méxico


Dois hotéis incríveis no Valle de Guadalupe, região de vinhos do México

Esticada esperta da sua road trip pela Califórnia, o Valle de Guadalupe, no estado da Baja California, no México (bem pertinho de San Diego), entrou na rota do turismo com hotéis bacanérrimos e vinícolas e restaurantes de alta qualidade. Veja aqui dois hotéis no Valle de Guadalupe que representam bem a cara do lugar.

LEIA TAMBÉM: Conheça o Valle de Guadalupe, a capital do vinho no México

Tijuana, na fronteira dos EUA com o México, está com outra cara
Os destaques da Baja California, da melhor vinícola às praias famosas

HOTÉIS NO VALLE DE GUADALUPE

Encuentro Guadalupe (diárias desde US$ 380)

hotel-encuentro-guadalupe

Quem olha de longe fica curioso com a arquitetura do lugar, que impressiona a primeira vista – e a segunda, terceira e quarta. Entre os melhores hotéis no Valle de Guadalupe, as instalações do Encuentro foram construídas em harmonia com as montanhas, para que não se interfira na natureza do local. Inaugurado em 2012 com a intenção de trazer luxo consciente para a região, os empresários e idealizadores, Alfredo Acosta e Juan Yi, focaram na ideia de um “anti-resort”, onde hóspedes pudessem imergir na paisagem da região de maneira casual e autêntica. No total, são 22 eco-lofts e uma eco-villa, todos suspensos nas montanhas e a pelo menos 40 metros um do outro.

Quem reservar a eco-villa ganha uma verdadeira casa, toda envidraçada, com três varandas, cinco quartos, cozinha, sala de jantar, duas lareiras… é possível hospedar até dez pessoas e ter mordomias de hotel para todos, como chef e massagistas. O loft, assim como a recepção e as áreas comuns, é minimalista, decorado com tons brancos e com poucos móveis. Na janela, a vista para as vinícolas do Valle de Guadalupe não tem fim, e é possível passar uma manhã inteira vendo o sol nascer da cama. Há também uma varanda para cada quarto, com fogueira.

Um dos pontos mais bonitos do hotel é a bela piscina infinita e a paisagem montanhosa ao redor. Há um bar-restaurante no local, que pode servir os hóspedes enquanto curtem o sol. Aliás, não é preciso se preocupar com gritarias ou agitos dos outros viajantes, pois o hotel veta a entrada de menores de 13 anos; é, de fato, um local para casais ou grupos de amigos. À noite, a melhor pedida é provar o menu degustação do restaurante interno Origen, com pratos contemporâneos deliciosos e ingredientes locais. Para parear, não deixe de pedir os vinhos lá produzidos. A degustação de vinhos da vinícola própria ocorre todos os dias num local exclusivo do hotel.

HOTÉIS NO VALLE DE GUADALUPE

Cuatro Cuatros (diárias desde US$ 185)

cuatro-cantos-por-sol

É um representante da moda dos “glamping” (camping + glamour). São acampamentos de luxo unem o melhor de dois mundos: a informalidade e proximidade com a natureza de um acampamento e as regalias de um hotel, como chuveiro, aquecimento e limpeza diária de quarto. No Cuatro Cuatros, não é diferente. E o melhor: o lugar é rodeado por praias, montanhas e muitos vinhedos, já que o hotel é integrado a uma vinícola homônima. O wi-fi quase não pega por lá, o que convém para quem quer se desligar num dos mais bacanas hotéis no Valle de Guadalupe.

São 19 tendas espaçosas, suspensas por deques de madeira, que te recebe com uma varanda fofa, decoração caprichada e chuveiro envidraçado que permite tomar banho olhando o visual lá fora. Durante a noite, a lareira da tenda é acesa e um clima delicioso se espalha pelo quarto.

O restaurante do hotel oferece um menu à la carte que mescla culinária tradicional mexicana com os sabores locais, influenciado pela proximidade com o mar. Queijos frescos, frutas típicas de Baja California, tortillas assadas na hora, diferentes tipos de feijões e molhos dão o tom do cardápio. O complexo do hotel conta também com o Bar Bura, localizado no topo da propriedade e que rende vista de babar da praia. Vale visitá-lo para um drink à tarde! O Cuatro Cuatros foca bastante em atividades para os hóspedes, e opções são o que não faltam. A parceria com a empresa Desert Nest possibilita passeios à cavalo pelas praias e montanhas, aventuras de tirolesa, visita a centros de cultivo de oliveiras, dentre outros. É só pedir para a recepção marcar.

cuatro-cuartos-glamping

*O Carpe Mundi viajou à Baja California a convite do órgão de turismo mexicano. O conteúdo deste post é independente e reflete apenas a opinião da autora.

A autora

Amanda Saviano

Amanda Saviano

Colaboradora do Carpe Mundi, já viveu na Califórnia, estudou cinema em Nova York, calibrou o espanhol no Chile e na Espanha e varou a Europa. Se pudesse, passava uma temporada em cada grande metrópole do mundo. Mais dicas no amandAqui.


Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *