Não é de se espantar que a Provence Cottage & Bistrô fique em Monte Verde.

As influências europeias na decoração e o clima de tranquilidade em meio às montanhas são características tanto da cidade serrana como da pousada.

LEIA MAIS: Superlista: 38 pousadas românticas pra curtir o friozinho

Numa das partes mais altas de Monte Verde, a um quilômetro da avenida principal da cidade por uma estradinha de terra, a hospedagem, que não aceita menores de 12 anos, junta sete acomodações que são nomeadas por diferentes cidades francesas da região da Provence.

As cores da décor seguem o padrão europeu misturando o azul provençal que está presente nas janelas, portas e móveis com o branco, que dá uma sensação ainda maior de aconchego e tranquilidade para o local. Já a influência brasileira aparece no artesanato mineiro e em outros objetos da decoração como plaquinhas de parede e porta-trecos, trazidos pelos donos, Ari e Whitman, de suas viagens pelo Brasil.

Ari, inclusive, é o chef do bistrô que compõe a hospedagem. Premiado pela destacada qualidade da sua cozinha por três anos consecutivos pelo Guia Quatro Rodas, o bistrô serve o café da manhã e da tarde, além do jantar de sextas e sábados. A influência principal dos pratos, como esperado, é francesa, mas os ingredientes são todos brasileiros e de produtores locais – o resultado, como se espera, é de não colocar defeito.

LOCALIZAÇÃO
A pousada fica a apenas um quilômetro da avenida principal de Monte Verde, onde está todo o comércio, restaurantes e agências de passeios da cidade, numa das áreas mais altas da região, o que garante vistas sensacionais das montanhas – mas para chegar lá a estradinha é de terra e pode ficar um pouco esburacada em períodos de chuva.

SERVIÇO E HISTÓRIA
Se tem uma coisa inesquecível na hospedagem é o serviço. Os proprietários são extremamente receptivos e fazem questão de fazer com que os hóspedes se sintam como amigos convidados com carinho em sua casa – até 2015, inclusive, era realmente a própria casa deles que servia como cozinha e recepção da pousada. Outra atração imperdível é a cachorrinha deles, Bellinha, que adora um carinho e está sempre pronta para dar as boas-vindas a qualquer um.

ACOMODAÇÕES E INFRAESTRUTURA
Os sete chalés, que ficam dentro dos 12 mil metros quadrados de terreno, são divididos por tamanhos: três de 45m² e os outros quatro de 75m², 98m², 112m² e 130m², com diárias que variam de R$ 692 a R$ 980 na baixa temporada e chegam a dobrar no inverno. O azul provençal é a cor principal deles, não só nas portas e janelas, como também nas roupas de cama Trussardi, nos estofados do sofá e das almofadas e, até, no frigobar. O cuidado com cada cantinho é percebido nos objetos de decoração: tem porta-jóias, livros, quadrinhos, vasos e porta-trecos resultados dos vinte anos de coleção de Ari e Whitman.

Como característica das pousadas românticas de Monte Verde, cada chalé é equipado com lareira e hidromassagem, e, dentro do kit de amenities da L’Occitane, há até uma bath bomb. A perfeita combinação de uma casa de campo francesa com o aconchego mineiro. Em tempo: para quem vai no verão, fica a observação de que os chalés são pouco preparados para o calor, pois não têm ar-condicionado ou tela de insetos.

BISTRÔ E REFEIÇÕES
O Bistrô que dá nome à pousada não decepciona. Prepare-se para comer bastante e muito bem. Os cafés da manhã e da tarde incluem produtos frescos e caseiros como frutas, iogurte, pães, bolos, doces, biscoitos, geleias, queijos e outros embutidos. A preparação tem cara de gourmet mas o gostinho lembra receita de família.

A janta só acontece às sextas e sábados: nas sextas são servidas comidinhas como hambúrgueres, pizzas, caldos e fondues. Já aos sábados, o bistrô também abre as portas para não-hóspedes com a proposta de um menu-degustação de seis etapas (R$ 278), apresentando lindamente ingredientes frescos de produtores locais da região ou da própria horta da pousada. As composições podem formar um consommé de milho verde e ravióli de curau ou leitoa, picles de abacaxi e batata da Serra. Necessário fazer reserva.

LAZER E ATIVIDADES

Os chalés dividem espaço com áreas de descanso e entretenimento, como a sala de cinema onde estão clássicos como Psicose e I Love Lucy, além de TV com Netflix.

No jardim florido de hortências há a horta, um galinheiro e pequenos gazebos com sofás, mesas e áreas para redes distribuídos. Um dos gazebos ainda conta com um grande ofurô ao ar livre que se encaixa perfeitamente em meio à natureza. Perfeito para relaxar no fim de tarde.

A pousada também possui uma sauna e um pequeno spa onde você encontra massagens, banhos de ofurô e diversos tratamentos relaxantes, como o escalda-pés (R$ 90), a reflexologia (R$ 90) e as variações de shiatsu (R$ 120 a R$ 180).

PRÓS

Atendimento pessoal e cuidadoso + Refeições deliciosas e bem servidas no bistrô + Chalés aconchegantes que fazem você se sentir em casa + É pet-friendly + Muita área verde com uma vista linda

CONTRAS

Sinal fraco de Wi-Fi nos chalés + No verão, não há preparação para o calor

O VEREDITO

A Provence Cottage & Bistrô é o reduto perfeito para casais que querem fugir do estresse do dia a dia e relaxar em meio à natureza. O preço pode parecer salgado em alta temporada, mas vale o serviço carinhoso, o ambiente aconchegante e as refeições impecáveis.

provence-cottage

PROVENCE COTTAGE & BISTRÔ

(diárias começam em R$ 692 nos chalés menores e R$ 980 no maior em baixa temporada)

*O Carpe Mundi se hospedou no Provence Cottage & Bistrô a convite da pousada. O conteúdo do post reflete apenas a opinião da autora.

Bruna Nobrega

Acredita no lema "trabalhe com o que você gosta e você nunca estará trabalhando". Além de ser amante das viagens, é doida por entretenimento: daí seus dois anos na redação da Capricho antes de chegar aqui no Carpe Mundi. Reza pra próxima viagem ser para destinos que já foram cenário de filmes ou séries.

Deixe seu comentário

voltar ao topo