emirados árabes unidos


Conheça 3 hotéis de deserto entre as dunas laranjas dos Emirados Árabes Unidos

Dunas com cor de pôr do sol, rebanhos de camelos selvagens andando soltos e jantar com churrasco árabe, tâmaras e café em total estilo beduíno: os atrativos mais autênticos dos Emirados Árabes Unidos são seus desertos.

HOTÉIS DE DESERTO PERTO DE DUBAI

Pra aproveitar o melhor cenário que o país oferece e vivenciar uma verdadeira experiência de xeique, planeje incluir duas ou três noites em um hotel de deserto no seu roteiro de viagem. Há opções a cerca de 45 minutos do centro de Dubai e outras mais reservadas a 4 horas do emirado vizinho de Abu Dhabi.

Hotéis de deserto perto de Dubai: veja 3 estabelecimentos nos Emirados Árabes Unidos com preços desde AED 325 a AED 1 755

(US$ 1 = AED 3,7)

Tilal Liwa Resort Hotel

Cercado pelas enormes dunas do Deserto de Liwa, no emirado de Abu Dhabi, o três-estrelas bem arrumadinho com piscina de hotel upscale tem quartos típicos modestos, cinco bares e restaurantes e oferece 15 minutos de quadriciclo no deserto inclusos na estadia, além de sandboarding.

tilialliwa

(RESERVE AQUI!; diárias desde AED 325)

Bab Al Shams Desert Resort

Hotéis de deserto perto de Dubai: o highlight é a proximidade com o emirado de apenas 45 minutos. Nos quartos confortáveis há lanternas, almofadas e mobiliários beduínos emperiquitados. Da piscina você avista a imensidão do Deserto de Dubai, por onde acontece o safári de 4×4, o passeio de camelo e a falcoaria.

bab-al-shams

(RESERVE AQUI!; diárias desde AED 550)

Qasr Al Sarab Desert Resort

É um luxuoso palacete bege no meio do nada, emoldurado por palmeiras e enfeitado por detalhes de arquitetura árabe. Os espaçosos quartos tem banheiras e piscininhas privativas (foto de capa do post). No spa, experimente um banho turco tradicional. Organiza jantares românticos no Deserto de Liwa.

qsaralsarab

qsaral-sarab

(RESERVE AQUI!; diárias desde AED 1 755)

A autora

Anna Laura Wolff

Anna Laura Wolff

Jornalista por formação e fotógrafa por vocação, a editora do Carpe Mundi passou pelas redações da CARAS Online e da Viagem e Turismo. Depois de uma temporada em Paris, decidiu ser viajante full time.


Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *