são paulo


Um fim de semana entre rios e cachoeiras em Brotas, a 3h de São Paulo

A 250 km de São Paulo, Brotas é um município pacato e interiorano de pouco mais de 20 mil habitantes abençoado com arredores fartos em nascentes de rios. Múltiplas cachoeiras e corredeiras fizeram do lugar um point para esportes de aventura e um destino fácil para passar um fim de semana com a natureza para quem mora em São Paulo. Siga nosso roteirinho para curtir as melhores cachoeiras em Brotas.

LEIA TAMBÉM: Destinos de cachoeira e montanhha em SP, MG e RJ
As melhores pousadas românticas no Brasil pra ir a dois

Fim de semana em Brotas:

Para aproveitar bem o tempo nas cachoeiras em Brotas, o melhor ir à cidade na sexta à noite. Escolha dois passeios mais compridos (um para o sábado e outro para o domingo) e preencha o tempo que restar com um voltinha pelo centro (a Avenida Mário Pinotti concentra restaurantes e lojinhas) e quem sabe mais um banho de cachoeira. É só escolher um fim de semana sem previsão de chuva e cair na estrada (mesmo no inverno faz calor de dia).

Onde ficar em Brotas:

O melhor da cidade é o Hotel Frangipani (diárias desde R$ 630), bom para casais, com arquitetura arrojada, bela piscina e quartos com hidromassagem e shampoos da Natura. Depois, têm estrutura bem similar as pousadas Pé na Terra (desde R$ 271), do Lago (desde R$ 248), Caminho das Águas (desde R$ 220) e Vila dos Ipes (desde R$ 150). Para quem quiser pagar pouquinho tem o Charm Hostel (R$ 68 no quarto coletivo). O café da manhã em todas deve ser gostosinho, tipo casa da vovó do interior.

O que fazer em Brotas:

Tem uma infinidade de cachoeiras, atividades e parques para escolher. Elenquei aqui meus preferidos. Para rafting e canionismo é legal ligar uns dias antes para reservar o lugar (e possivelmente pagar menos).

rafting-rio-pepira

SÁBADO

Comece o dia com o RAFTING NO RIO-JACARÉ PEPIRA às 10h (veja com a agência Ecoação, R$ 144 por pessoa, ou com a Águas Radicais). É o passeio mais tradicional de Brotas, no qual você embarca num bote com capacete e colete e desce corredeiras níveis 3 e 4 (a escala mundial vai até 6), driblando as pedras e deslizando pelos desníveis do rio. Há versões do passeio feitas de noite, com crianças pequenas e até uma em que você pode levar seu cachorro. É divertido, tem doses leves de adrenalina e não requer experiência prévia.

De tarde, vá visitar a CACHOEIRA DO MARTELLO, entre as mais bonitas das cachoeiras em Brotas, que fica dentro da Fazenda Pinheirinho. Com impressionantes 55 metros, escorre certeira por um paredão de rochas e deságua num poço amarronzado onde dá para tomar banho. Com mais 15 minutos de caminhada você chega na Cachoeira da Primavera, com 25 metros. O lugar conta com uma lanchonete simples, parquinho, vestiário e piscina.

De noite, vá conhecer o point da cidade, o BROTAS BAR, onde botes e remos enfeitam as paredes de tijolos à mostra. Há pratos mais elaborados, mas a escolha mais garantida são as porções como o bolinho de bacalhau ou o de queijo coalho com melaço, acompanhados pela caipirinha de banana (maravilhosa!) ou a cerveja artesanal local, Brotas Beer.

DOMINGO

Tenha reserva o CANIONISMO DAS CACHOEIRAS CASSOROVA, que começa às 9h (R$ 195 por pessoa, veja com a Fazenda Cassorova), para mim o melhor passeio de Brotas. Canionismo é uma atividade que propõe explorar o rio usando diferentes técnicas. Na , você começa com um rapel de 46 metros acompanhando a queda d’água da Cachoeira dos Quatis, segue com uma trilha entre o rio e as rochas (com água até o joelho em algumas partes) e termina descendo de rapel os dois níveis da Cachoeira Cassorova, que totalizam 60 metros. Quem tem muito medo de altura pode não curtir o passeio, com nível de adrelina relativamente elevado. A propriedade ainda guarda o Mirante Alto da Serra, com uma plataforma de madeira com bela vista para os campos da região, e restaurante.

De tarde, vá conhecer a CACHOEIRA DO SALTÃO. Das mais altas do estado de São Paulo, tem uma queda forte e certeira de 75 metros de altura. Depois de vê-la do mirante você pode ir lá embaixo tomar um banho para lavar o estresse. Pagando um day use de R$ 25 você pode ver essa e as outras quedas d’água dessa propriedade, a Cachoeira Monjolinho e a Cachoeira Ferradura, das melhores cachoeiras em Brotas.

Para comer, algumas opções. Com um gostoso jardim enfeitado por um parreiral, o VICINO DELLA NONNA serve massas frescas como o ravióli de queijo servido com ragu de cabrito. A entrada da casa é a especial berinjela do papa, com molho ao sugo e parmesão gratinado. Para um lanche informal com sanduíches e hambúrgueres, passe no ALEX SILVA LANCHES. Outra ideia de almoço pós-passeio nas quedas d’água da Estrada para o Bairro do Patrimônio é o BROTAS ZEN. A especialidade são os pratos vegetarianos, como o palmito pupunha grelhado com cogumelos, creme de abóbora e farofa crocante, servidos num ambiente rústico.

SE TIVER MAIS TEMPO…

VOO DO TARZAN é tirolesa mais emocionante de Brotas é a Voo do Tarzan, organizada pela agência Território Selvagem. Trata-se de um percurso de 1800 metros feito em cinco etapas a 120 metros de altura, sobrevoando um cânion sensacional. O final é agraciado com um mergulho na pequena Cachoeira Cristal. Eu tendo a achar tirolesas sem graça, mas é realmente é espetacular. Outra ideia para ver mais cachoeiras em Brotas é visitar o SÍTIO SETE QUEDAS. Ali dá para se equilibrar nas cordas do arvorismo, descer de rapel as cachoeiras dos Coqueiros (com 18 metros) e dos Macacos (com 35), e terminar com frio na barriga em tirolesas de 200 metros. Dentro do hotel homônimo fica a nascente da AREIA QUE CANTA, uma piscina natural de água cristalina. Ela é chamada assim porque tem areia de grãos muito finos de quartzo arredondado que quando friccionados produzem um som.

Há 1 comentário para “Um fim de semana entre rios e cachoeiras em Brotas, a 3h de São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *