Monte Verde é essencialmente um destino para ir a dois – e isso fica claro na oferta geral de hospedagem.

Lareira, hidro e mimos para casais são quase uma regra nas mais de 200 pousadas e hotéis que você vai encontrar na região: não vai faltar acomodação no movimentado inverno. O mood da recepção combina com o climinha intimista, onde os cafés da manhã, por exemplo, normalmente vão até às 12h – Monte Verde é aquela viagem pra não ter pressa mesmo de sair da cama.

ONDE FICAR EM MONTE VERDE

Veja aqui 9 pousadas e hotéis românticos pra curtir com tudo as paisagens serranas de Monte Verde:

*preços das diárias mencionados em baixa e alta temporada – a alta vai de abril a setembro, além de feriados

Onde ficar em Monte Verde

Chalés Vila do Moinho (duas diárias a partir de R$ 500 em baixa temporada e R$ 800 em alta)

Chalés novos e arrumadinhos, de tijolos charmosos transparecendo a vibe de montanha. Todos são equipados com lareira e hidro, por um preço que vale a pena. O cheirinho de limpeza é percebido nas toalhas e roupas de cama, segundo os hóspedes. (RESERVE AQUI!)

Onde ficar em Monte Verde

La Réserve Suites (diárias a partir de R$ 300 em baixa temporada)

Muito verde, flores e até esquilinhos rodeiam essa pousada que está a 3 km do centrinho de Monte Verde. A construção é quase inteira feita de madeira e o contraste com o branco da decoração cria um ambiente literalmente aconchegante. Todos os quartos têm varanda com uma linda vista das montanhas. Os anfitriões, Denise e André, fazem os hóspedes se sentirem em casa. (RESERVE AQUI!)

Onde ficar em Monte Verde

Pousada Vilage de Minas (diárias a partir de R$ 380 em baixa temporada e R$ 695 em alta)

Climinha rústico onde madeira, paredes de tijolos aparentes e tapetes felpudos compõe o ambiente. Nos quartos há lareira e banheira de hidro, e, se quiser completar o mood friozinho assistindo a um filme, só pedir pipoca que é cortesia da casa. Fica a um minuto a pé da avenida principal. (RESERVE AQUI!)

pousada-vilage-de-minas

Onde ficar em Monte Verde

Pousada Ricanto Amore Mio (diárias a partir de R$ 398 em baixa temporada e R$ 614 em alta)

Situada em um grande terreno a 800 metros do centro, a pousada sabe aproveitar bem seus espaços. Além dos quartos em estilo alpino com lareira e vista para a montanha, a hospedagem ainda conta com piscina aquecida, sauna, jacuzzi, salão de jogos e quadra de tênis. O café da manhã tem pães de queijo feitos na hora e entregues em uma cestinha para cada hóspede e o check-out é flexível. (RESERVE AQUI!)

Onde ficar em Monte Verde

Roots Resort (diárias a partir de R$ 399 em baixa temporada)

É difícil de acreditar que o Roots fique a apenas 200 metros da Avenida Monte Verde, tamanha é a tranquilidade da hospedagem. Os quartos espaçosos ficam em grandes “casas”, cada um mantendo sua própria identidade, mas sempre com uma decoração bem clean. Jardim, piscina aquecida, academia, spa, cozinha compartilhada e bikes com capacetes fazem parte da hospedagem. O café da manhã é bem variado e a atenciosa equipe prepara na hora ovos, vitaminas e tapiocas. (RESERVE AQUI!)

Onde ficar em Monte Verde

Pousada Spa Mirante da Colyna (diárias a partir de R$ 549 em baixa temporada e R$ 659 em alta)

O nome da hospedagem já dá uma prévia do que ela oferece. Com janelas e portas de vidro, a vista é uma das partes mais impressionantes do lugar. A decoração rústica em madeira complementa o ambiente e você tem a sensação de estar, mesmo, dentro da natureza. À noite, sopas e fondue são servidos no restaurante. No check-in você é recebido com chá e chocolates e, no check-out, pode levar pra casa deliciosos biscoitos caseiros. (RESERVE AQUI!)

Onde ficar em Monte Verde

Estalagem Wiesbaden (diárias a partir de R$ 593 em baixa temporada e R$ 780 em alta)

A decoração diferentona com almofadas de animal print, paredes de cores chamativas, tapetes estampados e abajures com efeitos de luz pode passar a impressão de uma hospedagem badalada, mas, na verdade, a Estalagem é tranquila e aconchegante. Há um spa e um centro de bem-estar terapêutico e várias redes espalhadas pra relaxar, além de piscina coberta, academia e sauna. Pra completar o combo “preguicinha”, o café da manhã pode ser servido no chalé, piscina ou jardim até às 16h. (RESERVE AQUI!)

estalagem-wiesbaden-2

Onde ficar em Monte Verde

Kuriuwa Hotel (diárias a partir de R$ 610 em baixa temporada e R$ 842 em alta)

Com um atendimento impecável e solícito, o Kuriuka é o tipo de hotel que você chega no quarto com o aquecedor já funcionando e pode tomar um chá da tarde mesmo que perca o horário. Os chalés são reservados, com lareira interna e externa na pequena varandinha com sofá. Tem sala de ginástica, spa e piscina, além de uma área deliciosa para caminhar ao ar livre. (RESERVE AQUI!)

Onde ficar em Monte Verde

Provence Cottage & Bistrô (diárias a partir de R$ 692 em baixa temporada e R$ 1090 em alta)

Sete chalés compõem a área de 12 mil metros quadrados da pousada em meio às montanhas. Além do verde da natureza, há uma presença significativa do azul na decoração, que é influenciada pela região da Provence, na França, e também traz um pouquinho do charme mineiro nos artesanatos e outros objetos. A sensação de aconchego também é percebida pelos proprietários, que marcam presença levemente durante toda a estadia, assim como a cachorrinha deles, Bellinha. No bistrô, você fará refeições super completas e bem servidas. O café da manhã e da tarde estão inclusos na diária e são preparados com produtos frescos e caseiros como frutas, iogurte, pães, bolos, doces, biscoitos, geleias, queijos e outros embutidos. O jantar aos sábados é um menu-degustação de seis pratos feito sob reserva com ingredientes da estação de produtores locais da região ou da própria horta da pousada.

LEIA MAIS: Provence Cottage & Bistrô: charme em pousada nas montanhas de Monte Verde

provence-cottage-bistro

Já ficou em alguma dessas pousadas ou tem uma indicação de outra legal? Comente aqui!

Bruna Nobrega

Acredita no lema "trabalhe com o que você gosta e você nunca estará trabalhando". Além de ser amante das viagens, é doida por entretenimento: daí seus dois anos na redação da Capricho antes de chegar aqui no Carpe Mundi. Reza pra próxima viagem ser para destinos que já foram cenário de filmes ou séries.

Deixe seu comentário

voltar ao topo