planejamento


Como ter internet móvel no seu celular no exterior

Em alguns destinos no exterior, vale muito a pena ter internet no celular o tempo todo e não depender só do wi-fi do hotel e dos restaurantes.

LEIA TAMBÉM: Stopover: aéreas oferecem dois destinos pelo preço de um
Dicas de ouro pra alugar apartamento no Airbnb e outros sites
16 sites essenciais pra planejar sua viagem

POR QUE TER INTERNET NO CELULAR NO EXTERIOR?

Quem nunca ficou na rua desesperado procurando um wi-fi? Ter internet móvel te livra desse perrengue. E evita que você tenha que planejar tudo o que vai fazer no dia meticulosamente antes de sair do hotel, porque, qualquer problema, o senhor Google está lá. Aqui, algumas razões:

– Não depender de mapa de papel.

– Poder usar apps como Google Maps e City Mapper pra saber que metrô ou ônibus usar.

– Encontrar um restaurante bacana quando você está na rua – e não cair em pega-turistas.

– Poder usar apps que dependem de internet, como o Uber e o Trip Advisor.

– Ver o horário de funcionamento de um museu ou loja pra não dar com ele fechados.

– Poder fazer ligações gratuitas a qualquer hora de apps como Whatsapp e Skype.

– Usar o GPS em viagens de carro.

– Poder postar fotos nas redes sociais em tempo real.

EM QUE DESTINOS EU PRECISO DE INTERNET NO CELULAR?

Se você vai pra Machu Picchu, o Deserto do Atacama ou a um safári na África, o wi-fi do hotel dá conta da conectividade que você vai precisar. Ter 4G fora é mais importante pra destinos urbanos, pois te ajuda a explorar melhor a cidade, em destinos exóticos onde o wi-fi é ruim (no Laos, por exemplo, comprar o chip meu salvou) e em viagens de carro, pela possibilidade de rapidamente dar um Google em “parada entre Lisboa e Porto” ou “restaurante em Alcobaça”  ou “hotel em Coimbra” no caminho sem ficar maluco buscando wi-fi de algum lugar. Em tempo: hoje é possível encontrar carros alugados com wi-fi, mas ainda é coisa rara. Para GPS, o Google Maps agora também funciona na função offline (mas não muito bem, vale dizer) e o maravilhoso app Maps.me permite que você faça download do país em que está e calcule descolamentos offline. Mesmo assim, ter internet móvel ainda vale a pena.

sim cards

COMO TER INTERNET NO CELULAR NO EXTERIOR:

ROAMING INTERNACIONAL

Pra clientes com planos pós-pagos, o serviço já começa a funcionar automaticamente uma vez que você aterrissa no destino. Para pagar menos, ligue na operadora antes da viagem para ativar pacotes: elas oferecem combos de internet + ligações com um preço fixo.  É o jeito de você manter seu número do Brasil, se precisar muito, mas vale dizer que quase nunca os pacotes valem a pena. Veja aqui as tarifas de Vivo, TIM, Claro e OI.

CHIP PRÉ-PAGO INTERNACIONAL

São chips que funcionam em múltiplos países (cheque a cobertura antes de comprar), de operadoras virtuais (que não tem o próprio sinal e sublocam o de outras no país em que estão). São vendidas por empresas como a Easy Sim 4 U, a Travel Mobile, a Chip Viagem e a Go-Sim, algumas delas com atendimento em português. Você escolhe o plano que quer, compra pela internet e recebe o chip em casa pelo correio. Também são comumente vendidos em aeroportos. A vantagem aqui é que você não precisa comprar outro chip pra mudar de país e já sai do Brasil com seu chip, sem ter que se preocupar em encontrar uma loja quando chegar no seu destino. Porém, salvo as opções para os Estados Unidos, que costumam ter valores menores, os preços são salgadíssimos. Com algumas operadoras é possível manter o chip para próximas viagens por até um ano; em outras isso só é possível se você fizer recargas mensais no chip (o que só faria sentido para quem viaja a trabalho todo mês, por exemplo). Se for um viajante frequente, pergunte. Aliás, use e abuse do atendimento em português para tirar todas as dúvidas antes de comprar.

CHIP PRÉ-PAGO DE OPERADORA LOCAL

Funciona assim: você chega no destino e procura lojas de operadoras de telefonia locais – há várias nos aeroportos e estações de trem. Peça então um SIM CARD (quase ninguém chama o cartão de chip fora do Brasil) pré-pago. Eles vão ter algumas opções de planos, que podem incluem ligações internacionais, locais, SMS e dados – você decide de acordo com sua necessidade. Você pode já inserir o cartão na própria loja e em segundos ele está funcionando – o vendedor sempre ajuda nesse processo. Você recebe um número local pra usar – o que significa que pra usar seu número brasileiro durante a viagem você vai ter que ficar trocando de chip. O preço é extremamente vantajoso, mesmo que você só vá usar o cartão por alguns dias. E, além da internet móvel, você ainda compra uns pacotes de ligações internacionais super em conta. Só lembre-se que toda vez que mudar de país vai ter que comprar um cartão novo, mesmo que seja a mesma operadora.

*ATUALIZAÇÃO: Desde junho de 2017 não é mais cobrado roaming internacional entre os 28 países membros da União Europeia (mais Noruega e Islândia, que também aderiram; Turquia e Suíça estão fora). A resolução é muito vantajosa para viajantes: agora você pode comprar um único chip pré-pago e usar em todos esses países.

COMO SABER QUE EMPRESAS DE TELEFONIA PROCURAR EM CADA PAÍS?

Este site tem uma lista completa das operadoras no mundo todo. Veja aqui alguns exemplos:

Argentina: Movistar

Chile: Claro
Portugal: VodaphoneMEO
Alemanha: O2 e Blau

Espanha: Vodaphone e Orange
Inglaterra: O2
Estados Unidos: AT&T e T-Mobile
França: Orange e SFR

Tailândia: True Move
Grécia: Vodaphone
Itália: Vodaphone
Turquia: Vodaphone

Dicas importantes:

– Quando você insere um novo chip, o WhatsApp te pergunta se você quer trocar de número ou manter o seu do Brasil.

– Se a operadora diz que os dados são ilimitados, pergunte antes de comprar se há redução de velocidade depois de um tempo. Vale tanto para chips locais quando para internacionais.

– Pergunte também se o chip tem a função roteador, que permite usar o acesso pessoal do seu celular e assim compartilhar a internet seus companheiros de viagem (só tenha em mente que isso drena a bateria do celular e os dados também, obviamente).

Apoio: NET Virtua

Há 5 comentários para “Como ter internet móvel no seu celular no exterior

  1. Olá Betina, primeiramente parabéns!! Estou adorando tudo que vc escreve! Me tira uma dúvida? Não posso ficar com o meu número do Brasil desligado, então pensei em levar um segundo aparelho de celular, colocar o chip do local e rotear a internet para o meu… vc acha q vai funcionar? Eu preciso do meu pq o meu Google Maps esta todo marcadinho com os pontos turísticos que quero conhecer em cada cidade…
    Desde já muito obrigada

    Bj
    Purpurine

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *