minas gerais


Provence Cottage & Bistrô: charme em pousada nas montanhas de Monte Verde

Não é de se espantar que a Provence Cottage & Bistrô fique em Monte Verde.

As influências europeias na decoração e o clima de tranquilidade em meio às montanhas são características tanto da cidade serrana como da pousada.

LEIA MAIS: Superlista: 38 pousadas românticas pra curtir o friozinho

Numa das partes mais altas de Monte Verde, a um quilômetro da avenida principal da cidade por uma estradinha de terra, a hospedagem, que não aceita menores de 12 anos, junta sete acomodações que são nomeadas por diferentes cidades francesas da região da Provence.

As cores da décor seguem o padrão europeu misturando o azul provençal que está presente nas janelas, portas e móveis com o branco, que dá uma sensação ainda maior de aconchego e tranquilidade para o local. Já a influência brasileira aparece no artesanato mineiro e em outros objetos da decoração como plaquinhas de parede e porta-trecos, trazidos pelos donos, Ari e Whitman, de suas viagens pelo Brasil.

Ari, inclusive, é o chef do bistrô que compõe a hospedagem. Premiado pela destacada qualidade da sua cozinha por três anos consecutivos pelo Guia Quatro Rodas, o bistrô serve o café da manhã e da tarde, além do jantar de sextas e sábados. A influência principal dos pratos, como esperado, é francesa, mas os ingredientes são todos brasileiros e de produtores locais – o resultado, como se espera, é de não colocar defeito.

LOCALIZAÇÃO
A pousada fica a apenas um quilômetro da avenida principal de Monte Verde, onde está todo o comércio, restaurantes e agências de passeios da cidade, numa das áreas mais altas da região, o que garante vistas sensacionais das montanhas – mas para chegar lá a estradinha é de terra e pode ficar um pouco esburacada em períodos de chuva.

SERVIÇO E HISTÓRIA
Se tem uma coisa inesquecível na hospedagem é o serviço. Os proprietários são extremamente receptivos e fazem questão de fazer com que os hóspedes se sintam como amigos convidados com carinho em sua casa – até 2015, inclusive, era realmente a própria casa deles que servia como cozinha e recepção da pousada. Outra atração imperdível é a cachorrinha deles, Bellinha, que adora um carinho e está sempre pronta para dar as boas-vindas a qualquer um.

ACOMODAÇÕES E INFRAESTRUTURA
Os sete chalés, que ficam dentro dos 12 mil metros quadrados de terreno, são divididos por tamanhos: três de 45m² e os outros quatro de 75m², 98m², 112m² e 130m², com diárias que variam de R$ 692 a R$ 980 na baixa temporada e chegam a dobrar no inverno. O azul provençal é a cor principal deles, não só nas portas e janelas, como também nas roupas de cama Trussardi, nos estofados do sofá e das almofadas e, até, no frigobar. O cuidado com cada cantinho é percebido nos objetos de decoração: tem porta-jóias, livros, quadrinhos, vasos e porta-trecos resultados dos vinte anos de coleção de Ari e Whitman.

Como característica das pousadas românticas de Monte Verde, cada chalé é equipado com lareira e hidromassagem, e, dentro do kit de amenities da L’Occitane, há até uma bath bomb. A perfeita combinação de uma casa de campo francesa com o aconchego mineiro. Em tempo: para quem vai no verão, fica a observação de que os chalés são pouco preparados para o calor, pois não têm ar-condicionado ou tela de insetos.

BISTRÔ E REFEIÇÕES
O Bistrô que dá nome à pousada não decepciona. Prepare-se para comer bastante e muito bem. Os cafés da manhã e da tarde incluem produtos frescos e caseiros como frutas, iogurte, pães, bolos, doces, biscoitos, geleias, queijos e outros embutidos. A preparação tem cara de gourmet mas o gostinho lembra receita de família.

A janta só acontece às sextas e sábados: nas sextas são servidas comidinhas como hambúrgueres, pizzas, caldos e fondues. Já aos sábados, o bistrô também abre as portas para não-hóspedes com a proposta de um menu-degustação de seis etapas (R$ 278), apresentando lindamente ingredientes frescos de produtores locais da região ou da própria horta da pousada. As composições podem formar um consommé de milho verde e ravióli de curau ou leitoa, picles de abacaxi e batata da Serra. Necessário fazer reserva.

LAZER E ATIVIDADES

Os chalés dividem espaço com áreas de descanso e entretenimento, como a sala de cinema onde estão clássicos como Psicose e I Love Lucy, além de TV com Netflix.

No jardim florido de hortências há a horta, um galinheiro e pequenos gazebos com sofás, mesas e áreas para redes distribuídos. Um dos gazebos ainda conta com um grande ofurô ao ar livre que se encaixa perfeitamente em meio à natureza. Perfeito para relaxar no fim de tarde.

A pousada também possui uma sauna e um pequeno spa onde você encontra massagens, banhos de ofurô e diversos tratamentos relaxantes, como o escalda-pés (R$ 90), a reflexologia (R$ 90) e as variações de shiatsu (R$ 120 a R$ 180).

PRÓS

Atendimento pessoal e cuidadoso + Refeições deliciosas e bem servidas no bistrô + Chalés aconchegantes que fazem você se sentir em casa + É pet-friendly + Muita área verde com uma vista linda

CONTRAS

Sinal fraco de Wi-Fi nos chalés + No verão, não há preparação para o calor

O VEREDITO

A Provence Cottage & Bistrô é o reduto perfeito para casais que querem fugir do estresse do dia a dia e relaxar em meio à natureza. O preço pode parecer salgado em alta temporada, mas vale o serviço carinhoso, o ambiente aconchegante e as refeições impecáveis.

provence-cottage

PROVENCE COTTAGE & BISTRÔ

(diárias começam em R$ 692 nos chalés menores e R$ 980 no maior em baixa temporada)

*O Carpe Mundi se hospedou no Provence Cottage & Bistrô a convite da pousada. O conteúdo do post reflete apenas a opinião da autora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *