méxico


Conheça o Valle de Guadalupe, a capital do vinho no México

Já chamado de nova Napa Valley graças aos seus vinhos modernos e únicos que ganham sabor pelo clima seco da região, o Valle de Guadalupe, no estado da Baja California, no México (bem pertinho de San Diego, na Califórnia), mostra a que veio com hotéis contemporâneos, vinícolas exclusivas e restaurantes que ganham força nas listas de destaque mundiais. Entre maio a agosto, os vinhedos carregados embelezam a região.

LEIA TAMBÉM: Tijuana, na fronteira dos EUA com o México, está com outra cara

VALLE DE GUADALUPE NO MÉXICO

O Valle de Guadalupe está a cerca de 130 km de San Diego, na Califórnia, e a a 96 km de Tijuana, no México. Ou seja, é um passeio tranquilo de incluir em uma road trip pelo sul da Califórnia, é só atravessar a fronteira. A proximidade com o estado, inclusive, faz com que os americanos estejam em peso por lá.

A melhor maneira de se explorar as vinícolas e fazer degustações, o grande atrativo turístico local, é alugando um carro e contemplando sem pressa as estradinhas de terra que perpassam a paisagem, onde pipocam estabelecimentos dotados de arquitetura arrojada. É uma aposta certeira para quem quem aprecia vinho e gastronomia e quer conhecer uma região emergente nesse sentido.

baja-california

VALLE DE GUADALUPE NO MÉXICO

O QUE VISITAR: AS VINÍCOLAS

La Lomita

Vinícola jovem e familiar, tem uma vibe moderna com uma sala de degustação com iluminação baixa e decorada com poltronas coloridas. Os vinhos ganham arte em suas embalagens, com ilustrações belíssimas de artistas de Tijuana, cidade vizinha, como Jorge Tellaeche. Os tintos são destaque; pegue uma taça e passeie pelo prédio e jardim.

Finca la Carrodilla

Vinhedo com certificação orgânica, segue os princípios da agricultura biodinâmica e sustentável. Os quatro vinhos produzidos podem ser degustados num pátio aberto e com certo quê rústico, cheio de plantas, flores e com bela vista para a horta e a fazenda da propriedade.

Monte Xanic

Em 1987, cinco amigos fundaram juntos esta vinícola, focada em produzir vinhos de qualidade e num processo meticulosamente supervisionado. Desde então, mais de 270 medalhas em concursos internacionalmente reconhecidos foram ganhas. A degustação tem vista primorosa para o Valle de Guadalupe, num espaço de arquitetura moderna.

VALLE DE GUADALUPE NO MÉXICO

ONDE COMER

Cocina de Doña Esthela

Quando dona Esthela mudou-se com a sua família pra Baja California, passou a cozinhar quitutes e vendê-los em portas de fábricas e escolas da região a fim de ajudar na renda familiar. Sua fama de boa cozinheira espalhou-se, e ela montou um pequeno restaurante na cozinha de sua casa para atender os interessados. O que começou com uma pequena mesa hoje tornaram-se 160: seu café da manhã já foi eleito o melhor do mundo pela revista britânica FoodHub em 2015 e as filas pra comer seus pratos são enormes mesmo pela manhã. Não deixe de provar as panquecas de milhos, os burritos com feijão e café caseiro de sabor único.

Malva

O chef Roberto Alcocer imprime nos pratos do restaurante toda sua experiência na cozinha mexicana, misturando cuidadosamente sabores e texturas para o paladar. Desde o cultivo de ingredientes até a apresentação dos pratos, a cozinha – que, aliás, é aberta e de fácil acesso ao público – pensa na refeição como um todo, garantindo uma experiência de pura satisfação. Confie nas recomendações do chef para o dia e aproveite a refeição com a vista para o Valle de Guadalupe.

malva-valle-de-guadalupe

VALLE DE GUADALUPE NO MÉXICO

Finca Altozano

Visitado por famílias mexicanas aos finais de semana, este restaurante campestre utiliza apenas produtos e ingredientes da região do Valle de Guadalupe, garantindo frescor e um sabor de comida caseira bem feita para quem o visita. O restaurante fica num terraço aberto com vista para as vinícolas, e também propicia um menu de cervejas artesanais de bater palmas. Sua carne bem cozida acompanhada de tortillas feitas a mão e o ceviche de polvos de entrada são exemplos da riqueza das iguarias locais.

Fauna

Localizado dentro do moderno complexo Bruma (com vinícola e hotel próprios), o restaurante de conceito comunitário tem mesas largas onde qualquer um pode sentar ao seu lado e é liderado pelo jovem chef David Castro Hussong, que extrai elementos da sua infância na região de Baja California no menu, normalmente surpresa e eleito na hora. Espere por uma cozinha mexicana minimalista e focada no sabor, que nada lembra as tradicionais tortillas, tacos, quesadillas… Ah, não deixe de pedir um vinho exclusivo da vinícola Bruma pra acompanhar a refeição!

VALLE DE GUADALUPE NO MÉXICO

ONDE SE HOSPEDAR

Encuentro Guadalupe

Cada quarto deste hotel de arquitetura impressionante está individualmente suspenso na montanha e tem uma vista espetacular para as vinícolas de todo o Valle de Guadalupe em sua varandinha ideal pra assistir ao pôr do sol. Por estar espalhado, se quiser ir até a recepção, a piscina ou o ótimo restaurante do hotel, o Origen, é só acionar o rádio no seu quarto que uma van prontamente irá te buscar. Diárias a partir de US$ 380. (RESERVE AQUI!)

Cuatro Cuatros

Um pouco afastado do centro do Valle de Guadalupe e mais próximo da cidade de Ensenada, o estabelecimento foi o pioneiro mexicano no conceito de glamping. Suas tendas branquinhas, amplas e modernas garantem uma boa experiência de hospedagem de frente para o oceano. Há uma prainha privativa, cavalos que podem ser utilizados pra explorar a área, vinhos de produção própria e parceria com a empresa Desert Nest, que faz tirolesas gigantes pelas montanhas da região, trilhas de bicicleta e passeios por centros de cultivo de oliveiras. A partir de US$ 185.

cuatro-cuartos-glamping

VALLE DE GUADALUPE NO MÉXICO

Casa 8 – Bruma Valle de Guadalupe

É a definição da exclusividade: com apenas 7 suítes, não há recepção, já que você é logo apresentado às áreas comuns do hotel, como a sala de bilhar, a cozinha comunitária com estantes de livros e os espaços milimetricamente decorados, onde logo alguém do staff vem te receber. Longe de parecer um hotel, foi pensado em receber eventos como casamentos e celebrações, principalmente debaixo das maravilhosas árvores que adornam o local. Faz parte do complexo Bruma, com vinícola e restaurantes próprios. A partir de US$ 330.

*Valle de Guadalupe no México: O Carpe Mundi viajou à Baja California a convite do órgão de turismo mexicano. O conteúdo deste post é independente e reflete apenas a opinião da autora.

Há 1 comentário para “Conheça o Valle de Guadalupe, a capital do vinho no México

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *