planejamento


17 resoluções de Ano-novo pra quem ama viajar

Um novo ano está chegando e, se você é que nem a gente, já está pensando nas viagens que 2017 vai trazer. Veja aqui 17 resoluções de Ano-novo pra quem ama viajar 😉.

LEIA TAMBÉM: Como se manter em forma viajando em 10 dicas fáceis

1- Conheça aquele lugar muito legal que fica perto da sua cidade e você nunca foi

Pra quem mora em São Paulo, sabe aquela praia linda em Ilhabela, aquela cachoeira em Brotas, aquela montanha perto de Campos do Jordão? Você já foi a Paraty, conhece bem o Rio ou as cidades históricas de Minas? Não precisa ir tão longe pra ter experiências bacanas.
LEIA TAMBÉM: Roteiro completo nas Cidades Históricas de Minas
O que fazer no Rio de Janeiro: 25 programas essenciais

2- Junte a família pra viajar

Nas reuniões de fim de ano, sempre rola aquela ideia “e se a gente fosse juntos pra tal lugar?” que nunca acontece. Que tal finalmente concretizar a viagem? Pode ser simplesmente alugar uma casa no litoral ou até pensar uma ida ao exterior. Já vale se organizar pra todo mundo conseguir tirar férias juntos. Ah, e uma viagem pode ser ótima pra revigorar as relações.

3- Viaje sozinho

Você já leu um milhão de textos sobre como viajar sozinho é uma experiência legal e importante mas nunca foi? Pois bem, por que então, em 2017, você não vai finalmente entender do que eles estão falando?

4- Tire poucas fotos muito bonitas (ao invés um milhão aleatórias que você nem olha direito depois)

Fotos são recordações incríveis da viagem, mas com a popularização dos smartphones, viraram uma coisa quase banal. A gente aponta o celular pra todo canto, tira um zilhão de fotos sem critério e depois nem aguenta ver (e nem mostra pra ninguém). Que tal apurar o olhar e pensar em mais qualidade do que quantidade pra trazer imagens mais interessantes da sua trip? Coloque em suas resoluções de Ano-novo.

LEIA TAMBÉM: Como tirar fotos legais de você mesmo viajando sozinho
Como cultivar um feed incrível no Instagram

printstagram-sites-que-revelam-fotos-instagram

5- Faça um destino que parece impossível acontecer

Seu sonho é nadar no mar da Polinésia Francesa, ver animais na África, pisar na Muralha da China? Comece a pesquisar o que é preciso pra torná-lo realidade. Será que é tão caro ou difícil como você está pensando? Qual é a melhor época pra ir? As coisas só começam a acontecer quando a gente se mexe.

viagem-maldivas

6- Escolha comprar menos pra viajar mais

É cada vez mais tendência valorizar experiências em detrimento de bens materiais. Se você quer viajar mais, um ótimo jeito de cortar gastos é diminuindo o que compra. Você realmente precisa daquela roupa nova? E, uma vez viajando, tem necessidade de voltar com uma mala cheia de tralha só porque estava barato?

7- Faça um detox digital

Em dois sentidos: 1) procure ficar menos conectado quando estiver viajando, dedicando menos tempo a redes sociais e mais a captar a energia do destino; 2) se desconectando totalmente numa viagem pra uma praia onde não pega celular ou num retiro espiritual propriamente dito.
LEIA TAMBÉM: Onde fazer retiros espirituais no Brasil e no mundo

8- Repita menos seus destinos

Mais uma pras resoluções de Ano-novo: você pode amar o Rio, a Disney e Paris, mas convenhamos que o mundo é muito grande, né? Que tal em 2017 ir pra um lugar que você nunca foi?

mercado-flutuante-bangkok

9- Vá à África ou à Ásia

Esses continentes muitas vezes nos causam estranhamento porque ficam longe, têm a cultura muito diferente e  conhecemos muito pouco sobre viajar pra eles. Perca o medo/receio: neles você pode ter as experiências mais fascinantes da sua vida justamente por causa disso.

LEIA TAMBÉM: Sugestões de roteiros no Sudeste Asiático
O que fazer no Vietnã: os melhores destinos do país
Guia de praias da Tailândia: como escolher a sua
Quanto custa viajar no Sudeste Asiático
Por que é incrível viajar sozinho no Sudeste Asiático

10- Organize suas milhas e comece a usá-las

Recentemente comecei a reunir TODOS os meus gastos no cartão de crédito pra poder juntar mais milhas. Precisa ser organizado? Claro que sim. Mas é um jeito de tentar baratear aquele que costuma ser o maior gasto de toda viagem: a passagem aérea. Vale colocar em suas resoluções de Ano-novo.

11- Diminua a quantidade de bagagem que você leva

Convenhamos: viajar com duas malas de 32 kg é uma aporrinhação: dependendo do seu roteiro, você precisa carregar pra cima e pra baixo, demora pra fazer e desfazer e ainda corre o risco de pagar excesso de bagagem e não conseguir usar as companhias aéreas low-cost. Repense o que você de fato você usa.

LEIA TAMBÉM: 9 coisas pra não levar na mala e aprender a viajar mais leve

12- Faça trips curtinhas espontâneas

Temos sorte de viver num país tão rico em paisagens e atrações que, independente do estado em que você mora, sempre tem algum lugar bacana pertinho pra ir dirigindo. Se as pousadas estiverem caras, pense em acampar ou dê uma olhada no Airbnb: alugar um imóvel em fins de semana comuns pode ser bem em conta. Em feriados, vale pesquisar com antecedência preços de passagens ou pacotes (em sites como o Hotel Urbano) pra visitar capitais da América do Sul. Essas viagens curtinhas ajudam a quebrar a rotina e deixar a vida mais gostosa.

mala-de-mao-como-fazer

13- Tique um lugar muito fácil/óbvio/essencial que você ainda não foi

Rio, Bonito, Foz do Iguaçú, Buenos Aires, Nova York, Paris, Roma… Todo bom viajante tem que visitar esses lugares-chave pelo menos uma vez na vida. Coloque em suas resoluções de Ano-novo (ou de vida).

14- Seja adepto do aluguel de temporada

Virou tendência mundial alugar casas e apartamentos como uma alternativa a hotéis – já existem dezenas de sites especializados além do pioneiro Airbnb. Esse tipo de hospedagem pode ser extremamente econômico e possibilitar que você faça aquela viagem que está querendo e acha que ainda não tem dinheiro suficiente, além de proporcionar mais espaço e a oportunidade de “viver como um local”.
LEIA TAMBÉM: As dicas de outro pra alugar apartamento no Airbnb e outros sites

15- Seja adepto do slow travel

Chega de roteiros “23 cidades em 15 dias” que te deixam mais cansado no fim das férias do que antes de ir. Viajar mais devagar te possibilita experiências mais profundas e prazerosas.
LEIA TAMBÉM: Veja como viajar mais ~de boas~

elefantes-na-tailandia

16- Viaje com mais responsabilidade com as pessoas e a natureza

Você pode começar, por exemplo, dando prioridade pra comprar em estabelecimentos locais pra ajudar pequenos empreendedores em vez de grandes corporações: ao invés de tomar café no Starbucks, procure uma padaria do bairro – isso ainda acarreta uma experiência muito mais autêntica no lugar. Em países pobres, sempre que for fazer tours tipo visitar as comunidades das ilhas flutuantes do Lago Titicaca no Peru ou as tribos das montanhas da Tailândia, procure contratar empresas que tenham responsabilidade social com aquelas pessoas – o Lonely Planet costuma indicar umas boas em seus guias. Pense duas vezes antes de visitar atrações com animais: de acordo com uma pesquisa da Universidade de Oxford realizada em 2015, cerca de 550 000 animais silvestres sofrem nas mãos de atrações turísticas irresponsáveis pelo mundo.

LEIA TAMBÉM: Por que NÃO andar de elefante na Tailândia

Gentrificação: você precisa conhecer essa palavra pra entender melhor cidades grandes

17 – Tenha experiências diferentes nas viagens

Que tal colher uvas na época da vindima na Argentina, fazer um curso de culinária na Itália, viajar num rio na Amazônia, participar de um curso de fotografia no Deserto do Atacama? Ou então usar aqueles sites como o Eat With, de comer na casa de locais? Esse tipo de coisa torna sua viagem mais especial.

A autora

Betina Neves

Betina Neves

Editora do Carpe Mundi, viaja pra trabalhar e trabalha pra viajar. É jornalista freelancer e já escreveu pra Viagem e Turismo, ELLE, Claudia, Vamos LATAM, Superinteressante, Cosmopolitan, VEJA São Paulo, Folha de S. Paulo, entre outras publicações.


Instagram

Há 2 comentários para “17 resoluções de Ano-novo pra quem ama viajar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *