são paulo

O QUE FAZER EM ILHABELA

9 EXPERIÊNCIAS PRA NÃO PERDER NA CIDADE

Destino de férias de mais de 400 mil turistas só no verão, Ilhabela encanta com suas 42 praias e uma área verde praticamente intocada, perfeita pra se conectar com a natureza.

LEIA MAIS: Onde ficar em Ilhabela: 15 opções entre hostels, pousadas e hotéis

Onde comer em Ilhabela: 15 restaurantes selecionados a dedo

Cachoeiras de Ilhabela: veja quais visitar e o que esperar de cada uma

Avançar

O QUE FAZER EM ILHABELA

Andar de bicicleta na orla do Perequê

Andar de bike pela orla da praia assistindo o vai e vem das ondas do mar, sentindo o ventinho fresco e curtindo o movimento local é uma delícia. Ilhabela é equipada com uma ciclovia que se estende de Barra Velha, desde a saída da balsa, até a vila, no Centro, com trechos também ao Norte.

Pousadas e hotéis alugam bikes, ou vá à agência Webtur Travels pra pegar a sua por R$ 15 a hora ou R$ 70 a diária.

Avançar

O QUE FAZER EM ILHABELA

Tour guiado pelo Centro Histórico

Várias lendas de piratas circulam pela história de Ilhabela, especialmente por conta dos naufrágios que rodeiam a ilha, mas é difícil saber o que é real ou não até fazer o tour guiado pela Vila, o centro histórico da cidade.

Foi nessa área que nasceu Ilhabela, após o senhor de engenho Julião de Moura Negrão exigir a separação de São Sebastião para virar um município independente no começo do século XIX. Até hoje ainda podemos ver de perto o marco zero da cidade e outras construções originais da época.

Avançar

O QUE FAZER EM ILHABELA

Visitar a cidade durante a Semana da Vela

O canal formado entre Ilhabela e São Sebastião proporciona os ótimos ventos que transformaram a ilha em Capital Nacional da Vela. Todo ano, no mês de julho, velejadores do mundo todo se reúnem para a tradicional competição da modalidade, a Semana Internacional de Vela.

Vale a pena visitar a ilha nessa época e sentir o clima gostoso que se instala por lá, além da fotogenia da imensidão de veleiros pontuando o mar.

Avançar

O QUE FAZER EM ILHABELA

Trilha até o Bonete

Considerada pelo The Guardian como uma das dez praias mais bonitas do Brasil, o Bonete reserva uma vibe simples, rústica e única, imperdível para os turistas de Ilhabela. É possível chegar lá através de lanchas ou flexboats com agências, mas, se você quiser se aventurar, pode optar por ir a pé pela trilha de 12 km.

A caminhada é cansativa e dura de 4 a 5 horas, mas você é recompensado por paisagens encantadoras, com cachoeiras e uma rica flora e fauna, além de ter uma vista panorâmica incrível ao chegar perto da praia. A agência Maremar faz a trilha guiada por preços a partir de R$ 350 com mínimo de duas pessoas. Caso queira passar a noite, uma boa opção de hospedagem é a Pousada Canto Bravo com diárias desde R$ 190.

Avançar

O QUE FAZER EM ILHABELA

Chegar em Castelhanos num 4×4

Outra das praias de mar aberto que guarda uma beleza singular, Castelhanos tem em seu difícil acesso um ponto positivo, garantindo a preservação local. De 4×4, o caminho de uma hora pela mata traz um contato lindo com a flora local e reserva cachoeiras e mirantes ao fim, além da linda orla de Castelhanos.

O ideal é fazer o trajeto com agências como a Maremar (desde R$ 110), mas se você tiver um 4×4 também pode ir por conta. Em tempo, atente-se aos horários: a ida é das 7h às 14h e a volta só é permitida das 15h às 17h.

Avançar

O QUE FAZER EM ILHABELA

Mergulhar na Ilha das Cabras

É na Ilha das Cabras que está localizado o Santuário Ecológico Submarino de Ilhabela, protegido por lei da caça e pesca submarina desde 1992. Por isso, ali não é difícil encontrar as mais variadas espécies de peixes e outros habitantes marinhos, como tartarugas, estrelas-do-mar , raias e, se tiver sorte, golfinhos e cavalos-marinhos.

A seis metros de profundidade, também é possível ver um recife artificial junto com uma estátua de Netuno, provavelmente resquício de um naufrágio do começo do século XX. Você pode contratar o passeio de mergulho da Maremar por R$ 350 ou alugar seu próprio snorkel e ir nadando até lá desde a praia das Pedras Miúdas – são 100 metros de distância.

Avançar

O QUE FAZER EM ILHABELA

Aula de canoa polinésia

A prática de canoa polinésia é ótima porque, além de exercitar vários músculos, também trabalha cardio e o equilíbrio. Mais do que isso, ainda promove um mergulho na cultura Polinésia e traz uma paz e relaxamento que vão além dos benefícios físicos.

A aula surgiu na ilha com a Base Alpha Ilhabela, cujos instrutores receberam conhecimentos técnicos e culturais do taitiano Nephi Tehiva, especializado no assunto. Antes de começar há uma aula teórica sobre a história e os princípios da prática e, depois, você pode ficar de 15 minutos a uma hora praticando a remada no mar com outras seis pessoas. As aulas acontecem na praia do Perequê por preços desde R$ 120.

Avançar

O QUE FAZER EM ILHABELA

Passeio de observação de aves

Ilhabela tem as dez maiores montanhas insulares do Brasil, com picos que chegam a 1 300 metros de altura, além de área de mangue e 130 km de faixa costeira. Essas características de relevo proporcionam um ambiente ótimo para as aves, e, por isso, não é de se espantar que a ilha reúna mais de 350 espécies, entre elas, o Papagaio-moleiro, eleito a Ave Símbolo de Ilhabela.

passeios guiados especialmente para a observação de aves como o Tiê-sangue e o Tangará desde R$ 150, mas você também pode avistá-las em trilhas de fácil acesso para praias e cachoeiras. Clique aqui para acessar um roteiro com os principais pontos de birdwatching da cidade.

Avançar

O QUE FAZER EM ILHABELA

Experimentar o prato típico caiçara “azul-marinho”

Peixe, banana verde, arroz e pirão feito com o próprio caldo do peixe dão vida ao prato “azul-marinho”, da cultura tradicional da comunidade caiçara de Ilhabela, que encontravam os ingredientes em abundância pela região no passado.

O nome veio pela forma de preparo e pela coloração azul-marinha liberada pelas substâncias durante o cozimento. Vale experimentar a iguaria no restaurante Nova Iorqui, no Sul da ilha.

 

*O Carpe Mundi viajou à Ilhabela a convite da Secretaria de Turismo de Ilhabela em parceria com a Braztoa – Associação Brasileira das Operadoras de Turismo. O conteúdo do post é independente e reflete a opinião da autora e do blog.

<br /><br /><a href=”https://www.carpemundi.com.br/wp-content/uploads/2015/07/18.jpg” xlink=”href” xlink=”title” xlink=”href” data-mce-href=”https://www.carpemundi.com.br/wp-content/uploads/2015/07/18.jpg”><img class=” wp-image-949 aligncenter” src=”https://www.carpemundi.com.br/wp-content/uploads/2015/07/18.jpg” alt=”18″ width=”449″ height=”1240″ data-mce-src=”https://www.carpemundi.com.br/wp-content/uploads/2015/07/18.jpg” /></a><a href=”https://www.carpemundi.com.br/wp-content/uploads/2015/05/foto_jurere.jpg” xlink=”href” xlink=”title” xlink=”href” data-mce-href=”https://www.carpemundi.com.br/wp-content/uploads/2015/05/foto_jurere.jpg”><img class=” size-full wp-image-851 alignright” src=”https://www.carpemundi.com.br/wp-content/uploads/2015/05/foto_jurere.jpg” alt=”foto_jurere” width=”700″ height=”467″ data-mce-src=”https://www.carpemundi.com.br/wp-content/uploads/2015/05/foto_jurere.jpg” /></a>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *