brasil


Onde comer em Tiradentes: nossa seleção de restaurantes

Restaurantes em Tiradentes: cidade mais gastronômica de Minas, Tiradentes tem boas pedidas pra preencher mais de uma semana de viagem. Veja aqui nossa seleção.

LEIA TAMBÉM: O que fazer em Tiradentes: os melhores programas

RESTAURANTES EM TIRADENTES:

ESTALAGEM DO SABOR

Com mais de vinte de anos, fica numa casinha com quintal na frente e uma horta atrás. O pessoal que frequenta parece que vem todo fim de semana, a julgar pela conversação com os donos e as plaquinhas do Guia Quatro Rodas (#sdss) na parede, que indicam que ele manteve a qualidade com o passar dos anos. Os pratos são grandes e dão para até três pessoas (se estiver em quatro melhor pedir dois). A receita da casa é o “mané sem jaleco” (R$ 98) (que parece pesadão mas não é): uma espécie de mexido com leva arroz, feijão, couve, bacon, ovos, lombinho, bananas e cebola. O frango com quiabo também é delícia. É dos meus preferidos restaurantes em Tiradentes. Rua Ministro Gabriel Passos, R$ 280, seg/dom 11h/20h

ROTEIRO: CIDADES HISTÓRICAS MINEIRAS

VIRADAS DO LARGO

Decorado com os pratinhos da Associação da Boa Lembrança, da qual faz parte, o tradicional restaurante da chef Beth Beltrão tem comida da terra caprichada e bem apresentada. A casinha a alguns quarteirões do centro com quintal e horta dá a sensação de estar almoçando na casa da Beth, que circula animada pelo salão. Comece com a porção de pastéis de angu (recheados com carne ou queijo). Como prato principal, o “trem bão” traz carne serenada na manteiga de garrafa com arroz, feijão e mandioca frita. Rua do Moinho, 11, seg e qua/dom 12h/ 22h

CHICO DOCEIRO

O octogenário Chico está mexendo seu panelão de doce de leite há mais de 50 anos – ou assim parece, quando você o vê nos fundos da loja. No balcão ficam seus filhos e netos. O salão é bem simplinho e não tão agradável pra sentar – o negócio é comprar pra levar os potes de ambrosia e os docinhos que misturam doce de leite com coco, amendoim, ameixa. Rua Francisco Pereira Morais, 74, todos os dias 8h/18h30

TRAGALUZ

Entre os restaurantes em Tiradentes, é um dos melhores pra jantar, com ambiente escurinho à luz de velas, paredes de pedra e madeira de demolição. O cardápio é espirituoso, com desenhos em quadrinhos. Os pratos individuais são carinhos; a melhor pedida é a galinha d’angola com legumes, cogumelos e ravióli de abóbora (R$ 70). Seguindo a overdose de doce de leite que você vai ter em Minas (se é que isso é possível), o da casa é maravilhoso, e vem numa cumbuca com um pouquinho de queijo e coco ralado. Rua Direita, 52, 19h/00h30 (fecha às terças)

galinha-tragaluz

PAU DE ANGU (foto de capa)

Vários motivos pra parar nesse restaurante no caminho de Tiradentes pra Bichinho. 1) O preço é ótimo e os pratos são enormes, dão pra três pessoas numa boa. 2) Fica no sopé da Serra de São José, com uma vista bonita para as montanhas. 3) O ambiente é rústico, com mesonas externas com bancos, e sempre tem lugar. 4) Um coração enorme para o frango com quiabo (R$ 77,50 com galinha caipira). Estrada para Bichinho, km 3, todos os dias 12h/17h

THEATRO DA VILLA

A ideia aqui é uma experiência menos mineira e mais sofisticada. São poucas mesas, luz baixa e jazz rolando ao vivo nos fundos. O menu é rotativo, e tem pratos levemente pretenciosos como a entrada de cogumelos com tartufo e o prato principal de magret de pato temperado na flor de sal, com molho de quatro frutas vermelhas e acompanhado de risoto clássico e aspargo fresco. Acho caro levando em conta o preços dos outros restaurantes em Tiradentes (a conta não deve sair por menos de R$ 200 o casal), mas taí pra quem procura um jantar especial embalada por música boa. Rua Padre Toledo, 157, ter/sáb 19h30/1h

BISTRÔ CASA AZUL

O nome é uma alusão à casa da Frida Kahlo no México – a decoração colorida e os cactos no quintal também lembram o país. Pra dar um tempo em mineirices da maioria dos restaurantes em Tiradentes, o menu tem quesadillas, tacos com guacamole, crepes, filé ao “mole poblano”, tudo bem feitíssimo e preparado na casa. Rua da Cadeia, s/n,  12h/16h, 19h30/23h (fecha segunda)

 casa-azul-salao

bistro-casa-azul-guacamole

A autora

Betina Neves

Betina Neves

Editora do Carpe Mundi, viaja pra trabalhar e trabalha pra viajar. É jornalista freelancer e já escreveu pra Viagem e Turismo, ELLE, Claudia, Vamos LATAM, Superinteressante, Cosmopolitan, VEJA São Paulo, Folha de S. Paulo, entre outras publicações.

Instagrambetina.neves

A autora

Betina Neves

Betina Neves

Editora do Carpe Mundi, viaja pra trabalhar e trabalha pra viajar. É jornalista freelancer e já escreveu pra Viagem e Turismo, ELLE, Claudia, Vamos LATAM, Superinteressante, Cosmopolitan, VEJA São Paulo, Folha de S. Paulo, entre outras publicações.


Instagram

Há 5 comentários para “Onde comer em Tiradentes: nossa seleção de restaurantes

  1. Existem restaurantes em Tiradentes onde você almoça uma autêntica comida mineira caseira com preços que não ultrapassam R$40 e que deveriam ser indicados. A realidade brasileira atualmente é outra bem como o perfil do turista em geral.

  2. Ateliê da Cerveja, da Cris, caminho para o Bichinho, prá quem gosta de cerveja artesanal, ambiente acolhedor, petiscos deliciosos, e jogar conversa fora sem pressa, super indico!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *