra, adivinhe, descalço. Quem vai em grupos grandes tem a opção de alugar casas para até 10 pessoas. (diárias desde US$ 299; RESERVE AQUI!)

Punta Caracol Acqua Lodge

Toda a estrutura do hotel fica na água, sobre palafitas. Seus nove bangalôs têm varandinha com rede e espreguiçadeira, além de escada que leva ao mar. Tem caiaques, pranchas de stand up e equipamento de mergulho pra emprestar. As cores verde e amarelo clarinho presentes por todo o lado meio que dão um charme local ao estabelecimento, que fica na Isla Colón, próximo à Playa Estrella. (diárias desde US$ 350 em meia-pensão, RESERVE AQUI!)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *