chile


Veja quais são os melhores passeios do Atacama

Da janela do avião, cenários que parecem ter saído de Marte dão uma prévia do que é o Deserto do Atacama. Crateras, ondulações pontiagudas e outros formatos arenosos em tons de argila fazem os olhos duvidarem de que a paisagem é mesmo real. E no meio desse terreno inóspito, com cenas saturadas de lagoas, vulcões, salares e rica vida animal e vegetal, há muito o que conhecer. Veja aqui tudo sobre os melhores passeios do Atacama, o deserto mais alto e árido do mundo. San Pedro de Atacama é a cidadezinha de areia e pedregulhos base da viagem, onde bater perna significa sujar o sapato. É das mil e uma agências de turismo da Caracoles, a rua principal do povoado, que partem os tours diários pelas principais atrações do deserto.

Você pode até selecionar algumas agências antes da viagem, mas não compensa fechar nada com antecedência – no cara a cara os descontos são grandes (procure fazer tudo com a mesma empresa) e as vagas são quase que impossíveis de acabar. Recomendação: faça primeiro os passeios de altitudes mais baixas pro corpo se aclimatar melhor.

LEIA TAMBÉM: Onde se hospedar no Atacama (do básico ao luxo)! 
3 dias em Santiago: roteiro atualizadíssimo

MELHORES PASSEIOS DO ATACAMA

– É possível juntar alguns tours e fazê-los no mesmo dia, seja como extensões (o Salar de Talar é uma extensão das Lagunas Altiplânicas, por exemplo) ou como passeios diferentes (é comum fazer os Geysers del Tatio de manhã bem cedo e as Termas de Puritama, pra relaxar, de tarde).
– Um dia antes dos passeios com maior altitude, como as Lagunas Altiplânicas e o Salar de Talar, o Salar de Tara, os Geysers del Tatio, as escaladas nos vulcões e as lagunas da Bolívia, o ideal é não ingerir carne vermelha e bebidas alcóolicas, que intensificam o mal de altitude. Os sintomas mais comuns são dores de cabeças intensas, fraqueza, dificuldade em respirar e enjoo. Pra melhorar a indisposição, o chá de coca feito de folhas naturais (não vale o de saquinho) é a pedida. Dica: beba muita água pra hidratar o corpo.
– Nesses passeios também evite caminhar rápido e fazer grandes esforços físicos; em grande altitude você perde o fôlego com facilidade e se sente mal depois de qualquer corridinha devido ao ar rarefeito.

*US$ 100 = CLP 72 000

SALAR DE ATACAMA + LAGUNAS ALTIPLÂNICAS + extensão SALAR DE TALAR (Piedras Rojas) / dia todo / 4 000 metros / cerca de CLP 50 000 + CLP 5 000 (ingresso)

melhores-passeios-atacama-lagunas-altiplanicas
Paisagens cênicas de um dos melhores passeios do Atacama

Tour número 1 das agências e quase sempre o preferido dos turistas. A primeira parada é na Laguna Chaxa, repleta de flamingos, no imenso Salar de Atacama. Depois do café da manhã, montado pelo guia numa mesa dobrável do lado da van, o passeio ultrapassa os 4 mil metros de altitude entre vicunhas (uma parente silvestre da lhama) e raposinhas (S2) e segue em direção às imensas Lagunas Miscanti e Miñiques. O reflexo dos vulcões e montanhas dos Andes no intenso azul das lagoas é lindo de ver. O almoço acontece num restaurante familiar no caminho do Salar de Talar. Também conhecido como Piedras Rojas, o campo de sal tem, talvez, o visual mais impressionante do norte do Chile. O degradê de cores da Cordilheira forma uma pintura com o branco brilhante do salar e as chamadas “pedras vermelhas” (que adquiriram essa coloração devido ao ferro oxidado depositado ali), adornadas por lagoas rasinhas azul-piscina. Essa extensão é pouco explorada pelas agências e uma das mais caras por ser distante, mas não há quem vá e não volte achando a paisagem uma das mais bonitas da vida.
*Para os passeios de dia todo que saem cedo, a dica é se vestir em camadas, já que a amplitude térmica do deserto não é brincadeira e de madrugada faz muito, mas muito frio, e, depois do almoço, o calor pode ficar insuportável.

VALE DA MORTE + CORDILHEIRA DE SALVALE DA LUA / das 15h às 20h / 2 400 metros / cerca de CLP 18 000 + CLP 2 000 (ingressos)

vale-da-morte-melhores-passseios-atacama

vale-da-lua-atacama-melhores-passeios

Batizado no deserto (não pede aclimatação), é o passeio que mais representa o que é o Atacama. Suas cenas não se repetem em nenhum outro destino da América do Sul (diferente das Lagunas Altiplânicas, por exemplo, existentes também na Bolívia). O Vale da Morte, chamado assim por não apresentar nenhum tipo de vida em seu grande buraco, é a primeira atração. Você fica de frente pra um terreno árido cheio de formações irregulares que lembram triângulos numa espécie de mar montanhoso. Depois, visita a Cordilheira de Sal, talhada por milhões de anos de erosão num antigo lago cujo fundo foi sendo levantado pelos movimentos terrestres. Lá, entre na fila pra tirar uma foto na Pedra do Coyote, de onde dá pra ver toda a depressão. Antes do entardecer, a boa é o enorme Vale da Lua, onde você se questiona se ainda está na Terra. A paisagem envolve tonalidades de vermelho, rosa e laranja entre rochas, dunas e falésias espetaculares. Destaque para as cavernas de sal e a formação curiosa das Três Marias. No fim, todo mundo sobe na maior duna do local pra assistir ao pôr do sol.
*Dá pra alugar uma bike na Caracoles (cerca de CLP 5 000 o dia) e chegar nos três pontos pedalando. Leva cerca de 5 horas. Quem curte esportes radicais também pode descer o Vale da Morte em tours que incluem sandboard (CLP 40 000).

MELHORES PASSEIOS DO ATACAMA:

SALAR DE TARA / dia todo / 4 400 metros / cerca de CLP 50.000

salar-de-tara-passeios-atacama
As Catedrais de Tara na imensidão do deserto

Entre os melhores passeios do Atacama, é um dos últimos a se fazer (tem uma das altitudes mais elevadas) e começa “comum” pra quem já visitou outros lugares, passando por pequenas lagunas pelo caminho. Após 100 km, a van vira numa estradinha de terra e contorna monólitos verticais como os Monjes de la Pacana e estruturas vulcânicas. No fim do off-road, o Salar de Tara surge como uma miragem ao lado das Catedrais de Tara (enormes paredões que “beiram” o salar), com um mar de flamingos no horizonte. A van faz uma pausa e você continua a trilha entre a vegetação rasteira a pé até o local do almoço, em bancos de tronco de madeira. Sugestão: não tomar vinho nesta refeição pra evitar dores de cabeça na volta.

GEYSERS DEL TATIO / das 4h às 12h / 4 300 metros / cerca de CLP 20 000 + CLP 5 000 (ingressos)
É o passeio que sai mais cedo e durante o qual faz mais frio (no inverno, os termômetros chegam em -20ºC). Num campo geotérmico, colunas de vapor de até 10 metros vazam pela superfície de cerca de 80 gêiseres que fervem a quase 100ºC. No amanhecer, o espetáculo é mais intenso. A zona também reúne poços de águas termais onde dá pra entrar por alguns minutinhos, mas tenha em mente que ao sair da água quentinha é preciso encarar temperaturas negativas e rajadas de vento nada agradáveis. Obs: quem não tem muito tempo pra viajar e faz o passeio ao Uyuni costuma tirar os Geysers del Tatio do roteiro (na Bolívia também há gêiseres). Não vale a pena, os do Atacama são muito mais interessantes: é o terceiro maior campo do mundo.

geysers-del-tatio-melhores-passeios-atacama

LAGUNAS CEJAR E TEBINCHIQUE (no verão) / das 15h às 20h / 2 300 metros /  CLP 18 000 + CLP 2 000 (ingressos)
Na primeira você relaxa boiando na água extremamente salgada – leve uma revista e uma câmera pra tirar fotos como no Mar Morto –, e, na segunda, assiste ao pôr mais famoso do Atacama. A real: no inverno, o passeio não vale a pena, a água da Laguna Cejar é fria e há outros locais com entardeceres tão lindos quanto o da Laguna Tebinchique.

MELHORES PASSEIOS DO ATACAMA:

TOUR ASTRONÔMICO / 21h às 23h (verão) e 19h às 22h (inverno) / 2 400 metros / cerca de CLP 15 000
Os mais de 2 mil metros de altitude, a baixa umidade e a pouca luminosidade artificial fazem do Atacama um destinão pra ver estrelas. Tá certo que é só olhar pra cima em noites claras pra assistir ao show do céu, mas se você nunca tiver participado de um tour astronômico, não perca a oportunidade de fazer sua estreia em meio a tantas condições favoráveis. Durante a explicação do guia, o pessoal toma chá quente em uma roda falando sobre astronomia e depois parte para os telescópios.
*O passeio não acontece em noites de lua cheia e céu nublado.

TERMAS DE PURITAMA / das 10 às 14h ou das 14h às 18h / 3 500 metros / cerca de CLP 10 000 + ingresso: CLP 15 000 (manhã) e CLP 9 000 (tarde)

termas-de-puritama-melhores-passeios-atacama
Relaxar nas Termas de Puritana: entre os melhores passeios do Atacama

Melhores passeios do Atacama: pra descansar, os oito poços de águas quentinhas ao longo do Rio Puritama mantidos pelo Hotel Explora são um programão no deserto. O primeiro é exclusivo dos hóspedes, e, o segundo, o mais cheio de gente (é o mais quentinho). Já o quinto é o mais bonito: dá pra curtir a água cristalina e o visual do vale a sós. A temperatura fica entre os 28ºC e 35ºC. No inverno, prefira ir no turno da manhã, quando bate mais sol. Leve toalha!
*Quem curtir trekkings pode encarar as trilhas de 2 a 4 horas do Vale do Guatin pra chegar nas termas. O passeio não é vendido por todas as agências e é um pouco caro (CLP 100 000), mas tem um cenário único tomado por cactos gigantes.

TOUR DE MOTO OU QUADRICICLO / manhã ou tarde / cerca de CLP 100 000
Tour caro, pouco procurado e só uma agência faz, a On Safari Atacama, mas oferece uma experiência diferente de todos os passeios regulares. Você dirige uma moto ou quadriciclo pelo deserto visitando de perto pontos vistos apenas de passada em outros passeios, como a Cordilheira de Sal e a Laguna Tebinquinche. Legal pra quem tá com grana e tempo de sobra.

ESCALAR VULCÕES / dia todo / desde CLP 150 000

escalar-vulcoes-melhores-tours-atacama

atacama-escalar-vulcoes-melhores-passeios

Não é pra principiantes. Apesar de pequeninos de longe, os vulcões perfeitamente cônicos da Cordilheira exigem muito esforço físico em altitudes nada vantajosas. Os mais fáceis são o Láscar, onde a subida vai dos 4 800 aos 5 592 metros e, o Toco, dos 4 800 aos 5 592 metros (quanto mais alto, mais comprometida fica a quantidade de oxigênio no ar). O Licancabur, com seus 5 916 metros, é um dos principais cartões-postais do Atacama. Pra escalá-lo, você passa a noite num alojamento do lado boliviano da fronteira e acorda à 1h da manhã pra dar início à escalada. Programe-se: deixe pro fim da viagem.

MELHORES PASSEIOS DO ATACAMA:

VALE DO ARCO-ÍRIS + YERBAS BUENAS / 8h às 12 e 14h às 18h / 3 200 metros / CLP 20 000 + CLP 3 000 (ingressos)
Os minerais com colorações distintas do vale proporcionam um visual bonito que lembra um arco-íris. É bem parecido com o Vale da Lua, só se diferencia nas cores. O tour também passa pelos petróglifos (gravuras nas pedras) de Yerbas Buenas. É meio sem graça pra quem faz os outros passeios.

BOLÍVIA (1 DIA) / dia todo / 5 mil metros / cerca de CLP 70 000

bolivia-passeio-laguna-blanca-atacama
Laguna Blanca, logo após a fronteira com a Bolívia

Mais raro ainda, é feito em grupos de, no mínimo, quatro pessoas na maioria das agências. A saída percorre exatamente o mesmo itinerário do primeiro dia do tour ao Salar de Uyuni, passando pelas Lagunas Altiplânicas da Bolívia, a Laguna Blanca e a Laguna Verde; o Deserto de Salvador Dali (mais ou menos parecido com o caminho até o Salar de Tara); as Termas de Polques e os Geysers Sol de Mañana (versão piorada dos Geysers del Tatio); e a Laguna Colorada, onde a ação do vento com os sais da lagoa dá um tom de vermelho photoshop à água. É preciso muita vontade de ver a paisagem pra encarar o tour: o jipe vai chacoalhando sem parar numa altitude elevadíssima, no meio da Cordilheira dos Andes, causando um tremendo mal estar num frio de até -15ºC durante o dia no inverno. No verão, não é tão diferente assim, a média é de 0ºC.

AGÊNCIAS

Veja com quem fazer os melhores passeios do Atacama

  • AYLLU: É hotel, restaurante e agência. Tem os tours clássicos, sandboard e escaladas em vulcões.
  • COSMO ANDINO: Se não for a agência mais cara, é uma das, mas tem roteiros personalizados e guias experts.
  • GRADO 10: Os passeios são em “caminhões” e os guias e as refeições são ótimos. Preço acima da média.
  • INCA COYA: Tem preço mediano, é bem organizadinha e faz também o Salar de Uyuni.
  • LATCHIR: Faz o Salar de Talar, passeios de bike, trekkings e os tradicionais. Serviço bem legal.
  • ON SAFARI ATACAMA: Tem tours de moto e de quadriciclo pelo deserto, além de observação de pássaros.
  • SPACE: Melhor para o tour astronômico.
  • TERRA EXTREME: Tours padrões, preços ok.
  • WORLD WHITE TRAVEL: Faz tours à Bolívia – veja aqui um relato da viagem do  Atacama ao Salar de Uyuni

Os melhores passeios do Atacama: e você, tem algum pra indicar?

Há 9 comentários para “Veja quais são os melhores passeios do Atacama

  1. Gurias, tô indo em abril e tô pensandk em fechar alguns passeios com a Ayllu. O problema é que a minha experiência de fechar um Tour antes é que eu acabei pagando mais caro. Vocês acham que ela tem um preço ok? Tem alguma que tenha um valor mais barato que vocês saibam?
    Obrigada!

    1. Oi Ana Paula tudo bem? Então, como a gente explica aí em cima, o melhor é deixar pra comprar tudo lá. Fechando todos com as mesma empresa você consegue descontos. A Anna fez tudo com a World White Travel e conseguiu preços bons, dá uma olhada, mas deixa pra pesquisar quando chegar lá mesmo, sem problemas.

  2. Olá, tudo bem? Irei ao Atacama em dezembro e gostaria de fazer o tour de 1 dia para Bolívia (Laguna Colorada e Laguna Verde). Porém, não estou encontrando agências que fazem esse passeio. Você teria alguma indicação? Obrigada

  3. Tenho 10 dias de férias em fevereiro e pretendo fazer Salar do Uyuni e Atacama, caso sobre tempo, algo a mais. Minha dúvida é quantos dias eu devo ficar no Atacama para os passeios mencionados por você, 4 dias é suficiente? Fevereiro é uma boa época ou seria melhor março?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *