entretenimento


54 eventos, festivais e datas comemorativas pra programar a próxima viagem

CALENDÁRIO DE FESTIVAIS AO REDOR DO MUNDO

Dica: Se programe com antecedência, pois festivais significam hotelaria lotada, ruas caóticas e ingressos que podem se esgotar muito antes do que você imagina. Para as festanças maiores, procure fazer as reservas de 2 a 3 meses antes e pesquise bem os esquemas (como circular, onde são os eventos, se é preciso comprar ingressos, etc).

Ir a um evento ou festival ou estar no destino numa data comemorativa especial pode incrementar muito sua viagem, além de proporcionar uma experiência cultural incrível. Neste post, preparamos um calendário mês a mês com os melhores festivais e datas comemorativos do Brasil e do mundo pra você se programar: tem música, teatro, gastronomia, arte, festas folclóricas e religiosas, entre outras. Veja aqui nosso calendário de festivais ao redor do mundo.

*CALENDÁRIO DE FESTIVAIS AO REDOR DO MUNDO: os eventos foram divididos pelos meses e alguns têm datas móveis; doublecheck nas datas pelos sites.

CALENDÁRIO DE FESTIVAIS AO REDOR DO MUNDO

JANEIRO

Cartagena International Music Festival (Cartagena, Colômbia 5 – 16/1)

O festival de música clássica dá um toque de poesia ao Centro Histórico mais adorável da América Latina. Mais de 400 músicos de diversos países ocupam construções como as capelas do hotéis Santa Clara e Santa Teresa e o teatro Adolfo Mejía. Cada ano tem um tema; no último foi sobre a música francesa do início do século 20.

LEIA MAIS: O que fazer em Cartagena, a joia da Colômbia: roteiro de 3 dias // Melhores hotéis no centro histórico de Cartagena: veja nossa seleção

cartagena-colombia

Broadway Week (Nova York, EUA17/1 – 5/2)

Os ingressos dos musicais saem a “dois por um”. Já teve Rei Leão, Aladdin, Wicked, O Fantasma da Ópera e as acrobacias do Cirque du Soleil. A semana de promoções também acontece em setembro.

LEIA MAIS: O que fazer em Nova York: roteiro completo de 3 dias pra iniciantes

NY Restaurant Week (Nova York, EUA23/1 – 10/2)

Mais de 380 restaurantes da Big Apple servem menus de três passos a US$ 29 no almoço e US$ 42 no jantar. Estabelecimentos estrelados no guia Michelin e novidades nova-iorquinas costumam prestigiar o evento, que acontece duas vezes ao ano, em janeiro, no inverno, e julho, no verão.

LEIA MAIS: Chelsea e Meatpacking: veja dois dos bairros mais bacanas de Nova York

Ano-novo chinês (China e Sudeste Asiático, 28/1)

HONG KONG: A tradição pede roupas vermelhas, danças de dragões alegóricos e troca de mensagens entre entes queridos. A festa prossegue até março, encerrada pelo Festival das Lanternas.

MACAU: Desfiles, danças de leões e dragões e fogos de artifício colorem o céu de Macau na virada do calendário chinês.

TAIWAN: Decoradas com preces e desejos, milhares de lanternas são lançadas ao céu de Taiwan durante o Pingxi Lantern Festival, que marca o Ano-novo lunar chinês.

Aurora Boreal (Suécia e Noruega)

Dança de luzes coloridas que é resultado do encontro entre partículas de vento solar e a atmosfera terrestre. A Noruega é um dos destinos mais completos para apreciar o fenômeno, a partir da cidade Tromsø (a quatro horas de voo da capital do país, Oslo) e a Ilha de Svalbard, com infraestrutura hoteleira e restaurantes.

CALENDÁRIO DE FESTIVAIS AO REDOR DO MUNDO

FEVEREIRO

Venice Carnival (Veneza, Itália 11 – 28/2)

Tradição desde o século 16, quando a nobreza se disfarçava pra poder festejar e se misturar com o povo, tem desfile das máscaras e fantasias mais bonitas na Piazza San Marco.

Holi (Índia, 13/3)

Todo mundo sai colorido da guerra de pós de cores do Holi, animada festa hindu da Índia, que acontece todos os anos entre fevereiro e março e inspira celebrações pelo mundo todo. Neste link você encontra os melhores lugares da Índia pra festejar o Holi.

holi-india

Berlin Film Festival (Berlim, Alemanha15 – 25/2)

Maior festival de cinema aberto ao público do mundo, tem mais de 400 filmes exibidos em vários cinemas da cidade, com atores e diretores respondendo perguntas sobre as produções. Comprar ingressos pode ser desafiador para os filmes mais concorridos; vale tentar online ou nos pontos de venda na Potsdamer Platz Shopping Arcade e Kino International.

Mardi Gras (New Orleans, EUA 28/2)

O Carnaval mais animado de fora do Brasil agita as ruas de New Orleans, nos Estados Unidos, com máscaras, carros alegóricos, fantasias e muito brilho.

CALENDÁRIO DE FESTIVAIS AO REDOR DO MUNDO

MARÇO

Wanderlust (Havaí, EUA1 – 4/3)

Maior evento de yoga do mundo, ganha o North Shore de Oahu no início do mês, no icônico hotel do surf Turtle Bay Resort. Outros estados sediam o encontro em meses seguintes, veja onde aqui.

LEIA MAIS: Havaí: veja por que é mais legal ficar no North Shore de Oahu

wanderlust-hawaii

Saint Patrick’s Day (Dublin, Irlanda17/3)

Comemora 17 de março, o dia do padroeiro da Irlanda, com muita cerveja e quase 100 000 visitantes. O principal evento é a St Patrick’s Festival Parade, que começa no Parnell Sq e termina na St Patrick’s Cathedral. As ruas e pubs ficam lotados de gente vestida de verde tomando cerveja.

Keukenhof (Holanda, 23/3 – 21/5)

A 40 km de Amsterdã, o jardim mais colorido do mundo abre sua impecável coleção de tulipas para o público no fim do mês. Abril, contudo, é a melhor época pra visitá-las: estão mais bonitas.

Florada de cerejeiras (Hemisfério Norte)

As pétalas rosadas dessas florzinhas graciosas que só florescem uma vez por ano embelezam vários destinos e inspiram festivais. Em Tóquio, no país de origem da planta, um dos locais mais populares para vê-las é o Chidorigafuchi Park, com mais de 260 árvores. Também há festanças como o Jinhae Gunhangje Cherry Blossom Festival, na Coreia do Sul, e o National Cherry Blossom Festival, em Washington D.C.

Vindima (Hemisfério Sul)

Em março dá pra pegar a época de vindima e curtir destinos de vinho do Brasil como o Vale dos Vinhedos, em Bento Gonçalves, e Mendoza e Salta, na Argentina, além do Vale do Colchagua, no Chile. No sul, as tradições vão de pisotear as uvas a participar de churrascos típicos com peças inteiras de gado.

LEIA TAMBÉM: O que fazer na Serra Gaúcha: um roteiro de 3 dias pelo melhor da região

Chile: roteiro pelas vinícolas do Vale do Colchagua, a 150 km de Santiago

CALENDÁRIO DE FESTIVAIS AO REDOR DO MUNDO

ABRIL

Snowbombing (Mayrhofen, Áustria 5 – 9/4)

O maior festival europeu na neve, já apelidado de “Ibiza no gelo”, o Snowbombing une esqui e snowboard, uma cidadezinha pitoresca, DJ’s bombados e festas cuja locação caria entre um iglu, uma floresta e uma balada subterrânea. Para chegar, voe para Munique, Innsbruck ou Salzburgo e tome um trem ou os transfers oficiais do festival.

Coachella (Califórnia, 13 – 22/4)

Na Califórnia, o superfestival de música, possivelmente um dos mais hypados do mundo, traz expoentes do pop, rock e dance music. Os shows acontecem no meio do deserto por dois fins de semana e você compra os ingressos às escuras, porque a programação só é liberada um pouco antes do evento.

coachella

California Wine Festival (Califórnia, 21 – 22/4)

Os melhores vinhos dos EUA são brindados no festival, com mercados gourmet, apresentações de música e degustações, muitas realizadas à beira-mar. Você compra os ingressos para eventos específicos no site, entre US$ 35 e US$ 170.

King’s Day (Holanda, 27/4)

No aniversário do rei Willem-Alexander, as ruas ficam entupidas de gente festida de laranja, com festas e mesas de restaurantes e bares nas calçadas. Em Amsterdã, o Vondelpark tem eventos para crianças, enquanto na Zeedijk e na Reguliersdwarsstraat recebem festas gay. Em Apollolaan e Sarphatipark dá pra sentir um clima mais tradicional da festa.

Ano-novo budista “Songkran” (Tailândia, 13 – 15/4)

Tradicionalmente, no Ano-novo budista os tailandeses devem fazer arranjos e homenagens a Buda nos templos, ficar com a família e demonstrar respeito aos mais velhos espirrando um pouco de água aromatizada nas mãos deles. É praticamente impossível andar pelas ruas sem se molhar (ainda bem, porque é o mês mais quente do ano na cidade).

LEIA MAIS: 5 sugestões de roteiros pela Tailândia (lua de mel, mochileiro, só praia…) // O que fazer em Bangkok

New Orleans Jazz & Heritage Festival (New Orleans, EUA 27 – 29/4)

Num festival focado em ouvir música de qualidade, tem desde Stevie Wonder e Alabama Shakes até artistas da região Sul dos EUA, como grupos de tradicionais de jazz, blues e funk e corais de gospel.

CALENDÁRIO DE FESTIVAIS AO REDOR DO MUNDO

MAIO

Brighton Festival (Brighton, Inglaterra 5 – 27/5)

O maior festival do Reino Unido une música, teatro, dança, circo, arte, cinema e literatura na pacata Brighton, conhecida pelo cartão-postal de suas casinhas coloridas.

brighton

Vienna Festival (Viena, Áustria 12/5 – 18/6)

São cinco semanas de arte contemporânea entre apresentações de teatro, musicais e shows de dança com produções oriundas de diversos países. A cidade fica agitada e são esperados 180 000 visitantes.

CALENDÁRIO DE FESTIVAIS AO REDOR DO MUNDO

JUNHO

Art Basel (Basel, Suíça 14 – 17/6)

A original feira de arte contemporânea que ganhou versões em Miami e Hong Kong exibe trabalhos de quase 300 galerias top mundo afora e trabalhos de mais de 4 mil artistas.

art-basel

Montreux Jazz Festival (Montreux, Suíça 20/6 – 15/7)

O festival é de jazz, mas os gêneros musicais vão desde o hip hop até as bandas africanas, passando pelo samba, pelo rock e pelo techno. Na Suíça, aos pés dos Alpes, o festival acontece desde 1967.

Glastonbury (Glastonbury Festival, Reino Unido 21 – 25/6)

Sediado em uma fazenda, o pai de todos os festivais de música tem um mundo de atrações e mais 100 palcos: o line up é vasto e inclui desde Katy Perry e Ed Sheeran a Radiohead, Phoenix e Lorde. Firme há mais de 5 décadas, Glastonbury é uma instituição e ajudou a moldar o formato e o espírito dos outros grandes festivais do mundo. Do tipo que tem que ir uma vez na vida.

Bordeaux Fête Le Vin (Bordeaux, França 23 – 26/6)

Evento bienal que reúne 80 rótulos da região vinícola mais importante da França. Workshops, degustações de comidas du terroir, e, claro, dos potentes tintos embalados pelo Bordeuax Music Festival, cujos shows rolam paralelamente à festa dos vinhos.

LEIA MAIS: 8 razões pra viajar a Bordeaux, a cidade francesa da vez // O que fazer em Bordeaux, na França

CALENDÁRIO DE FESTIVAIS AO REDOR DO MUNDO

JULHO

Tomorrowland (Bélgica, 20 – 30/7)

Maior festival de música eletrônica do mundo, hoje em dia acontece anualmente também nos EUA e no Brasil, mas foi na Bélgica, na cidade de Boom, que tudo começou. E onde o agito é maior.

Festival de Salzburgo (Áustria, 21/7 – 30/8)

Na terra Natal de Mozart acontece desde 1877 o festival de referência em música erudita. Todo ano há um homenageado diferente. Destaque também para os programas voltados para as crianças, como as adaptações infantis das grandes óperas.

NY Restaurant Week (Nova York, EUA 24/7 – 18/8)

Cerca de 300 restaurantes da Big Apple servem menus de três passos a US$ 29 no almoço e US$ 42 no jantar. Estabelecimentos estrelados no guia Michelin e novidades nova-iorquinas costumam prestigiar o evento, que acontece duas vezes ao ano, em janeiro, no inverno, e julho, no verão.

LEIA MAIS: 10 programas em alta pra fazer em Nova York neste verão

Flip (Paraty, RJ 26 – 30/7)

Grandes autores, debates e oficinas tomam conta de Paraty, que fica permeada pela literatura e ganha um climinha ainda mais especial.

paraty-flip

CALENDÁRIO DE FESTIVAIS AO REDOR DO MUNDO

AGOSTO

Tango Buenos Aires Festival (Buenos Aires, Argetina10 – 23/8)

Principal evento de dança do ritmo portenho, ganha os estabelecimentos de Buenos Aires durante quase duas semanas em shows de dança regados a muito vinho.

LEIA MAIS: O que fazer em Buenos Aires, bairro a bairro (com novidades!)

Festival de Cultura e Gastronomia (Tiradentes, MG 18 – 27/8)

Reúne chefs do Brasil e do exterior na mais charmosa cidade histórica mineira e tem degustação de pratos especiais, vinhos e espumantes, além de cursos de gastronomia e intensa programação cultural com shows e recitais de poesia.

LEIA MAIS: O que fazer em Tiradentes, a mais adorável cidade histórica mineira // Roteiro infalível pelas cidades históricas de Minas: de Tiradentes a Ouro Preto

Burning Man (Nevada, EUA 27/8 – 4/9)

Acampamento-celebração libertário e meio maluco com instalações e performances artísticas livres, em Nevada. O pessoal costuma fazer superproduções de vestuário que inclui fantasias e botas de neve – há tempestades de areia que deixam tudo e todos muito sujos.

burning-man

La Tomatina (Espanha, 30/8)

Uma batalha de tomates toma conta das ruas de Buñol, a 40 km de Valência, no festival espanhol La Tomatina.

CALENDÁRIO DE FESTIVAIS AO REDOR DO MUNDO

SETEMBRO

Mistura (Lima, 2 – 11/9)

Criado pelo chef Gastón Acurio e considerado por foodies o mais importante festival gastronômico da América do Sul, o Mistura coloca lado a lado pequenos produtores regionais e chefs de peso. Na sua 10ª edição, espera um público de 500 mil pessoas.

LEIA MAIS: O que fazer em Lima: o roteiro essencial de 3 dias (com restaurantes!)

mistura-lima-peru

Broadway Week (Nova York, 5 – 18/9)

Os ingressos dos musicais saem a “dois por um”. Já teve Rei Leão, Aladdin, Wicked, O Fantasma da Ópera e as acrobacias do Cirque du Soleil. A semana de promoções também acontece em janeiro.

LEIA MAIS: Manual definitivo pra se hospedar barato em Nova York (com hotéis e apês)

Rock in Rio (Rio de Janeiro, 15 – 24/9)

Maior festival de música do planeta, toma conta do Rio em setembro, quando já passaram por lá Maroon 5, Justin Timberlake, Aerosmith, Bon Jovi, Guns N’ Roses, Red Hot Chili Peppers…

LEIA MAIS: O que fazer no Rio de Janeiro: 25 programas imperdíveis // Onde comer no Rio: 10 lugares escolhidos a dedo na Zona Sul

Oktoberfest (Munique, 16/9 – 3/10)

A 184ª edição da tradicional festa celebra a cerveja e a cultura alemã na cidade de Munique. É o destino ideal pra quem adora festa e quer beber muita, mas muita cerveja. E de sobra provar as iguarias locais como o joelho de porco – pra quem gostar.

CALENDÁRIO DE FESTIVAIS AO REDOR DO MUNDO

OUTUBRO

Feira da Trufa Branca (Itália, 7/10 – 26/11)

Realizada desde 1929 em Alba, na Itália, a Feira da Trufa Branca celebra o aromático cogumelo que cresce sob o solo do Piemonte. Comprado a preço de ouro por chefs e gourmets, o ingrediente é vendido em um mercado da feira, que também promove degustação de queijos e vinhos. Ainda há workshops sobre o uso culinário da iguaria.

Festival Cervantino (Guanajuato, 11 – 29/10)

O icônico Festival Cervantino acontece na cidade de Guanajuato, no México, centro cultural do país, com espetáculos de música, dança, cinema e literatura.

LEIA MAIS: Guanajuato, a cidade colonial mais cultural e vibrante do México

Círio de Nazaré (Belém, 14/10)

A cidade de Belém ganha uma atmosfera especial no segundo domingo do mês de outubro, quando a festança do Círio de Nazaré toma o local, marcando uma série de procissões que acontecem no mês de aniversário da padroeira da cidade.

Diwali (Índia, 19 – 23/10)

O Ano-novo indiano é recebido com velas, lanternas e luzes que decoram ruas e rios. Além de marcar a passagem do ano, o Festival das Luzes Diwali comemora o triunfo do bem sobre o mal e homenageia alguns dos inúmeros deuses hindus.

Natal Luz (Gramado, 26/10 – 14/1)

Ainda faltam dois meses pro Natal, mas em Gramado as comemorações do Natal Luz começam antes – e vão até janeiro. Há shows de música, luz e água, eventos na Aldeia do Papai Noel e desfiles pelas ruas da cidade.

LEIA MAIS: Onde ficar em Gramado e Canela: 21 hotéis e pousadas aconchegantes por até R$ 299

Dia de los Muertos (México, 31/10 – 2/11)

A versão mexicana do nosso dia dos Finados, que, diferente do que estamos acostumados, não é um feriado melancólico, mas superagitado: cemitérios são enfeitados com adornos; são feitas oferendas aos mortos com comidas, bebidas, flores e velas; e há desfiles de fantasias de caveiras pelas cidades do país.

Vindima (Hemisfério Norte)

Estados Unidos e Europa entram nas festas do vinho anuais. O destaque vai pra região do Douro, em Portugal, que produz o famoso vinho do Porto, cuja principal parte da produção acontece em outubro: este é o mês da colheita e pisa das uvas, ainda hoje protagonizada de maneira artesanal. De sobra, os campos estão verdejantes. Já na Toscana, na Itália, além da colheita das uvas, o azeite, o tartufo, o zafferano (açafrão) e a castanha estão com tudo.

quintas-douro

Halloween (Estados Unidos)

No último dia do mês, os americanos preparam superdecorações assustadoras em suas casas, vestem fantasias fantasmagóricas e saem pelas ruas em busca de “gostosuras ou travessuras” para festejar o Halloween. Três cidades ganham destaque: Salem, New Orleans e Las Vegas.

CALENDÁRIO DE FESTIVAIS AO REDOR DO MUNDO

NOVEMBRO

Festival das Lanternas “Yi Peng” (Chiang Mai, 3/11)

Na festividade, chamada de Yi Peng, montes e montes de lanternas de papel iluminam o céu enquanto fogos de artifício estouram ao fundo. Originalmente, apenas os monges budistas soltavam os balões, mas hoje em dia todos participam. O objetivo simbólico é enviar os problemas pessoais e más vibrações para as alturas.

LEIA MAIS: O que fazer em Chiang Mai, a segunda maior cidade da Tailândia // Como ir de Chiang Mai a Luang Prabang

Safáris (sul da África)

É época de embarcar em safáris pelo sul do continente africano. Na África do Sul, a vida animal está em êxtase já que os bichos se agrupam ao redor de lagos e rios fugindo da chegada do calor. Considere ver elefantes, búfalos, rinocerontes, leões, hienas e centenas de aves, além de pegar a vegetação verdinha com a chegada das chuvas do fim do dia.

elephant-park-south-africa

CALENDÁRIO DE FESTIVAIS AO REDOR DO MUNDO

DEZEMBRO

Art Basel (Miami, 7 – 10/12)

Filial do evento suíço, a superlativa feira reúne arte contemporânea da boa na Flórida, lotando Miami.

LEIA MAIS: Melhor época pra ir a Miami: mês a mês com clima, eventos e liquidações // Roteiro de 3 dias em Miami

Fête des Lumières (Lyon, 7 – 10/12)

Enche de brilho as fachadas, ruas, praças e parques de Lyon com mais de 70 projeções e perfomances de luzes.

Hogmanay (Edimburgo, 30/12 – 1/1)

Procissão, fogos e street parties agitam a maior festa de fim de ano na Europa, o Ano-novo de Edimburgo.

Mercados de Natal (Europa, mês inteiro)

Os mercados de Natal surgiram ainda na Idade Média – o pioneiro foi o Striezelmark em 1434, em Dresden, na Alemanha, e que continua vivíssimo até hoje. Eis que a tradição cresceu e cresceu e hoje toma conta do continente no mês de dezembro. Destaques para o Skansen’s Christmas Market em Estocolmo, o Marché de Noël em Lille, a Fira de Santa Llúcia em Barcelona e o Christkindelsmärik em Estrasburgo.

LEIA MAIS: 10 mercados de Natal que você não pode perder nestas férias pela Europa

paris-mercado-natal

CALENDÁRIO DE FESTIVAIS AO REDOR DO MUNDO: e você, tem algum evento a mais pra sugerir pro post? 🙂

A autora

Anna Laura Wolff

Anna Laura Wolff

Jornalista por formação e fotógrafa por vocação, a editora do Carpe Mundi passou pelas redações da CARAS Online e da Viagem e Turismo. Depois de uma temporada em Paris, decidiu ser viajante full time.


Instagram

Há 2 comentários para “54 eventos, festivais e datas comemorativas pra programar a próxima viagem

  1. Excelente post!
    Senti falta da menção às festas juninas do Brasil, com destaque para algumas cidades do Nordeste como Caruaru, Campina Grande e São Luís.
    ;-*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *