Frequentemente apelidada de “Veneza de Portugal” por também ser cortada por canais, Aveiro nem sempre aparece nos roteiros turísticos clássicos. Mas essa pequena cidade a 60 km de Coimbra e 75 km do Porto é uma paradinha adorável para a sua road trip em Portugal. Ir a Aveiro é sinônimo de passear por canais em um barco “moliceiro”, visitar salinas, comer doces típicos irresistíveis e andar de bicicleta por suas ruas tranquilas cheias de história. 

Neste post, selecionamos os principais programas de Aveiro, Portugal, com dicas de transporte, restaurantes e hospedagem. 

LEIA TAMBÉM: Cascais e Sintra: bate-voltas clássicos desde Lisboa

Roteiro Portugal: duas ideias infalíveis para 15 dias

Como chegar em Aveiro, Portugal

Por estar na rota entre Lisboa e Porto, Aveiro é uma cidade de fácil acesso. Há diversas maneiras de ir à cidade, tanto de transporte público como alugando um carro. Na RentCars, um carro econômico sai por aproximadamente R$ 110 a diária. Os bilhetes de trem podem ser adquiridos pelo site Comboios de PortugalBônus: indo de trem, você desembarca na bela Estação de Comboios de Aveiro, um belo edifício todo decorado por azulejos.

Como chegar em Aveiro a partir de Lisboa

São 254 km, uma viagem de 2h30. Se estiver de carro, pegue a rodovia A1. Há cobrança de pedágio. Para ir de trem, saia da estação Santa Apolónia ou Oriente. A passagem direta de um trem IC (intercidades), sem baldeação, custa € 21. Comprando com antecedência, você consegue desconto de até € 13. 

Como chegar em Aveiro a partir de Porto

Os 75 km que separam as duas cidades podem ser percorridos de carro em 45 minutos, também pela rodovia A1, com cobrança de pedágio. De trem, a viagem dura aproximadamente uma hora e a passagem custa € 3,55 cada trecho, saindo da estação Campanha. 

Como chegar em Aveiro a partir de Coimbra

Pela rodovia A1, a distância de 63 km pode ser percorrida em 50 minutos. Para ir de trem, a passagem custa € 5,35 (cada trecho). 

estacao-comboios-aveiro-portugal

O que fazer em Aveiro, Portugal

barcos-moliceiros-aveiro-portugal

Andar nos barcos moliceiros pela ria 

Por conta de sua localização, Aveiro sempre teve uma forte conexão com o mar, sendo um importante porto durante a Idade Média. A cidade é cortada por uma “ria”, um canal de água formado pelo recuo do mar. Um dos principais programas é andar nos barcos moliceiros, que levam esse nome pois eram usados para apanhar moliços, uma espécie de alga fertilizante – daí vem o apelido de Veneza portuguesa.

O passeio nos moliceiros dura 45 minutos e custa aproximadamente € 10. Na Praça Humberto Delgado, há diversas empresas que prestam o serviço. Você pode adquirir o bilhete na hora e já embarcar. Durante o trajeto, você passará por diversas pontes – uma delas é Ponte da Amizade, cheia de fitas coloridas. Uma brincadeira local é que são usadas fitas e não cadeados (como é feito em outras cidades europeias) porque elas são mais fáceis de cortar e, portanto, romper a amizade ou relacionamento.  

Experimentar os doces típicos 

Outro marco de Aveiro, Portugal, são seus doces típicos. Os mais conhecidos são os ovos moles, feito com gemas e açúcar e moldados em formato de peixes, conchas e outros elementos marinhos (não, eles não têm gosto de ovo). São vendidos em todas as “pastelarias” e podem ser levados para casa, já que não precisam de refrigeração e duram até 15 dias.

Um doce com nome estranho mas que faz bastante sucesso são as tripas de Aveiro, semelhantes a crepes. A comparação com o doce francês não agrada muito seu criador, o Zé da Tripa: “os franceses têm tendência a chamar-lhes crepes, os ingleses confundem-nos com wafers, mas tripas são tripas”. Há diversos recheios possíveis. Para uma experiência genuinamente aveirense, experimente as tripas com recheio de ovos moles. 

Onde comer ovos moles em Aveiro? 

Um dos lugares mais tradicionais é a Confeitaria Peixinho, em frente à Praça Humberto Delgado. O lugar existe desde 1856 e é uma referência por ser a mais antiga doçaria de ovos moles. Lá, você também encontra as raivas de Aveiro, um biscoito amanteigado que lembra pretzels contorcidos. Já para as tripas, vá à Têzero, seguindo pela Rua Clube dos Galitos, paralela à ria. 

Cozinhar na Oficina do Doce

Uma experiência única para conhecer a fundo os ovos moles de Aveiro é fabricando-os na Oficina do Doce, em um workshop. É preciso reservar no site primeiro. Há disponibilidade aos sábados e domingos e o custo da reserva é de € 3,25 para um adulto. 

Descansar e tirar fotos no Jardim do Rossio

Ao lado da Oficina do Doce, na Rua João Mendonça, está o Jardim do Rossio. Com uma vista privilegiada para a ria, o lugar é ótimo para tirar fotos com a paisagem aveirense ao fundo. É bom também caso você queira dar uma pausa e aproveitar para tomar um sorvete, por exemplo. 

Pedalar de BUGA

A BUGA é a Bicicleta de Utilização Gratuita de Aveiro. Como a cidade é bem plana, andar de bicicleta é um dos meios mais fáceis e legais de se locomover. Para pegar uma BUGA emprestada, basta ir até o Mercado Manuel Firmino e deixar um documento de identificação. As bicicletas podem ser usufruídas até às 19h. 

buga-bicicleta-aveiro-portugal

Observar os edifícios de Art Nouveau

Aveiro é uma cidade fortemente influenciada pelo Art Nouveau, um estilo artístico marcado pela exuberância e graciosidade, pelas formas ondulantes e pela inspiração na natureza. Por isso, os prédios mais antigos todos apresentam essas características da chamada Arte Nova. É possível, inclusive, fazer uma rota específica de Art Nouveau na cidade, observando certos prédios icônicos. 

Você também pode conhecer o Museu de Arte Nova para entender melhor esse estilo artístico. O custo para visitação é de € 2. Por esse valor, está incluído também o Museu da Cidade. Aproveite para conhecer a Casa do Chá no interior do Museu de Arte Nova e tomar um lanche rápido. De noite, o local se transforma de um bar animado, com música ao vivo aos finais de semana. 

edificio-art-nouveau-aveiro-portugal

Visitar o Museu de Aveiro

Construído em um convento do século 15, o museu é conhecido por abrigar o túmulo da princesa Santa Joana, que estudou no convento e se dedicou à vida religiosa ainda nos anos 1450. Os espaços internos do museu, como a Igreja de Jesus, são marcados pela arte barroca, com ornamentos dourados. Há também uma grande presença de azulejos. O Museu tem um grande acervo de arte sacra. Em frente à ele, está localizada a Estátua da Princesa Santa Joana, considerada a padroeira de Aveiro. 

Fazer uma visita guiada nas Salinas de Aveiro

Nem só de doces vive Aveiro. Na verdade, a produção de sal da cidade representa uma boa parte de sua história. Por ser um elemento muito apreciado antigamente para conservar os alimentos, o sal marcou economicamente a história do local. Hoje, são feitos muitos produtos à base de sal, desde cosméticos a temperos diferenciados.

salinas-aveiro-portugal

Para conhecer melhor sobre as Salinas de Aveiro, faça uma visita guiada. O ingresso custa € 4 (inteira) e o tour dura 1h. Na época de produção do sal, você consegue ver os “marnotos” – os operários das salinas – trabalhando. Há, inclusive, a possibilidade de tomar um banho salgado nas salinas, também por € 4. Veja todas as opções no site

Passear pelo Parque Infante Dom Pedro

Também chamado de Parque da Cidade, foi construído na antiga propriedade dos frades franciscanos. Esse espaço natural de Aveiro é cheio de arte, com painéis de azulejo e um coreto em Art Nouveau. Lá, você consegue tirar fotos bem legais já que o parque é bem colorido, cheio de flores, com destaque para a Avenida das Tílias e para o pergolado com bouganvilles. 

Fazer compras no Fórum de Aveiro

Um espaço comercial a céu aberto, o Fórum de Aveiro não tem tantas lojas assim, mas é um point simpático para compras no centro da cidade. O legal dele é que há um compromisso com a política ambiental, que pode ser percebido pela pegada mais sustentável do espaço. Além de receber grande parte da iluminação natural, há um jardim de oliveiras no terraço. 

Conhecer as praias próximas e fazer aulas de surf

Na costa oeste de Aveiro, parte litorânea em frente ao Oceano Atlântico, existem diversas praias que valem a visita para quem tem mais tempo na cidade. A mais conhecida (e fotogênica) delas é a Praia de Costa Nova. Ela é conhecida pelas suas casinhas com listras coloridas. Hoje, esses edifícios são usados como casas de veraneio, mas costumavam ser armazéns de pescadores da região. 

Nas proximidades, você encontra a Praia da Barra, com o Farol da Barra ou Farol de Aveiro, um dos maiores do mundo. Mais ao norte, há a Praia de São Jacinto, conhecida pela reserva natural de dunas. 

As praias de Aveiro, Portugal, são propícias para o surf e você consegue fazer aulas. Em frente à Praia da Barra, há a Associação de Surf de Aveiro em que uma aula experimental de 2 horas sai por € 25, incluindo o material técnico e o seguro para acidentes pessoais. É bom ir no verão, já que de junho a setembro há aulas todos os dias.  

Se você estiver procurando curtir o litoral português, fizemos uma seleção das melhores praias de Portugal, em um roteiro pela costa do Algarve e do Alentejo.

praia-costa-nova-portugal

BÔNUS: National Geographic Exodus Aveiro Fest

Entre o fim de novembro e o começo de dezembro acontece em Aveiro o Exodus Fest, um Festival Internacional de Fotografia e Vídeo de Viagem e Aventura organizado pela National Geographic com profissionais renomados de diversos veículos ao redor do mundo. No evento, há palestras, masterclasses, exposições e muitas outras oportunidades para quem se interessa por fotografia e vídeo nesse nicho. Saiba mais no site oficial

Onde comer em Aveiro, Portugal

Assim como em grande parte de Portugal, Aveiro tem nos frutos do mar o carro forte de sua gastronomia. Dica: não se assuste se ver o nome “gambas” no cardápio, se trata de um tipo de camarão. 

mercadodopeixe-aveiro-portugal

Restaurante Mercado do Peixe

Localizado no Mercado do Peixe, esse restaurante tem vista para o Canal de São Roque, um dos principais de Aveiro. Reserve uma mesa no andar superior, com vista privilegiada para o canal. A especialidade aqui é o peixe, claro, sempre fresco. Há pratos como peixe grelhado e ensopado de robalo. Aproveite para conhecer a carta de vinhos. 

restaurante-obairro-aveiro-portugal

Restaurante O Bairro

Também no Largo do Mercado do Peixe, está o restaurante O Bairro. O menu tem poucas opções, incluindo apenas uma vegetariana – risoto de legumes e cogumelos. Com mesas de madeira e decoração de azulejos, o simpático restaurante tem espaço externo em frente ao Canal de São Roque. Dá pra curtir drinks e entradinhas com uma vista incrível. 

restaurante-salpoente-aveiro-portugal

Restaurante Salpoente 

Essa é uma opção mais gourmet na gastronomia aveirense. O restaurante ocupa dois antigos armazéns de sal, um patrimônio histórico em Aveiro, Portugal. Os pratos são bem sofisticados, assim como o ambiente do local. Há uma carta de vinhos recheada e um conceituado menu degustação. É possível fazer uma refeição mais em conta com o menu executivo. 

Onde ficar em Aveiro, Portugal

tricana-de-aveiro-portugal

Tricana de Aveiro (a partir de €40)

Em frente à estação de trem de Aveiro, o Tricana está em um prédio de art nouveau branco. O hotel não é grande e oferece uma experiência mais intimista. Alguns quartos maiores têm uma mini varanda com vista para a estação. Os quartos são bem iluminados e os banheiros têm azulejos decorativos. 

welcome-in-aveiro-portugal

Welcome In (a partir de € 43)

Este hostel aposta nos azulejos e nas fotos antigas em sua decoração. Há opções de quartos privativos, com suíte, e dormitórios, com banheiros compartilhados. Há um amplo espaço interno de convivência, com mesinhas e guarda-sol. Está a 8 minutos de caminhada para o Canal Central. 

aveiro-rossio-bb-portugal

Aveiro Rossio B&B  (a partir de € 48)

No coração da cidade, este simpático B&B tem apenas nove quartos. A decoração náutica em seu interior relembra a conexão que Aveiro tem com o mar. Sua fachada vermelha não parece muito atrativa, mas não se deixe enganar: é uma acomodação bem charmosa. Inclui café da manhã na diária. 

hotel-das-salinas-aveiro-portugal

Hotel das Salinas (a partir de € 70)

No Hotel das Salinas, é fácil ver os prédios de art nouveau da cidade e também os barcos moliceiros por causa de sua boa localização. Há opções de estúdios, com cozinha equipada, geladeira e microondas. Os quartos são simples, com decoração minimalista em tons de azul. 

melia-ria-aveiro-portugal

Hotel Melia Ria (a partir de € 90)

Em frente à ria, este é um dos hotéis mais novos de Aveiro, Portugal. O destaque vai para o café da manhã bem servido com vista para o Canal Central e para o Centro de Congressos. Há spa, academia e piscina. O restaurante é uma opção para caso você queira um bom jantar aveirense, sem sair do conforto do hotel. 

hotel-moliceiro-aveiro-portugal

Hotel Moliceiro (a partir de € 110)

É um dos hotéis mais luxuosos de Aveiro, com fachada toda decorada de azulejos e vista para o Jardim do Rossio. Os quartos em categorias mais altas têm decoração quase que palaciana. Você pode saborear um farto café da manhã com frutas sazonais e até mesmo castiçais e velas (!) decorando a mesa. 

Maria Eduarda Nogueira

Comunicadora por paixão, vive em busca de conteúdos digitais autênticos. Viagens são sua forma preferida de consumir cultura. Fã de espaços urbanos, tem em cafés e livrarias mundo afora seus lugares preferidos, sempre com um chocolate quente em mãos.

Deixe seu comentário

voltar ao topo