SKI NA EUROPA EM NOVEMBRO

Com hospedagem, alimentação, aluguel de equipamento e ski-pass, um dia em uma estação popular da Europa, como Courchevel, sai facilmente mais de € 400 em alta temporada (e isso sem grandes privilégios e estações bem lotadas).

Isso é normal. Os preços ficam altíssimos entre dezembro e março, mas tendem a ser mais baixos no início e fim da temporada. Uma boa é aproveitar quando o tempo já está esfriando no Velho Continente e embarcar rumo ao ski na Europa em novembro, quando as pistas não estão tão lotadas e as tarifas de hospedagem e ski-pass estão menores.

LEIA TAMBÉM: O que levar na mala pra Europa neste inverno
Para onde viajar em novembro – os melhores destinos do mês selecionados a dedo
Tratado de Schengen: seguro viagem obrigatório para 26 países da Europa

Ski na Europa em novembro: Veja aqui 5 estações com abertura antecipada

Esqui na europa em novembro

Val Thorens, na França

No final de novembro fica ainda mais frio e as condições de esqui ficam ainda melhores, por isso se puder esperar até a última semana do mês, vá à Val Thorens. Lá, a temporada de esqui vai de 24 de novembro a maio de 2020, sendo que no início o passe diário sai € 44 e em alta temporada fica € 56. Situada na Saboia, a 2 300 metros de altitude, Val Thorens é a estação de esqui mais alta da Europa e faz parte das Trois Vallées – maior domínio esquíavel do mundo com 600 km de pistas no total. Só em Val Thorens você tem mais 150 km. A qualidade da neve, a infraestrutura e o agito das festas e bares de après-ski fazem dessa estação uma das preferidas dos europeus, sendo eleita cinco vezes como a melhor do mundo no World Ski Awards, prêmio de grande influência no meio do esporte.

ONDE FICAR:  O Fahrenheit 7 (diárias a partir de € 154) fica pertinho das pistas e do centro da estação. As acomodações tem aquele estilo Pinterest que amamos: parede azul, cama com cabeceira estilo botonê e lustres moderninhos. Uma opção mais sofisticada é o Altapura (diárias a partir de € 218), considerado um dos melhores hotéis da França. Com acesso direto ao teleférico Plein Sud, o Altapura fica em uma área um pouco mais calma a cinco minutos a pé ou a dois minutos de ônibus dos restaurantes e butiques de Val Thorens. O hotel conta com três restaurantes e spa com piscina externa aquecida. Os quartos são modernos com um charme cozy-nórdico e janelas que vão do chão ao teto com vista para os Alpes.

SKI NA EUROPA EM NOVEMBRO

Cervinia, na Itália

A região do Vale de Aosta se distribuí entre as fronteiras da Suíça e da Itália. No lado italiano, Cervinia — um vilarejo de montanha charmoso que ainda guarda vestígios da civilização romana, recebe os esquiadores do Monte Cervino, também conhecido como Matterhorn. A base da estação fica a 2.050 metros de altitude, mas os teleféricos chegam a subir mais de 3.820 metros e ainda dão acesso à estação de esqui vizinha, Zermatt, na Suíça.  Cervinia tem 72 pistas, sendo a maioria pra intermediários (59%) e iniciantes (27%). A temporada de inverno em Breuil-Cervinia começa em 26 de outubro de 2019 e vai até início de maio de 2020. Até 20 de dezembro, o valor do passe diário é de € 43,50 nos dias de semana.

Esqui na europa em novembro

ONDE FICAR: O Hotel Hermitage Relais & Château (diárias a partir de € 200) é um grande chalé montanhesco todo de madeira escura que, quando coberto de neve e com as luzes amareladas acesas em seu interior, passa tranquilo como a mansão de luxo do Papai Noel! 😉O hotel conta com um spa e uma suíte especial, Whymper Suite, que fica em um chalé privativo e tem uma vista maravilhosa para as montanhas. Já o Sertorelli SportHotel (diárias a partir de € 144) tem uma fachada mais moderna, mas os quartos ainda tem aquela vibe de chalé que a gente ama. Algumas das acomodações tem terraço, outras tem vista para o Monte Cervino. Mesmo sendo bem pertinho dos teleféricos, o hotel também oferece transfer gratuito para seus hóspedes.

Esqui na europa em novembro

Kitzbühel, na Áustria

A menos de duas horas de carro da cidade alemã Munique, Kitzbühel é uma estação de esqui muito popular na Áustria. Em 2015 a estação foi eleita como a melhor do mundo, desbancando Val Thorens — conhecida por sempre levar o troféu por vários anos consecutivos. Os hotéis requintados, bares, cafés e restaurantes preenchem as charmosas ruas de paralelpípedo da cidade medieval. Com 200 dias de neve por ano, a estação já garante condições excelentes pra esqui no meio de outubro. A temporada de inverno normalmente vai até maio. São no total 185 km de pistas, sendo 106 km de pistas mais fáceis e 79 km de pistas para os níveis intermediário e avançado. Em novembro você tem a opção Super Savers, na qual a diária custa € 48,50, isto é, € 8 mais barato que no pico da temporada.

ONDE FICAR: O Austria Trend Hotel Schloß Lebenberg 4 Stern Superior (diárias a partir de € 126) se divide entre um castelinho branco e um prédio mais moderninho. O hotel, com decoração elegante e tradicional, conta com um restaurante e uma piscina coberta com uma janela panorâmica que dá vista pra cidade e as montanhas no fundo. O hotel está a dez minutos a pé do centro e oferece um serviço de shuttle pra estação de esqui. Mais próximo ainda da estação, o resort A-ROSA Kitzbühel (diárias a partir de € 202) é um castelo no estilo tirolês que apesar de imponente em seu tamanho é super cozy e charmoso. Frente à frente com as montanhas de Tirol, o A-ROSA tem uma piscina coberta suntuosa com colunas e janelões dourados, sauna e spa.

SKI NA EUROPA EM NOVEMBRO

Hintertux, na Áustria

Hintertux não promete só esqui em novembro, como no ano inteiro.  A 40km de Innsbruck, centro administrivo e cultural da região de Tirol, a estação de esqui é uma de duas no mundo a funcionar 365 dias por ano. Mas oficialmente a temporada de inverno começa no dia 12 de outubro de 2019 e vai até 8 de maio de 2020. Nesse período, o passe diário custa € 55. Só Hintertux conta com 21 teleféricos e 60 km de pistas entre 1.500 e 3.250 metros de altitude. A estação de esqui fica no final do vale Ziller, mais precisamente no glaciar de Hintertux.  Em dezembro o local se junta com outras estações do vale formando o complexo Zillertal 3000 Ski and Glacier World com mais de 202 km de pistas acessíveis com apenas um passe.

Esqui na europa em novembro

ONDE FICAR: O Hotel Alpenhof (diárias a partir de € 215) fica nos pés do glaciar. Ele tem um spa de 2.600m² com sauna e locais de relaxamento com vista para as montanhas. As acomodações, decoradas no estilo clássico alpino, tem varanda. Na temporada de inverno o hotel oferece um transfer para o teleférico a cada cinco minutos. Outra opção é o Hotel Berghof Crystal Spa & Sports (diárias a partir de € 104), a apenas dez minutos de caminhada do teleférico. E pra quem não quer caminhar com todo o equipamento, um transfer gratuito recupera os hóspedes a cada cinco minutos na frente do hotel. O hotel Berghof tem piscina externa aquecida com vista panorâmica para as montanhas, spa e jacuzzi no rooftop e quartos com janela-balcão ou terraço.

Esqui na europa em novembro

Saas Fee, na Suíça

A estação de Saas Fee, na Suíça, inaugura a temporada de esqui no mês de julho. Por estar em um dos pontos mais altos dos Alpes Suíços, a 3.600 metros de altitude, Saas Fee tem neve em pleno verão europeu. A estação tem 150 km de pistas, a maioria pra iniciantes e intermediários, e é considerada uma das melhores do país. Pitoresca, a cidade fica a cerca de duas horas de carro da charmosa região de Interlaken, Lauterbrunnen e o Lago de Oeschinensee. Veja o nosso post sobre os encantos de Interlaken e arredores, melhor base do turismo alpino na Suíça. Mas atenção: Saas Fee é car-free, dentro do vilarejo não é permitida a circulação de carros. Mas a cidade tem toda a infraestrutura necessária pra você não passar perrengue. Tem estacionamento, ônibus gratuitos e táxis elétricos. Verifique com o seu local de hospedagem como fazer pra trazer as bagagens, sempre tem um sistema.

ONDE FICAR: Uma opção próxima de hospedagem próxima ao teleférico é o Wellness Spa Pirmin Zurbriggen RESERVE AQUI (diárias a partir de € 270). O hotel fica em um lindo chalé com grandes janelas de vidro. Depois de um dia de esqui você pode descansar no spa, na piscina interna ou na jacuzzi enquanto as crianças brincam na sala de jogos. O Elite Alpine Lodge – Apart & Breakfast RESERVE AQUI (diárias a partir de € 180) também fica pertinho dos teleféricos e do centro da cidade. As acomodações são na verdade pequenos apartamentos com banheiro privativo e cozinha equipada, mas ainda sim você tem o serviço de hotel com camarareiras e buffet de café da manhã.

SKI NA EUROPA EM NOVEMBRO: E você, recomenda alguma estação com abertura antecipada em especial? Indique pra gente aqui nos comentários 😉

Giovanna Saba

Você deve conhecê-la de outro endereço, do blog Gigi em Paris, seu diário sobre a vida na capital da França. E, como pode imaginar, aqui no Carpe Mundi produz o melhor conteúdo sobre Paris. Acredita que os macarons ganham um sabor mágico se degustados em um quarto de hotel com vista para a Torre Eiffel.

Deixe seu comentário

voltar ao topo