brasil


9 dicas pra conseguir viajar pelo Brasil sem gastar muito

Viajar pelo Brasil é caro e falta infra, a gente sabe. Mas nosso país tem muita coisa bonita para ver. E, convenhamos, muitas vezes a gente deixa de viajar por aqui por preconceito ou por causa do nosso eterno complexo de vira-lata que diz que ir pra fora é sempre melhor. Veja algumas dicas para parar de usar a desculpa do “é caro” e cair nesse Brasilzão.

LEIA TAMBÉM: 54 dicas pra viajar com pouco dinheiro
Pousadas e hotéis pet-friendly pra ir no interior de São Paulo
Minigua de Capitólio (MG), com restaurantes e passeios

Viajando pelo Brasil sem gastar muito: 9 dicas

Alugue uma casa

Essa é a dica número 1 não por acaso. Alugar casa é um dos melhores jeitos de economizar viajando pelo Brasil. As pousadas e os hotéis estão caros? Pode ter certeza que quase sempre vai ter uma casa ou apartamento em conta, mesmo que bem simples, tanto na praia quando no interior, nas serras e nas capitais – se acostume a olhar no Alugue Temporada e no Airbnb. Ok, não tem café da manhã e outros confortos, mas a ideia é viajar barato, né? Se você estive em grupo, a economia é maior ainda. E lembre-se sempre de mandar uma mensagem para o anfitrião antes de reservar para tentar negociar o preço.

Viaje em grupo

Outra dica espertíssima: viajar em 4 pessoas (ou mais) é a chave par gastar menos viajando pelo Brasil. Porque assim você pode rachar os custo da gasolina (se for de carro ou alugar carro) e do aluguel de casa, por exemplo. Mais importante, assim você pode dividir os valores dos passeios de bugue (em praias do Nordeste) ou do guia que leva até a cachoeira (em lugares como a Chapada dos Veadeiros) ou do transfer até os passeios (em Bonito, por exemplo).

mirante-dos-canions-capitolio
Capitólio (MG)
Na alta temporada, vá para lugares menos concorridos e não pegue voos

Se você só pode viajar em feriados, janeiro e julho, prefira lugares que você possa ir de carro ou ônibus para fugir dos preços caros das passagens domésticas. Outra dica é procurar lugares menos concorridos, como capitais, destinos de serra e ecoturismo pouco falados, praias mais roots.

Não vá para o Nordeste no Réveillon

A não ser que você more no Nordeste, obviamente, evite a região no Ano-novo. Eu digo isso depois de algumas experiências ruins por lá. A passagem está sempre caríssima: em agosto os voos saindo de São Paulo já estão mais de R$ 1000 para praticamente qualquer destino. Lugares que são incríveis fora dessa época (Jeri, Pipa, Morro do São Paulo) ficam absolutamente lotados, com passeios de barco custando mais de R$ 100. Claro, se você pode gastar pra ficar numa pousadinha linda em São Miguel dos Milagres, vai nessa, mas, de novo, pra viajar barato no Brasil, esqueça. Deixando para ir na segunda semana de janeiro já melhora, mais ainda na segunda quinzena.
LEIA TAMBÉM: 10 dicas pra viajar barato no Ano-novo

Fique em hostels

A gente esquece, mas tem hostel no Brasil também. E eles podem ser uma opção boa e barata de hospedagem em vários destinos. Já tive experiências legais em hostels em Búzios, Paraty, Morro do São Paulo, Chapada dos Guimarães. A diária costuma ficar em torno dos R$ 40 em quartos coletivos, dependendo do destino e da época do ano. Fuce no Booking e no Hostelworld antes de sair viajando pelo Brasil.

minas-tiradentes
Tiradentes (MG)
Coma em lugares simples

Não importante onde você esteja: com pouquíssimas exceções, sempre vai ter um lugar simplão com um bom arroz e feijão. Claro que você está de férias e quer comer num restaurante bonitinho, mas parar economizar, reduza as refeições neles para alguns jantares e almoce nos quilos ou similares. Muitos vão ter uma comida regional bem gostosa – e às vezes melhor que nos restaurantes bonitinhos justamente por causa da falta de pretensão.

Alugue carro

A diária de um carro popular no Brasil custa por volta de R$ 70. Em muitos lugares o carro vai de poupar de pagar transfers e excursões e vai te dar mais liberdade. Recentemente a gente aqui do Carpe Mundi foi para Cambará do Sul (RS) e, se não tivesse alugado carro, teria que ter pago passeios caros para ver os cânions da região.

Viaje de ônibus

Ninguém está dizendo pra ir de São Paulo para Salvador de ônibus, pera lá. Mas ônibus pode ser ótimos em alguns trajetos. Eu sempre vou de São Paulo para o Rio, por exemplo, e já fui de São Paulo para Búzios e para Diamantina (MG). É um jeito de fugir de 1) momentos em que os voos estão muito caros, principalmente na alta temporada; 2) quando você está viajando sozinho ou com mais uma pessoa e vai ficar muito caro gasolina + pedágio para ir de carro.

Explore os lugares do seu estado ou dos estados vizinhos

Você que é de São Paulo: já foi por acaso ao Parque Nacional de Itatiaia? Para os festivais de Paraty? Para as praias mais inóspitas de Ilhabela? Para as cachoeiras de Brotas? Não precisa ir muito longe para ver coisa legal no Brasil. Todo estado tem belezas que você alcança em algumas horinhas de carro. E aí é só juntar um grupo e alugar uma casa e comer arroz e feijão. 😊 LEIA TAMBÉM: Destinos de cachoeira e montanha pra ir no Sudeste

A autora

Betina Neves

Betina Neves

Editora do Carpe Mundi, viaja pra trabalhar e trabalha pra viajar. É jornalista freelancer e já escreveu pra Viagem e Turismo, ELLE, Claudia, Vamos LATAM, Superinteressante, Cosmopolitan, VEJA São Paulo, Folha de S. Paulo, entre outras publicações.


Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *