austrália


O que fazer em Adelaide, na Austrália: 6 programas

Capital da região de South Austrália, Adelaide é uma cidade simpática que serve de base para conhecer algumas atrações do sul do país, como a natureza da Kangaroo Island, as ondas da Península Eyre e, mais importante, algumas das melhores regiões vinícolas do país, como Adelaide Hills, Barossa Valley e McLaren Valle. Mas a cidade também tem uma dose, ainda que comedida, de atrações: veja aqui o fazer em Adelaide, na Austrália.

LEIA TAMBÉM: Um giro pela exótica Kangaroo Island
Roteiro de vinhos pelo sul da Austrália

O que fazer em Adelaide, na Austrália:

CURTIR O CENTRAL MARKET

Numa construção do fim do século 19, o mercadão figura mais de 80 bancas, entre verduras e frutas e uma porção de points hipsters de produtores locais: dá para comer bem ali por menos de US$ 20 (uma proeza na Austrália) e sentar nas mesas espalhadas pelo salão entre paredes grafitadas. Tem docinhos e pães no Dough, comida do norte da África no Le Souk, queijos mil no Say Cheese, cozinha coreana no SunMi’s Sushi.

PASSEAR NO JARDIM BOTÂNICO

Para dar inveja a quem vem de cidades tipo selva de pedra, Adelaide exibe áreas verdes por toda parte. Gratuito, o jardim botânico, com 2500 plantas, tem diversas áreas para você relaxar ao sol entre flores, gramados, arbustos, árvores e estufas. Na maior delas (foto ao lado), aliás, veja uma coleção de palmeiras de todos os tamanhos e formas.

COMER CHOCOLATE NA HAIGH’S

O que fazer em Adelaide: porque chocolaterias tradicionais são sempre uma atração (pelo menos pra mim), a Haigh’s está na lista. Aberta em 1915, a Haigh’s fica num prédio histórico inconfundível numa esquina e é a chocolateria familiar mais antiga da Austrália. Entre para provar ao leite, amargo, com amêndoas, aquela coisa.

SUBIR NO ROOFTOP 2KW

O bar fica no oitavo andar de um prédio comercial e tem um lounge amplo com sofás e mesinhas que deixa ver a cidade do alto – apareça no happy hour ou de noite para provar a seleção de cervejas locais ou um drink (o “The 2Kw” é preparado com gin, pêssego e pêra) e quem sabe um pratos de ostras (iguaria da região de South Austrália). Na parte interna há um restaurante que abre para almoço e jantar e serve pratos moderninhos para dividir.

COMPRAR NA RUNDLE MALL

O que fazer em Adelaide: a rua reservada para pedestres congrega dezenas de lojas, entre redes australianas e internacionais e marcas independentes. Além das lojas de sempre (tipo H&M), não perca nomes locais como a Hebe & Co, especializada em maquiagem e produtos de cuidado para pele veganos <3

COMER NO AFRICOLA

É o restaurante mais interessante da cidade, a começar pelo salão pequeno com piso xadrez preto e branco, quadros coloridos nas paredes e luminárias bacaninhas pendendo do teto. Os pratos do menu têm inspirações no norte da África e é focado em pratos vegetarianos, feitos para serem divididos na peça: peça a berinjela crocante, a couve flor temperada (que vem à mesa numa espécie de bolo), o falafel com pão da casa. Também há boa seleção de frutos do mar – os mexilhões e as sardinhas com alcaparras são saborosíssimos.

*O Carpe Mundi foi a Adelaide a convite do Tourism Australia. O conteúdo do post reflete apenas a opinião da autora.

Há 1 comentário para “O que fazer em Adelaide, na Austrália: 6 programas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *