planejamento


10 medidas de segurança que você ignora nas viagens (mas não deveria)

Talvez você não aguente mais ouvir a aeromoça repassando medidas de segurança e nem leia o cartão de instruções do voo, o que dá pra entender numa boa.

Mas há outras coisinhas que costumamos relevar que não deveríamos, e casos em que a falta precaução pode causar uma enorme dor de cabeça e atrapalhar sua tão sonhada viagem.

Veja aqui 10 medidas de segurança que você provavelmente ignora nas viagens (mas não deveria!)

LEIA TAMBÉM: 10 séries na Netflix pra viajar junto com seus cenários

Como tirar boas fotos de você mesmo viajando sozinho

Que viagem combina com seu signo? Descubra aqui!

1) Fazer uma cópia do seu passaporte (e só andar com ela)

A questão é: se roubarem o seu passaporte, você vai ter um trabalhão pra poder voltar pra casa (e não vai poder mudar de país se estava nos planos). Muito mais indicado e deixá-lo no cofre do hotel e andar só com uma cópia na carteira.

2) Deixar seu itinerário com alguém

Medidas de segurança viagem: em qualquer viagem é ideal que você envie seu roteiro completo, com identificação voos e nome de hotéis, pra algum parente ou amigo. Se algo acontecer, a pessoa poderá ter alguma noção do seu paradeiro.

3) Não andar em táxis clandestinos

Em Santiago, por exemplo, são incontáveis os táxis clandestinos, que além de cobrar mais caro colecionam casos de assalto e estupro no caminho pro aeroporto. Em Paris você também vê carros pretos na porta de desembarque do Charles de Gaulle que não são táxis e nem Uber. Melhor não arriscar.

MEDIDAS DE SEGURANÇA VIAGEM: 10 DICAS QUE VOCÊ DEVERIA SEGUIR

4) Não usar o celular em qualquer lugar

A gente pensa que porque está no exterior não há problema em sacar o celular quando precisar. Mas a verdade é que há, até nos países mais seguros do mundo. Há gente que nunca foi assaltada em casa, aqui no Brasil, e teve bolsa saqueada na Europa porque teve descuido. Evite, e, se precisar consultar o Google Maps num local suspeito, principalmente de noite, entre numa loja, restaurante ou estabelecimento que ofereça maior segurança.

5) Não deixar sua bagagem de mão descuidada no voo

Sua bagagem de mão contém tudo de mais precioso que você está levando pra viagem: seu celular, dinheiro, documentos. É extremamente comum cochilar no avião e deixá-la sem supervisão no compartimento de cima (aliás, todo mundo faz isso), mas pra quê dar chance pro azar? Vale levar uma bolsinha com os itens mais importantes e deixá-la ao seu lado o tempo todo dentro do voo.

LEIA TAMBÉM: A bagagem de mão perfeita: veja o que não pode faltar na sua

perrengues-de-viagem

6) Ter em mãos o número do seguro de viagem

Medidas de segurança viagem: que contratar seguro viagem é uma obrigação de viagem a gente já sabe – qualquer simples procedimento de saúde no exterior pode custar centenas de dólares. Mas de que adianta fazer um seguro se você não tiver o número da apólice e do telefone que você precisa ligar sempre em mãos caso alguma emergência aconteça? Salve o voucher no seu celular ou imprima-o.

7) Combinar um ponto de encontro viajando em grupo

Quem viaja muito com os amigos sabe como é fácil se desencontrar. Pode ser num parque da Disney, fotografando a Times Square ou mesmo numa praia do Caribe. Por isso, o melhor é combinar um ponto de encontro pra cada lugar visitado. Pode ser um restaurante próximo ao ponto turístico em que vocês estão ou, caso não se achem de jeito nenhum, o hotel.

LEIA TAMBÉM: Como viajar com os amigos sem perder a amizade

8) Evitar trens e voos de madrugada

Pode ser perigoso pegar transporte público pra ir e voltar do aeroporto ou estação de trem muito tarde, ainda mais se você estiver viajando sozinho. Por mais que o preço da passagem compense, passar pelo risco de ser assaltada no meio da noite não vale a economia.

9) Manter os cintos sempre afivelados no avião

A gente acha que só as zonas de turbulência apresentam risco aos passageiros no avião, quando não é bem assim. São nos voos em dias claros que pilotos, comissários e passageiros são surpreendidos por turbulências de céu limpo, quando acontece a maior parte dos ferimentos dentro do avião.

LEIA TAMBÉM: 10 dicas pra quem tem medo de viajar de avião

Tensão pré-viagem: você não sofre disso sozinho! Veja como resolver

10) Achar que nos EUA e na Europa tudo pode e não existe perigo

Sim, brasileiro pensa que os Estados Unidos e a Europa são os lugares mais seguros do mundo e que tudo que não é ok fazer no Brasil, lá é. Só que não é bem assim. Você pode ser roubado em qualquer país por aí se for descuidado e agir como turista de primeira viagem em pontos turísticos tumultuados. Caia na real e use do bom senso nas férias pra não passar por perrengues depois.

Medidas de segurança viagem: e você, faz o que pra viajar com mais cuidado? Conta pra gente! 🙂

A autora

Anna Laura Wolff

Anna Laura Wolff

Jornalista por formação e fotógrafa por vocação, a editora do Carpe Mundi passou pelas redações da CARAS Online e da Viagem e Turismo. Depois de uma temporada em Paris, decidiu ser viajante full time.


Instagram

Há 1 comentário para “10 medidas de segurança que você ignora nas viagens (mas não deveria)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *