Silhouette é Seychelles em sua versão mais intocada.

Terceira maior ilha do arquipélago, suas águas são Parque Nacional Marinho e a ilha toda é Centro de Conservação da Fauna e Flora Silvestre. Não à toa, está entre os pontos de biodiversidade mais ricos do Oceano Índico inteiro. Sorte têm os hóspedes do Hilton Seychelles Labriz Resort & Spa, os únicos a dividirem a ilha com os 200 locais que habitam-na, tendo a oportunidade de explorá-la em mergulhos com snorkel ou cilindro, percorrendo as trilhas de seu interior montanhoso que levam a prainhas quase que secretas e pedalando pela atmosfera gostosa e luxuosa do resort.

hiltonseychelleslabrizresortandspa

Sua rica vegetação e a diversidade de sua fauna, ambas marcadas pela presença de espécies endêmicas, podem ser melhor conhecidas em trilhas por seu interior montanhoso, que leva às prainhas mais maravilhosas, protegidas por recifes de corais. Ao falar que não há endereço melhor para os viajantes interessados em desbravar a natureza tropical de Seychelles, não é brincadeira. E o jeito é caminhar: Silhouette não conta com ruas ou estradas, apenas pequenos caminhos onde o máximo que passam são bikes, carrinhos de golfe e pequenos veículos. A ilha é mesmo um mergulho na natureza bem guardada, mas onde, ao mesmo tempo, o luxo sustentável é presença garantida no Hilton Seychelles Labriz e a experiência exclusiva de se hospedar numa ilha privada é dessas para levar entre as melhores recordações de viagem.

O RESORT

Hilton Seychelles Labriz Resort & Spa

Duas experiências marcantes envolvem a estadia no Hilton Seychelles Labriz: primeiro, estar em contato com a natureza extravagante de Silhouette, onde o verde cobre 93% da ilha, e, depois, contar com o plus de se hospedar numa ilha privada – uma experiência exclusiva e pra poucos. Só que, diferentemente de outros resorts em ilhas particulares de Seychelles, a hospedagem é possível no Labriz sem precisar desembolsar fortunas: as diárias ali saem a partir de US$ 349 (contra os US$ 1 244 da noite no Six Senses Zil Pasyon, na ilha vizinha Félicité, por exemplo).

ilha-silhouette

Ficar no Hilton Seychelles Labriz é, resumidamente, ter um pouco de cada mundo. Você tem o maior contato possível com a natureza percorrendo trilhas incríveis pelo Jardin Marron, onde nasce o coco-de-mer, fruto típico de Seychelles; até o vilarejo de Grand Barbe, onde estão as tartarugas-gigantes da ilha; e até Anse Mondon, a praia perfeita da ilha Silhouette. E, na outra ponta, tem a infraestrutura impecável de um megaresort da cadeia Hilton, com suas 111 vilas divididas entre seis categorias dispostas no imenso jardim da propriedade (ponto positivo para os chuveiros a céu aberto); seus sete bares e restaurantes pra provar um diferente a cada dia (o 4th Degree beach bar é ótimo pra tomar drinks e comer petiscos ao fim do dia e o Portobello é o mais chique da ilha); suas opções de lazer que vão do centro de esportes aquáticos, a academia 24 horas, o kid’s club, o time de concierge que organiza excursões de barco e o perfeito spa, que merece um parágrafo à parte.

eforeaspa

Totalmente integrado à atmosfera verde da ilha, com seis salas de tratamento, sala de descanso, sauna e sala de vapor adentradas em meio à mata e pedras gigantes, alcançadas por escadas externas onde só se ouve o canto dos passarinhos, o eForea spa é, seguramente, um dois mais incríveis spas de Seychelles. Na área da piscina e da jacuzzi, o cenário fica perfeito: folhagens das palmeiras fazem uma sombrinha gostosa ao ambiente do deck, pra relaxar após uma massagem com pedras quentes ou um tratamento pra rebalançar os chakras.

Tudo isso dando devida importância à questão ambiental. O hotel tem um sistema de filtragem que coleta água da cachoeira do Monte Dauban, o pico mais alto da ilha, e reutiliza garrafas de vidro substituindo o plástico: a contagem até hoje é de que 180 mil garrafinhas de plástico já foram evitadas por ali. Canudos são biodegradáveis, frutas, vegetais e ervas vêm da horta do hotel e os frutos do mar são provenientes dos pescadores locais do próprio vilarejo. Visitas educacionais à ilha se mesclam com projetos beneficientes, há compostagem do lixo orgânico e luzes e ar-condicionado são desligados automaticamente quando as portas ficam abertas, economizando cerca de 2 500 quilowatts de energia por hora.

A ilha Silhouette e o Hilton Seychelles Labriz Resort & Spa são, afinal, desses lugares que precisam ser riscados da bucket list de destino e hotel dos sonhos o mais rápido possível.

HILTON SEYCHELLES LABRIZ RESORT & SPA: RESERVE AQUI! (diárias desde US$ 349)

*O Carpe Mundi viajou a Seychelles com apoio do Seychelles Tourism Board. Este post reflete unicamente a opinião da autora.

Anna Laura

Jornalista por formação e fotógrafa por vocação, a editora do Carpe Mundi registra o mundo com sua Nikon desde que se entende por gente - e hoje cultiva um feed milimetricamente pensado. Passou pelas redações da CARAS Online e da Viagem e Turismo e, depois de uma temporada em Paris, resolveu ser viajante full time: você pode encontrá-la por aí, cobrindo paraísos tropicais.

Deixe seu comentário

voltar ao topo