rio de janeiro


Roteiro de fim de semana pra conhecer o mar turquesa de Arraial do Cabo (RJ)

Apesar da cidade mal cuidada, Arraial do Cabo, no Rio de Janeiro, guarda um dos conjuntos de praias mais lindos do Sudeste e vale um passeio de fim de semana. O mar azul-turquesa (e na maioria das praias gelado, vale lembrar) contrasta com o branquinho da areia e dunas reluzentes.

LEIA TAMBÉM: O que fazer no Rio de Janeiro: 25 programas imperdíveis

VIAGEM PARA ARRAIAL DO CABO

Veja aqui o que fazer em um roteiro de fim de semana em Arraial do Cabo:

arraial-do-cabo-viagem

VIAGEM PARA ARRAIAL DO CABO

DIA 1

Manhã: O que Arraial do Cabo tem de precioso é o mar. A cidade em si deixa a desejar, mas ninguém resiste àquelas águas clarinhas. Os roteiros de barco mais comuns saem da Praia dos Anjos e contemplam a lindíssima Praia do Farol, orgulho local, numa área preservada pela Marinha que tem acesso controlado; as prainhas do Pontal do Atalaia, cartão-postal de Arraial onde está a escadaria de madeira que dá no mar (mas se quiser tirar essa foto, só indo por terra) e onde é comum avistar baleias entre julho e agosto; e a Praia do Forno, outra faixa de areia dos sonhos, com boa infra de barracas de praia, e ponto bom pro mergulho. Mas não espere exclusividade: esses tours costumam envolver bastante gente na mesma embarcação e música alta. Na alta temporada, então, a superlotação é certa. Nas escunas da Saveiro Don Juan e nos barcos da Arraial Vip, o passeio é mais recomendado e sai por cerca de R$ 80.

Tarde: Na volta, aproveite pra comprar artesanatos nas lojinhas que ficam junto ao porto antes do almoço no Bacalhau do Tuga, onde a pedida clássica, claro, são os deliciosos bolinhos de bacalhau. O resto do dia pode ser aproveitado relaxando na urbanizada Prainha, na beira-mar que todo mundo vê logo ao entrar na cidade. Pra fugir do tumulto, a dica é tentar ficar mais pra parte esquerda da praia.

VIAGEM PARA ARRAIAL DO CABO

Noite: O restaurante da Capitão n’Areia Pousada é uma surpresa boa. O bistrô bonitinho combina com o estilo do resto do estabelecimento: predomina o branco com detalhes de madeira em azul e objetos de decoração variados de madeira. Pra não errar de jeito nenhum, peça a paella, prato que mais sai, ou tente a moqueca de camarão.

LEIA TAMBÉM: Nossas 6 praias preferidas no litorial sul da Bahia pra desestressar nas férias

VIAGEM PARA ARRAIAL DO CABO

DIA 2

Manhã: Das trilhas de Arraial, a do Praia do Forno é uma das mais curtinhas (apesar da subida íngreme) e com o visual mais lindo. São 30 minutos de caminhada desde um caminho escondido ao final da Praia dos Anjos. Do topo do morro, os cactos contrastam com a orla azul formando um cenário perfeito pra tirar foto. Se ficar por ali, já aproveite pra petiscar algo nos quiosques de praia.

roteiro-arraial-do-cabo

Tarde: Vá conhecer a Praia Grande, uma das movimentadas, com boa infra de barraquinhas e cadeiras de praia e ideal pro surf e kitesurf. A água é clarinha, porém, pode ficar beeeem fria, às vezes não dá nem pra entrar. A dica aqui é fazer a trilha que está no lado esquerdo da orla, também nada difícil, bem tranquila e plana. Você vai chegar num mirante sobre as ruínas de uma antiga empresa que fazia dessalinização, de onde se tem um visual deslumbrante da orla da Praia Grande. No pôr do sol, fica ainda mais especial. Se sobrar tempo dê um pulo na Praia Brava, no Pontal do Atalaia, onde só se chega por uma escadaria que mais parece uma trilha. Tem altas ondas e só frequentam surfistas jovens.

Noite: O Saint-Tropez tem uma das cozinhas de frutos do mar mais tradicionais da cidade, numa casa rústica com decoração colorida e imagens do Asterix (o que pode parecer meio estranho, mas não tira o valor da comida servida ali). Já no Pimenta Rosa, o carro-chefe é o camarão grelhado com, claro, pimenta rosa, um tipo de pimenta que não apresenta tanto ardor e tem aroma adocicado.

VIAGEM PARA ARRAIAL DO CABO

ONDE FICAR EM ARRAIAL DO CABO

A maior parte das pousadas é simples e sem muito charme. Ficar na Praia dos Anjos garante uma boa localização: ali estão alguns restaurantes e uma feirinha noturna, mas parte da praia costumar ter água imprópria para banho.

CAPITÃO N’AREIA POUSADA (diárias desde R$ 323)

A construção toda branca com guarnições em azul, na Praia dos Anjos, lembra a arquitetura mediterrânea. Tem uma piscina modesta com vista pra praia e um ótimo restaurante que serve paella. Os quartos com varanda, contudo, podiam ser mais simpáticos.

POUSADA PILAR (diárias desde R$ 410)

O exterior cheio de plantas e detalhes em madeira em volta da piscina, faz a diferença com suas peças garimpadas em antiquários se equilibrando entre o rústico e o chique na Praia dos Anjos. Nos espaçosos quartos, paredes de tijolinho dão um toque, mas não transformam as acomodações em espaços charmosos. (RESERVE AQUI!)

POUSADA DA PRAINHA (diárias desde R$ 446)

Na Prainha, é a mais bacana de Arraial. Passou por uma boa reforma e ganhou graça. O pátio é marcado por uma piscina, com os quartos em volta. No bonito e novinho interior, detalhes em madeira e palha caíram bem com uma e outra parede, almofadas e itens de decoração azuis. (foto)

VIAGEM PARA ARRAIAL DO CABO

O AUTOR

Matheus Rodrigues

é estudante de direito; mas no fundo é mesmo apaixonado por viajar e fotografar por aí. Como um bom carioca, nas horas vagas, gosta de ir à praia.

Siga no Instagram: @matheusdrig

Há 3 comentários para “Roteiro de fim de semana pra conhecer o mar turquesa de Arraial do Cabo (RJ)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *