Base da capital Victoria, do Aeroporto Internacional de Seychelles, de um movimentado porto, centro comercial do país e casa da maioria da população local, Mahé não é só a ilha mais importante e porta de entrada para o arquipélago de Seychelles, mas também o hub do turismo das ilhas. Por sua impecável infraestrutura hoteleira que vai de guesthouses convidativas e hotéis-boutique novinhos às redes cinco-estrelas que mais amamos, por suas mais de 60 praias paradisíacas, por sua marina elegante com shopping, cassino, restaurantes e barzinhos com vida pulsante, por suas atrações turísticas variadas englobando de destilaria à jardim botânico e templo hindu.

LEIA TAMBÉM: FAQ Ilhas Seychelles: roteiro, como chegar, clima, moeda, idioma…

E, já que você vai obrigatoriamente passar por Mahé no início e no final de viagem, vai aqui uma lista dos programas mais legais para curtir que te farão adorar a principal ilha de Seychelles.

O que fazer em Mahé, principal ilha e porta de entrada de Seychelles

MAHÉ SEYCHELLES

Victoria

Nos arredores do movimentado e colorido mercadão de Victoria, capital de Mahé, dá pra sentir um pouco da vida como ela é em Seychelles. Construído em 1840 e renovado em 1999, o mercado Sir Selwyn Selwyn-Clark é o coração da capital e definitivamente o melhor lugar pra encontrar frutas e vegetais tropicais, óleos, ervas e temperos afrodisíacos de qualidade. Quem quer garimpar souvenirs também vai encontrar boas opções ali e em quisoques nas proximidades. Logo em frente, o templo hindu de Mahé (ou Arul Mihu Navasakthi Vinayagar Temple) é dono de uma fachada fotogênica suuupercolorida – meio inesperada – contrastando com as montanhas verdejantes do interior da ilha. Apesar do tamanho sucinto, pra quem não conhece templos hindus é uma boa experiência (mas continua sendo mais interessante visto de fora). O Victoria Clocktower, conhecido como o mini Big Ben de Seychelles, é um ponto icônico na cidade, mas sinceramente nada demais. Perca tempo caminhando por ali se a ideia for encontrar casas de câmbio, agências de tours e de aluguel de carro.

mahe-victoria

MAHÉ SEYCHELLES

Hilton Seychelles Northolme Resort & Spa (diárias desde US$ 477)

Os 100 anos do Hilton, completos em 2019, marcam o sucesso da primeira rede hoteleira global. E uma prova perfeita disso é o Northolme Resort & Spa, talvez uma das propriedades mais queridas da marca, o menor Hilton do mundo, um retiro tranquilo, intimista e luxuoso para casais, pendurado nas encostas da baía de Beau Vallon, na costa Noroeste de Mahé, com vistas inesquecíveis do Oceano Índico. A praia parece uma pequena enseada escondida numa ilha deserta, enquanto o restante do resort se assemelha a um jardim tropical paradisíaco, decorado por redes, poltronas de vime elegantes, sofás almofadados e espreguiçadeiras de frente pro mar. Vale pagar um pouco mais em uma das noites se possível e trocar a villa do pôr do sol pelo bangalô com piscina de borda infinita, (diárias desde US$ 941), uma experiência de acomodação que fica mais especial ainda ao pedir o Floating aperitivo, uma bandeja flutuante com os snacks e doces mais gostosos acompanhados por uma garrafa de champagne pra abrir na piscina, apreciando o sol se pôr no horizonte.

hilton-seychelles

MAHÉ SEYCHELLES

Praias

Dentre as 65 praias sem defeitos de Mahé, as que ficam localizadas na costa norte são as mais agitadas e onde boa parte dos turistas se reúne, principalmente na área de Beau Vallon, o burburinho turístico, e de Grand Anse. No sul, as faixas de areia estão mais intactas, como nas praias de Anse Forbans, Anse Intendance, Anse Soleil e Anse Takamaka. Vale alugar um carro durante um dia ao menos e descer a ilha conhecendo as prainhas. Apesar de Anse Royale também estar mais ao sul, ali há mais agito. Por sua baía extensa, sua proximidade com o aeroporto e um bom número de hotéis e as atividades e serviços por ali disponíveis – quem pratica mergulho de cilindro encontra escolhas de mergulho em seus arredores e vai amar conhecer Seychelles também debaixo da água: a visibilidade pode chegar aos 30 metros. Uma forma interessante de terminar o dia é embarcando num cruzeiro com comes e bebes ao pôr do sol. A maioria deles sai de Beau Vallon.

por-do-sol-mahe

MAHÉ SEYCHELLES

Takamaka Rum Distillery

Seychelles se orgulha da bebida produzida ali e exportada mundo afora: os premiados runs da Takamaka Rum Distillery. Em funcionamento desde 2002, a destilaria em Mahé, numa antiga fazenda de especiarias, recebe visitantes para tours diários que podem acompanhar seu processo de separação de misturas, comprar o adocicado rum branco de coco ou o envelhecido rum escuro com um toque de pimenta na lojinha e curtir o agradável jardim com um bar tropical servindo drinks feitos à base de, adivinhe, rum.

rumtakamaka

MAHÉ SEYCHELLES

Eden Island

Complexo moderno, elegante e ao mesmo tempo discreto, localizado numa ilha artificial de cara pra Mahé, junta marina, porto, shopping, centro comercial e residencial chiquetoso, restaurantes, bares e cassinos com vida noturna própria. Você vai querer passar ali pra curtir o lado mais cidade de Seychelles, comprar alguma coisa (apesar das lojas do Eden Plaza não serem tão interessantes quanto os quiosques de rua de Victoria vendendo souvenires autênticos) e desfrutar de uma refeição ou noite mais agitada – o Bravo tem comida italiana servida em mesas ao ar livre com vistas para iates luxuosos, o The Maharajas é o melhor indiano de Seychelles e o La Belle Epoque promete um ambiente mais chiquezinho. Se a pedida forem drinks, experimente o Boardwalk Bar & Grill.

La Misere View Point

Quem quiser fotografar Eden Island e seus complexos pode pegar o carro ou chamar um táxi e subir até o La Misere View Point, um mirante com vista panorâmica do local e relances do mar azul. É o ponto mais popular pra ver Mahé de cima.

mahe-seychelles

jardin-du-roi-mahe

MAHÉ SEYCHELLES

Jardin du Roi

2km acima das montanhas de Anse Royale está localizado um simples e delicioso espaço de café e restaurante servindo comida caseira sob às vistas da costa e um jardim mergulhado nos aromas de baunilha, noz-moscada, canela e uma variedade de outras especiarias, além de plantas medicinais, num pomar de 35 hectares. Um pequeno museu funciona na casa principal, contando sobre a história do comércio de especiarias em Seychelles. Doces caseiros, marmelada e diversos temperos estão disponíveis na loja de presentes.

MAHÉ SEYCHELLES

Victoria Botanical Gardens

Mahé é dotada de verde, florestas e natureza em seu interior. A 20 minutos do centro de Victoria, o Jardim Botânico de Victoria é um dos monumentos nacionais mais antigos das Seychelles, datando de mais de um século. Abriga uma ampla coleção de plantas exóticas e endêmicas em cinco acres de jardins tropicais paisagísticos e bem cuidados, entre palmeiras, árvores frutíferas e lindas orquídeas. Nele também podem ser encontrados dois símbolos do destino: o afrodisíaco coco-de-mer e as tartarugas-gigantes de Seychelles, algumas com mais de 150 anos.

victoria-botanical-garden-mahe-seychelles

*O Carpe Mundi viajou a Seychelles com apoio do Seychelles Tourism Board. Este post reflete unicamente a opinião da autora.

Anna Laura

Jornalista por formação e fotógrafa por vocação, a editora do Carpe Mundi registra o mundo com sua Nikon desde que se entende por gente - e hoje cultiva um feed milimetricamente pensado. Passou pelas redações da CARAS Online e da Viagem e Turismo e, depois de uma temporada em Paris, resolveu ser viajante full time: você pode encontrá-la por aí, cobrindo paraísos tropicais.

Deixe seu comentário

voltar ao topo