A região de Porto Seguro, na Bahia, tem uma extensão de areia para ninguém colocar defeito. São cerca de 85 km de praia com muitas falésias, águas cristalinas e recifes de corais. É por isso que a cidade é servida de um aeroporto com voos diários das mais importantes capitais do Brasil.

COMO CHEGAR EM TRANCOSO

É de lá que chegam os voos para os interessados a conhecer Trancoso (a 77 km de distância), uma pequena vila charmosa ao Sul, onde o número de turistas já supera a população durante o verão, mas, ainda assim, não deixa de esbanjar a cultura pacata, terra de pescadores, hippies e caiçaras.

LEIA TAMBÉM: 15 passeios e experiências incríveis em Trancoso

Se você está planejando uma viagem para Trancoso, confira aqui nosso guia completo da região

O vilarejo que hospeda o famoso Quadrado de Trancoso, um casario colorido famoso das fotos de Instagram, é um destino que – apesar de pequeno – é repleto de muitas praias que já entraram em listas de melhores faixas de areia do Brasil, e é por isso que vale cada quilômetro percorrido. Aqui, damos dicas e opções de como chegar e circular pela região. 

COMO CHEGAR EM TRANCOSO

O aeroporto mais próximo de Trancoso fica em Porto Seguro, a 77 km de distância dali. Os voos que chegam em Porto Seguro tem preços que começam na faixa de R$ 400 ida e volta (simulação a partir de São Paulo), em dias normais, com duração de aproximadamente 1h40. Atente-se para feriados e datas comemorativas como o Réveillon, quando a passagem chega fácil nos R$ 2 mil. Para quem tem alguns milhas guardadas, a viagem para Trancoso pode ser uma boa opção para usá-las:

Viajar para Trancoso de milhas:

LATAM – aproximadamente 12 mil milhas ida e volta em tarifa promocional com voos saindo de São Paulo
GOL – aproximadamente 19 mil milhas ida e volta com voos saindo de São Paulo
AZUL – aproximadamente 38 mil milhas ida e volta com voos saindo de São Paulo

Ao chegar lá, são quatro opções de locomoção do aeroporto até o povoado: carro alugado, táxi ou uber, ônibus e van. Uma balsa separa Porto Seguro de Arraial d’Ajuda e Trancoso, o que torna o trânsito entre os dois destinos um pouco mais complicado, principalmente durante as férias e feriados, que costuma lotar.

A BALSA

Do aeroporto até a balsa são cerca de 10 minutos, e ir a pé não é uma opção. Ela sai de 30 em 30 minutos (ou até lotar) e leva 7 minutos pra travessia e tem custo flexível para cada situação – valores abaixo; 

EM DIAS ÚTEIS

R$ 19 por automóvel + R$ 8,50 por adicional de pessoa no carro. Para motocicletas o valor é de R$ 11 e passageiro a pé, R$ 5.

Atenção: na volta, de Arraial para Porto Seguro, turistas a pé não pagam nada.

AOS DOMINGOS, FERIADOS E DAS 22H ÀS 6H EM DIAS ÚTEIS

R$ 23 por automóvel + R$ 11,60 por adicional de pessoa no carro. Para motocicletas o valor é de R$ 14, turista a pé mesmo preço de R$ 5.

balsa-trancoso

COMO CHEGAR EM TRANCOSO

CARRO ALUGADO

Como chegar em Trancoso: se você quer fazer seu próprio horário, ter mais dinamismo e segurança já saindo do aeroporto, alugar um carro é a opção que vai funcionar melhor. Com a Porto Seguro Rent a Car, as diárias custam a partir de R$ 85 em um Kwid manual. Os carros são novinhos, com frotas de no máximo dois anos de uso e motores flex, variando dos básicos aos 4×4.

PORTO SEGURO RENT A CAR

A Porto Seguro Rent a Car foi a escolha do Carpe Mundi para a viagem a Trancoso. O stand fica logo na frente da saída de desembarque de Porto Seguro (quase impossível não ver o toldo laranjinha) e o serviço pré-viagem pode também ser feito via Whatsapp, o que ajuda a tirar as dúvidas e desburocratizar um pouco o atendimento, mas ainda assim mantendo a qualidade.

Atenção: se optar por alugar o carro, é bom conferir se seu hotel tem estacionamento incluso.

Existem duas opções de caminho para quem está de carro: balsa + estrada ou apenas a estrada. A balsa, como comentei acima, sai de 30 em 30 minutos, e o caminho no total acaba levando cerca de 1h30. Só pela estrada, um tanto quanto sinuosa, leva-se 30 minutos a mais, mas acaba sendo mais prático e rápido, especialmente na alta temporada e nos feriados, quando as filas da travessia são longas. O acesso à estrada é pelo Trevo de Eunápolis, na BR-101. Pegue a BR-367 e siga por 34 km até a saída para a BA-001, onde por mais 50 km chega-se a Trancoso. As placas em ambos os caminhos são boas aliadas na locomoção.

Dica: é indicado a usar o Google Maps para locomoção, uma vez que o Waze pode falhar um pouco pelas estradas de terra.

Ônibus

Ir de ônibus é relativamente simples, mas antes é necessário pegar um táxi até a balsa e fazer a travessia como pedestre (R$ 5). Chegando em Arraial D’Ajuda, vai encontrar o stand da Viação Águia Azul, que tem veículos saindo de hora em hora e valores a partir de R$ 11 – os ônibus circulam entre 6h e 18h40; CONTATO: 71/3575-1170.

Táxi ou Uber

O custo para cobrir toda a distância de Porto Seguro até Trancoso com táxi ou Uber é um pouco salgado – o táxi da CoopPorto (Cooperativa de Taxi de Porto Seguro) fica entre R$ 150 e R$ 250 o trecho dependendo da época do ano. A desvantagem é que, chegando na pousada, a locomoção fica limitada para os arredores.

Vans particulares

Como chegar em Trancoso: é a opção para quem fecha pacotes com agências de viagem ou está com um grupo grande de pessoas. Se a van não está inclusa no pacote, e, ainda assim, achar que é a melhor opção, opte por contratar uma cia credenciada, como a Amaral Tur, referência por lá. Valores a partir de R$ 240.

Dica: a saída para economizar no transfer é ir de táxi até a balsa (cerca de R$ 10), atravessar a pé (R$ 5 por pessoa) e depois pegar outro táxi ou transporte público para Trancoso.

COMO SE LOCOMOVER PELAS PRAIAS DA REGIÃO

Como circular por Trancoso e região de carro

Se o seu objetivo for conhecer o máximo que Trancoso e arredores tem a oferecer, o aluguel de carro é a melhor opção, tendo em vista que os táxis são caros e demorados, somado ao fato de limitarem a locomoção. Mas como nem sempre isso é possível, você também pode contar com a ajuda dos serviços de transporte na região, como táxi, moto táxi e ônibus e, claro, longas caminhadas pelas faixas de areia (leia mais abaixo sobre).

aluguel-de-carro-bahia

VOCÊ DEVE ALUGAR UM CARRO SE:

Não gosta de andar pra lá e pra cá com muitas ladeiras e em estradinhas de terra;

Gosta de praticidade e agilidade, fazer as coisas no seu tempo;

Quer conhecer lugares mais afastados;

Está com um grupo entre 4 e 5 pessoas;

Quer evitar perrengues como maré muito alta, sol a pino, sem serviço no celular ou fadiga pós praia em caso de voltar a pé.

E VOCÊ DEVE LEVAR EM CONSIDERAÇÃO QUE:

A maioria das praias, principalmente as mais afastadas do Quadrado, não tem muitas vagas;

Em alguns casos, é preciso deixar o carro nos estacionamentos dos restaurantes ou pousadas. Até mesmo nas praias com espaço, os guardinhas cobram um preço médio de R$ 20 – adicione isso aos gastos finais;

As estradas, no geral, não são boas. Quase não são asfaltadas, então é preciso ir devagar e sempre fica atento aos buracos para não correr o risco de furar pneu, ficar atolado ou sofrer algum acidente.

Para quem esta de carro, conhecer a Praia do Espelho ou Caraíva, também são opções a serem incluídas no roteiro sem ter um gasto tão maior de locomoção. São 24 km a partir de Trancoso até o Espelho (cerca de 40 minutos de viagem), em estradas de terra bem esburacadas – a praia possui alguns estacionamentos tanto em propriedade privadas, pousadas, quanto quase à beira-mar e todos têm o custo de R$ 20, recomendo estacionar na Pousada Recanto do Espelho. Pra quem quer ir pra Caraíva (cerca de 20 minutos a mais de estrada depois do Espelho via Estrada de Trancoso), todas as rotas chegam a Nova Caraíva, onde você vai estacionar o carro (preços a partir de R$ 20) e atravessar o rio de canoa (R$ 5 por pessoa). Do outro lado do rio, a locomoção é a pé ou com charrete.

Como circular em Trancoso e região a pé e de bike

bicicleta-trancoso

Para quem não tem pretensão de ir muito longe, vai ficar hospedado perto do Quadrado (onde estão principais restaurantes, lojas e serviços) e quer se instalar em apenas uma praia (como a dos Nativos ou a dos Coqueiros), uma opção é investir nas caminhadas ou passeios de bike. O vilarejo, de fato, é pequenininho, e suas faixas de areia ao sul do Rio Trancoso (a Praia dos Nativos, Praia dos Coqueiros e também a Praia do Rio Verde) podem ser desbravadas sequencialmente a pé, mas é bom ficar atento à maré e ao sol a pino. Há de se pensar que após um longo dia debaixo do sol, o corpo fica mole e bate aquela preguiça de voltar para a pousada a pé. 

Nossa dica de hospedagem é a Pousada Mata N’Ativa, leia mais sobre ela aqui.

Atenção: de noite, as ruas entre a Praia do Rio Verde até o Quadrado de Trancoso não tem iluminação, portanto pode ficar um pouco amedrontador voltar caminhando sozinho – mesmo sendo um lugar bem tranquilo.

Como circular em Trancoso e região de mototáxi, táxi e transfer

Se o carro não está dentro do seu orçamento, táxi e moto táxis podem quebrar o galho de vez em quando. Os mototáxis (CONTATO: 73/3668-2270) são bastante eficientes, especialmente em trajetos mais curtos como subir pro Quadrado da Praia dos Nativos (tem uma ladeirinha bem cansativa) e são facilmente localizados nas faixas de areia – nesse trajeto a viagem fica em torno de R$ 10. Já os táxis são uma alternativa para trajetos longos, se você quiser dar um pulo na Praia das Tartarugas, por exemplo, ou até mais distante, como a Praia do Espelho. O sinal nas praias é muito fraco, e os pontos de táxi não são dos mais estratégicos, por isso, combine com o motorista o horário do retorno ou anote o número do taxista para chamá-lo na volta. 

LEIA MAIS SOBRE ROTAS EM: Praia do Espelho (BA): como chegar, quando ir e o que fazer – entre as mais lindas do país!
7 praias para conhecer em Trancoso e seus arredores

+ TRANSFER

Se estiver com um grupo grande (mais de cinco pessoas), um pacote de transfer para regiões como a Praia do Espelho e Caraíva pode sair mais em conta. Geralmente as vans partem pela manhã e tem uma viagem de cerca de 1h até o Espelho. Os passeios em grupo com a Trancosotour tem preços a partir de R$ 65 por pessoa, com saída às 8h e retornando às 15h30.

Pietra Palma

Estudante de jornalismo e aspirante a viajante profissional aqui no Carpe Mundi. Férias, feriados e finais de semana são sempre oportunidades para conhecer uma nova cultura, um novo lugar, um novo espaço. Gosta de colecionar momentos e pedaços desses caminhos através da escrita e acredita que uma boa viagem tem o poder de reanimar a alma.

Deixe seu comentário

voltar ao topo