frança


Paris: 10 bons bares pra curtir a noite na Cidade Luz

Para quem quer aproveitar Paris de noite também, existe uma porção de lugares bacanas na cidade para “boire un verre” (algo como “tomar umas”), como dizem os franceses, de cerveja a vinhos e coquetéis elaborados. Com pista de dança, música ao vivo ou dentro de um barco: veja aqui uma seleção de bares em Paris para divertir suas noites parisienses. A regra é quase a mesma para todos: chegue cedo pra conseguir sentar.

LEIA TAMBÉM: A sua primeira vez em Paris num roteiro de 3 dias
Apartamentos do Airbnb pra alugar em Paris
5 bate-voltas de Paris para incluir na sua viagem

VOO DIRETO DO RIO A PARIS COM A AIR FRANCE AQUI!

paris

10 bares em Paris para incluir nas suas noites na cidade:

Chez George (Saint-Germain-des-Prés)

Escondidinho em Saint-Germain-des-Prés desde 1952, esse bar de vinhos é um lugar gostoso para tomar algumas taças acompanhadas de queijos durante o inverno de tarde – durante o happy hour há garrafas por € 16. De noite, no subsolo, a cave de vinhos em si, a coisa esquenta com música alta na caixa de som e o pessoal ocupando cada milímetro da pista com música pop de décadas diversas. Entre os melhores bares em Paris.

La Fourmi (Pigalle/Montmartre)

Com vibe de boteco, esse bar grande com várias mesas (bom para quem está em grupo) fica convenientemente localizado perto do metrô Pigalle e de Montmartre. Com pé direito alto, decoração meio rústica, meio industrial e mesas de pebolim, agrega uma galerinha descolada que vai tomar cerveja a preços razoáveis e comer petiscos (na hora do almoço tem pratos a € 10).

Le Syndicat (10º arrondissement)

Na animada Rue du Faubourg Saint-Denis, o bar tem uma fachada curiosa com pôsteres descascados. Entrando você dá com uma salão escurinho e animado – para quem está em grupo, há mesas grandes, mas é bom chegar cedo. É divertidíssimo sentar no balcão e pedir alguns dos melhores drinks entre os bares em Paris para o barman: a peculiaridade aqui é que todos são feitos com bebidas alcoólicas produzidas na França. O menu muda com a estação e tem coquetéis desde € 10.

Café Chéri(e) (Belleville)

Bar descoladex no mais decoladex ainda 19º arrondissment, ótimo para você conhecer um pouco mais dessa região hipster de Paris. Chegue no happy hour para sentar e tomar mojitos por € 5 no salão todo de paredes vermelhas rabiscadas. A varanda em frente ao bar é um super point no verão. Nas quintas, sextas e sábados depois das 22h eles vão tirando as mesas aos poucos e o lugar vira balada, com rock, hip-hop, indie e outros ritmos tocando.

La Colonie (10º arrondissement)

Criado por uma artista de origem algeriana, durante o dia o lugar serve de espaço para exposições e debates, e à noite vira um bar animadíssimo para quem está querendo uma noite mais dançante. Enorme, com um pátio bacana com mesas brancas no centro, o bar tem setlist variado (soul, disco, pop) nos fins de semana e divertido e boa carta de vinhos.

La Candelaria (Marais)

Você chega no bar e dá de cara com uma portinha numa rua quase silenciosa. Abrindo-a, você adentra um salão minúsculo com uns caras servindo tacos e outros patinhos mexicanos – muito bons por sinal. Continue e abra outra porta nos fundos para dar num bar escurinho, que segue a moda dos “bares escondidos” de Paris. Ali serve-se drinks excelentes (por cerca de € 12). As mesas são poucas e o bar fecha às 23h (meia-noite sábados e domingos), então chegue cedo para conseguir sentar (mas também dá pra ficar de pé no balcão). A música de fundo é boa e o climinha também.

Piano Vache (Quartier Latin)

Frequentado por estudantes da região e uma parcela de turistas, o bar de salão apertadinho tem paredes lotadas de rabiscos, pôsteres e matéria de jornal. É especialmente conhecido pelas sessões de jazz ao vivo de segunda à noite: assim que o show começa todo mundo fecha o  bico para ver o passear dos dedos dos músicos pelos instrumentos. No resto da semana há outros ritmos e noites temáticas; cheque o Facebook deles.

Le Perchoir (11º arrondissement)

Nos arredores do Canal de St. Martin, é a pedida certa para ir em noites de temperatura agradável: seu terraço ao ar livre enfeitado com vasos de flores e ervas tem sofás e mesas comunitárias tem vista para o sol se pôr com a Sacré-Coeur ao fundo. Admire com drinks ou cerveja artesanal em mãos e tapas no prato. O bar é extremamente popular entre parisienses e turistas – no verão, chegue às 17h30 para conseguir sentar. Está entre os melhores bares em Paris.

Le Verre Volé (Canal St. Martin)

A esta altura você já deve ter ouvido falar do canal e deve passar lá na sua viagem à Paris. Ali estão alguns dos melhores bares em Paris, e este segue um clássico e um bom point para tomar um vinho num ambiente informal, com rótulos selecionados de várias regiões francesas, bem acompanhados por tábuas de queijos e frios. Bom para curtir em casal ou amigos até às 2h. Atenção: há três unidades na cidade, mas a do canal (na Rue de Lancry) é o mais interessante.

Rosa Bonheur sur Seine (Invalides)

As margens do Sena, chamadas Berges du Seine, ficam irresistíveis no meses mais quentes. Esse bar, versão mais central da sua popularíssima primeira unidade no Parque Buttes-Chaumont, fica dentro de um barco (ou “péniche”) estacionado no rio aberto a tarde toda, com petiscos e bebidas relativamente baratos. Cheque a agenda para eventos e festas (no inverno ele também fica aberto alguns dias, mas não é a mesma vibe, né).

COMPRE SEU VOO A PARIS COM A AIR FRANCE AQUI!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *