filipinas


Como montar um roteiro pelos principais destinos das Filipinas

Mais de 7 mil ilhas que transpiram a vibe tropical

através de suas frutas coloridas, suas praias branquinhas banhadas por águas cristalinas e rodeadas por rochas encravadas no mar, sua fauna riquíssima a exemplo dos famosos tubarões-baleia, seu povo caloroso e sorridente, sua atmosfera simples e paradisíaca.

VEJA AQUI COMO MONTAR UM ROTEIRO PELAS FILIPINAS:

ROTEIRO FILIPINAS

COMO CHEGAR NAS FILIPINAS

Manila, a capital, é a principal porta de entrada do país. A Ethiopian Airlines voa de São Paulo a Manila com conexão em Adis Abeba, na Etiópia, desde R$ 3 500 – é o jeito mais prático e barato. Outra opção é voar de Bangkok ou alguma outra capital da região até Cebu, a segunda ilha com a melhor infra do arquipélago, se quiser dispensar Manila do roteiro (pode ser uma boa pra quem está viajando por outros destinos do Sudeste Asiático e já visitou outras tantas capitais).

LEIA TAMBÉM: Como é voar com a Ethiopian Airlines

ROTEIRO FILIPINAS

COMO MONTAR UM ROTEIRO PELAS FILIPINAS

A ideia é escolher de duas a três ilhas pra conhecer e reservar no mínimo 3 noites em cada uma. O combo clássico seria Manila + Cebu + Palawan. Coron, ao norte de Palawan, vem entrando cada vez mais na moda, e Siargao é o point do surf no arquipélago. Boracay é mais para famílias. Outra opção é embarcar num roteiro fechado com algum propósito específico, como as viagens de experiência TAO, que preveem expedições de barco e campings em ilhas desertas de Palawan.

turismo-filipinas

ROTEIRO FILIPINAS

QUANTO CUSTA VIAJAR PELAS FILIPINAS

O Sudeste Asiático é uma região em geral considerada bem barata para viajar. Com entre US$ 50 e 75 por dia você fica em hotéis de três ou quatro-estrelas, faz refeições em restaurantes legais, consegue bancar tours interessantes e se locomove de uma região pra outra de avião. Se topar ficar em hostels, pode contar cerca de US$ 35 por dia.

ROTEIRO FILIPINAS

QUANTO TEMPO FICAR NAS FILIPINAS

No mínimo 10 dias. É o tempo pra conhecer ao menos três ilhas com propriedade e não sofrer tanto com o jetlag. Se puder estender pra 15 dias, melhor ainda.

ROTEIRO FILIPINAS

COMO VIAJAR PELAS ILHAS DAS FILIPINAS

Philippine Airlines e a Cebu Pacific Air são as mais populares das cias aéreas das Filipinas e nelas você acha voos comprados com antecedência com tarifas ótimas de até US$ 12. Mas se deixar pra reservar em cima da hora, pode chegar a US$ 100 e poucos. Pra viajar entre ilhas próximas como Palawan e Coron dá também pra ir de balsa: a viagem de 4h sai por cerca de US$ 20 com a M/Bca Bunso.

ROTEIRO FILIPINAS

QUANDO IR ÀS FILIPINAS

Ta aí um destino com o tempo geralmente instável. Apesar do clima ficar ok do final de novembro ao fim de abril, é de janeiro a março que você tem mais chance de acertar mesmo nos dias de sol. De maio a outubro, durante as monções, as diárias de hotel caem em até 30%. Pra quem planeja viajar nessa época, saiba que você pode dar sorte e pegar dias de sol com chuvas rápidas no fim da tarde ou acabar só vendo as Filipinas com o céu nublado e bem chuvoso: não dá pra prever.

VEJA NOSSA SÉRIE DE POSTS DO SUDESTE ASIÁTICO!

ROTEIRO FILIPINAS

VEJA AQUI COMO MONTAR UM ROTEIRO PELAS FILIPINAS:

Manila

Capital e principal porta de entrada do país, em Manila você vai ver muitos jeepneys, os ônibus filipinos coloridos, e triciclos, os tuk-tuks locais. Sua Chinatown é a mais antiga do mundo e na região de Intramuros, os resquícios da colonização espanhola estão presentes. Mas Manila também é cosmopolita, essencialmente nos arredores da Bonifacio Global City, onde há bares, cafés e restaurantes moderninhos, parques com esculturas e grafites e imensos edifícios comerciais. Pra quem passar mais tempo por lá, um bate-volta interessante pode ser ate Tagaytay, a 3h de carro da capital. O local é uma ilha com um vulcão no meio de um lago, onde há mais uma ilha pequeninha no meio.
LEIA TAMBÉM: O que fazer em Manila, a capital das Filipinas

Cebu

Uma das ilhas mais povoadas e com a melhor infra do país depois da capital, guarda alguns dos melhores segredos do arquipélago, como as cobiçadíssimas cachoeiras Kawasan Falls. Nade também com tubarões-baleia e veja 50 tons de azul ao norte da ilha em Bantayan e Malapascua, bem como na costa sudoeste em Moalboal.

cebu-philippines

Palawan

Quando a gente pensa nas Filipinas, é a imagem de El Nido, na ilha de Palawan, que vem à mente. Formações rochosas incrustadas no mar com vegetação verdinha crescendo em cima, praias desertas e bangalôs sob palafitas contrastando com o mar mais azul da vida. A estrela local é o Bacuit Archipelago, entre os lugares mais bonitos de todo o Sudeste Asiático. E, se quiser viver Palawan da melhor maneira possível, encare um dos roteiros embarcados da TAO.

el-nido-filipinas

Coron

Roteiro Filipinas: ao norte de Palawan, Coron é a nova estrela das Filipinas. Suas praias são donas de uma natureza selvagem impecável com as mesmas pedras na água, lagoas naturais desertas e mar azul, cristalino, de sonho que El Nido. E sem o turismo de massa. É a escolha perfeita pra quem já visitou El Nido e quer viver uma Filipinas ainda mais autêntica, menos conhecida e paradisíaca – ferries de 4h da M/Bca Bunso levam de Palwan ao centro de Coron por US$ 20. Ali, o tour para as Calamian Islands é o carro-chefe da ilha.

LEIA MAIS: Por que você deveria incluir as Filipinas na sua próxima viagem pelo Sudeste Asiático

Boracay

Foi esse pequeno paraíso de 10 mil km² que colocou as Filipinas no mapa do turismo mundial, com suas praias de areia branquinha, como a famosa White Beach, e seu mar azul-turquesa por onde navegam os bangkas, barcos típicos filipinos. Outra faixa de areia especial é a do hotel Shangri-la’s Boracay Resort & Spa, onde também está o Solana, ótimo bar pra petiscar e assistir ao pôr do sol.

LEIA MAIS: Miniguia de Boracay, a ilha que colocou as Filipinas no mapa do turismo

Bohol

Além do mar azulzinho e as faixas de areia branca com sombras de coqueiros, Bohol chama atenção por seus Chocolate Hills, formação geológica composta por 1.268 montanhas em formas cônicas – uma infindade de morrinhos verdinhos que parecem gotas de chocolate. Por conta da proximidade, dá pra visitá-las desde Cebu – são 2h de balsa.

bohol-filipinas

Siargao

Roteiro Filipinas: point do surf do arquipélago (e referência do esporte em todo o Sudeste Asiático), Siargao conta com lagoas e cachoeiras cristalinas, show de cores em seus corais, vida marinha exótica em abundância, campos de arroz e florestas tropicais. Sua Sugba Lagoon é daqueles cenários clássicos de A Lagoa Azul, enquanto nas Sohotan Caves você pode alugar um caiaque e sair explorando grutas secretas sem se preocupar com mais nada.

Banaue

As Filipinas também têm campos de arroz maravilhosos, que se tornam ainda mais especiais em Banaue pela presença de um vilarejo de casas construídas sobre palafitas entre eles. Em tempo: a visita é difícil, uma vez que a maneira mais viável de chegar lá é de ônibus desde Manila, mas saiba que são cerca de 9 horas na estrada. O que pode não ser tão cansativo se você optar por viagens noturnas – a Ohayami Trans faz o percurso.

banaue-filipinas

*Roteiro Filipinas: o Carpe Mundi viajou às Filipinas à convite da Ethiopian Airlines e o Departamento de Turismo das Filipinas. Este post reflete a opinião independente e pessoal da autora.

A autora

Anna Laura Wolff

Anna Laura Wolff

Jornalista por formação e fotógrafa por vocação, a editora do Carpe Mundi passou pelas redações da CARAS Online e da Viagem e Turismo. Depois de uma temporada em Paris, decidiu ser viajante full time.


Instagram

Há 6 comentários para “Como montar um roteiro pelos principais destinos das Filipinas

  1. Adorei o post, Anna. Estava atrás de uma ótima desculpa para voltar ao Sudeste Asiático e acabei de encontrar! 😛
    Você viajou sozinha? Acha que é um destino que funciona para mulheres sozinhas, como os lugares tradicionais de lá?
    E parabéns pelo blog que tem crescido cada vez mais. Adoro o conteúdo e torço muito por vocês duas 🙂
    Obrigada!!

    1. Oiii, Ana! Obrigada pelo seu comentário 🙂 eu fui em grupo, mas com certeza funciona sim pra mulheres sozinhas! Viajar pelo Sudeste Asiático em geral é muito fácil, barato e seguro, e as Filipinas não ficam fora disso. Vai sim! Beijocas e aproveite

  2. Anna,
    Gostaria de saber se você ainda recomenda esses destinos mesmo com a ameaça de terrorismo lá. Vi que o post foi feito esse ano, mas queria saber se a viagem foi feita esse ano tambem, e o que você sentiu sobre essa situação quando você estava lá.

    Obrigada sou fã do blog

    1. Oi, Maria Antonia! Recomendo sim! Na verdade eu voltei de lá há duas semanas e estava tudo super tranquilo. Os conflitos são localizados e não interferem no turismo em geral. Amei as Filipinas 🙂 Bjs e obrigada!

  3. Olá Anna. Irei à Ásia em janeiro. Separei 5 dias para as filipinas. O que vc sugere para esse período? Acha que não valeria a pena ir pra lá e ficar só por 5 dias?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *