europa


10 destinos super em alta pra visitar na Europa neste verão

Chega o meio do ano, o calor retorna ao Hemisfério Norte e a Europa entra nos radares turísticos do mundo mais uma vez.

Em 2017, estenda seu leque de viagens no continente indo além dos destinos comuns, conferindo lugares em alta e economizando em regiões baratas como o Leste Europeu.

VERÃO EUROPA

1) Aarhus, Dinamarca

Designada Capital Europeia da Cultura e dentro da Região Europeia da Gastronomia de 2017, a cidade está ganhando fãs rapidamente com seus festivais de música, sua próspera cena gastronômica e fabulosos espaços públicos como o Dokk1, lar da maior biblioteca da Escandinávia, no porto da cidade. Enquanto isso, seu ARoS Aarhus Kunstmuseum cativa com o design ousado – há uma passarela circular com vidros coloridos formando um arco-íris circundando o topo do lugar.

aarhausdinamarca

VERÃO EUROPA

2) Montenegro

O país é lindíssimo e ainda segue fora do radar das massas de turistas.  Kotor, sua vila medieval com ruas de mármore, à beira dos fiordes, é o destino mais queridinho, onde é uma delícia se perder dentre lojinhas, restaurantes, igrejas e praças. A 15 minutinhos dali fica Perast, onde uma ilhota artificial abriga a igreja de Nossa Senhora das Pedras, com mais de 500 anos. Reza a lenda que um pescador construiu o santuário após encontrar uma imagem da santa na Baía de Kotor. Budva, outra cidadezinha medieval amuralhada e super bem preservada, é conhecida por suas praias. Esculpido numa escarpa rochosa, o Mosteiro de Ostrog é um dos lugares mais intrigantes do país e um dos mais visitados em peregrinações dos Balcãs. Ao norte, o Parque Nacional Durmitor é sede do Cânion do Rio Tara, que chega a 1 300 metros de altura – é o maior continente.

montenegro-kotor

INDO PRA EUROPA NESTE VERÃO? VEJA AQUI O QUE NÃO PODE FALTAR NA SUA MALA!

VERÃO EUROPA

3) Porto, Portugal

A descida a pé pelas ladeiras Baixa até a Ribeira concentra alguns dos melhores cartões-postais da cidade: a Torre dos Clérigos, a centenária Livraria Lello, o Palácio da Bolsa, as margens do Douro com o casario coloridinho de fachadas gastas com roupas estendidas no varal e a Ponte D. Luís I, que, do lado de Vila Nova de Gaia, tem as vistas mais fotogênicas da Ribeira. Suas atrações seculares dividem cada vez mais espaço com novos cafés, bares e restaurantes da moda, galerias de arte descoladas e edifícios de arquitetura futurista. E, dali dá pra fazer bate-voltas ou viagens curtas pelo Vale do Douro e provar os melhores vinhos do Porto da sua vida.

LEIA TAMBÉM: As praias mais bonitas de Portugal: roteiro pela costa do Algarve e do Alentejo

Guia do Alentejo: as cidades e vinícolas da região mais autêntica de Portugal

portugal-porto

VERÃO EUROPA

4) Peloponeso, Grécia

Ofuscada pela fama das ilhas mais famosas como Santorini e Mykonos, essa península ao sul da Grécia continental vai te parecer familiar ao lembrar das aulas de história: Esparta, Corinto e Olímpia ficavam ali. A região é um enclave acessível com paisagens magníficas e ainda tem um jeitão de mundo perdido com seus campos de oliveiras, estradinhas panorâmicas, aldeias de pedra e monastérios solitários entre montanhas e praias desertas. A melhor forma de explorar esse pedacinho de mundo é percorrendo os 70 e poucos quilômetros da novinha Menalon Trail, que vai de Stemnitsa a Lagkadia, passando pela paisagem dramática do Lousios Gorge, as encostas ocidentais do Monte de Menalon, o Vale do Rio Mylaon e as Montanhas Gortynian. A região de Nemean guarda bons vinhos, a costa de Navarino tem naufrágios perfeitos pra mergulhar em volta e a Península de Mani guarda construções históricas transformadas em glampings e hotéis de luxo. Já Náuplia mistura arquitetura tradicional com arte contemporânea, ideal pra um bate-volta.

peloponeso-grecia

VERÃO EUROPA

5) Dubrovnik, Croácia

Fundada no século 7, a cidade é cobiçada pelo cartão-postal formado por sua Banje Beach contrastando com muralhas e telhadinhos que literalmente brilham sob a luz do sol nas 12 horas de luz forte por dia em junho. Cada vez mais no papo de turistas ocidentes em busca de novas experiências no continente, badalação, preços e temperaturas vão às alturas no verão, quando meia dúzia de cruzeiros atracam em Dubrovnik diariamente. Caminhe pela Cidade Velha por sua movimentada Stradun, a rua principal; conheça suas bonitas St Blaise’s Church e Dubrovnik Cathedral; e explore suas muralhas numa caminhada digna de Game of Thrones. Quem quer gastar menos e encontrar mais tranquilidade fica no vilarejo vizinho de Lapad, uma escolha esperta.

dubrovnik-muralhas

VERÃO EUROPA

6) Roterdã, Holanda

Roterdã é uma cidade jovem, dinâmica e futurista que reinventou-se após a Segunda Guerra quebrando com o passado e instaurando a arquitetura moderna em seu lugar. Hoje, a cidade é líder em design. Prova disso é seu Market Hall Rotterdam, prédio no formato de um enorme arco que integra comida, lazer e arte em um só espaço. Há também museus em abundância (o Kunsthal Rotterdam exibe mais de 25 exibições artísticas por ano), o renovado bairro de Westelijk Handelsterrein e seus bares e restaurantes em alta, um porto impressionante e festivais animados. Vale incluir de dois a três dias na cidade no roteiro.

holanda-roterda

VERÃO EUROPA

7) Bordeaux, França

Além de porta de entrada para uma das regiões vinícolas mais prestigiosas da França, Bordeaux passou por um renascimento urbano e hoje é uma cidade com lindos boulevares com lojas e construções históricas, vida gastronômica bombando, um parque à beira-rio de sonho e um megamuseu dedicado ao vinho do mundo todo, a Cité du Vin. Jovens chefs também estão revolucionando a gastronomia local preparando pratos inventivos com produtos vindos de fazendas do Sudoeste da França. Seu centro histórico é uma delícia pra andar a pé; não perca a bela catedral gótica de Saint André, o Grand Théâtre e o Musée des Beaux-Arts.

LEIA TAMBÉM: O que fazer em Bordeaux, na França, com dicas de passeios e restaurantes

As melhores vinícolas pra visitar em Bordeaux // Onde ficar em Bordeaux: os 3 hotéis mais bacanas da cidade

bordeaux-vinhos

VERÃO EUROPA

8) Veneza, Itália

Veneza nunca perde sua capacidade de encantar, seja através de sua Piazza San Marco, suas máscaras e gôndolas, suas janelas com vasinhos de flores charmosas e seus varais de roupas atravessando becos. Em 2016, a cidade dos apaixonados comemorou os 500 anos de história do Gueto de Veneza, uma ilha no coração desta cidade insular onde a cultura judia prosperou. Esta é a hora de explorar suas sinagogas recém-restauradas, seu Museu Judaico e assistir O Mercador de Veneza, de Shakespeare, peça encenada no gueto desde o ano passado.

LEIA TAMBÉM: O que fazer em Roma: as 20 dicas e passeios que não podem faltar no roteiro

veneza

VERÃO EUROPA

9) Finlândia

A natureza selvagem da Finlândia compreende 39 parques nacionais recheadas de paisagens verdes, rios cristalinos e locais pra observar a aurora boreal – perto do Círculo Polar Ártico, o fenômeno de cores pode ser visto em até 200 dias do ano -, entre eles o Oulanka National Park, onde fica a trilha de Karhunkierros, a mais popular do país, ótima pra percorrer em uma semana no verão. Neste ano, o país comemora seus 100 anos de independência, celebrando a data com quatro feriados nacionais dedicados às atividades ao ar livre. Helsinki, sua capital que esbanja atmosfera nórdica, sediará cerca de um evento comemorativo por mês, entre um concerto musical, uma exibição de arte, um campeonato de esporte, um festival de comida e um espetáculo de ballet.

helsinki-finlandia

VERÃO EUROPA

10) Madri, Espanha

Frequentemente preterida à Barcelona, Madri ganha da vizinha catalã com os melhores museus do país, praças e parques impecáveis, ruas grafitadas, mercados imensos e coloridos e bares de tapas. Nos últimos dois anos, a capital espanhola ainda passou por uma boa renovação. Os museus do Prado, Reina Sofia e Thyssen-Bornemisza ficaram cada vez maiores, enquanto no centro da cidade abrem semanalmente novas lojinhas, cafés e restaurantes. A cidade ficou perfeita pra um fim de semana prolongado rico em cultura, cena gastronômica em ascensão e atmosfera animada à noite.

LEIA TAMBÉM: O que fazer em Segóvia: bate-volta desde Madri

O que fazer em Madri: roteiro completo de 3 dias com hotéis e restaurantes

madrid-plaza-mayor

A autora

Anna Laura Wolff

Anna Laura Wolff

Jornalista por formação e fotógrafa por vocação, a editora do Carpe Mundi passou pelas redações da CARAS Online e da Viagem e Turismo. Depois de uma temporada em Paris, decidiu ser viajante full time.


Instagram

Há 1 comentário para “10 destinos super em alta pra visitar na Europa neste verão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *