planejamento


Veja que destinos estiveram em alta em 2016 (e descubra se você foi um bom viajante)

É fato que com a crise econômica e o dólar alto nós demos uma freada em nossas empreitadas mundo afora.

Pra nossa lista de melhores destinos pra viajar em 2016, levamos em conta tendências, novidades e achados que merecem ser explorados, mas o que predominou mesmo foi o fator preço. Veja aqui lugares possíveis de ir com orçamento limitado.

LEIA TAMBÉM: Feriados de 2016: veja pra onde ir viajar
Os 11 melhores empregos pra quem *AMA* viajar
9 coisas para NÃO levar na mala e aprender de vez a viajar mais leve
Sites confiáveis pra ler resenhas de hotéis além do Trip Advisor
Descubra os glampings: acampamentos com luxo

DESTINOS PRA VIAJAR EM 2016

Icaraí de Amontada + Jericoacoara

Entra ano, sai ano, a querida Jeri, a 300 km de Fortaleza, está sempre em alta, com a hotelaria expandindo. Foram-se os tempos, porém, em que ela era um vilarejo roots desconhecido: o agito chegou ali pra ficar, o que causa desgosto em quem a conheceu há 10 anos atrás. De qualquer jeito, Jeri ainda tem uma vibe especial e uma imensidão de dunas e natureza preservada que a tornam um baita destino de praia. Pra quem quer mais sossego e menos turistas, uma ideia é juntar aos dias em Jeri uma estadia em Icaraí de Amontada, no caminho de Fortaleza pra lá, onde o celular ainda quase não pega.
QUANDO IR: Entre julho e fevereiro, quando não chove. Em meados de junho e de agosto, o pôr do sol se encaixa perfeitamente na Pedra Furada.

jericoacoara-destinos-para-2016

Leia mais sobre Icaraí de Amontada aqui
DICA: O melhor é ir de ônibus de Fortaleza a Icaraí (da empresa Fretcar) e de lá pegar um transfer até Jeri (veja com a sua pousada ou com as empresa Unitur Viagens e Jean Transfers). Em Jeri, peça na recepção da sua pousada pra compartilhar bugues com outros hóspedes e assim dividir o preço dos passeios.

Chapada dos Veadeiros + Brasília

chapada-dos-veadeiros-onde-ir-2016

2016 é ano de redescobrir o Brasil e achamos esse um dos combos com melhor relação custo/benefício por aqui. Você tira dois dias pra conhecer e comer muito bem no DF e aí cumpre (de carro alugado) os 240 km até a mais mística das chapadas, que tem uma área enorme de belas cachoeiras, formações naturais e vegetação do Cerrado. Em algumas atrações você chega sozinho, em outras, como a Cachoeira do Segredo, é melhor contratar um guia.
QUANDO IR: De maio a outubro, quando não chove e o azul do céu do Cerrado brilha intensamente.
DICA: Ir em grupo de 4 pessoas barateia a viagem: podem ser divididos os gastos com aluguel de carro, gasolina e guias.

amazonia-onde-ir-2016

DESTINOS PRA VIAJAR EM 2016

Amazônia

É quase um dever de todo brasileiro dedicar uma viagem pra adentrar aquela imensidão verde e úmida e pescar piranha, nadar com botos, ver jacarés, bichos-preguiça e araras, conviver com os moradores ribeirinhos. Pra quem estiver disposto a abrir mão de muito conforto, há opções de hotéis de selva bastante em conta, como o Amazon Tupana Lodge, cujos pacotes incluem o transporte desde Manaus, alimentação e passeios.
QUANDO IR: Na época chuvosa, de dezembro até maio, os barcos podem percorrer percursos maiores e dá para fazer passeios de canoa pelos igapós (floresta inundada). No período da seca, de julho a novembro, há praias fluviais.

rio-de-janeiro-onde-ir-2016

Rio de Janeiro

As Olimpíadas deixaram o Rio no topo das seleções de melhores destinos pra viajar em 2016 das revistas gringas. A vida cultual está agitada, com a abertura do Museu do Amanhã e, logo mais, da nova sede do Museu da Imagem e do Som (MIS) em Copacabana. Botafogo segue despontando com o novo point da gastronomia e boemia, e pra lá da Barra da Tijuca lugares como a Barra de Guaratiba guardam uma natureza mais preservada.
QUANDO IR: Sempre. Pra quem adquiriu ingresso para ver os jogos, já programe sua hospedagem.
DICA: O melhor negócio pra se hospedar hoje no Rio é alugar um apartamento no Airbnb, ainda mais se estiver em grupo. As bicicletas do Bike Rio podem baratear os deslocamentos pela Zona Sul.

LEIA TAMBÉM:
O que fazer no Rio de Janeiro: 25 programas incríveis

Minas Gerais

cidades-historicas-minas

Parte de Minas passou apuro ano passado – o estado merece nossa atenção. O turismo ali ainda é muito dependente dos próprios mineiros, mas tem todos os motivos pra conquistar gente do Brasil inteiro, ainda mais pra quem consegue alcançar o estado de carro.  Alguns dos atrativos são Inhotim, o maior museu a céu aberto do mundo, as lindas e conservadas Cidades Históricas, passando pela Estrada Real, pousos de serra quase secretos como Lavras Novas, o ainda pouco explorado Parque Estadual do Ibitipoca e o charme acessível das pousadinhas de Gonçalves. Sempre com o toque especial do povo proseiro, muito frango com quiabo e doce de leite.
QUANDO IR: Depende da região a ser visitada. Não tem tempo ruim, por exemplo, nas Cidade Históricas – só preste atenção no calendário de eventos. Já Ibitipoca é melhor visitar entre abril e setembro, quando chove menos.

Siga @anna.laura no Instagram pra fotos inspiradoras das Cidades Históricas de Minas

DESTINOS PRA VIAJAR EM 2016

Colômbia

colombia-onde-ir-2016

colombia-cartagena-2016

O país foi descoberto como um destinão pra brasileiros (que finalmente perceberam que os tempos de Narcos já se foram) e tem bombado nos últimos anos, com sua economia florescente e gastronomia e hotelaria em ascensão. O roteiro mais econômico é Bogotá, Cartagena e Santa Marta (pra conhecer o Parque Tayrona), podendo adicionar bate e volta a Villa de Leyva e uma passada em Medellín. Esticar a San Andrés, a joia caribenha da Colômbia, é legal mas caro, já que a passagem de Bogotá pra lá não sai por menos de US$ 200. Se fizer questão de ir, cote pacotes com agências daqui.
QUANDO IR: Quase o ano inteiro – só evite outubro e novembro, os meses mais chuvosos.
DICA: Uma passagem GRU – Bogotá, Bogotá – Cartagena e na volta Santa Marta – GRU custa em média R$ 900.

LEIA TAMBÉM:
Guia completo pra montar seu roteiro na Colômbia
O que fazer em Bogotá
Conheça o Parque Tayrona, a joia da Colômbia
O que fazer em Cartagena

Santiago e Deserto do Atacama

atacama-destinos-2016

santiago-melhores-destinos-2016

A capital do Chile tá sempre aí como uma opção econômica, fácil, próxima e proveitosa, e novos centros culturais, bares e restaurantes tem deixado Santiago cada dia mais interessante. O Deserto do Atacama tem crescido muito no imaginário dos brasileiros, esbanja um bom leque de hotéis econômicos e, pra gente aqui do Carpe Mundi, tem uma das paisagens naturais mais deslumbrantes e exóticas de toda a América do Sul.
QUANDO IR: De dezembro e fevereiro há chance de chuva do Atacama, mas é raro. No inverno (junho, julho e agosto) fica bem frio à noite. Santiago tem friozinho, chances de chuva e neblina cobrindo os Andes entre maio e agosto.
DICA: Ir ao Atacama por conta própria é fácil e substancialmente mais barato do que comprar pacotes com agências daqui. É só cotar a passagem na opção “múltiplos destinos” (colocando por exemplo SP – Santiago, Santiago – Calama e na volta Calama – SP), pegar um transfer de Calama a San Pedro de Atacama e lá fechar os passeios com agências locais.
DICA: Você vai gastar cerca de R$ 5 000 para 10 dias de viagem (com passagem + hospedagem em hotel simples + tours no Atacama + traslados + alimentação).

LEIA TAMBÉM:
3 dias em Santiago: roteiro atualizadíssimo
Onde ficar no Deserto do Atacama: superlista com os melhores hotéis
Veja quais são os melhores passeios do Atacama
Veja como ir do Deserto do Atacama ao Salar de Uyuni

Barbados

Em 2016, a ilha caribenha comemora 50 anos de sua independência com vários eventos que a colocam entre os melhores destinos pra viajar em 2016. Só pra somar ao motivo fortíssimo que já temos pra visitá-la: desde 2010, a Gol tem um voo semanal direto pra lá. Barbados é bonita, interessante, multifacetada e democrática, destino pra fazer esportes aquáticos, alugar um carro e sair explorando (e não ficar trancado no hotel). A parte mais agitada e com preços mais modestos é a costa sul, onde vibram os bares das praias da baía de Carlisle Bay, os ótimos restaurantes do Boardwalk e de St. Lawrence Gap, ruazinha de bares e restaurantes beira-mar. Surfistas se concentram no mar encrespado da costa leste, enquanto no norte há falésias calcárias mais que fotogênicas.

barbados-destinos-para-2016

QUANDO IR: A época mais seca é de dezembro a maio, alta temporada da ilha. De junho a novembro o clima é mais úmido e quente, com pancadas de chuva que podem atrapalhar o passeio (lá não passa furacão desde 1955).
DICA: Ficar em hotéis all-inclusive, bem mais caros, não vale a pena: lá você vai passar o dia fora conhecendo diferentes praias e não vai aproveitar como deve a comilança “gratuita”.

LEIA TAMBÉM:
Barbados: o Caribe mais perto da gente com voos por menos de R$ 1 500
Hotel em Barbados: como é a estadia no Accra Beach Hotel
O que fazer em Barbados: descubra os melhores tours da ilha, com dicas

República Dominicana

repubica-dominicana-destinos-2016

O Brasil continua despejando turistas no país, graças aos pacotes que prometem sossego e comida ilimitada em Punta Cana e cruzeiros que fazem parcerias com voos fretados. É hora de aproveitar o custo/benefício da ilha pra desbravar outras áreas: o colorido da capital Santo Domingo, as belezas naturais de Samaná e do Parque Nacional Los Haitises, esportes aquáticos em Cabarete. Alugar carro dá liberdade, mas também é fácil viajar de ônibus e”guaguas” (vans informais).
QUANDO IR: São duas altas temporadas: julho e agosto e dezembro, janeiro e fevereiro. Pra economizar, vale fugir desses meses, já que a temperatura não varia muito no decorrer do ano. Agosto e setembro são mais suscetíveis a furacões.

DESTINOS PRA VIAJAR EM 2016

Leste Europeu

cracovia-leste-europeu-onde-ir-2016

leste-europeu-onde-ir-2016Sim, essa parte da Europa é significativamente mais barata. As maiores joias do leste são Praga e Budapeste, mas pode-se adicionar ao roteiro pequenas cidades como Ceský Krumlov (na República Tcheca). A Polônia tem destaque especial entre os destinos pra viajar em 2016, com a cidade de Wroclaw, quarta maior do país, eleita Capital da Cultura Europeia – eventos especiais invadirão suas ruas com ares medievais, igrejas barrocas e góticas, mercados, bares de cerveja artesanal e alguns resquícios soviéticos. A viagem pelo país pode passar também por Cracóvia e Varsóvia.
QUANDO IR: De maio a setembro, pra evitar a friaca. Junho e julho são meses lotados de turistas.
DICA: Você barateia os deslocamentos com empresas como a Orange Ways, de ônibus, e as aéreas low-costs.

Sudeste Asiático

tailandia-2016-onde-ir-sudeste-asiatico

sudeste-asiatico-tailandia-laos-onde-ir-2016

Eis aqui um dos poucos destinos no mundo em que quando você fizer a conversão dos preços para o real vai continuar achando tudo bem barato. É preciso de tempo para explorar Tailândia, Laos, Camboja e Vietnã (com possível extensão para Myanmar), mas em um mês aqui você vai gastar menos de um terço do que gastaria no mesmo período na Europa. O trajeto básico é Bangkok – Chiang Mai – Luang Prabang (Laos) – Hanoi (Vietnã) – Halong Bay – Hoi An – Ho Chi Minh – Siem Reap (Camboja) – ilhas da Tailândia (Koh Phi Phi, Koh Samui, entre outras), mas obviamente quanto mais tempo tiver melhor consegue cobrir a região.  Dá pra se virar com US$ 50 por dia ficando em hotéis simples (US$ 30 ficando em hostel) e, se ficar de olho nas promoções aéreas, você consegue chegar em Bangkok por US$ 700.
QUANDO IR: De dezembro a abril, o “inverno”, quando está um pouco menos quente em lugares absurdamente quentes como Bangkok e Siam Reap, e não chove.
DICA: Manere nos tours caros que as agências tentam insistentemente vender. Escolha apenas aqueles que realmente te interessarem e deixe pra fazer o resto por conta própria, de bicicleta, alugando scooters ou barganhando com tuk tuks.

LEIA TAMBÉM:
O que fazer em Bangkok: 21 programas imperdíveis
Siga @betina.neves no Instagram pra dicas quentinhas do Sudeste Asiático

DESTINOS PRA VIAJAR EM 2016

México

chichen-itza-mexico-onde-ir-2016
México, um dos melhores destinos pra viajar em 2016

Como eu defendi na minha última viagem ao México, o país pede uma viagem “desempacotada” (chega de 7 noites em Cancún), com menos tours e all-inclusives e mais exploração por conta própria, de preferência alugando carro. Entre os melhores destinos pra viajar em 20156, varie o roteiro na Península de Yucatán, que guarda muitos outros tesouros além de Cancún, e conheça também a capital incrível que é a Cidade do México e o lindo conjunto de cidades coloniais do país.
QUANDO IR: Depende da região. Na Cidade do México, por exemplo, o melhor é ir de outubro a maio, pra evitar as chuvas. Em Cancún e cia, de dezembro a abril é ultra alta temporada (quando o sol brilha e não há chuva); maio e junho são meses bons, mais baratos e relativamente secos; julho e agosto são agitados. Em setembro e outubro há chances de você pegar uma semana inteira de chuva.

LEIA MAIS SOBRE O MÉXICO AQUI!

Alentejo (Portugal)

alentejo-portugal-melhores-destinos-2016

A crise econômica fez com que muita gente apostasse no turismo pra “salvar” Portugal, o que deixou de presente uma série de hotéis lindos com diárias de € 60 ou menos. O Alentejo, a legítima roça lusitana, recebeu boa parte deles; uma dose de charme a mais para suas já existentes ruas ladeadas por girassóis e oliveiras, castelos medievais, vilinhas de casas caiadas, vinícolas de excelência. E na costa ainda tem praias cercadas de vegetação nativa. A cidade-base é Évora, mas vale conhecer também Estremoz, Monsaraz, Vila Viçosa, Arraiolos. Na Costa, veja Odeceixe e Zambujeira do Mar.
QUANDO IR: De maio a outubro – lembrando que o verão é QUENTE.
DICA: A passagem pra Lisboa está sempre entre as mais baratas da Europa, e a TAP e a Air Europa tem feito constantes promoções com tarifas a US$ 400.

alentejo-portugal-destinos-2016

onde-ir-2016-alentejoLEIA TAMBÉM:
9 Lugares lindos e baratos pra ficar em Lisboa

Sicília (Itália)

sicilia-italia-2016Se o bolso doer, olhe mais embaixo na bota: a Sicília, um dia rechaçada pelo norte do país, está tinindo com ruínas gregas, praias de sonho, vilinhas fotogênicas, gastronomia especialíssima, hotéis a preço de banana e vinhos cada vez mais reconhecidos internacionalmente (um dos propulsores do turismo da região). Pra gastar muito menos do que na Toscana e ficar igualmente maravilhado com cidades como Taormina, Siracusa e Agriento. Aproveite a deixa pra uma passada em Roma, mais vibrante do que nunca e com o Coliseu e a Fontana di Trevi reformados.
QUANDO IR: De abril a junho e de setembro a outubro, quando o calor não é tão intenso quanto no verão e não se vê as hordas de turistas que vão em julho. Em agosto grande parte dos estabelecimentos fecha.

DESTINOS PRA VIAJAR EM 2016

Marrocos

viagem-marrocos-onde-ir-2016

onde-ir-2016-marrocos

Casablanca, a maior cidade do Marrocos, cresce e floresce com novos hotéis e, daqui a poucos anos, o maior arranha-céu da África (com 114 andares), o Al Noor Tower – e temos voos diretos a partir de São Paulo com a companhia Royal Air Maroc a partir de US$ 600. Ali também ficam belas atrações arquitetônicas como a Hassan II Mosque, com o minarete mais alto do mundo – e uma das poucas mesquitas do país abertas a não-muçulmanos. Veja ainda  Fez, cidade imperial de tons ocre, a cultural Marrakech e Meknès, que já foi conhecida como a Versalhes do Marrocos.
QUANDO IR: De março a maio é o período ideal, quando as temperaturas não estão tão altas quanto no verão (de julho a setembro) e faz tempo bom em quase todo país. De novembro a março prepare-se pra um frio considerável em Marrakech.
DICA: O país é destino de pacotes com ótimo valor que já incluem guias e todos os deslocamentos – a agência Adventure Club, por exemplo, tem opções a partir de US$ 734 (sem aéreo) pra uma viagem de 7 noites pelas capitais imperiais do país.

LEIA TAMBÉM:
Marrocos: os destinos mais bacanas pra montar seu roteiro

A autora

Betina Neves

Betina Neves

Editora do Carpe Mundi, viaja pra trabalhar e trabalha pra viajar. É jornalista freelancer e já escreveu pra Viagem e Turismo, ELLE, Claudia, Vamos LATAM, Superinteressante, Cosmopolitan, VEJA São Paulo, Folha de S. Paulo, entre outras publicações.


Instagram

Há 30 comentários para “Veja que destinos estiveram em alta em 2016 (e descubra se você foi um bom viajante)

  1. Queria apenas saber onde qur viajat pra Tailandia e Marrocos esse ano esta barato…os pacotes que cotei passam de 25000,00.
    Essa matéria condiz com realidade financeira de quem?

    1. Paula, acho q vc precisa rever algumas coisas nesse seu orçamento. Já começa que quem quer viajar de modo econômico não faz pacote em agências de viagem, internet serve justamente pra vc não ser explorada. Pra você ter uma referência, vou para Dubai e Tailândia em Fev, 20 dias ao todo, gastando 40% do valor q você cotou, e olha q nem estou indo no estilo mochilao.
      Mas isso só foi possível é claro, porque eu mesmo planejei toda viagem ao invés de pagar 1,5 x a mais para alguém entrar na internet e fazer isso por mim.

      1. Certeza Diego?
        Entao informabtes que moram na Tailandia estao mentindo pra mim fala do que hoteis que eram maravilhosos e baratos a 8 meses atras estao mega caros…a nao ser que vc frequente pulgueiros que te deem chayos no saco…ai realmebte nao e munha realidade.

      2. Olá Diego, md ;interessei” na sua viagem, uma vez que tenho um sonho de ir a Dubai, mas sempre a vi distante da minha realidade financeira. rss Vc realmente gastou o que disse? Como foi a viagem? Obrigada..

        1. Celidiana, eu fiquei quase um mês na Tailândia e gastei menos de R$ 10.000,00. Mesmo assim esbanjei, pois passei 2 dias em Dubai, acredito que o Diego assim como eu aumentou a escala em Dubai, para no máximo 3 dias. 20% do valor da minha viagem foi porque fiquei esses dois dias em Dubai.
          Paula, Hoteis que custariam aqui no Brasil R$ 500 na Tailândia você encontra por menos de R$ 200.
          a Etihad e a Emirates ofereceram passagens que variam entre R$ 2.600 e R$ 3.100. Classe econômica obviamente.
          No mais, tratando-se de Tailândia, comida e compras são muito baratas. Taxi também é, principalmente se ligarem o taximetro.

    2. Oi Paula!
      Sim, como o Diego disse, cotar as viagens por conta própria pode sair bem mais barato. Para a Tailândia, por exemplo, você encontra passagens por US$ 1000 e lá consegue passar um mês com US$ 1500 ficando em hotéis simples. Se precisar de alguma ajuda fala com a gente! Um abraço

    3. Também acho que a ideia da matéria e abrir leques de opções … Penso que ir a estes destinos saia muito mais em conta do que ir a destinos tradicionais ( e caros ).

    1. Oi Ana! Para o Carnaval é bom ver logo porque os passeios costumam lotar. As passagens para Campo Grande já estão bem caras, próximas dos R$ 1000. Você consegue fazer uma viagem bem mais econômica em outra época! Um abraço,

  2. Olá, Betina
    Adorei o post e achei super bacana as dicas que você deu. Já fui em alguns lugares da lista e realmentet odos os comentários que você fez a respeito dos lugares que eu fui estão super pertinentes.
    Estou começando a me programar pra ir ao Sudeste Asiático em Fevereiro do ano que vem. Gostaria de ver com você a época do ano que você olhou as passagens e se tem alguma dica para me dar para que eu possa acompanhar eventuais promoções de passagens aéreas para Bangkok.
    Beijos!

    1. Oi Ana tudo bem? Que bom que gostou das dicas. Eu vim para Tailândia em dezembro e comprei as passagens em agosto por US$ 1000, mas dá para conseguir mais barato. O melhor jeito de acompanhar as promoções aéreas é seguir o site Melhores Destinos – melhoresdestinos.com.br – no Brasil eles são os que melhor acompanham as ofertas nesse meio. E fica de olho também aqui no blog que estou postando várias dicas de lá 🙂 beijos!

  3. Eu incluiria canoa quebrada .
    Já fui 5 vezes , além de linda , existem programas e passeios para todos os gostos .
    Alimentação suuuuper barata , noite badalada , pessoas receptivas …Enfim um passeio perfeito .
    Pra se ter uma ideia um prato para ate 3 pessoas , com camarão ,lagosta , robalo e acompanhamentos sai por 90 reais .
    Um flat para até 5 pessoas por 160.
    Se alguém quiser passo os contatos onde fico . 062 9383 6955

  4. Adorei as dicas e os lugares! Como uma amante de praia quero aproveitar o verão do hemisferio norte, me falaram de Algarves em Portugal. Fui pra Espanha ano passado e amei Barcelona e Ibiza (apesar de caríssima!). Algum roteiro pros melhores lugares com praia?! Obrigada

    1. Oi Julia! Que bom que curtiu!
      Algumas partes do Algarve são bacanas, outras não muito (logo mais vou colocar um roteiro aqui)
      As melhores praias da Europa estão na Grécia, Croácia e sul da França (Cote D’Azur). A Sicília, da qual eu falo aí em cima, também tem praias maravilhosas.
      Você quer só Europa?
      Cadastra seu email no topo da página pra você receber as novidades do blog 🙂

  5. Parabéns pela matéria! Faz um tempo atrás li um post em outro site que falava em destinos baratos apenas comparando a cotação da moeda do destino com o Real, sem levar em conta os preços, o que gerou alguns equívocos. Mas a tua matéria levou em conta os preços e incluiu destinos nacionais e internacionais, de perto e de longe, dando opções para todo tipo de pessoa e orçamento. Parabéns, mesmo… A gente encontra tanta coisa ruim na Internet que fui obrigada a comentar e elogiar teu trabalho. Como eu faço pra seguir as novidades do site?

  6. Bom dia Betina, é a primeira vez que entro no site e adorei as dicas, apesar de que não sei se condiz com minha realidade… outro motivo o qual estou aqui…
    Estou no 5° mês de gestação e gostaria muito de viajar no feriado de Corpus christi, mas vou sozinha.
    Moro no interior de SP, então se for para ir de avião tenho a opção do Aeroporto de São José dos Campos (onde moro) e Guarulhos.
    O que me sugere? Já pedi alguns conselhos, mas parece que mulher grávida não pode viajar… ainda mais sozinha… rsrs
    Eu e meu bebê estamos super saudáveis, sem nenhuma restrição, então queria aproveitar essa época para conhecer lugares diferentes, mas que caibam no bolso!
    Parabéns mais uma vez pela matéria!

  7. Oi betina como vai. Gosto muito do seu blog e da maneira como encherga os lugares, Fui a filipinas ja 2 vezes e amo o pais. Ja fiquei 2 meses por la, é o meu segundo pais ,alem de bem barato e exagerado de lindo, gosto do povo filipino que lembra muito o brasileiro. Vc podia ir pra la conhecer boracay , el nido , cebu , tenho certesa que ira escrever que é o lugar mais lindo do mundo. Tem um passeio num barco estilo anos 1700 de 4 dias por varias ilhas da bahia de el nido e acampando em ilhotas desertas feito pela agencia tao filipines( veja o site deles) que é o maximo . Tente incluir no seu roteiro. Fica a dica

  8. Obrigado pelas dicas. Sobre a Amazônia, sugiro explora-la desde seu portal de entrada que é Belém, uma metrópole que reúne, além dos encantos da Amazônia, muita história e uma gastronomia sem igual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *