LAPA, RIO DE JANEIRO

Na região central do Rio de Janeiro, a Lapa é um bairro de muitas faces. Se, por um lado, os prédios enormes demonstram a grandiosidade da região metropolitana, do outro, a arquitetura colonial de alguns casarões, bares e restaurantes garantem ares boêmios e a sensação de se estar em um ambiente à parte, imerso em cultura e música. Acredite: há muito o que fazer na Lapa.

O QUE FAZER NA LAPA

Mas não se engane: a Lapa é lugar de agito. Além do charme da antiguidade, o turismo acontece entre os icônicos arcos e a Escadaria Selarón, mantendo a região movimentada em todas as épocas do ano. À noite, o pique carioca toma conta de vez das ruas e garante muita animação em barzinhos e baladas que vão do forró ao samba raiz. Anote as dicas para curtir ao máximo a região da Lapa:

O que fazer na Lapa durante o dia

O que fazer na Lapa durante o dia

Conhecer os Arcos da Lapa

O Aqueduto da Carioca, popularmente conhecido por Arcos da Lapa, é o cartão-postal do bairro e também sua porta de entrada. Construído durante o período colonial, é um símbolo predominante da arquitetura do Rio. Durante o dia, vale explorar a região para fotografá-lo por diferentes ângulos. Já à noite, os arcos abrigam festas e celebrações. O espaço é tomado por apresentações culturais e barraquinhas de comidas e bebidas.

arcos_da_lapa

escadariaselaronlapa

O que fazer na Lapa durante o dia

Visitar, fotografar e subir a Escadaria Selarón

Cores vibrantes em mais de 2 mil pedaços de azulejo compõem os 215 degraus da Escadaria Selarón, um marco da cidade do Rio de Janeiro que liga os bairros da Lapa e de Santa Teresa. Decorada por Jorge Selarón, um artista Chileno radicado no Brasil, a escadaria forma um grande mosaico e recebe muitos turistas. Sempre lotada, a dica é aproveitar para fotografá-la bem cedo.

O que fazer na Lapa durante o dia

Se hospedar (e curtir as várias atividades) do Selina

Hotel novinho, recém-aberto, de decoração descolada pairando entre hostel e hotel-boutique, o Selina fica próximo aos Arcos da Lapa e oferece, além de suas acomodações, a oportunidade de viver intensamente o lifestyle carioca. Isso porque o prédio colonial, que no passado funcionava como o icônico hotel Bragança, abriga restaurante, lojinha, rádio (a Lapa55 Radio, cheia de bons hits), e recebe ainda, em seu rooftop, vários eventos que agitam as noites por ali (destaque para o Samba que Elas Gostam, uma roda formada só por mulheres). Outra vantagem é a chance de conhecer pessoas do mundo inteiro: é que, por ter outras unidades espalhadas pelo globo, o hotel é referência entre os turistas e tem áreas compartilhadas como o cinema e o jardim para interagir. O custo-benefício agrada, com diárias desde R$ 40 no quarto compartilhado e R$ 160 no privado. RESERVE AQUI!

O que fazer na Lapa durante o dia

Passear nos Bondes de Santa Teresa

Saindo da estação carioca, passando sobre os Arcos da Lapa e indo sentido à estação Dois Irmãos, o bondinho é um atrativo turístico que mescla dois ambientes totalmente opostos: o centro moderno do Rio e os casarões antigos de Santa Teresa. Com saídas a cada 20 minutos, o passeio custa R$ 20 por ida e volta. Além de curtir a vista, você pode desembarcar em uma de suas cinco estações e conhecer tudo o que o bairro tem para oferecer. A região conta com bons restaurantes, como o Aprazível, especialista em comida artesanal e cachaça. Entre as lojinhas de souvenirs, destaque para a Tucum Brasil, com produtos de arte indígena e design sustentável. O museu Chácara do Céu também é um bom passeio na região.

.

passeio-de-bonde-lapa

santo-scenarium-restaurante

O que fazer na Lapa durante o dia

Almoçar no Santo Scenarium

Restaurante tradicional na Lapa, o Santo Scenarium tem decoração charmosa e um tanto gótica. Entre estátuas de anjos, oratórios, quadros e objetos religiosos, as mesas se tornam apenas um detalhe na composição do espaço. Apesar da aparência diferentona, o cardápio é bastante convencional, recheado por drinks, petiscos, pratos principais e sobremesas. Um dos queridinhos por lá é o combo risoto de camarão e limonada de coco, um clássico da casa.

O que fazer na Lapa durante o dia

Admirar a vista do Parque das Ruínas

Desembarcando no Largo do Curvelo, pelo bondinho, ou subindo a Escadaria Selarón, é possível chegar ao Parque das Ruínas, terreno de um casarão antigo que hoje abriga um centro cultural. Mansão do século XX, o espaço recebe exposições e concertos ao ar livre. O acesso é gratuito e um dos destaques do ambiente é o mirante, que garante vista de boa parte da cidade do Rio de Janeiro e da Baía da Guanabara. Se, com tempo, aproveite para tomar um café na lanchonete do parque e aproveitar sua calmaria.

O que fazer na Lapa durante a noite

O que fazer na Lapa durante a noite

Dançar muito na Fundição Progresso

Espaço dedicado para a disseminação da arte e cultura, a Fundição Progresso ocupa um casarão antigo que, no passado, era usado como fábrica de fogões. Nela todos os ritmos são bem-vindos e celebrados, do funk ao rock. Sempre lotada e com atrações quase todos os dias da semana, a fundição recebe, além dos shows, um mix de atividades como feiras sustentáveis e peças de teatro.

o-que-fazer-na-lapa-fundição-progresso-lapa

circo-voador-lapa-a-noite

O que fazer na Lapa durante a noite

Curtir as boas atrações do Circo Voador

Com quase 30 anos de história, o Circo Voador fica bem próximo aos Arcos da Lapa e é um dos marcos da noite carioca no bairro. Na agenda de shows, grandes nomes, que mesclam desde mpb a rap, fazem a casa lotar nos finais de semana. A arquitetura do lugar chama atenção por seu formato redondo, que faz referência a uma tenda. Um dos projetos do Circo é a Escola Livre de Artes, que oferece cursos de dança, acrobacia e orquestra voadora.

O que fazer na Lapa durante a noite

Ouvir samba raiz no Bar Carioca da Gema

Com muito samba raiz, chorinho, pagode e gafieira, o bar Carioca da Gema recebe, todas as noites, de segunda à segunda, visitantes em busca de boa música, cerveja gelada e petiscos como o tradicional caldinho de feijão. Com os dois andares da casa sempre lotados, muitas mesinhas ficam espalhadas pela calçada, tornando o ambiente amigável e acolhedor desde a entrada. O bar cobra uma taxa de entrada que varia entre R$ 20 e R$ 30, dependendo do dia da semana.

O que fazer na Lapa durante a noite

Celebrar a diversidade musical na Lapa 40 graus

A Lapa 40º graus é uma casa noturna que oferece rodas de samba e gafieira, shows de sertanejo e mesas de sinuca. O espaço é ótimo para se jogar na pista de dança, mas também uma boa sugestão para quem busca por drinks e comidinhas. Por lá, as porções são nomeadas por ritmos musicais.

o-que-fazer-na-lapa-lapa-40-graus

o-que-fazer-na-lapa-sala-cecilia-meireles

O que fazer na Lapa durante a noite

Assistir a um concerto na Sala Cecília Meireles

Na lista das salas de concerto mais tradicionais do Brasil, a Sala Cecília Meireles fica no Largo da Lapa e ocupa um edifício tombado que reabriu em 2014 após uma reforma para restauração e acessibilidade. Com capacidade para 670 pessoas, a casa é uma opção para os que buscam um ambiente mais clássico e que foge da agitação da Lapa sem sair do bairro. Apesar do tom mais clássico, a casa recebe apresentações que vão do jazz ao popclassic.  Concertos e atrações acontecem durante toda a semana na faixa dos R$ 60.

O que fazer na Lapa durante a noite

Conhecer o incrível Rio Scenarium

Eleito pelo jornal The Guardian, em 2006 como um dos 10 melhores bares do mundo, o Rio Scenarium é um marco do Centro Histórico do Rio e mostra, em sua decoração, detalhes dessa história. Misturando atrações musicais a bar, restaurante e exposições de antiguidades, a casa é famosa na Lapa por ter diferentes ambientes que oferecem desde espaço para dança a mesinhas mais reservadas e confortáveis. O cardápio é bem completo, com boas opções de pratos principais e uma excelente carta de drinks, com vinhos de 7 nacionalidades, bebidas quentes, cocketails e cervejas.

stefanisousa

A AUTORA

Stefani Sousa

Paulista por nascimento e mineira de coração, ama viajar pelo Brasil e não perde uma oportunidade de pegar uma praia ou se aventurar numa cachoeira. Leva no currículo três anos na Glamour Brasil e passou rapidinho pelo blog com sua expertise em pautas de lifestyle, cultura e moda.

Deixe seu comentário

voltar ao topo