espanha


O que fazer em Segóvia: bate-volta desde Madri

Depois de Toledo, Segóvia é o bate-volta mais comum desde Madri.

A 90 km ao norte da capital espanhola, seu tamanho reduzido a torna ótima pra passar um dia passeando por seu novelo de ruelas medievais. Muitas agências vendem tours diários à cidadela, mas indo por conta própria dá pra vivenciar seu charme com mais calma. Veja aqui o que fazer em Segóvia.

LEIA MAIS: O que fazer em Madri: roteiro completo de 3 dias

Cidade militar no tempo dos romanos, Segóvia transformou-se em um centro têxtil com a chegada dos mouros e, a partir 1085, com os cristãos no poder, tornou-se residência real. Com o tempo e a mudança da corte sua importância foi diminuindo. No século XX ela foi descoberta por pintores e escritores, reconstruindo sua fama graças aos seus imponentes monumentos. Hoje é tomada por turistas apressados, que passam poucas horas na cidade e logo retornam à Madri.

O que fazer em Segóvia

segovia-espanha-roteiro Comece pelo cartão-postal, o Aqueduto de Segóvia, utilizado antigamente pra levar água até a cidade. Erguido no século I d.C., é um dos únicos sobreviventes dos tempos romanos. Se quiser ver o aqueduto de outros ângulos, há  escadas nas laterais que levam a pequenos mirantes; vale a subida. A praça ao redor é a Plaza de Azoguejo, simpática e com um centro de informações turístico (que oferece mapas).

De lá, siga caminhando pela Calle Cervantes e aproveite pra prestar atenção na arquitetura árabe da cidade. Você eventualmente chegará à Plaza Mayor, onde está a bela Catedral de Segóvia, restaurantes e lojinhas.

A construção da Catedral começou em 1525 depois que a original (e localizada em outra parte da cidade) foi destruída numa guerra. De estilo gótico, possui um espaço pra eventos culturais, 18 capelas, tumbas de personagens espanhóis famosos e muitas torres e portas decoradas. Em seu acervo encontra-se o primeiro livro publicado na Espanha, o Sinodal de Aguilafuente. Se puder, aprecie seu exterior à noite, quando as luzes se acendem e lhe conferem um ar poético.

Alguns poucos minutos caminhando desde a Catedral encontra-se o castelo Alcázar de Segóvia. Erguido pelos romanos e remodelado ao longo dos séculos pelos diversos habitantes reais que passaram por lá, hoje abriga quartos e salas decorados com motivação medieval e uma alta torre onde é possível subir pra curtir a vista. Há boatos (meio infundados) de que o Alcázar de Segóvia inspirou Walt Disney pra criar os castelos das princesas.

Depois da tríade Aqueduto-Catedral-Alcázar, ainda há muito o que fazer em Segóvia, lotada de pequenas igrejas e monastérios pelo caminho. Não deixe passar despercebida a Iglesia de San Martín,Monastério San Antonio El Real e o Mosteiro de Santa Maria del Parral.

Onde comer em Segóvia

segovia-espanha-bate-volta-madri

onde-comer-em-segovia
O que fazer em Segóvia: comer cochinillo (leitão assado) no José Maria

El Sitio – Localizado na Plaza Mayor, é frequentado por locais e turistas, o que o deixa sempre cheio. Um dos fortes são os tapas, que você ganha na faixa pedindo qualquer bebida alcoólica.

El Fogón Sefardí – No hotel La Casa Mudejar, o premiado restaurante serve tapas, especialidades segovianas e pratos judaicos. No verão o bar lota.

José Maria – É o local mais tradicional da cidade pra provar o típico cochinillo (leitão assado) – o preço é salgado, mas vale o investimento. Faça reserva antes.

La Cueva de San Esteban – Pra comer pratos típicos a preços módicos.

Como ir a Segóvia

Trem AVE de alta velocidade – Sai da estação Chamartín em Madri a cada 30 minutos, e a viagem leva também 30 minutos. A passagem (ida e volta) custa cerca de € 20. A estação de trem de Segóvia fica a 7 km do centro da cidade, então de lá é preciso pegar um ônibus ou um táxi, acrescendo mais alguns euros ao passeio.

Ônibus – A empresa que cuida do trajeto Madri-Segóvia é a La Sepulvedana, localizada na estação Intercambiador de Transportes de Moncloa, facilmente alcançada por metrô. Saídas a cada hora, e o trajeto costuma durar 50 minutos. O preço ida e volta é de aproximadamente €14 (depende do dia da semana).

Carro – A estrada que leva a Segovia é a A-6, seguida pela AP-6. O trajeto demora cerca de uma hora.

Se quiser passar a noite: onde ficar em Segóvia

Parador de Segovia (diárias a partir de € 90, RESERVE AQUI!) – Elegante e com vista espetacular da cidade, um pouco afastado do centro. Tem piscina e restaurante.

Hostal Segovia (diárias desde € 37, RESERVE AQUI!) – Pra quem busca uma opção barata e central, fica perto do Aqueduto.

Quando ir a Segóvia

Sempre, mas, se puder, evite os fins de semana, pra ver a cidade menos cheia.

SEGOVIA-o-que-fazer-espanha

Há 1 comentário para “O que fazer em Segóvia: bate-volta desde Madri

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *