lua de mel


Todas as suas dúvidas sobre a viagem de lua de mel respondidas

Embarcar em uma viagem de lua de mel vai muito além da escolha do destino pra se curtir a dois.

Viagem de lua de mel: 36 destinos pra você conhecer a dois

Lua de mel: por que embarcar rumo às Ilhas Maurício

TUDO SOBRE A VIAGEM DE LUA DE MEL

QUANDO COMEÇAR A PESQUISAR?

Como qualquer viagem, a lua de mel requer planejamento – só que a mais. Afinal, estamos falando das férias que marcam o início oficial da vida a dois. Se forem fechar o roteiro com uma operadora, o ideal é que comecem a pesquisar tudo em torno de oito meses antes do embarque e contratem o serviço com seis meses de antecedência. Por conta, tem de ser mais cedo ainda: montar uma viagem romântica não é tão simples assim e, quanto mais em cima da hora ficar, mais caro será.

LEIA TAMBÉM: Barbados: o Caribe mais perto da gente com voos por menos de R$ 1 500
Cancún, Playa del Carmen e Tulum: tudo o que você precisa saber
Melhor época para ir à Tailândia e outros países do Sudeste Asiático, mês a mês

POR CONTA OU COM PACOTE? (veja mais aqui!)

Viajar por conta sai quase sempre mais barato que comprar um pacote, mas há exceções, como as viagens pra resorts do Nordeste ou aéreos para o Caribe – destinos onde as operadoras têm acordos com hotéis e companhias aéreas, garantindo os bons preços. Na viagem de lua de mel, pode valer a pena pender para essa opção, um investimento justificável numa fase marcada pela tensão pré-casório. Os pacotes resolvem a vida dos noivos durante os dias fora de casa e as operadoras têm sempre descontos e amenities especiais para os recém-casados. Existem desde roteiros prontos e fechados a viagens totalmente personalizadas, com espaço para as preferências do casal. A Sonhos A2 e a Be Happy são especialistas em viagens românticas, enquanto a CVC, a maior operadora do Brasil, tem opções mais em conta.

DÁ PRA PEDIR A LUA DE MEL DE PRESENTE?

Morar junto antes do casamento tem se tornado cada vez mais comum entre jovens casais e vem lá com suas vantagens: os noivos, que já têm casa e cozinha mobiliadas, podem pedir a própria lua de mel como presente e ir viajar quase que de graça. Casais que ainda precisam montar um lar também podem considerar a alternativa, mas, na maioria das vezes, acaba sendo mais econômico pagar a viagem do bolso e receber os móveis, eletrodomésticos e eletrônicos como presentes. Listas de lua de mel podem ser criadas com empresas como a Zankyou, que monta um mapa do roteiro e disponibiliza cotas personalizadas dos itens da viagem (como passagens aéreas, diárias em hotéis e passeios), assim os convidados podem escolher se preferem presentear o casal com uma noite em um hotel de luxo, um jantar estrelado ou um mergulho com cilindro, por exemplo. O iCasei e a Loja dos Noivos também oferecem o serviço. Já quem optar por um pacote de viagem pode usufruir da lista de lua de mel da própria operadora (hoje em dia, as principais têm a opção à disposição dos noivos).

LEIA TAMBÉM: Praias da Jamaica e tudo o que você quer saber sobre a ilha caribenha do reggae

AS VANTAGENS DOS RECÉM-CASADOS

Sempre vale informar o recepcionista do hotel, o comissário de bordo e até mesmo o garçom do restaurante que vocês estão em uma viagem de lua de mel: nunca se sabe quando um upgrade ou uma cortesia pode rolar. Pesquisas indicam, inclusive, que os recém-casados são os candidatos mais propensos a upgrades no voo.

QUANDO EMBARCAR?

Direto da cerimônia? No dia seguinte? Uma semana depois? Após meses de ansiedade, a viagem de lua de mel vem como um grande respiro para os noivos, mas vale esperar alguns dias após a festa para embarcar rumo ao paraíso – sem ressaca, sem cansaço e sem correria. Viajar muito tempo depois do casamento vem com menos encanto, mas é uma boa forma de economizar entre a festa e as férias. Tá certo que, na teoria, é lindo partir do evento ao aeroporto, mas isso é só na teoria. Já quem não faz festança pode cogitar a opção e seguir do cartório para o avião.

LEIA TAMBÉM: 15 sites pra planejar sua viagem: a lista definitiva!
Havaí: descubra por que ficar no North Shore de Oahu
O que fazer na Serra Gaúcha: um roteiro de 3 dias pelo melhor da região

DÁ PRA CASAR NO EXTERIOR?

Sem dúvidas. Cada vez mais e mais casais estão aderindo às uniões fora de casa. Se essa for a ideia, lembrem-se de eleger um destino avaliando os prós e os contras disso – a probabilidade dos familiares e amigos estarem presentes na cerimônia é maior no Nordeste do que no Tahiti, por exemplo, e casar no Brasil é bem mais simples do que enfrentar os trâmites de trocar alianças no exterior, onde as leis são outras. O casório pode ser simbólico e rápido ou até se estender por um fim de semana, com diversos eventos. E não pense que só quem nada no dinheiro pode arcar com os custos: é, em geral, bem mais barato trocar a festa por uma viagem com cerimônia – arcando ainda com os custos de pelo menos uma dezena de convidados.

COMO ESCOLHER O DESTINO?

Praia, deserto, selva, neve, cidade grande ou cidade pequena? Calor ou frio? Antes de mais nada, respondam a si mesmos a seguinte pergunta: que tipo de viajantes vocês são? O segundo passo é pesquisar sobre a melhor época para visitar cada lugar. Depois, é hora de tornar o sonho possível: a viagem cabe no bolso? Por fim, bon voyage!

LEIA TAMBÉM: Alugar carro no exterior: todas as suas dúvidas resolvidas!
Os melhores sites pra aluguel de temporada (não tem só Airbnb!)
Sites confiáveis pra ler resenhas de hotéis além do Trip Advisor
Ainda não planejou seu ano-novo? 8 dicas pra fazer uma viagem mais barata
Feriados de 2016: veja pra onde ir viajar

Há 3 comentários para “Todas as suas dúvidas sobre a viagem de lua de mel respondidas

  1. Pingback: 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *